• Like
Plano Ensino Sociologiaeconomica Esag Udesc 2009.2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Plano Ensino Sociologiaeconomica Esag Udesc 2009.2

  • 1,637 views
Uploaded on

 

More in: Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,637
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
26
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO Curso: Mestrado Profissional em Administração Disciplina: Sociologia Econômica e Organizações Carga horária: 45h Trimestre: 2009/2 Créditos: 3 Professores: Maurício Serafim e Carolina Andion Contatos: serafim.esag@udesc.br e carol.andion@terra.com.br II. EMENTA A abordagem sociológica dos fenômenos econômicos. Um panorama do campo científico da sociologia econômica. A gênese dos pressupostos da economia neoclássica e suas bases. Uma releitura dos fenômenos econômicos a partir dos clássicos da sociologia: Durkheim, Weber, Schumpeter e Veblen. O período de transição na disciplina e o diálogo com a antropologia: contribuições da teoria da dádiva e de Karl Polanyi. A nova sociologia econômica e suas contribuições para os estudos organizacionais. Inovações sociais no mercado: mercado justo, empreendedorismo social, consumo consciente, microcrédito, investimento social privado, economia de comunhão, responsabilidade social corporativa, desenvolvimento territorial e sustentabilidade, redes sociais. III. OBJETIVOS • Permitir ao aluno uma incursão no campo teórico da sociologia econômica e um diálogo com os seus principais autores representativos; • Analisar as diferentes etapas da disciplina, desde os clássicos, passando pelo período de transição nos anos 1950 e chegando à Nova Sociologia Econômica de línguas inglesa e francesa; • Relacionar o campo teórico e o campo da prática, por meio do exame de experiências práticas de inovações sociais no mercado na atualidade. IV. CONTEÚDO PROGRAMÁTIVO Aula 1 - Introdução ao campo da sociologia econômica, principais correntes e autores representativos (03/08): Textos de referência: SWEDBERG, Richard. Sociologia econômica: Hoje e amanhã. Tempo Social, v. 16, n. 2, pp. 7-34, 2004. MARTES, Ana Cristina B. et al. Apresentação do Fórum de Sociologia Econômica. Revista de Administração de Empresas, v. 47, n. 2, pp. 10-14, 2007. LEVÉSQUE, Benoit. Contribuição da nova sociologia econômica para repensar a economia no sentido do desenvolvimento sustentável. Revista de Administração de Empresas, v. 47, n. 2, pp. 49-60, 2007. Centro de Ciências da Administração e Sócio-Econômicas – ESAG; Av. Madre Benvenuta, 2037 – Itacorubi – 88.035-001 Florianópolis SC Fone (48) 3221 8200 – www.esag.udesc.br
  • 2. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG Aula 2 – A gênese e os pressupostos da Economia Neoclássica (10/08): Textos de Referência: HIRSCHMAN, Albert. As paixões e os interesses. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979. pp. 17-68. (Primeira Parte – De como os interesses foram convocados para contrabalançar as paixões) Texto sugerido pela Profa. Dra. Patrícia Bonini (convidada) a ser definido Aula 3 a 5 – Uma releitura dos mecanismos que compõem a esfera econômica a partir dos clássicos: o ator econômico, os mecanismos de regulação, o contexto social e as instituições Textos de referência aula 3 (17/08): DURKHEIM, Emile. Da divisão do trabalho social. São Paulo: Martins Fontes, 1995. pp. 185-220. (Livro I, capítulo VII: Solidariedade orgânica e solidariedade contratual). Bibliografia Complementar aula 3: DURKHEIM, Emile. Lições de sociologia: a moral, o direito e o Estado. São Paulo: Ed. da USP, 1983. pp. 156-201 (Lições 15 a 18). RAUD-MATTEDI, Cécile. A construção social do mercado em Durkheim e Weber: análise do papel das instituições na sociologia econômica clássica. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v.20, n.57, pp.127-142, 2005. Textos de referência aula 4 (24/08): WEBER. Max. Economia e sociedade. Brasília: UnB, 1999. Vol. 1, Parte I, Cap. 2: As categorias sociológicas fundamentais da gestão econômica (& 1 a 10, pp. 37-56). WEBER, Max. História Geral da Economia. São Paulo: Mestre Jou, 1968. pp. 249-321 (Capítulo 4 - A origem do capitalismo moderno). Bibliografia Complementar aula 4: SWEDBERG, Richard. Max Weber e a idéia de sociologia econômica. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2005. pp. 21-105. (Capítulos 1 e 2) Textos de referência aula 5 (31/08): SCHUMPETER, Joseph. A Teoria do Desenvolvimento Econômico. São Paulo: Nova Cultural, 1988. pp. 43-66. (Capítulo II - O fenômeno fundamental do desenvolvimento econômico). VEBLEN, Thorstein. A teoria da classe ociosa. São Paulo: Pioneira, 1965. pp.19-73 (Capítulos I ao III). Bibliografia Complementar aula 5: HEILBRONER, R. A história do pensamento econômico. São Paulo: Nova Cultural, 1996. pp. 199-229. Aula 6 e 7: O período de transição e o diálogo com a antropologia: de Marcel Mauss à Karl Polanyi Textos de referência aula 6 (15/09): MAUSS, Marcel. Ensaio sobre a dádiva. Forma e Razão da Troca nas Sociedades Arcaicas. In MAUSS, Marcel. Sociologia e Antropologia. São Paulo: Cosac Naify, 2003. pp.185-193 e 294-324 (Introdução e Conclusão). Centro de Ciências da Administração e Sócio-Econômicas – ESAG; Av. Madre Benvenuta, 2037 – Itacorubi – 88.035-001 Florianópolis SC Fone (48) 3221 8200 – www.esag.udesc.br
