Copa 2010- revista digital

1,120
-1

Published on

Published in: Technology, Sports
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,120
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Copa 2010- revista digital

  1. 1. BOLÍVAR ÁFRICA 2010 História da Copa do Mundo Copas que o Brasil se consagrou Campeonato do Bolívar 2010 Aprendendo sobre à África
  2. 2. EDITORIAL Projeto Revista Digital dos Alunos do 2º ano do Curso Técnico de Informática Essa é a 1ª edição da Revista Digital que os alunos do 2º ano do curso técnico estão apresentando como forma de aprendizado. Nessa revista vamos visar o projeto escolar da IIª Unidade, abordando excelentes temas motivadores, relacionados a Copa do Mundo "África 2010." Iremos fazer toda a cobertura do campeonato do Colégio Bolívar Santana onde todos os alunos do Ensino Fundamental ao ensino Médio participarão juntos com seus professores. Este é um evento interdisciplinar para desenvolver os conhecimentos dos alunos e complementar a Avaliação de todas as Disciplinas envolvidas. Todos nós estamos muito empenhados para fazer com que esta 1ª edição seja do agrado de todos os nossos leitores. Editoras - Chefe Marise Gomes Hilcinete Patriarca Orientação Profª Marta Cristina Durão
  3. 3. SUMÁRIO BRASIL E A COPA DO MUNDO 03 Copa do mundo, Países africanos que participarão da copa, participação brasileira na Copa -Copas em que o Brasil consagrou-se campeão. CONHECENDO A ÁFRICA 05 Fusos Horários dos países participantes -Comércio Internacional - Aspectos físicos e econômicos. SÍMBOLOS DOS PAÍSES DA COPA 06 Bandeiras dos países participantes da Copa e seus significados. Concurso do Mascote para representar a Copa do Colégio Estadual Bolívar Santana. ESPORTE COM SAÚDE 09 Alimentação e dieta balanceada dos atletas - Doenças ocupacionais. 11 Exame Anti-doping - Drogas lícitas e ilícitas - ligações químicas que ocorrem na utilização dessas drogas e tipos de elementos químicos com identificação. 13 Idiomas dos Países participantes da Copa - Culinária regionais. 14 Problemas com função de 2º grau - Geometria plana e espacial envolvendo: Velocidade da bola em campo, força que o jogador desempenha ao chutar a bola, formatos e tamanhos dos Estádios que farão parte em todos os jogos da copa. 19 ENTREVISTAS 21 CAMPEONATO 23 SELEÇÕES 25 TABELAS DOS JOGOS 27 FINAL E VENCEDORES 30 AGRADECIMENTOS
  4. 4. A HISTÓRIA DA COPA DO MUNDO As Primeiras Competições Internacionais O primeiro amistoso internacional de futebol foi em 1872, entre a Inglaterra e Escócia, num momento em que o esporte era raramente praticado fora da Grã- Bretanha. No final do século XIX o futebol começou a ganhar mais adeptos, tornou-se um esporte de demonstração (sem disputa de medalhas) nos Jogos de 1900, 1904 e 1906, até se tornar uma competição oficial nos Jogos Olímpicos de Verão de 1908. Organizada pela Football Association, era um evento para jogadores amadores, e na época não foi considerado uma real competição, mas um mero espetáculo. A Seleção amadora da Inglaterra foi a campeã nas duas edições, 1908 e 1912. Em 1914 a FIFA (Federação Internacional de Futebol) reconheceu o torneio o como uma "competição global de futebol amador", tomando para si a responsabilidade em organizá-lo. Com isso na edição de 1924 houve a primeira disputa de futebol intercontinental. O Uruguai foi a campeã nas duas edições, 1924 e 1928. Em 28 de Maio de 1928 a FIFA tomou a decisão de fazer a competição em separado, não sendo mais um esporte dos Jogos Olímpicos de Verão. Para celebrar o centenário da independência do Uruguai em 1930 foi decidido que a sede da competição seria no país sul-americano, no mesmo ano. A primeira Copa do Mundo oficial O Estádio Centenário, local da primeira final da Copa do Mundo, em 1930, na cidade de Montevidéu, Uruguai. Só treze seleções participaram da primeira Copa, sete da América Latina (Uruguai, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Peru), quatro da Europa (Bélgica, França, Iugoslávia e Romênia) e duas da América do Norte (México e EUA). Muitas seleções européias acabaram desistindo da competição devido a longa e cansativa viagem pelo Oceano Atlântico. A final foi entre o Uruguai e a Argentina, tendo os uruguaio ganho o jogo por 4x2, no Estádio Centenário, em Montevidéu, com um público estimado de 93.000 espectadores. Consagração do Brasil nas Copas do Mundo A seleção brasileira é a única que participou de todas as Copas do Mundo de futebol. Foram 5 títulos (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002), 2 vice-campeonatos (1950 e 1998), dois terceiros lugares (1938 e 1978) e um quarto lugar (1974) em 18 participações. O Brasil foi campeão pela primeira vez em 1958 na Suécia com Didi eleito o melhor jogador da competição e a presença de Garrincha e a estréia de Pelé em Copas. O Brasil conquistou o bicampeonato no Chile em 1962 com brilhantes atuações de Garrincha. O tricampeonato foi vencido no México com a famosa "Seleção de 70", de Rivelino, Tostão, Jairzinho e Pelé. Depois de um intervalo de 24 anos o Brasil voltou a ser campeão em 1994. A seleção da "Era Dunga" trazia o caneco de volta ao Brasil com destaque para Romário, Bebeto e Taffarel. Em 2002, o Brasil foi pentacampeão na Copa da Coréia do Sul e Japão com destaque para Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo Fenômeno.
