EGITO
Antigo Império 3200-2300 a.C.
Médio Império 2100-1750 a.C
Novo Império 1580-525 a.C.
Renascimento Saíta e a queda         para os persasO Egito passou por muitos anos s
• Sociedade: hierárquica e imóvel• Classe dominante: o Estado – o Faraó• Política: monarquia hereditária e teocêntrica,  d...
ESCRITA HIEROGLÍFICA
• Literatura: discurso camponês eloqüente  historia de um náufrago, história de Sinuê, Hino  ao Sol, etc.• Arquitetura: Co...
DIRETAS- Egito = Oásis = terra fértil em meio ao Saara- Nilo = Dádiva = presente dos deuses- Pirâmides = Quéops, Quéfren e...
Mesopotâmia          terra entre rios - Tigre e Eufrates Povos: Sumérios, Amoritas, Caldeus Assírios, Caldeus• Os Sumérios...
ESCRITA CUNEIFORME
Amoritas (2000 a.C.-1750 a.C.)• No início do segundo milênio a.C., a região da  Mesopotâmia constitui-se em um grande e un...
Assírios (1300 a.C.-612 a.C.)• De origem semita, os assírios viviam do  pastoreio e habitavam as margens do rio  Tigre. A ...
Caldeus (612 a.C.-539 a.C.)• Povo de origem semita que se estabeleceu na  Mesopotâmia no início do primeiro milênio a.C., ...
Jardins Suspensos da Babilônia e    Zigurate - Torre de Babel
Economia e sociedade• Mesopotâmia baseou-se na propriedade  coletiva das terras administrada pelos  templos e palácios; ci...
As principais ciências• Astronomia.• A Matemática: superfície e capacidade de peso;• Medicina.• Escrita cuneiforme• Litera...
Religião• Os deuses, extremamente numerosos,  eram representados à imagem e  semelhança dos seres humanos. O sol, a  lua, ...
Diretas- Mesopotâmia = Entre Rios = Tigre e Eufrates- Sociedade Dividida = Ricos e Pobres- Modo de Produção Asiático = Um ...
Palestina - Hebreus
Diáspora• Diante das muitas revoltas da população  hebraica ao domínio romano no ano 70  d.C. estes destruíram novamente  ...
Diretas Hebreus = monoteísmo- Hebreus originaram os Cristãos e os  Muçulmanos- Patriarcas = Abraão, Isaac, Jacó e Moisés- ...
PERSAS•   Satrápias•   Sátrapas•   “Olhos e ouvidos do Rei”•   Estradas reais•   Moeda única•   Tolerância cultural•   Rel...
FENÍCIOS•   Comércio marítimo•   talassocracia•   Cidades - estados•   Colônias•   Alfabeto fonético
Creta
GréciaLocalização:Grécia     Continental:Península Balcânica;Grécia Insular: Ilhas doMediterrâneoEgeu e Jônio e GréciaAsiá...
PERÍDO PRÉ-HOMÉRICO (XX e XII a.C.)       CIVILIZAÇÃO MICÊNICA• Formada por uma série de pequenos  Estados independentes: ...
COLONIZAÇÃODiáspora (dispersão) dos gregos por“toda” Europa se deu entre os séculos VIIIao VI a.C. devido ao aumentopopula...
PÓLIS• Formação das cidades• Fontes Históricas: Ilíada (Guerra de Tróia) e  Odisséia (retorno de Ulisses à Ítaca) Poemas  ...
PRINCIPAIS CIDADES-ESTADO    ESPARTA•   Militar, dórica e região do Peloponeso•   SOCIEDADE: esparciatas, periecos e hilot...
PERÍODO ARCAICO VII-VI a.C.• Expansão demográfica, escassez de terras  férteis e lutas sociais = expansão pelo  Mediterrân...
PERÍODO CLÁSSICO VI-IV a.C.• GUERRAS MÉDICAS: gregos X persas => vitória  grega• CONFEDERAÇÃO DE DELOS: aliança entre as  ...
SOCIEDADE ATENIENSE• Povoadores da Ática de origem ariana: Aques,  Jônios e Eólios. Os atenienses se consideravam  jônios ...
SOCIEDADE ESPARTANA  Em Esparta a sociedade era estamental, ou seja, dividida em  camadas sociais onde havia pouca mobilid...
POLÍTICA ESPARTANA• Reis: a cidade era governada por dois reis que  possuíam funções militares e religiosas. Tinham vários...
GUERRAS PELO PODER• O poder militar de Esparta foi extremamente  importante nas Guerras Médicas (contra os  persas). Uniu-...
