Quem somos.<br />O que fazemos.<br />Como fazemos.<br />
Quem somos<br />A Celebroni BPMé uma empresa de consultoria e desenvolvimento de Gestão, especializada em processos de neg...
Trabalho em Equipe;
Incentivo à criatividade e Inovação;
Responsabilidade Social;
Valorização do potencial humano.</li></ul>Nosso diferencial é resultado. Oferecemos treinamento e consultoria com a garant...
Projetos realizados<br />Nesses  8 anos de existência, a Celebroni BPM realizou com sucesso, projetos de melhoria da gestã...
BPM<br />Gerir processos de negócio significa mudar continuamente a forma como uma organização executa suas atividades, vi...
Gestão de Negócios<br />Pessoas<br />Processos<br />Tecnologia<br />
Gestão de Negócios<br />A gestão do negócio depende de 3 “engrenagens” extremamente importantes e que funcionam de forma i...
Pessoas X Processos X Tecnologia<br />Um processo pode ser automatizado, portanto não haveria necessidade das pessoas para...
A gestão do negócio é influenciada por diversos fatores, internos e externos e para extrair o melhor é preciso conhecer to...
Objetivos primários de BPM<br /><ul><li>Reduzir custos
Aumentar resultados
Aumentar a qualidade dos produtos ou dos serviços prestados</li></li></ul><li>Benefícios  de  BPM<br />Redução dos custos ...
Metodologia<br />Para implementar a transformação de negócios orientados por processos, a Celebroni BPM desenvolveu um cic...
Entender o ambiente de negócio classificando os produtos e os mercados da organização.<br />Este entendimento guiará a ide...
Definir e documentar a Cadeia de Valor da organização bem como efetuar o mapeamento dos processos desta cadeia, na visão a...
Identificar:<br /><ul><li>Pontos fracos e oportunidades de melhoria;
Fatores críticos de sucesso;
Riscos associados ao negócio;
Indicadores para monitoramento de processos;
Quick Wins;
Tempo e volume de atividades;
Quebra de responsabilidades;
Aderência à missão;
Gargalos na execução do processo;
Atividades executadas em duplicidade;
Atividades que não agregam ou que fogem do objetivo;
Insuficiência de  (hardware / operacional);
Excesso de trafego de informação em papel;
Controles em sistema não oficial (Paralelo);
Processamento em paralelo;
Competências adequadas às exigências do processo;
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010

2,912 views
2,843 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,912
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
105
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010

  1. 1. Quem somos.<br />O que fazemos.<br />Como fazemos.<br />
  2. 2. Quem somos<br />A Celebroni BPMé uma empresa de consultoria e desenvolvimento de Gestão, especializada em processos de negócio (BPM), criada  no ano de 2002 e atuando desde então com destaque nas áreas de gestão de processos.Nosso compromisso é prover soluções de alto valor agregado para nossos clientes, através de projetos de desenvolvimento de gestão de processos de negócio, com foco em alavancagem competitiva.<br />Missão: Auxiliar empresas a preencher estrategicamente demandas de clientes por produtos e serviços, através da definição dos correspondentes processos de negócio que adicionam valor à estes produtos e serviços, através de mudanças organizacionais necessárias para estabelecer e melhorar continuamente tais processos.<br />Visão:Ser reconhecida como a melhor consultoria de gestão de processos de negócio do mercado brasileiro.Valores:<br /><ul><li> Respeito aos clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores;
  3. 3. Trabalho em Equipe;
  4. 4. Incentivo à criatividade e Inovação;
  5. 5. Responsabilidade Social;
  6. 6. Valorização do potencial humano.</li></ul>Nosso diferencial é resultado. Oferecemos treinamento e consultoria com a garantia de que o retorno do investimento ocorrerá num período de curto a médio prazo, pois esse é o nosso principal ponto forte, gerar resultados.<br />
  7. 7. Projetos realizados<br />Nesses 8 anos de existência, a Celebroni BPM realizou com sucesso, projetos de melhoria da gestão organizacional em Empresas líderes em seus setores e também em orgãos públicos. <br />
  8. 8. BPM<br />Gerir processos de negócio significa mudar continuamente a forma como uma organização executa suas atividades, visando aumentos significativos de desempenho como: fortalecimento da excelência operacional, aumento da visibilidade para tomada de decisão e promoção da inovação.<br />A maximização de ganhos com BPM (Business Process Management) passa por construir o ambiente ideal para a identificação da forma de atuação da organização e do conseqüente replanejamento desta forma. <br />A questão chave numa iniciativa de gestão organizacional orientada por processos de negócio, não é saber se existem processos à serem mapeados, mas sim, se existem oportunidades para redução de custos, melhoria da interface entre áreas, otimização da tomada de decisão, aumento dos resultados do negócio, etc., que só serão descobertas se o processo for conhecido.<br />