  • 3. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG GOUDBOUT, Jacques. O espírito da dádiva. Rio de Janeiro: Editora da FGV, 1999. pp. 9-29 (Introdução – A dádiva existe ainda?). Bibliografia Complementar Aula 6: CAILLË, Alain. Antropologia do Dom. O terceiro Paradigma. Petrópolis: Vozes, 2002. pp. 29-49 (Marcel Mauss: este ilustre desconhecido). Textos de referência aula 7 (28/09): POLANYI, Karl The Economy as Instituted Process. In POLANYI, Karl; ARENSBERG, H. & PEARSON, H, W. Trade and Markets in the early empires. Economies in history and theory. New York: Free Press, 1957. pp. 243-270. POLANYI, Karl A grande transformação: as origens da nossa época. Rio de Janeiro: Campus, 2000, pp. 62-88 e pp 89-98 (Capítulos 4 e 6) Bibliografia Complementar aula 7: VINHA, Valéria. Polanyi e a Nova Sociologia Econômica: uma aplicação contemporânea do conceito de enraizamento social. Econômica, v. 3, n. 2, p. 207-230, dez 2001. Aula 8 e 9: A Nova Sociologia Econômica de língua inglesa: a inscrição social, cultural e política dos fenômenos econômicos Textos de referência aula 8 (05/10): GRANOVETTER, Mark. Ação Econômica e Estrutura Social: o problema da imersão. RAE Eletrônica. v.6, n.1, 2007. DIMAGGIO, Paul. Aspectos culturais da acção e da organização econômica. In MARQUES, Rafael; PEIXOTO, João (org.) A Nova Sociologia Econômica. Oeiras: Celta, 2003, pp. 167-194. Bibliografia Complementar aula 8: STEINER, Philippe. A Sociologia Econômica. São Paulo: Atlas, 2006. pp. 76-107. (Capítulo 4 Redes Sociais e Funcionamento dos Mercados). Textos de referência aula 9 (12/10): FLINGSTEIN, Neil From the Transformation of Corporate Control. In DOBIN, Frank The New Economic Sociology. A Reader. New Jersey: Princeton University Press, 2004. pp. 407-432. ETZIONI, Amitai. The moral dimension. Toward a New Economics. New York: Free Press, 1990. pp. 199-216 (Capítulo 12 - Encapsulated Competition). Bibliografia Complementar aula 9: FLINGSTEIN, Neil. The architecture of markets. Princeton: Princeton University Press, 2001, pp. 3-23. (Capítulo 1). Centro de Ciências da Administração e Sócio-Econômicas – ESAG; Av. Madre Benvenuta, 2037 – Itacorubi – 88.035-001 Florianópolis SC Fone (48) 3221 8200 – www.esag.udesc.br
  • 4. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG Aula 10 e 11: A Nova Sociologia Econômica de língua francesa: as teorias da regulação e das convenções, o anti-utilitarismo e a economia plural Texto de referência aula 10 (19/10): BOYER, Robert. A teoria da regulação. Uma análise crítica. São Paulo: Nobel, 1990. pp. 41-85. (Capítulos 4 a 7) LIVET, Pierre; THÉVENOT, Laurent. Les catégories de l’action collective. In: ORLÉAN, André (org.) Analyse économique des conventions. Paris: Presses Universitaires de France, 1994, pp. 139-167. Bibliografia Complementar aula 10: LÉVESQUE, B.; BOURQUE, G.L & FORGUES, É. La nouvelle sociologie économique. Paris: Desclée de Brouwer, 2001, pp. 89-124 (De La regulation à La coordination des activités économiques: les institutionnalistes français). Textos de referência aula 11 (26/10): CAILLË, Alain. Antropologia do Dom. O terceiro Paradigma. Petrópolis: Vozes, 2002. pp. 8-26 e pp. 50-82. SAUVAGE, PATRICE. Synthèse. In : OCDE. Réconcilier l’économique et le social – vers une économie plurielle. Paris, OCDE, 1996 (Tradução livre). Bibliografia Complementar aula 11: LÉVESQUE, B.; BOURQUE, G.L & FORGUES, É. La nouvelle sociologie économique. Paris : Desclée de Brouwer, 2001, pp. 57-88 (De l’économie sociale à l’économie solidaire et plurielle). Seminário de fechamento e Feira de Economia Plural (28/10) V. METODOLOGIA DE ENSINO Aulas dialogadas sobre a bibliografia de referência com utilização de instrumentos de apoio audiovisuais, além de outros materiais didáticos e técnicas de ensino-aprendizagem. Os alunos deverão realizar, a partir da 3a aula, seminários analisando experiência concretas de inovações sociais no mercado, com base nas teorias vistas na disciplina. Cada aluno escolherá um tema para apresentar dentre os seguintes: mercado justo, empreendedorismo social, consumo consciente, microcrédito, investimento social privado, economia de comunhão, responsabilidade social corporativa, desenvolvimento territorial e sustentabilidade, redes sociais. VI. SISTEMA DE AVALIAÇÃO 1. Leitura e elaboração de comentários e questões sobre os textos (40%) 2. Seminários individuais (30%) 3. Seminário final (30%) Centro de Ciências da Administração e Sócio-Econômicas – ESAG; Av. Madre Benvenuta, 2037 – Itacorubi – 88.035-001 Florianópolis SC Fone (48) 3221 8200 – www.esag.udesc.br