  5. 5. Copa 1962 Copa de 1994 Copa de 2002 Países da África do Sul participantes da Copa 2010 O primeiro Campeonato Mundial de futebol no continente africano terá cinco seleções desta região, que vai do Deserto do Saara até o país- anfitrião do evento, a África do Sul. Além dos donos da casa, classificaram-se Gana, Costa do Marfim, Camarões e Nigéria.
  6. 6. África do Sul A África do Sul está situada no extremo sul do continente africano e é um país enorme, com uma área de 1.127.200 km². Relevo -Hidrografia -Clima O relevo africano, predominantemente planáltico apresenta considerável altitude média - cerca de 750 metros. As regiões centrais e ocidentais são ocupadas, em sua totalidade, por planaltos erodidos. Apresenta uma hidrografia modesta com lagos e grandes bacias hidrográficas, como o Nilo, Congo do Chade, Níger, Zambeze do Limpopo do Cubango e Orange, os rios africanos são pouco navegáveis. Por essa razão, a África detém cerca de 40% do potencial hidrelétrico do planeta, ainda pouco aproveitado em função dos subdesenvolvimentos econômico. O clima condiciona totalmente a paisagem botânica, que acompanha exatamente as faixas climáticas do centro para o norte e para o sul. Tendo como principal fator na determinação e condicionamento dos climas africanos suas baixas latitudes. Economia da África É o continente mais pobre do mundo. Cerca de 1/3 dos habitantes da África vivem com menos de 1 dólar ao dia, abaixo do nível da pobreza definido pelo Banco Mundial Em sua maioria, os africanos são tradicionalmente pastores e agricultores. Embora um quarto do território africano seja coberto por florestas, grande parte da madeira só tem valor como combustível. Gabão é o maior produtor de okoumé, um derivado da madeira usado na elaboração de compensado (madeira em chapa). A pesca marítima, que é muito difundida e voltada para o consumo local, adquire importância comercial no Marrocos, na Namíbia e na África do Sul. A mineração representa a maior receita dentre os produtos exportados. As indústrias de extração mineral são o setor mais desenvolvido em boa parte da economia africana. Além disso, Serra Leoa tem a maior reserva conhecida de titânio. Religião Em termos de crenças protestantes. Pertencem a várias igrejas, incluindo muitas que combinam crenças cristãs e africanas tradicionais. Muita da população não-cristã é animista. Entre as religiões minoritárias inclui-se o islão, o hinduísmo e o judaísmo. Fusos horário dos países em relação ao Brasil África do Sul: + 5 horas México: - 3 horas França: +4 horas Uruguai: mesmo fuso Argentina: o mesmo fuso Nigéria: Austrália: +13 horas Coréia do Sul: + 12 horas Grécia: +5 horas Inglaterra: +3 horas Estados Unidos: -2 horas Argélia: Alemanha: +4 horas Sérvia: Gana:
  7. 7. Bandeiras dos Países da Copa África do Sul Em seis cores (preta, amarela, verde, branca, vermelha e azul), a bandeira da África do Sul apresenta no centro um "Y" deitado. Este "Y" simboliza a convergência em uma só nação, após o regime de apartheid. A cor vermelha simboliza o sangue. A cor azul representa o céu. O verde simboliza a terra da África do Sul coberta por rica vegetação. A cor preta representa os cidadãos negros e o branco os de cor branca. A cor amarela simboliza o ouro, minério muito presente em solo sul- africano. México Uruguai França Argentina Nigéria Coréia do Sul Grécia Inglaterra Estados Unidos Argélia Eslovênia
  8. 8. Alemanha Austrália Sérvia Gana Holanda Dinamarca Japão Coréia do Norte Camarões Itália Paraguai Nova Zelândia Eslováquia Brasil A nossa bandeira nacional foi adotada em 19 de Novembro de 1889 e contem grandes significados, como a bola azul no meio da bandeira contem dentro dela 27 estrelas e uma faixa no meio escrito ordem e progresso em verde, a bandeira é composta por cores muito marcantes, o verde simboliza as matas do Brasil o verde a natureza, o Amarelo simboliza o ouro, pois o
