Cecv discipulado - 003

  • 119 views
Uploaded on

Apostila de Dicipulado

Apostila de Dicipulado

More in: Spiritual
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
119
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
5
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. P á g i n a | 1 Sumário Sumário ................................................................................................................................................1 Apresentação .......................................................................................................................................3 Lição 1 – A Salvação .............................................................................................................................4 O Começo .........................................................................................................................................4 O Homem..........................................................................................................................................4 O Pecado...........................................................................................................................................5 O Amor de Deus Pelo Homem..........................................................................................................8 O Que Fazer Para Ser salvo?.............................................................................................................9 Ore Assim..........................................................................................................................................9 Exercício 1.......................................................................................................................................10 Lição 2 – Conhecendo Jesus Cristo.....................................................................................................11 O Filho de Deus...............................................................................................................................11 Salvador ..........................................................................................................................................12 As Conseqüências do Pecado .........................................................................................................12 A Obra de Jesus Cristo ....................................................................................................................13 Lição 3 – Arrependimento..................................................................................................................15 Mudança de Pensamento (Atitude) ...............................................................................................15 Mudança de Reino..........................................................................................................................16 Lição 4 – Batismo Nas Águas..............................................................................................................18 O Que é Batismo?...........................................................................................................................19 Qual o Significado do Batismo?......................................................................................................19 Lição 5 – Andando Com Jesus Cristo..................................................................................................21 Praticando a Palavra.......................................................................................................................21 Lição 6 - Testemunhando de Jesus Cristo ..........................................................................................23 As Quatro Leis Espirituais ...............................................................................................................23 O Testemunho Pessoal ...................................................................................................................24 Lição 7 – Vida de Oração....................................................................................................................26 1 - A Oração é uma forma de submissão: ......................................................................................26
  • 2. P á g i n a | 2 2 - A Oração é uma forma de adoração: ........................................................................................26 3 – A Oração como ato criador:......................................................................................................27 Orai sem cessar...............................................................................................................................27 Lição 8 – Satanás, o Tentador ............................................................................................................28 Lição 9 - O Princípio da Autoridade....................................................................................................30 O trono de Deus é estabelecido sobre autoridade ........................................................................31 A Origem de Satanás ......................................................................................................................31 Obediência à vontade de Deus – A maior de todas as exigências .................................................32 A oração de Jesus no Getsêmani....................................................................................................33 O certo ou errado, está na mão de Deus .......................................................................................33 Para não esquecer ..........................................................................................................................34 Lição 10 – Paternidade.......................................................................................................................35 Filiação............................................................................................................................................35 A paternidade é efetuada pelo poder do Espírito Santo................................................................36 A grande realidade .........................................................................................................................36 O modelo de Cristo.........................................................................................................................36 As palavras do Pai...........................................................................................................................37 Quando sabemos quem somos......................................................................................................38 Lição 11 – Comunidade Evangélica Cristo é a Vida............................................................................39 Nossa Visão.....................................................................................................................................39 Nossa Logo......................................................................................................................................40 Nossa História.................................................................................................................................40 Forma de Liderança ........................................................................................................................41 Forma de Culto ...............................................................................................................................43 Sim! Nós confessamos e pedimos perdão por nossos pecados.....................................................44 Lição 12 – Leituras Bíblicas.................................................................................................................46 Pequeno plano de leitura. ..............................................................................................................46
  • 3. P á g i n a | 3 Apresentação É bom saber que você deu ouvidos à voz de Deus, e isso despertou dentro de você muitas coisas adormecidas, entre elas o interesse de aprender mais do Senhor e descobrir a cada dia a Sua vontade. Uma criança ao nascer não sabe nada sobre a vida em que acabará de ter e nada do que está por vir. Não sabe andar, comer, falar, para tudo depende de alguém. É exatamente isso que está acontecendo com você, acabou de nascer de novo. Nascer de novo é o maior de todos os milagres. Esta apostila que está em suas mãos, é bem simples, mas tem como objetivo dar a você um empurrãozinho em direção a vontade de Deus pra com sua vida. Seu discipulador é alguém que Deus colocou ao seu lado para dar a você os primeiros passos nesta nova vida. Para isso é necessário a você responsabilidade e compreensão, pois estas pequenas coisas determinarão os resultados deste novo caminho. Que Deus continue fazendo em você uma grande obra. Lembre-se, Deus não desiste de você! Pr. Moisés Brasil
  • 4. P á g i n a | 4 Lição 1 – A Salvação OO CCoommeeççoo Deus é o Criador do universo. Tudo foi criado por Ele, seres visíveis ou invisíveis, os céus e a terra, o homem, e os animais. Gênesis 1:1 No princípio criou Deus os céus e a terra. Estas verdades são compreendidas por meio da fé em Jesus Cristo. João 1:3 Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Hebreus 11:1-3 1 Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem. 2 Porque por ela os antigos alcançaram bom testemunho. 3 Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê. OO HHoommeemm O homem diferencia-se de toda a criação. Foi a única criação criada pelas mãos de Deus, e também a única a possui a Sua natureza. Gênesis 2:7 E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida; e o homem tornou-se alma vivente. O homem é constituído de três partes: Espírito Fôlego de vida, consciência, adoração, comunhão com Deus Alma Vontade, razão, sentimentos, inteligência Corpo Os órgãos dos sentidos (tato, olfato, audição, paladar, visão) I Tessalonicenses 5:23 E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. Este homem, perfeição da criação, foi estabelecido em um ambiente de total provisão, com domínio, autoridade e abençoado para cumprir a vontade de Deus. Gênesis 1:26-31 26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra. 27 Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. 28 Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre
  • 5. P á g i n a | 5 os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra. 29 Disse-lhes mais: Eis que vos tenho dado todas as ervas que produzem semente, as quais se acham sobre a face de toda a terra, bem como todas as árvores em que há fruto que dê semente; ser-vos-ão para mantimento. 30 E a todos os animais da terra, a todas as aves do céu e a todo ser vivente que se arrasta sobre a terra, tenho dado todas as ervas verdes como mantimento. E assim foi. 31 E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. E foi a tarde e a manhã, o dia sexto. Cabia ao homem, apenas obedecer às ordens de Deus, para se manter na posição que fora criado. Gênesis 2:16-17 16 Ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes comer livremente; 17 mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás. OO PPeeccaaddoo Havia um ser, antes da criação do homem, chamado Lúcifer, anjo de luz. Era o querubim da aguarda e estava diante de Deus, até o momento em que pecou, por este motivo, foi lançado fora da presença do Senhor. Ezequiel 28:16-17 16 Pela abundância do teu comércio o teu coração se encheu de violência, e pecaste; pelo que te lancei, profanado, fora do monte de Deus, e o querubim da guarda te expulsou do meio das pedras afogueadas. 17 Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei; diante dos reis te pus, para que te contemplem Este ser, no passado esplêndido, tornou-se Satanás, diabo, inimigo e ladrão. Junto com uma terça parte dos anjos, foram expulsos da presença de Deus. Apocalipse 12:9 E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele. Furioso, entretanto, sem capacidade de qualquer atitude contra Deus, procurou vingar-se, armando uma cilada terrível contra o homem. Gênesis 3:1-5 1 Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? 2 Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, 3 mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. 4 Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis. 5 Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal. Adão e Eva, pais da raça humana, pecaram contra Deus. Duvidaram de Sua Palavra, dando ouvidos à voz do diabo, desobedecendo a Deus. Gênesis 3:6 Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu.
  • 6. P á g i n a | 6 Em decorrência desta atitude a terra foi amaldiçoada, a humanidade tornou-se mortal e o homem foi destituído da glória de Deus. Gênesis 3:14-24 14 Então o Senhor Deus disse à serpente: Porquanto fizeste isso, maldita serás tu dentre todos os animais domésticos, e dentre todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida. 15 Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a sua descendência; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. 16 E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a dor da tua conceição; em dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará. 17 E ao homem disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei dizendo: Não comerás dela; maldita é a terra por tua causa; em fadiga comerás dela todos os dias da tua vida. 18 Ela te produzirá espinhos e abrolhos; e comerás das ervas do campo. 19 Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, porque dela foste tomado; porquanto és pó, e ao pó tornarás. 20 Chamou Adão à sua mulher Eva, porque era a mãe de todos os viventes. 21 E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu. 22 Então disse o Senhor Deus: Eis que o homem se tem tornado como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Ora, não suceda que estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente. 23 O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden para lavrar a terra, de que fora tomado. 24 E havendo lançado fora o homem, pôs ao oriente do jardim do Éden os querubins, e uma espada flamejante que se volvia por todos os lados, para guardar o caminho da árvore da vida. Romanos 3:23 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Romanos 6:23 Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor. Dando lugar ao diabo, pecando contra Deus, o homem tornou-se culpado e responsável por sua ruína e de seus descendentes. Na tentativa de reparar este erro, fez, para si, vestimentas de figueira, com intuito de esconder sua nudez, contudo a iniciativa foi rejeitada por Deus, o qual, providenciou roupas de peles de animais. Com isso, Deus estabeleceu um meio adequado, para o homem reatar sua comunhão com Ele, andar em obediência, como foi estabelecido no princípio. Gênesis 3:7, 21 3 Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais. 21 E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu. Mesmo diante de tais fatos, o homem, em toda a sua história, procura reatar sua comunhão com Deus, por métodos não aprovados pelo próprio Deus.