CONFEDERAÇÃO DE DELOS  LIGA DO PELOPONESO
DOMINAÇÃO MACEDÔNICA
ALEXANDRE - O GRANDE E O      HELENISMO
• ARTES PLÁSTICAS:  os     gregos       eram  excelentes escultores,  pois buscavam retratar  o corpo humano em  sua      ...
• Filosofia: a cidade de Atenas foi palco de  grande desenvolvimento filosófico durante  a o Período Clássico da Grécia (s...
• Esportes: foram os gregos  que     desenvolveram    os  Jogos            Olímpicos.  Aconteciam de quatro em  quatro ano...
• Mitologia: para explicarem as coisas do  mundo e transmitirem conhecimentos  populares, os gregos criaram vários mitos  ...
• Urano (o céu) e Gaia (a terra) surgiram do nada. Da sua  União nasceram os Titãs, os Ciclopes e os Gigantes. O mais  jov...
FILHOS DE CRONOS•   Héstia = Deusa dos lares•   Demeter = Deus da Terra•   Poseidon= Deus dos mares•   Hades = Deus do inf...
• Teatro: os gregos eram apaixonados pelo  teatro. As peças eram apresentadas em  anfiteatros ao ar livre e os atores  rep...
• Democracia: a cidade de Atenas é  considerada o berço da democracia. Os  cidadãos atenienses (homens, nascidos  na cidad...
Nomes da Cultura Grega
Questões de Vestibular1- "Usamos a riqueza mais como uma oportunidade para agir que como um motivo de    vanglória; entre ...
Resposta   A
2-    A civilização grega atingiu extraordinário   desenvolvimento. Os ideais gregos de liberdade e a   crença na capacida...
Resposta   E
3- (UFSC) Sobre a religião grega, é correto afirmar que:01) Baseava-se em dogmas rigorosos e seus fiéis  deveriam crer em ...
Resposta02+04+16= 22
4- Na Grécia antiga, a cada quatro anos declarava-se   uma trégua nas guerras, a fim de que a população   pudesse particip...
Resposta   B
5- "Representando pequeno número em relação às outras classes,   eles estavam constantemente preparados para enfrentar   q...
Resposta   C
6- As artes foram um ponto   de destaque na Grécia,   sobretudo a Arquitetura,   em Atenas, em que se   destacaram        ...
Resposta   A
7- (UFSC) A Civilização Ocidental tem na Grécia antiga uma de suas    fontes mais ricas. Um dos seus legados mais expressi...
Resposta01+02+04+08= 15
8- São fontes indispensáveis para o conhecimento dos   primeiros tempos daquilo que viria a se constituir na   civilização...
RESPOSTA   B
9- (UFSC) Assinale a ÚNICA proposição CORRETA.  Entre os povos indo-europeus, que foram os  principais fundadores das Cida...
Resposta   16
10- A respeito da "Liga de Delos", que seria a base do  imperialismo ateniense, podemos dizer corrente:a) decorreu da alia...
Resposta   D
11) (UFSC) A civilização grega exerceu uma profunda  influência cultural na história do Ocidente. Diante  disso é correto ...
Resposta01+02+08= 11
12. (ACAFE 2001) Sobre a antiga civilização Grega, a  alternativa incorreta é:A- A filosofia grega discutiu grandes temas ...
Resposta   E
13- ACAFE 2006/2 Os gregos da antigüidade clássicadesenvolveram métodos de explicação do mundo, observandoo que acontecia ...
Resposta   D
14- (CESUSC 2006-2) A civilização ocidental tem na GréciaAntiga uma de suas fontes mais ricas. Um dos seus legadosmais exp...
Resposta   D
15- (CESUSC 2006-2) A civilização ocidental tem na Grécia Antigauma de suas fontes mais ricas. Um dos seus legados maisexp...
Resposta   D
ROMA
Sociedade
Monarquia 753-509 a.C.
República 509-27 a.C.
República Romana
AS REVOLTAS DA PLEBE NA        REPÚBLICA ROMANA       Patrícios monopolizavam o poder republicano, mas, como tempo, os ple...
Conquistas Sociais da Plebe
Conquistas
Guerras Púnicas
Otávio - instala o Império
Invasões Bárbaras• A crise econômica e as crises militares  dificultavam a defesa das fronteiras e  facilitavam as Invasõe...
Invasões Bárbaras
História Medieval (Européia)
Invasões Bárbaras
Mapa dos povos Bárbaros
ÁRABES - DJIHAD
Império Bizantino                    O Império Romano do Oriente                            Justiniano
Promoveu a unificação da igreja (Igreja do Ocidente e Igreja do Oriente) com a    intensão de usar a estrutura da Igreja e...