  9. 9. Brasil é muito rico em ouro, o Azul é o céu, o Branco simboliza a paz Costa do Marfim Portugal Espanha Suíça Honduras Chile
  10. 10. Alimentação para jogadores de futebol A alimentação do atleta é muito importante para favorecer o melhor desempenho esportivo e evitar carências nutricionais. Com uma alimentação equilibrada, pode-se melhorar os depósitos de energia, reduzir as doenças, reduzir o cansaço, aumentar o tempo de atividade do atleta, recuperar os músculos depois do treino e melhorar a saúde geral. Para isso, a dieta deve ser equilibrada, ter qualidade, variedade e moderação. Por isso, é importante conhecer os alimentos para saber em que eles podem ajudar ou prejudicar no desempenho esportivo. CARBOIDRATOS São considerados nutrientes energéticos, pois têm como função o fornecimento de energia necessária para o corpo realizar atividades como: andar, trabalhar, estudar, correr, jogar futebol e outras. São encontrados em alimentos como: pães, massas (sem molhos gordurosos), arroz, batata, frutas, aipim, cereais, etc. PROTEÍNAS São consideradas nutrientes construtores, pois constroem e reparam músculos, tecidos, células, produzem anticorpos (para combater doenças e infecções), enzimas e hormônios (que regulam funções do corpo). Suas fontes são: carnes, ovos, leite e derivados, feijão, ervilha, lentilha, grão de bico, nozes, castanha, etc. GORDURAS Também fornecem grande quantidade de energia, mas suas principais funções são: auxiliar na absorção de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), fornecer saciedade ao organismo, produzir hormônios, proteger e isolar órgãos e tecidos. VITAMINAS E MINERAIS: São os elementos reguladores, importantes por participarem do funcionamento intestinal, digestão, circulação sanguínea e sistema imunológico (sistema de defesa contra doenças). São necessárias para o crescimento normal e manutenção da vida. As vitaminas e minerais são obtidos através da ingestão diária de uma variedade de frutas, verduras e legumes. Se o atleta tiver problemas com a ingestão de frutas e verduras, terá problemas com o aporte adequado de vitaminas e minerais. O ideal é selecionar no mínimo 3 cores diferentes de salada (ex: laranja-cenoura, vermelho-tomate, verde-alface). ÁGUA A água, juntamente com o oxigênio, é o constituinte mais importante para a manutenção da vida. Portanto, a quantidade de água perdida através da urina, fezes, suor e ar expirado deve ser reposta para manter a saúde e a eficiência do organismo na digestão, absorção, circulação e excreção. Recomendação para atletas: 10 a 12 copos ou mais. Durante o treino Para os jogadores terem sucesso em campo, a hidratação deve ser feita periodicamente durante a partida. Podem ser usadas bebidas isotônicas e principalmente água. Depois do treino Logo após o treino (ou a partida), os estoques de carboidratos devem ser repostos, para que a energia perdida seja recuperada. Os minerais e as vitaminas também precisam ser consumidos, pois previnem lesões, reduzem a fadiga do pós treino e melhoram o sistema imunológico; para isto, frutas e suco de frutas são ótimas opções. A ingestão de proteína, neste momento, também é importante, pois é o nutriente responsável pela reestruturação da massa muscular que pode ficar comprometida durante o treinamento ou jogo intenso. Ótimas opções de proteínas são: iogurtes, carnes magras, leite, queijos magros (ricota, queijo branco, minas ou light), presunto magro ou peito de peru, ovos, feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, soja, barrinha de proteínas e etc. E para finalizar, mais uma vez, a água não pode faltar.