  9. 9. Gestão de Negócios<br />Pessoas<br />Processos<br />Tecnologia<br />
  10. 10. Gestão de Negócios<br />A gestão do negócio depende de 3 “engrenagens” extremamente importantes e que funcionam de forma integrada.<br />Pessoas, Processos e Tecnologia compõem o motor de gestão do negócio.<br />Mas se pensarmos separadamente em cada um desses componentes, aparecem algumas dúvidas:<br />Um negócio existe sem Pessoas?<br />E sem Processos?<br />E sem Tecnologia?<br />
  11. 11. Pessoas X Processos X Tecnologia<br />Um processo pode ser automatizado, portanto não haveria necessidade das pessoas para o executarem. <br />De outra forma, os processos também podem ser executados manualmente, sem a utilização de qualquer tecnologia, mas para isso seria<br />necessário um batalhão de pessoas. <br />Agora imagine se é possível um negócio funcionar sem processos, sem uma rotina, sem um padrão. A resposta é não, pois o processo é o elo de ligação entre a tecnologia e as pessoas, por isso a gestão dos processos do negócio (BPM) é essencial para gestão do negócio. <br />
  12. 12. A gestão do negócio é influenciada por diversos fatores, internos e externos e para extrair o melhor é preciso conhecer todos esses fatores. <br />Requerimentos do proprietário<br />Regras e políticas<br />Pressão do mercado<br />Resultados do Negócio<br />Eventos de<br />negócio<br />Atividades<br />Recursos consumíveis<br />Produtos e Serviços<br />Fornecedores<br />Opnião do cliente<br />Instalações<br />Tecnologia<br />Pessoal<br />
  13. 13. Objetivos primários de BPM<br /><ul><li>Reduzir custos
  14. 14. Aumentar resultados
  15. 15. Aumentar a qualidade dos produtos ou dos serviços prestados</li></li></ul><li>Benefícios de BPM<br />Redução dos custos dos processos <br />15 - 30 % <br />Aumento da qualidade dos processos <br />20 - 30 % <br />Redução dos tempos dos processos <br />10 - 30 % <br />Redução do tempo de aprendizado / custos de treinamento <br />10 - 30 % <br />Redução no número de chamados de suporte <br />15- 30 % <br />Redução no volume de reclamações de clientes <br />20 - 30 % <br />Aumento da precisão na elaboração de previsão de vendas<br />15 - 30 % <br />Fonte: Gartner Group<br />
  16. 16. Metodologia<br />Para implementar a transformação de negócios orientados por processos, a Celebroni BPM desenvolveu um ciclo metodológico que é a base para a melhoria contínua dos processos de negócio. Este ciclo se baseia no conceito PDCA e conta com adaptações às necessidades atuais de gestão de processos em conformidade com as melhores práticas de mercado, adotadas atualmente, por empresas líderes em seus setores.<br />
  17. 17. Entender o ambiente de negócio classificando os produtos e os mercados da organização.<br />Este entendimento guiará a identificação dos processos críticos ao sucesso do negócio, que devem ser considerados como prioridade para a iniciativa de transformação do negócio.<br />
  18. 18. Definir e documentar a Cadeia de Valor da organização bem como efetuar o mapeamento dos processos desta cadeia, na visão atual (ASIS) e na proposta (TOBE). <br />Com o apoio de profissionais especialistas em técnicas de modelagem de processos e melhores práticas de mercado será criada, nessa fase, a base de conhecimento de processos da Empresa, base esta que será o alicerce para todas as iniciativas de melhoria da gestão.<br />
  19. 19. Identificar:<br /><ul><li>Pontos fracos e oportunidades de melhoria;
  20. 20. Fatores críticos de sucesso;
  21. 21. Riscos associados ao negócio;
  22. 22. Indicadores para monitoramento de processos;
  23. 23. Quick Wins;
  24. 24. Tempo e volume de atividades;
  25. 25. Quebra de responsabilidades;
  26. 26. Aderência à missão;
  27. 27. Gargalos na execução do processo;
  28. 28. Atividades executadas em duplicidade;
  29. 29. Atividades que não agregam ou que fogem do objetivo;
  30. 30. Insuficiência de  (hardware / operacional);
  31. 31. Excesso de trafego de informação em papel;
  32. 32. Controles em sistema não oficial (Paralelo);
  33. 33. Processamento em paralelo;
  34. 34. Competências adequadas às exigências do processo;
  35. 35. Descumprimento de prazos.</li></li></ul><li>Gerar o plano de transformação de processos da situação atual (ASIS) para a situação proposta (TOBE), considerando os produtos da fase de Análise. <br />O planejamento para a transformação é a fase em que os resultados da análise geram os planos de ação que serão efetivamente implementados na fase seguinte.<br />