Igreja de Santa Sofia, em                       Istambul, modelo de obra                        arquitetônica bizantina,  ...
FEUDALISMO
SOCIEDADE E SUAS RELAÇÕES
RELAÇÃO DE TRABALHO FEUDAIS•   A    Corvéia: trabalhos gratuitos e obrigatórios realizados pelos servos durante alguns dia...
RENASCIMENTO
RENASCIMENTO
GRANDES NAVEGAÇÕES
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna

25,206
-1

Published on

Egito; Mesopotâmia; Grécia; Roma; Idade Média e Idade Moderna

Published in: Education
3 Comments
14 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
25,206
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
1,392
Comments
3
Likes
14
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna

  1. 1. EGITO
  2. 2. Antigo Império 3200-2300 a.C.
  3. 3. Médio Império 2100-1750 a.C
  4. 4. Novo Império 1580-525 a.C.
  5. 5. Renascimento Saíta e a queda para os persasO Egito passou por muitos anos s
  6. 6. • Sociedade: hierárquica e imóvel• Classe dominante: o Estado – o Faraó• Política: monarquia hereditária e teocêntrica, despótica e de caráter divino• Escrita: hieróglifos, hierático e demótico.• Religião: politeísta, antropomórfica, zoomórfica e antropozoomórfica.• Principais deuses: Rá, Osíris, Isis, Anúbis.• Atenção especial para o Livro dos Mortos
  7. 7. ESCRITA HIEROGLÍFICA
  8. 8. • Literatura: discurso camponês eloqüente historia de um náufrago, história de Sinuê, Hino ao Sol, etc.• Arquitetura: Conceptismo, pirâmides, hipogeus e mastabas• Escultura: Conceptismo - frontalidade, verticalidade e simetria.• Ciências - práticas - Matemática, Astrologia e Medicina.
  9. 9. DIRETAS- Egito = Oásis = terra fértil em meio ao Saara- Nilo = Dádiva = presente dos deuses- Pirâmides = Quéops, Quéfren e Miquerinos- Faraó = Deus vivo = Senhor absoluto de tudo e de todos- Primeiro Faraó = Menés- Povos que invadiram o Egito = Hicsos, Assírios, Persas, Gregos e Romanos- Grupo dominante = Nobres, Sacerdotes e Escribas- Grupo dominado = Artesão, Felás (camponeses que trabalhavam nas obras públicas) e Escravos- Ciências = Química, Astronomia e Medicina- Arquitetura = Pirâmides, Mastabas e Hipogeus- Pintura = Frontalidade (Cabeça e pernas de perfil e tronco de frente)
  10. 10. Mesopotâmia terra entre rios - Tigre e Eufrates Povos: Sumérios, Amoritas, Caldeus Assírios, Caldeus• Os Sumérios (antes de 2000 a.C.)• Os sumérios foram provavelmente os primeiros a habitar o sul da Mesopotâmia. A região foi ocupada em 5000 a.C. pelo povo sumério, que ali construiu as primeiras cidades de que a humanidade tem conhecimento, como Ur, Uruk e Lagash. As cidades foram erigidas sobre colinas e fortificadas para que pudessem ser defendidas da invasão de outros povos que buscavam um melhor lugar para viver.• Desde o quarto milênio a.C., realizavam obras de irrigação e utilizavam técnicas de metalurgia do bronze e utilizavam uma ESCRITA CUNEIFORME
  11. 11. ESCRITA CUNEIFORME
  12. 12. Amoritas (2000 a.C.-1750 a.C.)• No início do segundo milênio a.C., a região da Mesopotâmia constitui-se em um grande e unificado império que tinha como centro administrativo a cidade da Babilônia situada nas margens do rio Eufrates. Os amoritas, povos semitas proveniente da Arábia, edificaram o Primeiro Império Babilônico. Este povo é conhecido também como "antigos babilônicos", o que os diferencia dos• Caldeus, fundadores do Segundo Império Babilônico, denominados NEOBABILÔNICOS. O soberano que mais se destacou foi Hamurabi 1728 a 1686, elaborando leis que ficaram conhecidas como Código de Hamurabi
  13. 13. Assírios (1300 a.C.-612 a.C.)• De origem semita, os assírios viviam do pastoreio e habitavam as margens do rio Tigre. A partir do final do segundo milênio a.C., passaram a se organizar como sociedade altamente militar e expansionista. Realizaram diversas conquistas e expandiram seu domínio para além da própria Mesopotâmia, chegando ao Egito. O centro administrativo do império assírio era Nínive.