  • 7. P á g i n a | 7 Idolatria Colocar algo entre Deus e o homem. Prostrar-se diante de qualquer criatura, no sentido de adoração e culto Êxodo 20:1-5 1 Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: 2 Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. 3 Não terás outros deuses diante de mim. 4 Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. 5 Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. I Coríntios 10:14 Portanto, meus amados, fugi da idolatria. Romanos 1:18-23 18 Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça. 1 9Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. 20 Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis; 21 porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. 22 Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos, 23 e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Feitiçaria Consultar os mortos, fazer previsões, adivinhações, benzeduras, etc. Levítico 20:6 Quanto àquele que se voltar para os que consultam os mortos e para os feiticeiros, prostituindo-se após eles, porei o meu rosto contra aquele homem, e o extirparei do meio do seu povo. A Bíblia nos indica que a invocação destas entidades espirituais na verdade é invocação de demônios. Esta prática aborrece diretamente o coração de Deus e Sua ira vem sobre os homens por meio delas. I Coríntios 10:20-21 20 Antes digo que as coisas que eles sacrificam, sacrificam-nas a demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios. 21 Não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice de demônios; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa de demônios. Existem muitas crenças que não andam segundo os padrões da Palavra de Deus, tornando-se inúteis na tentativa de restaurar o homem da sua posição original. Atos 4:12 E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos.
  • 8. P á g i n a | 8 I Timóteo 2:3-6 3 Pois isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, 4 o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. 5 Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, 6 o qual se deu a si mesmo em resgate por todos, para servir de testemunho a seu tempo; O Pecado levantou uma grande barreira entre Deus e o homem. Devido a este erro, o homem, sofreu quatro conseqüências: A Ira de Deus O Caráter santo de Deus foi ofendido, despertando Sua ira em relação ao pecado. Jo. 3:36. A Dívida de Pecado O homem contraiu dívida com Deus. Is. 59:2, Rm. 3:9,5,12, I Co. 15:5. Escravo de Satanás O pecado tornou o homem escravo de satanás Ef. 2:1-3, e escravo da lei e do pecado Jo. 8:34, Cl. 1:13, I Pe.2:9 Morte Espiritual A desobediência leva o homem a alienar-se de Deus; no dia em que o homem pecou, o pecado trouxe a morte espiritual Gn. 2:17, Gn. 3:19, Rm. 6:23, Ef. 2:1 OO AAmmoorr ddee DDeeuuss PPeelloo HHoommeemm Mesmo diante de tal calamidade, Deus nunca desistiu do homem, não o deixou à mercê de seu pecado. Providenciou um meio pelo qual a humanidade pudesse arrepender-se, voltar à comunhão e ser salva. Este plano concretizou-se na morte e ressurreição de Jesus Cristo, que por amor, a Si mesmo se entregou, como preço de resgate. João 3:16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 4:9-10 9 Disse-lhe então a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (Porque os judeus não se comunicavam com os samaritanos.) 10 Respondeu-lhe Jesus: Se tivesses conhecido o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe terias pedido e ele te haveria dado água viva.
  • 9. P á g i n a | 9 OO QQuuee FFaazzeerr PPaarraa SSeerr ssaallvvoo?? Não devemos desperdiçar tamanha salvação, voltando-nos novamente a ter comunhão com Deus, através de Jesus Cristo. Recebendo-O como nosso único suficiente Salvador e Senhor. Crendo no Senhor Jesus Atos 16:30-31 30 e, tirando-os para fora, disse: Senhores, que me é necessário fazer para me salvar? 31 Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa. Chegando-se até Jesus Cristo João 6:37 Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. Confessando os pecados I João 1:9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça Arrependendo-se Atos 3:19 Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, de sorte que venham os tempos de refrigério, da presença do Senhor, Invocando o nome de Jesus Cristo Romanos 10:8-13 8 Mas que diz? A palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração; isto é, a palavra da fé, que pregamos. 9 Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo; 10 pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. 11 Porque a Escritura diz: Ninguém que nele crê será confundido. 12 Porquanto não há distinção entre judeu e grego; porque o mesmo Senhor o é de todos, rico para com todos os que o invocam. 13 Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Recebendo Jesus Cristo no coração João 14:23 Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada. OOrree AAssssiimm Pai celestial, eu recebo Jesus Cristo como meu único suficiente Senhor e Salvador. Arrependo-me dos meus pecados e pelo sangue do Cordeiro que tira o pecado do mundo, rogo-te que me purifiques. Escreva o meu nome no livro da vida. Ensina-me a andar em Sua presença, obedecer a Sua Palavra e ser perfeito. Livra-me do poder do maligno e encha-me do Santo Espírito para ser instrumento em Suas mãos. Obrigado, por me perdoar e me receber como filho amado. Oro em nome de Jesus Cristo, amém.
  • 10. P á g i n a | 10 EExxeerrccíícciioo 11 Questão 1: Você crê que Deus é o criador do universo? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 2: De que forma o homem é constituído? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 3: Quais os efeitos do pecado na vida do homem? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 4: O que é idolatria? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 5: O que é feitiçaria? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 6: Como Deus demonstrou seu amor pelo homem? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 11. P á g i n a | 11 Lição 2 – Conhecendo Jesus Cristo OO FFiillhhoo ddee DDeeuuss Jesus Cristo é a pedra angular, sobre a qual a igreja está edificada. Todo cristão deve conhecer a respeito de Sua vida e obra, objetivado o crescimento, a obediência e como conseqüência a intimidade. Colossenses 1:12-22 12 dando graças ao Pai que vos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz, 13 e que nos tirou do poder das trevas, e nos transportou para o reino do seu Filho amado; 14 em quem temos a redenção, a saber, a remissão dos pecados; 15 o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; 16 porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele. 17 Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas; 18 também ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência, 19 porque aprouve a Deus que nele habitasse toda a plenitude, 20 e que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra como as que estão nos céus. 21 A vós também, que outrora éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, 22 agora contudo vos reconciliou no corpo da sua carne, pela morte, a fim de perante ele vos apresentar santos, sem defeito e irrepreensíveis, Por toda a Bíblia, Jesus Cristo é descrito como Filho de Deus Apóstolo Pedro Mateus 16:16 Respondeu-lhe Simão Pedro: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Apóstolo João João 1:1 e 14 1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 14 E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai. Apóstolo Paulo Atos 9:20 e logo nas sinagogas pregava a Jesus, que este era o filho de Deus. Anjos Lucas 1:35 Respondeu-lhe o anjo: Virá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso o que há de nascer será chamado santo, Filho de Deus. Pai Mateus 3:17 e eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. Homens Marcos 15:39 Ora, o centurião, que estava defronte dele, vendo-o assim expirar, disse: Verdadeiramente este homem era filho de Deus.
