Planejamento de Produto I

3,299 views
3,117 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,299
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
68
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Planejamento de Produto I

  1. 1. Planejamento de Produto FAIP - 2013
  2. 2. Conceito de produto (de moda) Segundo Rech (2002, p.37): “Qualquer elemento ou serviço que conjugue as propriedades de criação (design e tendências de moda), qualidade (conceitual e física), vestibilidade, aparência (apresentação) e preço a partir das vontades e anseios do segmento de mercado ao qual o produto se destina”.
  3. 3. Atributos dos produtos de moda Os produtos devem ter alguns atributos como qualidade (aumenta o valor percebido pelo consumidor), características específicas (valor agregado x custo para a empresa) e design (aparência / aspecto do produto x utilidade do produto).
  4. 4. Ciclo de vida dos produtos de moda De acordo com Kotler (1999, p.225) existem três ciclos de vida especiais e que são perfeitos para os produtos de moda: Estilo, Moda e Modismo.
  5. 5. Ciclo de vida dos produtos de moda Os produtos de ciclos longos denominados produtos Estilo, permanecem durante gerações, estando dentro e fora de moda, com vários períodos sucessivos de interesse, “um modo básico e distinto de expressão”. Pode-se citar como exemplo, produtos de moda com estilo clássico ou com estilo oriental. Vincent-Ricard (1989) conceitua produtos com ciclo de vida longo como produtos básicos.
  6. 6. Ciclo de vida dos produtos de moda Os produtos de Moda têm um ciclo de vida médio, possuindo uma curva de crescimento gradual permanecendo aceita ou popularizada pelos consumidores durante determinado período e descendo lentamente, normalmente o espaço de tempo de uma estação climática. São produtos com desempenho de vendas progressivo e declínio gradual (Vincent-Ricard, 1989).
  7. 7. Ciclo de vida dos produtos de moda  Já os produtos com ciclo de vida curto podem ser caracterizados como produtos de Modismo. É o produto que “entra rapidamente, é adotado com grande entusiasmo, atinge seu auge em pouco tempo e declina também em pouco tempo. O modismo dura muito pouco e tende a atrair um número limitado de seguidores” (Kotler, 1999, p.225). Vincent-Ricard (1989) define os produtos com ciclo de vida curta, como produtos de vanguarda.
  8. 8. Projeto de produtos de moda  A linguagem do “design” de produtos se manifesta através do projeto. O projeto faz-se necessário para articular cadeias de informações destinadas à fabricação em larga escala por meio de tecnologias industriais.  Segundo Escorel (2000), o projeto é “o processo de fabricação das características dos mesmos, exigidas para a satisfação das necessidades dos clientes”, e parte fundamental do desenvolvimento de produtos.
  9. 9. Projeto de produtos de moda Rech (2002, p. 58) apresenta as idéias de diversos autores sobre os projetos de produtos: Projeto de Produto; Planejamento; Coleção; Planejamento de Coleção; Fase de Análıse anterıor ao Planejamento de Coleções; Crıação da Coleção.
  10. 10. Resolução de Problemas Design como processo: Processo de concepção de produtos como contexto de resolução de problemas.
  11. 11. “Quando um problema não pode ser resolvido, não é um problema. Quando um problema pode ser resolvido, também não é um problema.” Antonio Rebolini
  12. 12. Processo de Design  As relações entre o designer e o objeto desenhado se denominam processo de design.  Todo processo de design é tanto um processo criativo como um processo de solução de problemas (Lobach, 1976): Processo de Design Processo Criativo Processo de Resolução de Problemas
  13. 13. Resolução de Problemas Intuitivo Sistemático
  14. 14. Ideia P Soluçã o Provi- sória Aproxi- mada Comer- cial Defini- tiva Fanta- siosa ???? …  Um problema pode ter várias soluções, e é preciso nesse caso decidir por qual optar.
  15. 15. Ideia Após definir o problema, tem-se ideias. Elas servem para resolver o problema, mas nem sempre trazem a solução dele. Muitos projetos param na primeira ideia, pois, o designer acredita esta soluciona o problema.
  16. 16. Resolução de Problemas Teoria Espacial (Newel & Simon): Conforme o modelo de resolução de problemas propoto por Newell & Simon (Sternberg, 2000), o solucionador de problemas deve considerar o estado inicial (problema) e o estado final (solução) dentro de um espaço do problema – o universo de todas as possíveis ações (operadores) que podem ser aplicadas à resolução de um problema.
  17. 17. Resolução de Problemas  Teoria Espacial (Newel & Simon):  Compreensão e Busca pelo Espaço do Problema  Espaço do Problema: • Estado Inicial • Estados Intermediários • Estado Final • Operadores • Teste
  18. 18. Resolução de Problemas Teoria Espacial (Newel & Simon): Compreensão e Busca pelo Espaço do Problema Problemas podem ser: • Bem definidos • Mal definidos
  19. 19. Roteiro projetual A proposta a seguir, sugere, em MODA PALAVRA (2004), a metodologia aplicada no desenvolvimento de produtos de moda. MODA PALAVRA. Proposta de metodologia para desenvolvimento de Produto de moda utilizando métodos de planejamento de coleção e de Design. In: Moda Palavra v.3, n. 3. (2004). Florianópolis: UDESC, 2004, p. 46. ISBN 85- 7474-229-5 • Escolha temática; • Planejamento de Coleção; • Desenvolvimento de briefing (pesquisa de cores e formas para desenvolver os croquis); • Definição de público-alvo/segmento; • Definição do problema; • Pesquisa (bibliográfica/campo/tendência/mercado); • Aplicação de técnicas e ferramentas; • Desenvolvimento de Portfolio; • Imagem tema; • Release; • Carleta de cores; • Materiais; • Geração de alternativas (escolha e justificativa); • Concepção do produto; • Modelo volumétrico; • Análise, testes e adequações; • Ficha tecnica; • Prototipo (modelagem e pilotagem); • Memorial descritivo: – Função estético/formal; – Função de uso; – Função ergonômica; – Função operacional e; – Função de marketing (promocão do produto)
  20. 20. Referências  ESCOREL, Ana Luísa. O Efeito Multiplicador do Design. 2º ed. São Paulo: Senac, 2000.  KOTLER, Philip. Marketing para o Século XXI. 3ª edição. São Paulo: Editora Futura, 1999.  LOBACH, Bernd. Design industrial: bases para a configuração dos produtos industriais. São Paulo: Edgard Blucher, 1976.  MUNARI, Bruno. Das coisas nascem coisas. São Paulo: Martins Fontes, 2000.  RECH, Sandra Regina. Moda: por um fio de qualidade, Florianopolis: Editora EDUSC, 2002.  STERNBERG, R. J. Psicologia cognitiva. Porto Alegre: Artmed Editora, 2000.  VINCENT-RICARD, Françoise. As espirais da moda. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1989.

×