  11. 11. Doenças ocupacionais no futebol Lesões mais freqüentes, no futebol As lesões mais comuns relacionadas ao futebol são: distensões dos tornozelos, distensões dos músculos da perna, fraturas, lesões do joelho e cabeça. Distensões Lesões nos tornozelos, na parte inferior de uma perna e nos joelhos (em geral distensões) são as lesões mais freqüentes relacionadas ao futebol. Depois da distensão do tornozelo, as mais comuns são as distensões do joelho do ligamento colateral medial. Os movimentos laterais e os giros durante o futebol contribuem para essas lesões. Distensões Musculares Podem ser causadas por:  Movimento para estender um músculo na direção contrária ao mesmo  Contração forte de um músculo contra uma resistência  Contração forte de um músculo quando não está pronto No futebol, as distensões musculares mais comuns são as da virilha, panturrilha e quadríceps. Essas lesões podem ser dolorosas e deixar o jogador fora de campo por diversos dias ou semanas. As lesões relacionadas ao futebol ocorrem frequentemente devido à parada constante e movimentos de arranque ou por dar um passo maior do que o músculo pode suportar. Fraturas A maioria das fraturas relacionadas ao futebol ocorre nas extremidades inferiores e geralmente resultam de um contato forte. Por isso é tão importante utilizar acessórios de proteção. Lesões de joelho Esta é a lesão mais importante relacionada ao futebol. Os ligamentos colaterais mediais, os meniscos e os ligamentos principais são as partes do joelho em que mais comumente ocorrem essas lesões, neste tipo de esporte. Muitas lesões do joelho, especialmente a hérnia dos ligamentos principais ocorrem fora do contato físico. Em geral, elas ocorrem em função de um estresse excessivo em uma junta do joelho durante as paradas e arranques repentinos. Lesões da cabeça Representam cerca de 5 por cento dos traumas relacionados ao futebol, incluindo lesões dentárias, dos olhos e cérebro. Geralmente ocorrem como resultado de uma colisão entre os jogadores. O choque do cérebro geralmente é causado pelo impacto entre os jogadores ou pelo goleiro, ao defender a bola com a cabeça. Os pesquisadores afirmam que é improvável que o simples ato de bater a bola com a cabeça, se for feito de forma adequada, possa causar lesão neurológica de longo prazo.
  12. 12. Doping no Esporte Doping é a utilização por partes dos atletas, de substâncias ou drogas ilícitas com métodos capazes de aumentar artificialmente o desempenho esportivo. O uso destas substâncias caracteriza uma infração de códigos éticos e disciplinares, podendo ocasionar sanções aos atletas, bem como aos seus técnicos, médicos e dirigentes. A presença de uma concentração anormal de um hormônio endógeno ou seus marcadores diagnósticos, na urina de um atleta implica infração, a menos que sejam devidos a uma condição própria do indivíduo. As substâncias proibidas são distribuídas em 5 grupos principais, segundo o COI, Comitê Olímpico Internacional, são: 1 - Estimulantes 2 - Narcóticos e analgésicos 3 - Anabolizantes 4 - Diuréticos 5 - Hormônios peptídicos e análogo Atletas no Antidoping Um dos atacantes mais velozes do Campeonato Brasileiro e muito importante na campanha do Botafogo na competição, Jobson foi flagrado ontem no exame antidoping por usar substância proibida. A brasileira Daiane dos Santos foi flagrada em um antidoping realizado em julho 2009. A Federação Internacional de Ginástica (FIG) divulgou, que o exame da ginasta deu positivo para a substância proibida furosemida, um tipo de diurético. A atleta brasiliense Rebeca, 23 anos, ganhou duas medalhas de ouro, uma de prata e outra de bronze. Ela foi a primeira nadadora do Brasil a ser campeã na história dos Jogos e figura no 11º lugar no ranking mundial dos 50m livre (é dona do recorde pan-americano, com 25s05. A transformação no corpo da nadadora Rebeca Gusmão(foto abaixo) é visível. Ela ganhou muita massa muscular em 6 anos, e passou a ser muito “vigiada” pela Federação Internacional de Natação. No dia 13/11/2009, a nadadora Rebeca Gusmão teve uma notícia desagradável. A esportista foi banida da natação e não poderá participar mais de competições profissionais.