  • 12. P á g i n a | 12 Demônios Marcos 3:11 E os espíritos imundos, quando o viam, prostravam-se diante dele e clamavam, dizendo: Tu és o Filho de Deus. Profetas João 1:32-34 32 E João deu testemunho, dizendo: Vi o Espírito descer do céu como pomba, e repousar sobre ele. 33 Eu não o conhecia; mas o que me enviou a batizar em água, esse me disse: Aquele sobre quem vires descer o Espírito, e sobre ele permanecer, esse é o que batiza no Espírito Santo. 34 Eu mesmo vi e já vos dei testemunho de que este é o Filho de Deus. Discípulos João 1:49 Respondeu-lhe Natanael: Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és rei de Israel. SSaallvvaaddoorr As Escrituras afirmam ser Jesus Cristo o único Salvador dos homens. Lucas 2:11 É que vos nasceu hoje, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor.. Judas 1:25 ao único Deus, nosso Salvador, por Jesus Cristo nosso Senhor, glória, majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, e agora, e para todo o sempre. Amém. Atos 4:12 E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos. AAss CCoonnsseeqqüüêênncciiaass ddoo PPeeccaaddoo Conseqüência Obra da Expiação Resultado Benefício Ira Propiciação Justificação Paz do Deus Dívida de Pecado Redenção (1) Santificação Perdão Escravos de Satanás Redenção (2) Libertação Liberdade Morte Espiritual Morte Substitutiva Regeneração Novo Nascimento
  • 13. P á g i n a | 13 AA OObbrraa ddee JJeessuuss CCrriissttoo Obra da Expiação Resultado Benefício Propiciação É o ato de remover a ira de Deus por meio de derramamento de sangue – Lv 16:2,15,16,30. Cristo derramou Seu sangue por nós. Hb 9:14, Hb 10:19,20 O resultado da propiciação é a Justificação: ser declarado justo diante de Deus, todas as exigências da lei foram satisfeitas Rm. 3:24,25 O benefício da Justificação é a paz com Deus Rm. 5:1 Redenção É o ato de alguém se oferecer em resgate a favor de outro Jo. 10:17. Cristo foi o único que preencheu os requisitos para resgatar o homem. Is. 59:16, II Co, 5:21; Hb. 2:14,15. Por causa desta obra, Jesus Cristo trouxe dois resultados e dois benefícios O 1º resultado foi que a dívida do pecado foi cancelada, produzindo santificação – declarar santo por não haver culpa de pecado. Hb. 2:10,11; Hb. 10:10-14. O 2º resultado foi a libertação da escravidão – estar livre de alguém ou de algo a que se esteve preso. Hb. 2:14,15. Jo. 8:32,34-36. O homem foi liberto da escravidão do diabo. O 1º benefício desta redenção é a santificação, conseqüentemente perdão dos pecados e acesso a Deus. Hb. 10:19-22; Hb. 12:4. O 2º benefício desta redenção é a liberdade: liberdade em Cristo, livres do poder do diabo, do pecado, da maldição da lei e da carne. Rm. 6:5,8,11,14. Morte Substitutiva Foi o ato de Jesus em morrer em nosso lugar. Ef. 2:1; Hb. 2:9 Regeneração: Restauração da vida de Deus no homem – Novo Nascimento. II Co. 5:17 Novo Nascimento: Nascemos do Espírito Jo. 3:3 e temos a vida eterna Jo. 3:8. EExxeerrccíícciioo 22 Questão 1: Quem é Jesus Cristo? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 2: Quais as conseqüências do pecado? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 3: Quais os benefícios da obra de Cristo? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 4: O que é morte substitutiva? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 14. P á g i n a | 14 Questão 5: O que a Bíblia afirma sobre ser Jesus Cristo o Salvador? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 6: Quais os benefícios da redenção? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 15. P á g i n a | 15 Lição 3 – Arrependimento É muito importante entendermos com clareza o que é arrependimento. Nós estamos rodeados de conceitos do mundo e de conceitos religiosos que não definem exatamente nosso problema para com Deus, não resolvendo e nem efetuando, na verdade, uma mudança plena em nossa maneira de viver. MMuuddaannççaa ddee PPeennssaammeennttoo ((AAttiittuuddee)) Marcos 1:14-15 14 Ora, depois que João foi entregue, veio Jesus para a Galiléia pregando o evangelho de Deus 15 e dizendo: O tempo está cumprido, e é chegado o reino de Deus. Arrependei-vos, e crede no evangelho. Romanos 12:2 E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. No grego a metanóia é mudança de mente. O ponto básico a entendermos é que arrependimento é uma mudança de atitude, uma mudança de mentalidade. O nosso maior problema para com Deus não está nas coisas erradas que fazemos (atos), mas sim na nossa posição (atitude interior) de independência e rebelião para com Deus. Na verdade todos os nossos atos são decorrentes de uma atitude e uma disposição interior que tenho em relação a Deus. Quando em meu interior há um princípio de independência (faço o que quero, sou dono da minha vida), obviamente os meus atos e coisas que eu quero fazer no meu dia a dia não vão agradar a Deus. O objetivo de Deus é atingir a raiz do problema: que eu mude de atitude. De uma atitude de independência para uma atitude de dependência; de uma atitude de rebelião (faço o que me dá na cabeça), para uma atitude de submissão (estou sujeito a Cristo em tudo). Atitude de Rebelião Atitude de Submissão Faço o que me dá na cabeça Sou dono da minha vida Eu governo a minha vida Estou sujeito a Cristo Dependência de Deus Cristo governa a minha vida Pelo conceito comum, arrependimento é entendido por um sentimento de tristeza em relação aos pecados cometidos. Agora Deus está dando algo mais sólido: por meio de um verdadeiro arrependimento chegamos a ter nosso interior totalmente mudado, vivemos uma nova vida, estamos numa relação certa para com o Senhor.
  • 16. P á g i n a | 16 MMuuddaannççaa ddee RReeiinnoo Colossenses 1:13 e que nos tirou do poder das trevas, e nos transportou para o reino do seu Filho amado; Reino das Trevas Reino da Luz Vivo como quero Efésios 2:2-3 2 nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência, 3 entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais. Vivo como Ele quer Negar-se a sim mesmo Tomar a sua cruz a cada dia Marcos 8:34-36 34 E chamando a si a multidão com os discípulos, disse- lhes: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me. 35 Pois quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, salvá-la-á. 36 Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? Lucas 14:26-27 26 Se alguém vier a mim, e não aborrecer a pai e mãe, a mulher e filhos, a irmãos e irmãs, e ainda também à própria vida, não pode ser meu discípulo. 27 Quem não leva a sua cruz e não me segue, não pode ser meu discípulo. 28 Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se senta primeiro a calcular as despesas, para ver se tem com que a acabar? 29 Para não acontecer que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a zombar dele, 30 dizendo: Este homem começou a edificar e não pode acabar. 31 Ou qual é o rei que, indo entrar em guerra contra outro rei, não se senta primeiro a consultar se com dez mil pode sair ao encontro do que vem contra ele com vinte mil? 32 No caso contrário, enquanto o outro ainda está longe, manda embaixadores, e pede condições de paz. 33 Assim, pois, todo aquele dentre vós que não renuncia a tudo quanto possui, não pode ser meu discípulo. Incrédulo Religioso Discípulo Centro Eu Não quer ouvir sobre arrependimento. Centro Eu Tem algumas idéias confusas sobre arrependimento. Centro Jesus Cristo Tem uma vida com Jesus Cristo e experimentou um verdadeiro arrependimento.
  • 17. P á g i n a | 17 EExxeerrccíícciioo 33 Questão 1: O que é arrependimento? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 2: O que é uma atitude de rebelião? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 3: O que é uma atitude de submissão? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 4: Quando eu vivo como eu quero, estou tendo uma atitude de... e por quê? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 5: Quando eu vivo como o Senhor quer que eu viva, estou tendo uma atitude de... e por quê? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 6: O que é mudança de reino? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 18. P á g i n a | 18 Lição 4 – Batismo Nas Águas Jesus Cristo, depois de sua morte e ressurreição, e, antes de Sua ascensão, deu uma ordem universal a Seus discípulos: Mateus 28:18-20 18 E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. 19 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Marcos 16:15-16 15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura. 16 Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. Os apóstolos, desde que receberam o Espírito Santo, começaram a proclamar o Evangelho e batizar aos que criam como ato e sinal de sua conversão. Atos 2:38-41 38 Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. 39 Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar. 40 E com muitas outras palavras dava testemunho, e os exortava, dizendo: salvai-vos desta geração perversa. 41 De sorte que foram batizados os que receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas; Atos 8:12 Mas, quando creram em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus e do nome de Jesus, batizavam-se homens e mulheres. Atos 8:38-39 38 mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e Filipe o batizou. 39 Quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco, que jubiloso seguia o seu caminho. Atos 10:44-48 44 Enquanto Pedro ainda dizia estas coisas, desceu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. 45 Os crentes que eram de circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que também sobre os gentios se derramasse o dom do Espírito Santo; 46 porque os ouviam falar línguas e magnificar a Deus. 47 Respondeu então Pedro: Pode alguém porventura recusar a água para que não sejam batizados estes que também, como nós, receberam o Espírito Santo? 48Mandou, pois, que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Então lhe rogaram que ficasse com eles por alguns dias. Atos 16:30-34 30 e, tirando-os para fora, disse: Senhores, que me é necessário fazer para me salvar? 31 Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa. 32 Então lhe pregaram a palavra de Deus, e a todos os que estavam em sua casa. 33 Tomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite, lavou-lhes as feridas; e logo foi batizado, ele e todos os seus. 34 Então os fez subir para sua casa, pôs-lhes a mesa e alegrou-se muito com toda a sua casa, por ter crido em Deus.