  36. 36. Implementar a transformação do negócio através do plano de transformação elaborado na fase anterior.<br />Para melhorar efetivamente o negócio não basta apenas conhecer o que deve ser feito, é preciso implantar as melhorias, e este é o nosso diferencial, pois entregamos a transformação dos processos de negócio.<br />
  37. 37. Implementar a gestão de Indicadores de desempenho para monitoramento e controle dos processos de negócio. <br />Para a sustentabilidade das melhorias implementadas são definidos e colocados em uso, os indicadores que irão monitorar e controlar os processos, direcionando as ações necessárias para realização do ciclo de melhoria contínua.<br />
  38. 38. Principais Serviços<br /><ul><li>Treinamento BPM com módulo prático de modelagem de processos
  39. 39. Transformação de Processos de Negócio
  40. 40. Implementação do Escritório de Processos
  41. 41. Implementação dos níveis de maturidade de processos - BPMM
  42. 42. Construção da arquitetura corporativa (Enterprise Architecture)
  43. 43. Automação de processos</li></li></ul><li>Treinamento BPM<br />Conteúdo Programático*<br />Instrutores com certificação profissional ARIS Products concedida pela IDS Scheer. <br />* Para detalhamento do conteúdo programático, solicite apresentação específica.<br />
  44. 44. Transformação de processos de negócio<br />Toda empresa, sem exceção, busca melhorar seus índices de rentabilidade de duas formas; vendendo mais e gastando menos. Para ter êxito nestes desafios, é preciso extrair mais do negócio.<br />A transformação dos Processos de Negócio faz com que os resultados aumentem e os custos operacionais diminuam, e ainda proporcionam um ganho de qualidade interna que é refletida na qualidade dos produtos/serviços ofertados ao mercado.<br />Mas esta transformação depende exclusivamente do entendimento do negócio, de forma a tornar explícito todos os itens relevantes para a tomada de decisões, pertinentes às melhorias identificadas.<br />A CELEBRONI BPM tem as técnicas e métodos necessários para subsidiar a transformação dos processos de negócio em qualquer segmento de negócio.<br />
  45. 45. Transformação de processos de negócio<br />Assuntos que devem ser considerados para o diagnóstico: <br />Processos<br />Controle em sistemas paralelos<br />gargalos<br />responsabilidades<br />retrabalhos<br />atividades que não agregam valor<br />redundância <br />recursos<br />processamento<br />competências<br />interfaces<br />eficiência<br />riscos<br />eficácia<br />aprovações<br />desempenho<br />fragilidade<br />localização<br />pontos de controle<br />custos<br />executores<br />sistemas<br />clientes<br />pontos fracos<br />tempos<br />interferências<br />práticas<br />fornecedores<br />volumes<br />missão<br />planejamento<br />lay-out<br />entradas<br />prazos<br />esforços<br />burocracia<br />padrões<br />equipamentos<br />saídas<br />quebra/indefinição de responsabilidade<br />
  46. 46. Transformação de processos de negócio<br />Organização<br />Estratégia<br />FCS<br />Regras de negócio<br />planejamento<br />concorrência<br />comunicação <br />resultados<br />objetivos <br />políticas<br />normas<br />rastreabilidade<br />leis<br />mudanças<br />documentação <br />requisitos <br />
  47. 47. Transformação de processos de negócio<br />Pessoas<br />treinamento/capacitação<br />resultados<br />comprometimento<br />participação<br />envolvimento<br />objetivos<br />comportamento<br />modode fazer<br />competências<br />hierarquia<br />habilidades<br />conhecimento<br />cargo<br />atitudes<br />papeis<br />
  48. 48. Transformação de processos de negócio<br />Sistemas<br />ajustes às necessidades do negócio<br />facilidade de uso<br />acessibilidade<br />aderência<br />aplicabilidade<br />confiabilidade<br />manutenção<br />flexibilidade<br />agilidade<br />
  49. 49. Implementação do Escritório de Processos<br />Pré Requisitos<br />Unidade organizacional com as seguintes características:<br /><ul><li>Autonomia
  50. 50. Infra-estrutura própria
  51. 51. Capacidade técnica
  52. 52. Conhecimento dos processos internos
  53. 53. Conhecimento da cultura da empresa</li></li></ul><li>Meta-modelo<br />Os meta-modelos servem como guia para construir modelos durante o desenvolvimento<br />dos processos e dos sistemas de informação multi-agente orientado a objetos.<br />Um meta-modelo, busca a idéia de uma visão macro de relacionamentos.<br />Ele representa os tipos de entidades que podem existir em um modelo, suas relações e<br />restrições de aplicações. <br />
  54. 54. Implementação do Escritório de Processos<br />Objetivos do Escritório de Processos<br /><ul><li>Geral
  55. 55. Promover a melhoria contínua dos processos.