  13. 13. CONHECENDO AS DROGAS Drogas ilícita É toda e qualquer substância (droga) proibida por lei, como cocaína, anfetamina, ecstasy, crack,e heroína. Drogas lícitas São drogas que tem a sua produção e seu uso permitidos por lei, sendo liberadas para comercialização, tais como as bebidas alcoólicas e cigarros.
  14. 14. Quem vai à África do Sul para assistir os jogos da Copa do Mundo deste ano, que terá inicio em junho, provavelmente ficará meio confuso com a quantidade de línguas faladas pela população. São nada mais, nada menos, que onze idiomas diferentes, e tirando o inglês que é um deles, todos são muito parecidos. E não é nada incomum ver o povo local conversando numa mistura de todos eles, inclusive, há programas de televisão e partida de futebol narradas em línguas diferentes, ao mesmo tempo.Os idiomas, além do inglês, são os seguintes: Afrikaans, Ndebele, Xhosa, Zulu, Sepedi, Sesotho, Setswana, Sswati, Tshivenda e Xitsonga.Na época do regime de segregação Apartheid, somente eram consideradas como línguas oficiais o inglês e o afrikaans, que era o idioma dos brancos do sul-africano e somente estas eram utilizadas nas escolas. Estas variedades de línguas revelam a diversidade étnica e cultural do pais sul-africano. Difícil vai ser entende-los nas ruas. IDIOMAS DA COPA Gana- Akan Costa do Marfim- baoulé Nigéria- Inglês Camarões- Fula e Dula Argélia- Berbere e Francês Coréia do Sul- Coreano Japão- Japonês Austrália- Inglês Coréia do Norte- Coreano Brasil- Português Paraguai- Guarani Chile- Espanhol Argentina- Espanhola Uruguai- Espanhol México- Espanhol EUA- Inglês Honduras- Espanhol Países baixos- Holandês Inglaterra- Inglês Espanha- Espanhol Alemanha- Alemão Dinamarca- Dinamarquês Sérvia- Sérvio Itália- Italiano Suíça- Italiano, Francês e espanhol Eslováquia- Eslovaco Grécia- Grego moderno Portugal- Português Eslovênia- Esloveno França- Francês Nova Zelândia- Maori
  15. 15. ESTÁDIOS DE FUTEBOL DA ÁFRICA Estádio Peter Mokaba O desenho da enorme estrutura de concreto foi inspirado no Baobá, a árvore símbolo da região, com quatro "troncos" gigantes em cada canto do estádio sustentando a cobertura e acomodando rampas de circulação vertical e núcleos de serviços. O novo local de competição foi construído próximo ao antigo estádio de mesmo nome, em Polokwane, e a 5km do centro da cidade, com capacidade para 45.264 pessoas. Estádio Loftus Versfeld Sua primeira estrutura de concreto foi construída pela Câmara Municipal de Pretória e podia receber apenas 2 mil pessoas, mas, desde 1948, o estádio já passou por sucessivas melhorias. Além do futebol, a bola oval também tem vez no estádio, lar dos Blue Bulls, um dos principais times de rúgbi do país. Com capacidade atual para 49.365 pessoas e situado bem no coração de Tshwane/Pretória, o Loftus Versfeld já recebeu várias competições importantes, como o Mundial de rúgbi em 1995 e a Copa das Nações Africanas em 1996. Atualmente, o estádio é também a casa dos times de futebol Mamelodi Sundowns e SuperSport United Estádio Mbombela O Estádio Mbombela é um dos cinco construídos especialmente para a Copa do Mundo da FIFA África do Sul 2010 e toma o nome emprestado da municipalidade local, que compreende a cidade de Nelspruit. Mbombela é uma palavra do idioma suázi, uma das 11 línguas oficiais da África do Sul, e significa literalmente "muita gente reunida em um pequeno espaço". Com capacidade para 43.589 pessoas, o complexo está localizado em Nelspruit, capital da província de Mpumalanga, a 7km do centro da cidade e a 12km do aeroporto. A proximidade de reservas naturais dá ainda aos visitantes a oportunidade de verem um pouco de vida selvagem durante os dias de folga.