  • 19. P á g i n a | 19 Atos 18:8 Crispo, chefe da sinagoga, creu no Senhor com toda a sua casa; e muitos dos coríntios, ouvindo, criam e eram batizados. OO QQuuee éé BBaattiissmmoo?? Batizar significa submergir. Por esta razão na Bíblia, os que se convertiam era batizados em água por imersão. O significado e valor espiritual do batismo Me uno a Cristo para em Sua morte, morrer para a antiga vida e ressuscitar com Cristo para uma nova vida. QQuuaall oo SSiiggnniiffiiccaaddoo ddoo BBaattiissmmoo?? Sou batizado em Cristo Estou unido a Cristo Sou enxertado em Cristo Fui introduzido em Cristo Romanos 6:3 Ou, porventura, ignorais que todos quantos fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte? Morro e ressuscito Romanos 6:4-9 4 Fomos, pois, sepultados com ele pelo batismo na morte, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. 5 Porque, se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente também o seremos na semelhança da sua ressurreição; 6 sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado fosse desfeito, a fim de não servirmos mais ao pecado. 7 Pois quem está morto está justificado do pecado. 8 Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos, 9 sabendo que, tendo Cristo ressurgido dentre os mortos, já não morre mais; a morte não mais tem domínio sobre ele. Sou membro do corpo de Cristo I Coríntios 12:13 Pois em um só Espírito fomos todos nós batizados em um só corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos quer livres; e a todos nós foi dado beber de um só Espírito. Sou perdoado dos meus pecados através do sangue de Jesus Atos 2:38 Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo
  • 20. P á g i n a | 20 EExxeerrccíícciioo 44 Questão 1: Por quê devo ser batizado nas águas? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 2: Quais os significados do batismo? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 3: O que quer dizer “ser membro do corpo de Cristo”? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 4: O batismo é bíblico ou um mandamento humano? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 5: Por que um recém nascido não deve ser batizado? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 6: Segundo o texto de Marcos 16:16, qual é a minha primeira atitude antes do batismo? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 21. P á g i n a | 21 Lição 5 – Andando Com Jesus Cristo Anteriormente, vimos ser o homem uma obra-prima da criação de Deus. Recebeu domínio e autoridade para governar, segundo o padrão celestial. Foi colocado em um ambiente de total provisão. Estas condições seriam mantidas por sua obediência às ordens de Deus, entretanto, pecou, dando lugar ao diabo e assumindo uma dívida impagável, tornou-se escravo de satanás. Deus, em Sua infinita misericórdia, não deixou o homem à mercê de seu desastre pecaminoso, providenciando um meio de reconciliação: A encarnação, morte, ressurreição e ascensão de Jesus Cristo. Por este motivo, todo que se aproxima Dele, deve seguir Seu exemplo, diante de Deus e dos homens. 1 Pedro 2:21 Porque para isso fostes chamados, porquanto também Cristo padeceu por vós, deixando-vos exemplo, para que sigais as suas pisadas. PPrraattiiccaannddoo aa PPaallaavvrraa Existem algumas práticas essenciais para que o cristão cresça e chegue à estatura de varão perfeito – Jesus Cristo: Crente em Deus Jesus Cristo foi um homem cheio de fé. O discípulo deve ter uma fé verdadeira Hebreus 11:6 Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam. Cheio do Espírito Santo Jesus Cristo foi um homem cheio do Espírito Santo. O discípulo deve ser cheio do Espírito Santo para vencer o mundo e ser usado por Deus. Efésios 5:18 E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito, Atos 1:8 Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra. Santo Jesus Cristo foi um homem santo. O discípulo deve ser santo e irrepreensível diante de Deus e dos homens. A santidade confirma o Novo Nascimento. I Pedro 1:16-16 14 Como filhos obedientes, não vos conformeis às concupiscências que antes tínheis na vossa ignorância; 15 mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em todo o vosso procedimento; 16 porquanto está escrito: Sereis santos, porque eu sou santo. Homem de Oração Jesus foi um homem de oração. O discípulo precisa revelar dependência e submissão a Deus, por meio da oração Colossenses 4:2 Perseverai na oração, velando nela com ações de graças, Leitor da Palavra de Deus Jesus foi um homem conhecedor da Palavra de Deus. O discípulo deve dedicar-se ao estudo da Palavra de Deus, pois, Ela é o Livro que rege a conduta cristã, alimenta e alicerça a fé. João 5:39 Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de mim; Josué 1:7-8 7 Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, cuidando de
  • 22. P á g i n a | 22 fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; não te desvies dela, nem para a direita nem para a esquerda, a fim de que sejas bem sucedido por onde quer que andares. 8 Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. Comunhão Com a Igreja Jesus Cristo, desde criança, tinha o hábito de estar na sinagoga. O discípulo deve fazer parte de uma igreja local e se submeter a sua liderança. Hebreus 10:25 não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia. Caridoso Jesus praticou e deu vários ensinamentos sobre caridade. O discípulo não pode esquecer da obra de caridade. I Coríntios 13:1-3,13 1 Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine. 2 E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. 3 E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. 13 Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor. EExxeerrccíícciioo 55 Questão 1: Como devo praticar a Palavra de Deus? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 2: Por que devo ler a Palavra de Deus (Bíblia)? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 3: O que significa ser caridoso? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 23. P á g i n a | 23 Lição 6 - Testemunhando de Jesus Cristo Ao se tornar um cristão, o homem recebe um chamado para testemunhar a respeito de Jesus Cristo. Este ministério deve ser entendido como grande privilégio, afinal de contas, a pessoa não estará falando de qualquer um, e sim do Rei dos reis e do Senhor dos senhores. A obra de evangelização não é apenas uma tarefa para os vocacionados ao ministério de evangelista, e sim, uma ordem emitida pelo Senhor aos Seus servos. O cumprimento desta ordem estabelecerá o reino de Deus na terra e fera com que Jesus venha buscar a Sua igreja. I Timóteo 2:4 o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. Muitos não transmitem sua fé por não se sentirem capacitados, este sentimento é normal para o novo convertido. A solução para esta questão não difícil. Existem duas formas eficientes para comunicar a fé: AAss QQuuaattrroo LLeeiiss EEssppiirriittuuaaiiss Deus é amor As pessoas precisam saber o quanto são amadas e que Deus tem um plano maravilhoso para elas. João 3:16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. O homem pecou As pessoas precisam saber que o pecado as afasta de Deus Romanos 3:23 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Romanos 6:23 Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor. Jesus Cristo é o Salvador As pessoas precisam saber que o homem não ficou a mercê de seu erro, Jesus Cristo resolveu a situação João 3:17 Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Aceitar a Jesus Como Salvador As pessoas precisam saber que Jesus Cristo está disposto a perdoar todos os que O aceitam como único salvador. Romanos 10:9-13 9 Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo; 10 pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. 11 Porque a Escritura diz: Ninguém que nele crê será confundido. 1 2Porquanto não há distinção entre judeu e grego; porque o mesmo Senhor o é de todos, rico para com todos os que o invocam. 13 Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
  • 24. P á g i n a | 24 OO TTeesstteemmuunnhhoo PPeessssooaall Testemunho é a declaração, alegação, prova, indício ou comprovação de um fato, feito por uma testemunha. A expectativa de Deus é que todo discípulo de Jesus testemunhe de dê muito fruto. João 15:8 Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. O êxito do testemunho consiste em tornar a iniciativa e deixar os resultados com Deus. O cristão precisa ser ungido para tal tarefa Isaías 61:1 O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos; A unção do Espírito Santo quebra o jugo e liberta o pecador do domínio do pecado. Ninguém pode convencer o perdido com o intelecto ou com a força humana. O Espírito Santo que convence o homem. João 16:8 E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: Esboço de um testemunho: Como era a minha vida antes de conhecer a Jesus Cristo Neste momento você não deve se deter em relação ao seu pecado para não enfatizar mais o erro do que a solução. Em poucas palavras, comente como você era, agia e como aquele tipo de vida não o levou a nada. Como percebi que precisava de Jesus Cristo Neste ponto, é importante expressar como eram seus sentimentos, angústia, insatisfação e seu vazio interior. Como comprometi minha vida com Jesus Cristo Leve o ouvinte a entender, qual foi a forma como teve comprometimento com Jesus. Se foi por meio de um voto, uma oração ou confissão diante de igreja. Muitas vezes o ouvinte quer posicionar-se em relação a Jesus Cristo, porém não sabe como. A diferença que Jesus fez na minha vida Explique com todo entusiasmo como sua vida melhorou por andar com Jesus Cristo EExxeerrccíícciioo 66 Questão 1: Por que devo testemunhar de Cristo? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 25. P á g i n a | 25 Questão 2: Quais são as quaro leis espirituais? 1. ____________________________________________________________________ 2. ____________________________________________________________________ 3. ____________________________________________________________________ 4. ____________________________________________________________________ Questão 3: Todos os homens são pecadores? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 4: Se Deus é amor então por quê tanto sofrimento? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 26. P á g i n a | 26 Lição 7 – Vida de Oração Diariamente somos submetidos aos mais acirrados combates, nossa luta contra o diabo, a carne e contra o mundo, nada disso é insignificante, por menor que seja a luta, os perigos são graves, e para isso precisamos estar fortalecidos no Senhor e na força do Seu poder. Efésios 6:10 Finalmente, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Uma grande arma para enfrentarmos toda esta guerra, é a oração. Entretanto, a oração não é somente uma arma de guerra, mas um meio pelo qual mantemos a comunhão com Deus, ou seja, ligados a Ele, tendo o entendimento de que somos Seus filhos. Jesus Cristo, ensinou-nos a postura e a forma de orar Postura = Atitude de coração Forma = Começo, meio e fim Mateus 6:5-13 5 E, quando orardes, não sejais como os hipócritas; pois gostam de orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa. 6 Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará. 7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos. 8 Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes. 9 Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10 venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; 11 o pão nosso de cada dia nos dá hoje; 12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores; 13 e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém.] 11 -- AA OOrraaççããoo éé uummaa ffoorrmmaa ddee ssuubbmmiissssããoo:: Quando oramos colocamos diante de Deus as situações em que estamos vivendo, pedimos, clamamos, e por fim nos submetemos a vontade do Pai, aguardando uma reposta dEle para as nossas vidas. 22 -- AA OOrraaççããoo éé uummaa ffoorrmmaa ddee aaddoorraaççããoo:: A oração faz parte de um grupo de ações que compõe nosso momento de culto (meditação na Palavra, louvor, testemunho e oração). Em Efésios 6:18, lemos que a oração do crente deve ser feita “no Espírito”, e é nessa expressão que vemos tanto a atitude de adoração como a submissão ao Senhor.