  56. 56. Específicos
  57. 57. Padronizar a documentação de processos
  58. 58. Melhorar a gestão dos projetos de redesenho de processos
  59. 59. Controlar produtividade e riscos dos processos</li></li></ul><li>Implementação do Escritório de Processos<br />Objetivo do projeto<br />Visando apoiar a Empresa em suas necessidades, a CELEBRONI BPM desenvolve o<br />projeto de implementação do escritório de processos utilizando a Plataforma ARIS e sua metodologia própria de governança BPM, para definir a plataforma necessária para os serviçosa serem oferecidos, padrões, políticas, perfis e responsabilidades para gestão e melhoria contínuados processos de negócio.<br />Este projeto contempla a definição de:<br /><ul><li>Perfis e responsabilidades BPM para uma organização orientada por processos;
  60. 60. Processos necessários para BPM (Processos do Escritório de Processos);
  61. 61. Metodologia e ferramentas para BPM
  62. 62. Arquitetura de processos de negócio e padrões definidos;
  63. 63. Central de serviços BPM (Escritório de processos) para orientar futuros projetos</li></ul>de BPM.<br />
  64. 64. Implementação do Escritório de Processos<br /> Maturidade dos processos<br /> Divulgação do desempenho dos processos<br /> Melhores práticas<br /> Plano de melhoria<br />Análise e<br />melhoria de<br />processos<br />Gestão do<br />portfolio de<br />processos<br />Controle dos<br />processos<br />Avaliação de riscos<br /><ul><li>Avaliação da capacidade de execução
  65. 65. Acompanhamento de desempenho dos processos</li></ul> Plano de implementação<br />
  66. 66. Implementação dos níveis de<br />maturidade de processos - BPMM<br />O modelo de maturidade de processos de negócio, ou BPMM, é um modelo conceitual que se baseia nas melhores práticas de gestão, aplicadas em processos organizacionais.<br />A estrutura desse modelo possuí 5 níveis de esforços que irão ajudar a determinar em que nível de maturidade a empresa se encontra, para então aplicar as práticas que irão levar a Empresa aos níveis superiores.<br />
  67. 67. Construção da arquitetura corporativa<br />(Enterprise Architecture)<br />Enterprise Architecture é uma prática, que envolve uma governança, um método, uma estrutura metodológica e uma ferramenta, com o objetivo de alinhar processos, pessoas e tecnologia com os requisitos do negócio e a estratégia da organização.<br />
  68. 68. Construção da arquitetura corporativa<br />(Enterprise Architecture)<br />Objetivo do projeto<br />Construir a arquitetura corporativa alinhando todos os componentes do negócio, identificados através da construção do METAMODELO da arquitetura, à estratégia da Empresa.<br />
  69. 69. Automação de processos<br />Objetivo do projeto<br />Automatizar processos de negócio de forma a proporcionar a nossos clientes agilidade, controle e contínuo aprimoramento de seus processos de negócios, de forma rápida e dinâmica, através do uso das tecnologias de workflow, BPM, (Business Process Management) ECM/GED (Enterprise Content Management / Gerenciamento eletrônico de documentos) e de BRM (Business Rules Management).<br />

×