  16. 16. Estádio Royal Bafokeng Em 1999, os Bafokeng saíram vitoriosos de uma batalha judicial em que conquistaram direitos sobre 20% da platina obtida nas minas localizadas na terra onde fizeram a sua história. Assim, eles são co-proprietários da mineração de platina na região. Depois de concluído, o estádio terá capacidade para 44.530 espectadores. O estádio fica a somente 25 minutos de carro de Sun City e a 30 minutos de Pilansberg. Ele fica a 12 quilômetros do centro de Rustemburgo. Estádio Soccer City Um dos mais artísticos e impressionantes estádios de futebol do continente africano, o recém-reconstruído Soccer City irá receber o jogo de abertura e a grande final da Copa do Mundo da FIFA África do Sul 2010. O desenho foi inspirado no calabash, o tradicional vaso artesanal africano, e o apelo estético será ainda mais impactante com a iluminação noturna. A arena original, conhecida como Estádio FNB, tinha capacidade para 80 mil pessoas, mas a ampliação do anel superior elevou esse número a 88.460. Outras melhorias foram o aumento do número de camarotes de 85 para 184, a construção da cobertura, a dos vestiário de novos holofotes. Estádio Ellis Park O Estádio Ellis Park se localiza no centro de Johanesburgo e já foi palco de diversos eventos esportivos memoráveis, como a final da Copa das Confederações da FIFA 2009 entre Brasil e Estados Unidos. Porém, antes da competição vencida pelos brasileiros, uma significativa reforma promoveu melhorias e elevou a capacidade de 57 mil para 61.639 torcedores. A maior novidade da renovação para a Copa do Mundo da FIFA foi a construção de mais um setor na arquibancada norte, o que provocou um aumento de quase 9% no número de assentos. Com instalações de ponta para a imprensa, piscinas de hidromassagem, camarotes de luxo, melhor acesso para deficientes físicos e um excelente sistema audiovisual para manter o público informado, o estádio não fica devendo a nenhum outro da África do Sul. Melhor para os torcedores do Orlando Pirates, time mais popular do país e frequente anfitrião do Ellis Park.
  17. 17. Estádio Green Point O novíssimo Estádio Green Point, além de ser um dos mais bonitos da África do Sul, se situa em uma das áreas mais desejadas da Cidade do Cabo e será palco de uma das semifinais da Copa do Mundo da FIFA. Construído parcialmente em um terreno antes utilizado como campo de golfe, a nova joia da Cidade do Cabo fica às margens do oceano, e as partidas disputadas lá terão como pano de fundo as montanhas da cidade. Com capacidade para 66.005 pessoas e revestido com proteção acústica, o estádio deve ficar pronto em dezembro de 2009. O Parque Green Point, onde está sendo erguido, era originalmente mais amplo e incluía a maior parte da área entre o mar e Signal Hill, se estendendo do centro da cidade até Sea Point. Estádio Moses Mabhida Com capacidade para 69.957 espectadores sentados, a arena foi especificamente projetada como uma arena multiuso e um anfiteatro completo com um teleférico que leva a uma plataforma de observação no topo do enorme arco de 350 metros de extensão, mais de 100 metros acima do gramado. De lá, os visitantes têm vistas panorâmicas espetaculares da costa e da cidade. A cobertura é ligada ao arco por cabos de aço com 95 mm de diâmetro. Cada assento é espaçoso e confortável, com uma ótima visão do gramado. A arena multifuncional de última geração está localizada no coração do Complexo Esportivo Kings Park, no terreno do antigo Estádio Kings Park. A área como um todo terá outros estádios e instalações esportivas, além de restaurantes, lojas, áreas para crianças e uma passarela de pedestres que ligará o complexo à praia. Estádio Nelson Mandela Bay Localizado às margens do Lag North End, o Estádio Nelson Mandela Bay é o primeiro dedicado ao futebol na cidade e nos arredores. Construído para a Copa do Mundo da FIFA 2010, ele ficou pronto um ano antes de se iniciar a maior competição do planeta. O estádio vai sediar a disputa pelo terceiro lugar e uma partida válida pelas quartas-de-final, além de outros seis jogos. Entre os atrativos, estão o singular desenho da cobertura e a vista espetacular para o Lago North End. O campo receberá grama natural, mas na área em torno dele ela será artificial.