  • 27. P á g i n a | 27 I Tessalonicenses 5:17 com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos, A oração incorpora em si as atitudes essenciais da adoração, como a confiança em Deus, a submissão à Sua vontade, a adoração à Sua pessoa, ações de graças e louvor. 33 –– AA OOrraaççããoo ccoommoo aattoo ccrriiaaddoorr:: A oração vale-se do poder criador de Deus, pelo que também se diz: A oração modifica as coisas. Essa modificação não vem da parte do homem, pois depende da ajuda dada pelo Criador. Na oração, pois, entregamos nas mãos de Deus as coisas que precisam ou não serem modificadas. OOrraaii sseemm cceessssaarr A oração deve ser constante na vida do cristão, não apenas nos momentos de reuniões, mas uma prática diária. I Tessalonicenses 5:17 Orai sem cessar. Quando oramos, reconhecemos a pessoa e o poder de Deus, bem como a Sua vontade para conosco. Jamais saberemos nossa posição no Senhor, se não houver em nós a prática da oração. EExxeerrccíícciioo 77 Questão 1: Por que devo orar? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 2: O que Jesus ensinou sobre oração? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 28. P á g i n a | 28 Lição 8 – Satanás, o Tentador Desde o momento em que você creu no Senhor Jesus Cristo Ele passou a ser o Senhor da sua vida. Glória a Deus por isso! Consequentemente, você mudou de reino, antes pertencia ao reino das trevas e agora pertence ao Reino de Deus. Efésios 2:1-6 1 Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, 2 nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência, 3 entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais. 4 Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, 5 estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), 6 e nos ressuscitou juntamente com ele, e com ele nos fez sentar nas regiões celestes em Cristo Jesus, Uma grande arma para enfrentarmos toda esta guerra, é a oração. Entretanto, a oração não é somente uma arma de guerra, mas um meio pelo qual mantemos a comunhão com Deus, ou seja, ligados a Ele, tendo o entendimento de que somos Seus filhos. Satanás, o príncipe deste mundo, usará de todas as maneiras (estratégias) para impedir-nos de entrar e permanecer no Reino de Deus. Portanto, tenha cuidado, fique atento com as armadilhas que o diabo, nosso inimigo, colocará diante de nós. 1 Pedro 5:8-9 8 Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar; 9 ao qual resisti firmes na fé, sabendo que os mesmos sofrimentos estão-se cumprindo entre os vossos irmãos no mundo. Sua confiança no Senhor Jesus lhe garantirá a vitória. Lucas 4:1-13 1 Jesus, pois, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão; e era levado pelo Espírito no deserto, 2 durante quarenta dias, sendo tentado pelo Diabo. E naqueles dias não comeu coisa alguma; e terminados eles, teve fome. 3 Disse-lhe então o Diabo: Se tu és Filho de Deus, manda a esta pedra que se torne em pão. 4 Jesus, porém, lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem. 5 Então o Diabo, levando-o a um lugar elevado, mostrou-lhe num relance todos os reinos do mundo. 6 E disse-lhe: Dar-te-ei toda a autoridade e glória destes reinos, porque me foi entregue, e a dou a quem eu quiser; 7 se tu, me adorares, será toda tua. 8 Respondeu-lhe Jesus: Está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. 9 Então o levou a Jerusalém e o colocou sobre o pináculo do templo e lhe disse: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; 10 porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito, que te guardem; 11 e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. 12 Respondeu-lhe Jesus: Dito está: Não tentarás o Senhor teu Deus. 13 Assim, tendo o Diabo acabado toda sorte de tentação, retirou-se dele até ocasião oportuna. Nossos inimigos não são as pessoas que muitas vezes falam mal de nós, nos perseguem, dizem mentiras ao nosso respeito, e sim unicamente o diabo. Efésios 6:12 pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes.
  • 29. P á g i n a | 29 EExxeerrccíícciioo 88 Questão 1: Por que satanás nos tenta? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 2: Como devo reagir contras as ciladas do diabo? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 3: Uma pessoa que me faz mal, é minha inimiga? Por quê? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 30. P á g i n a | 30 Lição 9 - O Princípio da Autoridade Um grande princípio estabelecido na Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, é o princípio da autoridade. O universo é regido pela autoridade Divina, a natureza tem a sua autoridade, bem como na dimensão humana, também há a autoridade. Na epístola de Paulo aos Romanos Romanos 13:1-2 Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus. Por isso, quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. Com isso entendemos que o princípio da autoridade está baseado no próprio Deus. Autoridade vai além do poder, a esfera de alcance do poder as vezes é limitada, entretanto, a da autoridade vai muito além, pois nela está inserido o poder. Uma questão bem prática para entendermos este princípio da autoridade, é que exercer autoridade quem anda debaixo de autoridade, ou seja, para alguém exercer autoridade deverá estar sob autoridade, assim como o próprio Senhor Jesus Cristo tinha sobre si autoridade porque andava sob a autoridade de Deus, todos os seus atos foram de autoridade, pois estava à sombra da autoridade divina. Outro exemplo, para melhor esclarecer o princípio da autoridade é quando Davi resolve pelejar contra o gigante Golias, mesmo sabendo da situação de falência espiritual que Saul se encontrava, Davi submete-se à autoridade do Rei Saul antes de enfrentar Golias. Assim como Naamã, o general de guerra, leproso, sabendo que em Israel havia um homem de Deus que poderia limpar-lhe de todo o mal, quando decide ir até Israel em busca de seu milagre, primeiramente informa ao seu rei de toda a situação, e logo parte em direção à Israel. Este é o princípio da autoridade, reconhecer que em qualquer lugar ou situação que nos encontramos, sempre haverá alguém que exerce autoridade sobre as nossas vidas, na escola, em casa, no trabalho, na igreja, etc. O exercício da autoridade não se dá pela imposição autoritária, mas pela conscientização da importância de andarmos sob autoridade, pois quando assim andamos temos segurança. Ligado diretamente ao entendimento do princípio da autoridade, exercitamos nossas contribuições, assim como Abraão, que reconhece em Melquisedeque uma autoridade espiritual, e por reconhecer que havia alguém sobre a vida dele, consequentemente, traz o dízimo de tudo o que possuía. Viver sob autoridade, não é uma obrigação, mas um privilégio que poucos desejam, são muitos que almejam exercer autoridade, sem tem noção de que para exercer autoridade é necessário que venhamos a andar abaixo de autoridade.
  • 31. P á g i n a | 31 OO ttrroonnoo ddee DDeeuuss éé eessttaabbeelleecciiddoo ssoobbrree aauuttoorriiddaaddee Deus age a parir do seu trono, e o seu trono está estabelecido sobre a sua autoridade. Todas as coisas são criadas pela autoridade de Deus e todas as leis físicas do universo são mantidas através de sua autoridade. Por isso a Bíblia diz que Deus está “sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder”, o que significa que todas as coisas são mantidas pela palavra de sua autoridade. Pois a autoridade divina representa o próprio Deus enquanto o seu poder se expressa apenas pelos seus atos. Autoridade Divina = Próprio Deus Poder Divino = Atos de Deus Romanos 13:1-7 1 Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus. 2 Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. 3 Porque os magistrados não são motivo de temor para os que fazem o bem, mas para os que fazem o mal. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela; 4 porquanto ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador em ira contra aquele que pratica o mal. 5 Pelo que é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa da ira, mas também por causa da consciência. 6 Por esta razão também pagais tributo; porque são ministros de Deus, para atenderem a isso mesmo. 7 Dai a cada um o que lhe é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra. Hebreus 1:3 sendo ele o resplendor da sua glória e a expressa imagem do seu Ser, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo ele mesmo feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade nas alturas, Mateus 26:62-64 62 Levantou-se então o sumo sacerdote e perguntou-lhe: Nada respondes? Que é que estes depõem contra ti? 63 Jesus, porém, guardava silêncio. E o sumo sacerdote disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho do Deus. 64 Repondeu-lhe Jesus: É como disseste; contudo vos digo que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Poder, e vindo sobre as nuvens do céu. AA OOrriiggeemm ddee SSaattaannááss O Arcanjo transformou-se em Satanás quando tentou usurpar a autoridade de Deus, competir com Deus, e assim se tornou um adversário de Deus. Foi a rebeldia que provocou a queda de Satanás. Tanto Isaías 14:12-15 como Ezequiel 28:13-17 falam da ascensão e queda de Satanás. A primeira passagem, entretanto, enfatiza como Satanás violou a autoridade divina enquanto a segunda enfatiza sua transgressão contra a santidade de Deus.
  • 32. P á g i n a | 32 Considerando que é uma questão de conduta, o pecado é mais facilmente perdoado do que a rebeldia, pois a última é uma questão de princípio. A intenção de Satanás de estabelecer o seu trono acima do trono de Deus foi o que violou a autoridade de Deus; foi o princípio de auto-exaltação. O ato do pecado não foi o que provocou a queda de Satanás; esse ato não passou do produto da sua rebeldia contra a autoridade de Deus. Foi a rebeldia que Deus condenou. Quando servimos a Deus não devemos desobedecer às autoridades, porque é um princípio satânico. Como podemos pregar a Cristo de acordo com o princípio de Satanás? Pois é possível em nossa obra permanecermos com Cristo em doutrina e, ao mesmo tempo, permanecermos com Satanás em princípio. Que coisa iníqua presumirmos que estamos executando a obra do Senhor. Observe que Satanás não tem medo quando pregamos a palavra de Cristo, mas como tem mede quando nos submetemos à autoridade de Cristo. Nós que servimos a Deus jamais deveríamos servi-Lo de acordo com o princípio de Satanás. Sempre que o princípio de Cristo está operando, o de Satanás se desvanece. Isaías 14:12-15 12 Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! como foste lançado por terra tu que prostravas as nações! 13 E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono; e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do norte; 14 subirei acima das alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. Ezequiel 28:13-17 13 Estiveste no Éden, jardim de Deus; cobrias-te de toda pedra preciosa: a cornalina, o topázio, o ônix, a crisólita, o berilo, o jaspe, a safira, a granada, a esmeralda e o ouro. Em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados. 14 Eu te coloquei com o querubim da guarda; estiveste sobre o monte santo de Deus; andaste no meio das pedras afogueadas. 15 Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que em ti se achou iniqüidade. 16 Pela abundância do teu comércio o teu coração se encheu de violência, e pecaste; pelo que te lancei, profanado, fora do monte de Deus, e o querubim da guarda te expulsou do meio das pedras afogueadas. 17 Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei; diante dos reis te pus, para que te contemplem. OObbeeddiiêênncciiaa àà vvoonnttaaddee ddee DDeeuuss –– AA mmaaiioorr ddee ttooddaass aass eexxiiggêênncciiaass A maior das exigências quês Deus faz ao homem não é de carregar a cruz, servir, fazer ofertas, ou negar-se a si mesmo. A maior das exigências é que obedeça. Deus ordenou que Saul atacasse os amalequitas e os destruísse totalmente. Mas, após a vitória, Saul poupou Agague, o rei dos amalequitas, junto com que havia de melhor entre os bois e as ovelhas, os cordeiros e animais mais gordos e todas as coisas valiosas. Saul não quis destruí-los;argumentou que os poupara para sacrificá-los a Deus.
  • 33. P á g i n a | 33 Os sacrifícios aqui mencionados eram ofertas de cheiro suave, não tendo nada a ver com o pecado, pois as ofertas pelo pecado jamais foram chamadas de cheiro suave. Eram oferecidas para aceitação e satisfação de Deus. Samuel disse que obedecer é melhor que sacrificar porque mesmo no sacrifício pode haver o elemento da vontade própria. Só a obediência honra a Deus de maneira absoluta pois só ela coloca a vontade de Deus no centro. I Samuel 15:22 Samuel, porém, disse: Tem, porventura, o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à voz do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, do que a gordura de carneiros AA oorraaççããoo ddee JJeessuuss nnoo GGeettssêêmmaannii Há quem pense que a oração de nosso Senhor Jesus no Getsêmani, quando seu suor se transformou em gotas de sangue, foi devido à fraqueza de sua carne, ao temor que tinha de beber o cálice. De modo nenhum, pois a oração no Getsêmani fundamenta-se no mesmo princípio de 1 Samuel 15:22. É a oração suprema na qual nosso Senhor expressa sua obediência à autoridade de Deus. Jesus considerava o obedecer à autoridade de Deus mais importante do que o sacrificar-se sobre a cruz. Ele ora sinceramente para conhecer a vontade de Deus. Ele não diz: “Eu quero ser crucificado, eu tenho de beber o cálice”. Simplesmente insiste em obedecer. Na realidade, diz: “Se houver possibilidade de não subir a cruz”, mas ainda aqui não é a sua vontade que se destaca. Imediatamente ele continua, dizendo: “Seja feita a tua vontade.” A vontade de Deus é absoluta; o cálice (isto é, a crucificação) não é absoluto. Se Deus preferisse que o Senhor não fosse crucificado, então ele não teria de subir à cruz. No servir a Deus não somos chamados à abnegação ou ao sacrifício, mas a cumprir o propósito de Deus. O princípio básico não é escolher a cruz, mas de obedecer à vontade de Deus. Se o princípio sobre o qual trabalhamos inclui rebeldia, então Satanás receberá e desfrutará a glória mesmo através de nossos sacrifícios. OO cceerrttoo oouu eerrrraaddoo,, eessttáá nnaa mmããoo ddee DDeeuuss A ação do homem não deve ser governada pelo conhecimento do bem ou do mal; deve ser motivada pelo senso de obediência. O princípio do bem e do mal é viver de acordo com o que é certo ou errado. Antes de Adão e Eva comerem do fruto proibido, o que era certo e errado para eles estava na mão de Deus. Se não vivessem diante de Deus, não saberiam nada, pois o que era certo e errado para eles se encontrava realmente no próprio Deus. Consequentemente, depois da queda os homens não precisam mais descobrir em Deus o senso de certo e errado. Já o tinham neles mesmos. Este foi o resultado da queda. A obra de redenção elevar-nos de volta ao lugar onde encontramos o que é certo ou errado para nós em Deus.
  • 34. P á g i n a | 34 PPaarraa nnããoo eessqquueecceerr 1. Os cristãos devem obedecer à autoridade. 2. A primeira lição que um obreiro tem de aprender é obediência à autoridade 3. A obediência deve ser recuperada. 4. Não há unidade do corpo sem a autoridade da cabeça. 5. Fracasso na autoridade concedida é um teste para a obediência. 6. A obra de Deus é a coordenação da autoridade. 7. Falar contra a autoridade representativa provoca a ira divina. 8. A autoridade é opção divina, não mérito humano. 9. Além da autoridade direta, seja submisso à autoridade representativa. 10. Obediência é seguir a fé, não a razão. 11. A rebeldia é contagiosa. EExxeerrccíícciioo 99 Questão 1: Por que deve ter entendimento sobre autoridade espiritual? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 2: O que acontece conosco quando não andamos sob (em baixo) de autoridade? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 3: Quando nos levantamos contra uma autoridade estamos seguindo qual princípio? Por quê? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 35. P á g i n a | 35 Lição 10 – Paternidade Deus também é Pai, dentro da Trindade, que envolve o Pai, o Filho e o Espírito Santo. No Antigo Testamento, Deus aparece como pai da nação judaica, o que subentende a sua preocupação e interesse especiais por esse povo, como veículo de sua mensagem ao mundo. No Novo Testamento, o conceito é expandido a fim de incorporar um sentido cósmico. Deus é pai de muitas famílias de seres inteligentes, e não apenas de almas humanas redimidas. Todas essas famílias recebem o seu nome, ou seja, estão intimamente associadas a ele como Criador e Sustentador delas. Ele é o pai dos espíritos (Hb. 12:9), como também das estrelas (Tg. 1:17), isto é, desta criação inanimada, mas gloriosa, como Criador de todas as coisas. Deuteronômio 32:6 É assim que recompensas ao Senhor, povo louco e insensato? não é ele teu pai, que te adquiriu, que te fez e te estabeleceu? Oséias 11:1 Quando Israel era menino, eu o amei, e do Egito chamei a meu filho. Salmos 68:5 Pai de órfãos e juiz de viúvas é Deus na sua santa morada. Salmos 103:13 Como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem. Malaquias 1:6 O filho honra o pai, e o servo ao seu amo; se eu, pois, sou pai, onde está a minha honra? e se eu sou amo, Efésios 3:15 14 Por esta razão dobro os meus joelhos perante o Pai, 15 do qual toda família nos céus e na terra toma o nome, FFiilliiaaççããoo Filiação é, na realidade, um termo sinônimo de salvação; pois somos salvos como filhos. A filiação descreve as condições e o fato da nossa salvação. Dois termos são usados para descrever a filiação: Uios: que pode significar filho por adoção. É questão vinculada a um antigo costume romano, o que nos dá algumas noções sobre o sentido de filiação. Envolvia a declaração de que alguém era filho adulto, com plenos direitos a herança. Romanos 8:16 O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus; Teknos: que tem o sentido de filho por geração natural. João 1:12 Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus;
  • 36. P á g i n a | 36 A filiação significa que participaremos da própria natureza de Deus Pai, em sentido perfeitamente literal. II Pedro 1:4 pelas quais ele nos tem dado as suas preciosas e grandíssimas promessas, para que por elas vos torneis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo. A filiação a Deus garante a herança celeste e a nossa transformação segunda a imagem do Filho de Deus. Os filhos desfrutam da comunhão com o Espírito Santo, que é o agente de transformação espiritual. AA ppaatteerrnniiddaaddee éé eeffeettuuaaddaa ppeelloo ppooddeerr ddoo EEssppíírriittoo SSaannttoo II Coríntios 3:18 Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor. O trecho de II Co. deixa claro que o nosso crescimento, que nos levará de um estágio para outro, é obra do Espírito de Deus, porquanto somente ele é capaz dessa realização. O Espírito do Senhor nos está conduzindo até que nos tornemos autênticos membros da família divina. É o Espírito Santo quem produz a adoção de filhos, atuando sobre a personalidade humana, transformando-a de acordo com a imagem de nosso irmão maior, Jesus Cristo. AA ggrraannddee rreeaalliiddaaddee Infelizmente, grande parte da população brasileira não tem sua certidão de nascimento o nome de seu pai. Demonstrando uma grande realidade em que vivemos, a orfandade. Uma geração sem pai cresce sem identidade e destino. E por não termos identidade e destino, não sabemos quem somos e nem para onde vamos. OO mmooddeelloo ddee CCrriissttoo Tomando como nosso maior exemplo, a vida do Senhor Jesus Cristo: Lucas 2:40-50 40 E o menino ia crescendo e fortalecendo-se, ficando cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele. 41 Ora, seus pais iam todos os anos a Jerusalém, à festa da páscoa. 42 Quando Jesus completou doze anos, subiram eles segundo o costume da festa; 43 e, terminados aqueles dias, ao regressarem, ficou o menino Jesus em Jerusalém sem o saberem seus pais; 44 julgando, porém, que estivesse entre os companheiros de viagem, andaram caminho de um dia, e o procuravam entre os parentes e conhecidos; 45 e não o achando, voltaram a Jerusalém em busca dele. 46 E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, sentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os. 47 E todos os que o ouviam se admiravam da sua inteligência e das suas respostas. 48 Quando o viram, ficaram maravilhados, e
  • 37. P á g i n a | 37 disse-lhe sua mãe: Filho, por que procedeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos. 49 Respondeu-lhes ele: Por que me procuráveis? Não sabíeis que eu devia estar na casa de meu Pai? 50 Eles, porém, não entenderam as palavras que lhes dissera. Desde pequeno Jesus Cristo sabia quem ele era e para onde estava indo, ou seja, sua identidade e destino já estavam bem claros em sua vida. AAss ppaallaavvrraass ddoo PPaaii Nossa geração cresce sem saber o que o pai pensa a seu respeito. Lembra-se do aniversário, do material escolar, das férias, mas raramente o filho descobre o que seu pai pensa a seu respeito. A atitude do filho tem como intenção chamar a atenção do pai, buscar os olhares de aprovação do pai. Mateus 3:16-17 16 Batizado que foi Jesus, saiu logo da água; e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito Santo de Deus descendo como uma pomba e vindo sobre ele; 17 e eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. O Eterno Pai fez questão de dizer qual a sua posição em relação ao Seu Filho, e isso fez em público. Mateus 4:1-11 1 Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. 2 E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome. 3 Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães. 4 Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus. 5 Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo, 6 e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. 7 Replicou-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. 8 Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles; 9 e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares. 10 Então ordenou-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. 11 Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram. Os ataque de Satanás contra o Senhor Jesus foram diretamente em relação a Sua filiação: ... se tu és Filho de Deus... E isso para nós é um grande princípio, se sabemos quem somos em Deus, qual a nossa posição no Reino de Deus, e para onde vamos, estaremos fortalecidos no Senhor diante dos ataques do inimigo. Mesmo Deus após a declaração pública de que Jesus era seu filho amado, Satanás ainda ousou a fazê-Lo desacreditar de sua filiação em Deus.