  18. 18. Formação de um time de futebol: Um jogo de futebol é formado por 22 jogadores, sendo que 11 em cada time são eles: 01 Goleiro 03 e 04 Defesas 02 e 06 Laterais 05 Volante 07 e 08 Centroavantes 09,10 e 11 Atacantes Cada jogador possui sua posição em campo formando cada um seu ângulo. Primeiro é o goleiro que fica no centro do gol na pequena área. A depender do ângulo onde ele se encontre a base forma 90°. As Defesas e Laterais direito e esquerdos ficam posicionados na grande área. Centroavantes posicionam-se no meio do campo. O atacante se posiciona no campo adversário. VELOCIDADE DA BOLA O ângulo de um chute ajuda a determinar a distância que a bola que a bola percorrerá. Quando a bola deixa o pé do jogador, ela está se movendo em determinada velocidade (a aceleração mais o ângulo de direção), dependendo da força com que ele chuta a bola. A bola se move em duas direções, horizontal e vertical. Como a bola foi lançada em certo ângulo, a velocidade é decomposta em dois vetores: o vetor horizontal e o vetor vertical. A rapidez da bola na direção horizontal e a rapidez da bola na direção vertical dependem do ângulo do chute. Se a bola for chutada em um ângulo agudo, terá mais velocidade na direção vertical do que na horizontal: a bola irá alto e terá um tempo de suspensão longo, mas percorrerá uma distância curta. Se a bola for chutada em um ângulo raso, terá mais velocidade na direção horizontal do que na vertical: a bola não irá tão alto e terá um tempo de suspensão curto, mas percorrerá uma grande distância. O jogador que chuta deve decidir o melhor ângulo em vista de sua posição no campo. Estas mesmas variáveis influenciam um passe ou um tiro de campo ("field goal"). No entanto, o jogador que bate o tiro de campo tem uma tarefa mais difícil, porque em geral a bola atinge sua altura máxima antes chegar às traves. jogador em velocidade máxima ~35 km/h (9,8 m/s) Jogador de
  19. 19. defesa - ~98 kg (220 libras) Jogador de linha ofensivo – 133 kg (300 libras) Por exemplo, um chute a uma velocidade de 27,4 m/s em um ângulo de 30° terá os seguintes valores: Componentes vertical e horizontal da velocidade: Vx = V cos(teta) = (27,4 m/s) cos (30°) = (27,4 m/s) (0,087) = 23,7 m/s Vy = V sen(teta) = (27,4 m/s) sen (30°) = (27,4 m/s) (0,5) = 13,7 m/s 1. Tempo de suspensão: ttotal = (0,204Vy) = {0,204 (13,7m/s)} = 2,80 s Distância máxima: xmax = Vx ttotal = (23,7 m/s) (2,80 s) = 66,4 m 1 m = 1,09 jardas xmax = 72 jardas Tempo na altura máxima: t1/2 = 0,5 ttotal = (0,5) (2,80 s) = 1,40 s Altura máxima: ymax = Vy(t1/2) - 4,9(t1/2)2 = [{(13,7 m/s) (1,40 s)} - {4,9(1,40 s)2 }] = 9,6 m 1 m = 3,28 pés ymax = 31,4 pés Se fizermos os cálculos para um chute de mesma velocidade mas em um ângulo de 45°, teremos um tempo de suspensão de 3,96 s; uma distância máxima de 76,8 m (84 jardas); e uma altura máxima de 36,5 m (120 pés). Se mudarmos o ângulo de chute para 60°, teremos um tempo de suspensão de 4,84 s; uma distância máxima de 66,3 m (72 jardas); e uma altura máxima de 54,5 m (179 pés). Note que à medida que o ângulo se torna maior, a bola fica no ar durante mais tempo e vai mais alto. Além disso, à medida que o ângulo de chute aumenta, a distância percorrida pela bola aumenta até um máximo (em 45°) e depois começa a diminuir.
  20. 20. BOLÍVAR ÁFRICA 2010 Redação e Edição: Marise Sousa Gomes (Editora); Colaboradores de Pesquisas: Hilcinete Partiarca, Luíza Borges, Joseane, Elideise Damasceno, Graziele Senna, Sâmara Conceição, Elaine, Jeú Bezerra, Jéssica Clarissa, Roberta Aiana, Suelen Regina, Ionarla Moreira, Jonas, Diego Silva, Jadson. Projeto Gráfico: Produção Gráfica: Jornalistas Responsáveis: Fotografias: Referências Bibliográficas: www.wikipedia.com.br www.medicinaesportiva.com www.rgnutri.com.br www.brasilmedicina.com.br www.suapesquisa.com.br www.brasilescola.com.br www.culinaria.gehspace.com

×