  • 38. P á g i n a | 38 QQuuaannddoo ssaabbeemmooss qquueemm ssoommooss Quando sabemos quem somos, sabemos onde chegaremos, e com isso as situações presentes e futuras, mesmo sendo ameaçadoras, não nos impediram de realizarmos o propósito do Pai. Marcos 4:35-41 35 Naquele dia, quando já era tarde, disse-lhes: Passemos para o outro lado. 36 E eles, deixando a multidão, o levaram consigo, assim como estava, no barco; e havia com ele também outros barcos. 37 E se levantou grande tempestade de vento, e as ondas batiam dentro do barco, de modo que já se enchia. 38 Ele, porém, estava na popa dormindo sobre a almofada; e despertaram-no, e lhe perguntaram: Mestre, não se te dá que pereçamos? 39 E ele, levantando-se, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E cessou o vento, e fez-se grande bonança. 40 Então lhes perguntou: Por que sois assim tímidos? Ainda não tendes fé? 41 Encheram-se de grande temor, e diziam uns aos outros: Quem, porventura, é este, que até o vento e o mar lhe obedecem? EExxeerrccíícciioo 1100 Questão 1: Quem sou eu? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 2: Quem é o meu pai? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 3: Para onde estou indo? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ Questão 4: Como me tornei filho de Deus? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 39. P á g i n a | 39 Lição 11 – Comunidade Evangélica Cristo é a Vida NNoossssaa VViissããoo A visão bíblica é indispensável para a edificação da igreja. Por meio dela, seus membros tornam-se maduros e ajustados uns aos outros e desempenharão com habilidade e discernimento o serviço do ministério. A igreja edificada, por meio de uma visão bíblica, será instrumento poderoso nas mãos do Senhor, para a realização da Sua vontade. Restauração de vidas através de Jesus Cristo, levando-as a experimentar a vontade de Deus pela prática da Palavra de Deus, da Adoração e da Comunhão. Prática da Palavra de Deus A Palavra de Deus é o elemento produtor da fé. E quando ouvimos a Palavra em sujeição e temor, dentro de nós é gerado fé Romanos 10:17 Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo. Hebreus 11:6 Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam. Adoração Adoração é uma atitude nossa para com Deus. Envolvendo: Ações de Graças São atitudes de agradecimento. Gratidão pelo que temos e somos. As ações de graças são um dos elementos essenciais antes de um milagre. Louvor Declarar aquilo que Deus é. Bom, misericordioso, amor, fiel, justo, santo, soberano, etc. As atitudes de louvor trazem o manifestar da presença de Deus. Adoração Entrega, submissão ao Senhor, reconhecimento de Sua santidade, temor ao Mateus 15:36 tomou os sete pães e os peixes, e havendo dado graças, partiu-os, e os entregava aos discípulos, e os discípulos á multidão. João 11:41 Tiraram então a pedra. E Jesus, levantando os olhos ao céu, disse: Pai, graças te dou, porque me ouviste. II Crônicas 20:21-22 21 Tendo ele tomado conselho com o povo, designou os que haviam de cantar ao Senhor e louvá-lo vestidos de trajes santos, ao saírem diante do exército, e dizer: Dai graças ao Senhor, porque a sua benignidade dura para sempre. 22 Ora, quando começaram a cantar e a dar louvores, o Senhor pôs emboscadas contra os homens de Amom, de Moabe e do monte Seir, que tinham vindo contra Judá; e foram desbaratados. Mateus 9:18 Enquanto ainda lhes dizia essas coisas, eis que chegou um chefe da sinagoga e o adorou, dizendo: Minha filha acaba de falecer; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ela viverá. João 9:38
  • 40. P á g i n a | 40 Senhor. Disse o homem: Creio, Senhor! E o adorou. Comunhão O estar junto, numa só fé, num só sentimento, congregados, com os mesmos princípios, com as mesmas motivações, carregando as cargas uns dos outros, promove os fundamentos da fé. Atos 2:42 e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.. Gálatas 6:2 Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo. Atos 4:32 Da multidão dos que criam, era um só o coração e uma só a alma, e ninguém dizia que coisa alguma das que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns. NNoossssaa LLooggoo Uma nova criação surgindo (globo rabiscado) unicamente através da obra da cruz (cruz), ou seja, um novo começo somente por meio do Senhor Jesus Cristo. Somos uma comunidade que prega o Evangelho do Senhor Jesus, entendendo que Ele (Jesus Cristo) é a vida NNoossssaa HHiissttóórriiaa O Pr. Otávio Brazil e sua família vieram para Santa Catarina, precisamente para o município de Sombrio, tendo em mãos cartas de recomendação da Igreja Assembléia de Deus de Gravataí-RS. Por várias ocasiões tentou iniciar o trabalho na cidade, mas os planos do Senhor eram outros. Havia na cidade de Araranguá-SC, um grupo de pessoas pertencentes a uma igreja histórica, onde foram visitados pelo Espírito Santo, neste grupo estavam entre outros as irmãs Neda, Dil e Nina. Durante este período de visitação, foram impedidos de darem continuidade ao fluir de Deus. A irmã Nina, sobrinha da irmã Celeste (esposa do Pr. Otávio Brazil), convidou-o pra realizar um culto e sua casa. Neste culto, louvores, abraços, ministração da Palavra de Deus, orações, e converções. Foi apenas o primeiro culto de outros realizados na casa do irmão Américo e Nina. Para dar continuidade ao trabalho missionário, foi fundada pelo Pr. Otávio Brazil e demais irmãos a Primeira Igreja Evangélica Assembléia Cristã de Araranguá, no dia 26 de Fevereiro de 1983.
  • 41. P á g i n a | 41 Daí para cá, a rebanho foi crescendo, muitas situações adversas, problemas, conversões, mas acima de tudo a mão do Senhor sempre presente. Atualmente denominamo-nos Comunidade Evangélica Cristo é a Vida. Quando o pr. Otávio Brazil dirigia-se para realizar o primeiro culto em Araranguá, o texto dado pelo Senhor foi o seguinte: Isaías 45:2 eu irei adiante de ti, e tornarei planos os lugares escabrosos; quebrarei as portas de bronze, e despedaçarei os ferrolhos de ferro. FFoorrmmaa ddee LLiiddeerraannççaa Cremos num ministério plural, ou seja, a forma de governo é composta por um presbitério local, subordinado a um conselho de pastores. Entendemos ainda segundo a Palavra de Deus, no chamamento específico de cada pessoa. A singularidade destes dons é que os homens não recebem estes dons, mas se tornam dons. O verbo concedeu aparece tanto no v.8 como no v.11. No v.8 diz que Cristo concedeu dons aos homens; e no v.11 diz que estes dons são os apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres. Há uma diferença entre ter um dom e ser um dom. No caso dos dons de Cristo, são homens-dons que o Senhor concedeu à igreja. Conselho de Pastores Formado pelo Pastor Presidente da CECV e pastores locais de Cada igreja local Pastor Local Cidade A Pastor Local Cidade B Presbitério Local Pastor Local e Presbíteros Presbitério Local Pastor Local e Presbíteros
  • 42. P á g i n a | 42 Basicamente são cinco ministérios Apóstolo Profeta Evangelista Pastor Mestre Efésios 4:11-16 11 E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres, 12 tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; 13 até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo; 14 para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro; 15 antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, 16 do qual o corpo inteiro bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor. 1 – Dedo Mínimo –Mestre: aparentemente o menor dos dedos, mas o entranha na nossa cabeça. 2 – Dedo Anelar – Pastor: o dedo que leva a aliança, o que mantém a aliança com Deus. 3 – Dedo Médio – Evangelista: o que chega mais adiante, sempre levando a igreja mais longe. 4 – Dedo Indicador – Profeta: o dedo da direção, o profeta é aquele que apresenta um destino dado por Deus. 5 – Dedo polegar – Apóstolo: o dedo mais forte, que prende juntamente com os demais dedos, que segura a espada, e o dedo que traz a identidade. Apóstolo Iniciador. Ele começa a obra (Romanos 15.18-21). Alicerçador. Ele a fundamenta (1 Coríntios 3.10,110). Supervisor. (Atos 1.20: “encargo”, do grego epíscopos, significa “supervisor”): Do grego apóstolos, significa “enviado”. Eles são concedidos à igreja para estabelecerem ou corrigirem seu fundamento que é Cristo. Supervisionando na: a) na doutrina (Efésios 2.20); b) na disciplina (2 Timóteo 2.24,25); c) na ordenação de presbíteros e diáconos (Atos 14.23). Profeta Alicerçador. Junto com os apóstolos, ele a fundamenta (Efésios 2.20). Revelador da vontade de Deus. Ele revela acontecimentos presentes e futuros (Efésios 3.3-6). Intercessor (Atos 13.1-3). Do grego profetas, significa “aqueles que falam da parte de Deus”. Eles são concedidos à igreja para darem visão e direção de Deus. É importante saber que nem todo o que profetiza é profeta. A razão é que Deus concedeu uns para profetas, mas quanto a profetizar, todos podem profetizar. Comparar Efésios 4.11 com 1 Coríntios 14.31. Enquanto 1 2 3 4 5
  • 43. P á g i n a | 43 ser profeta é um ministério permanente dos dons de Cristo, profetizar é uma manifestação esporádica dos dons do Espírito Santo. Evangelista Pregador (1 Coríntios 9.16); Alcançador dos perdidos (Romanos 10.14,15); Mobilizador da igreja à evangelização (2 Timóteo 4.5). Do grego, evaggelistas, significa “aqueles que proclamam as boas novas”. Eles são concedidos à igreja para alcançarem os perdidos e colherem muitos frutos de vidas salvas. Apesar de todos deverem evangelizar como testemunhas (Atos 1.8), só uns são evangelistas. Pastores e Mestres Apascentador e vigia do rebanho (Atos 20.28 e 29-31). Ensinador (1 Timóteo 3.1,2). Reconciliador das ovelhas (2 Timóteo 2.24-26). Do grego poimén, “pastor”; e didáscalos, “mestre”, significa aqueles que são “pastores e mestres”. Eles são concedidos à igreja para pastorearem e ensinarem o rebanho de Deus. A preposição “e” sugere um só ministério, apesar de haver na igreja também mestres, conforme os dons de Deus (Romanos 12). FFoorrmmaa ddee CCuullttoo Querendo ou não sempre teremos uma forma de liturgia. Simples ou complexa, a liturgia quando não inibe a manifestação de Deus é um elemento necessário em nossas reuniões. Basicamente, nossa liturgia resume-se em: Tempo de comunhão É um momento antes e após o culto em que temos a alegria de compartilhar o dia-a-dia com o nosso irmão, de forma natural e saudável. Oração Sabemos que nossa forma de comunicação com o Senhor é por meio da oração, por isso ela é necessária em nossas reuniões Ministração do Louvor Se vamos ao culto, é para fazermos um culto a Deus. E uma das formas é a música. Música estas que fala de amor a Deus, comunhão, palavras proféticas. Por mais que seja um momento de alegria, mas ao mesmo tempo é um momento de contemplarmos a santidade de Deus. Ministração das ofertas e dízimos Como cumprimento da Palavra de Deus e também como uma forma de adoração as ofertas e os dízimos são práticas necessárias para a subsistência da igreja. Manutenção, investimentos, mão-de-obra, conservação, materiais, e muitas outras coisas são custeadas pelas ofertas e dízimos. Ministração da Palavra de Deus A pregação da Palavra de Deus é uma das formas mais notórias de se ouvir da voz de Deus. Necessária em cada culto, devendo ser recebida com temor e atenção.
  • 44. P á g i n a | 44 SSiimm!! NNóóss ccoonnffeessssaammooss ee ppeeddiimmooss ppeerrddããoo ppoorr nnoossssooss ppeeccaaddooss.. Quando perdemos a noção do que o pecado é capaz de produzir na vida de alguém, de uma família, de uma igreja e de até uma nação, da mesma forma, perdemos o entendimento do valor e do poder do perdão. Pecado e perdão são duas práticas que ainda não perderam o seu valor. Pecado é errar o alvo, não alcançar o que Deus estabeleceu, fazer o que Deus não nos permite fazer, e não praticar o que Deus manda-nos fazer. O perdão, por sua vez, não é um sentimento, pois ninguém, na grande maioria das vezes, não sente de pedir ou liberar perdão. Perdão é atitude, é algo prático. O perdão não nos faz esquecer, mas lembramos sem mágoas ou sofrimentos. É como uma cicatriz, ao olharmos para ela, não temos dor alguma, mesmo que no passado o que a produziu foi algo muito dolorido. Quanto a isso, declaramos, assim como na palavra, que o pecado ainda continua sendo pecado, e é nocivo, contagiante e progressivo. O homem pode tentar maquiar com outros nomes e doutrinas, mas aquilo que a Bíblia declara ser pecado ainda continua sendo pecado, um processo de degradação que culmina na morte, e morte eterna. Quando alguém erra o alvo, onde em algum momento na sua caminhada com Deus tropeçou, caiu, a primeira atitude é levá-lo ao entendimento que está prática é pecaminosa, e por isso irá afastá-lo da presença de Deus. A segunda atitude é o acerto com Deus e consigo mesmo, com uma terceira pessoa, se no caso há, e por último com a igreja. Muitos entendem que a confissão é somente a Deus, sim, é a Deus e com a Igreja, pois quando somos honrados, toda a igreja é honrada juntamente conosco, e por outro lado, quando pecamos, todo o corpo, está envolvido nesta atividade, gerando ao corpo dormência, e morte espiritual, como Paulo fala em 1 Coríntios 11:30: I Coríntios 11:30 Por causa disso, há entre vós muitos fracos e doentes e muitos que dormem. Esta dormência e morte espiritual está em não discernirmos o corpo do Senhor. Há uma importância fundamental em confessarmos os nossos pecados, não somente a Deus. Quando confessamos a Deus somos perdoados, e quando confessamos a igreja somos curados. O perdão de Deus leva-nos a restaurar a comunhão com Ele, e o confessar a igreja traz a cura, quem é curado em determinada área de sua vida onde o pecado ainda atua, raramente, irá cair no mesmo erro, caímos no mesmo erro, não por falta de perdão, mas por falta de cura. É o que Tiago nos fala em sua carta: Tiago 5:16 Confessai as vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros, para que sareis; a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. A confissão juntamente com a oração tem o poder da cura (para que sarareis). Esta prática de perdão e confissão, ao ver de muitos, tem tornado-se retrógada e vergonhosa. Para quem assim pensa que pense assim, entretanto, ao confessar somente ao Senhor certamente receberemos o Seu perdão, aleluia! Isso é graça de Deus! Mas se não sermos curados, que é o que a confissão aos irmãos produz, fatidicamente, cairemos na mesma vala por falta de cura.
  • 45. P á g i n a | 45 EExxeerrccíícciioo 1111 Questão 1: Escreva suas dúvidas e questionamentos em relação ao que aprendeu até agora? __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________
  • 46. P á g i n a | 46 Lição 12 – Leituras Bíblicas Muitos filhos de Deus, recém nascidos, logo que conhecem ao Senhor Jesus, naturalmente, geram dentro de si uma grande fome de conhecer mais e mais da Sua Palavra, e isso é muito bom, mas é de tremenda importância selecionar as leituras bíblicas, para com isso não intoxicar aquele que acabara de nascer. Mesmo que toda a Bíblia fora escrita para nossa edificação e crescimento, devemos ter uma leitura que promova o crescimento e desenvolvimento da vida com Deus. Bem-aventurado = feliz, abençoado aquele = qualquer um que lê que ouve que guarda as coisas que estão escritas = Bíblia Apocalipse 1:3 Bem-aventurado aquele que lê e bem-aventurados os que ouvem as palavras desta profecia e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. PPeeqquueennoo ppllaannoo ddee lleeiittuurraa.. 1. Primeira Epístola de João (I João) – 2:1-17 2. Primeira Epístola de João (I João) – 3:1-24 3. Evangelho de João (João) – 1:12-13 4. Evangelho de João (João) – 3:1-5 5. Evangelho de João (João) – 4:1-30 6. Epístola de Paulo aos Romanos (Romanos) – 10:17 7. Epístola de Paulo aos Romanos (Romanos) – 14:17 8. Evangelho de Marcos (Marcos) – 4:35-41 9. Evangelho de Mateus (Mateus) – 7:24-27 10. Salmo – 37:1-8 11. Salmo – 23:1-6 12. Salmo – 91:1-16 13. Primeira Epístola de Paulo aos Coríntios (I Coríntios 2:9)