  14. 14. Caldeus (612 a.C.-539 a.C.)• Povo de origem semita que se estabeleceu na Mesopotâmia no início do primeiro milênio a.C., os caldeus foram os principais responsáveis pela derrota dos assírios e pela organização do novo império babilônico. Nabucodonosor foi o soberano mais conhecido dos caldeus.• Governou por quase sessenta anos, Cativeiro da Babilônia e construiu os Jardins Suspensos da Babilônia e após sua morte os persas dominaram o novo império babilônico.
  15. 15. Jardins Suspensos da Babilônia e Zigurate - Torre de Babel
  16. 16. Economia e sociedade• Mesopotâmia baseou-se na propriedade coletiva das terras administrada pelos templos e palácios; cidade-templo.• Cada família recebia um lote de terra e devia entregar ao templo uma parte da colheita como pagamento pelo uso útil da terra• A Agricultura era base da Economia
  17. 17. As principais ciências• Astronomia.• A Matemática: superfície e capacidade de peso;• Medicina.• Escrita cuneiforme• Literatura Mito da Criação e a Epopéia de Guilgamesh• Direito: O Código de Hamurabi• Arquitetura: zigurate,
  18. 18. Religião• Os deuses, extremamente numerosos, eram representados à imagem e semelhança dos seres humanos. O sol, a lua, os rios, outros elementos da natureza e entidades sobrenaturais, também eram cultuados
  19. 19. Diretas- Mesopotâmia = Entre Rios = Tigre e Eufrates- Sociedade Dividida = Ricos e Pobres- Modo de Produção Asiático = Um governante Divinizado explora, através de trabalhos forçados e da cobrança de tributos- Povos da Mesopotâmia = Sumérios, Acádios, Babilônicos e Assírios- Classe dominante = governante, sacerdote, militares e comerciantes- Classe dominada = camponenses, pequenos artesãos e escravos- Escrita = Sumérios = Cuneiforme- Arquitetura = Zigurate (torre com vários andares)- Hamurabi = Talião- Nabucodonosor = Jardins suspensos da Babilônia
  20. 20. Palestina - Hebreus
  21. 21. Diáspora• Diante das muitas revoltas da população hebraica ao domínio romano no ano 70 d.C. estes destruíram novamente Jerusalém e o Templo – do qual só resta uma parede, o Muro das Lamentações. Sob o Imperador Romano Adriano os judeus foram expulsos da Palestina e proibidos de retornar àquela região. A este episódio dá-se o nome de Diáspora (dispersão).
  22. 22. Diretas Hebreus = monoteísmo- Hebreus originaram os Cristãos e os Muçulmanos- Patriarcas = Abraão, Isaac, Jacó e Moisés- Êxodo = fuga do Egito = Moisés = Dez Mandamentos Cativeiro da Babilônia = judeus presos por Nabucodonosor
  23. 23. PERSAS• Satrápias• Sátrapas• “Olhos e ouvidos do Rei”• Estradas reais• Moeda única• Tolerância cultural• Religião dualista (maniqueísmo) BEM X MAL
  24. 24. FENÍCIOS• Comércio marítimo• talassocracia• Cidades - estados• Colônias• Alfabeto fonético
  25. 25. Creta
  26. 26. GréciaLocalização:Grécia Continental:Península Balcânica;Grécia Insular: Ilhas doMediterrâneoEgeu e Jônio e GréciaAsiática: Ásia Menor Jônios Dórios Aqueus Eólios
  27. 27. PERÍDO PRÉ-HOMÉRICO (XX e XII a.C.) CIVILIZAÇÃO MICÊNICA• Formada por uma série de pequenos Estados independentes: Micenas. Ioico, Pilo e Tebas• Ascensão: entre séc. XV e XVI a.C.• Principais atividades: navegação, agricultura, comércio e escrita• Decadência da civilização – 1100 a.C.
  28. 28. COLONIZAÇÃODiáspora (dispersão) dos gregos por“toda” Europa se deu entre os séculos VIIIao VI a.C. devido ao aumentopopulacional; lutas pelas “TERRASFÉRTEIS” e poder; e o desenvolvimentoda navegação.
  29. 29. PÓLIS• Formação das cidades• Fontes Históricas: Ilíada (Guerra de Tróia) e Odisséia (retorno de Ulisses à Ítaca) Poemas atribuídos a Homero• GENOS: comunidades primitivas, trabalho e propriedade coletivos.• PÓLIS: entre o século X e VIII a.C. lutas de classes pelo poder – PROPRIEDADE PRIVADA• ACRÓPOLE: parte alta; ÁGORA: praça central; ASTY: mercado
  30. 30. PRINCIPAIS CIDADES-ESTADO ESPARTA• Militar, dórica e região do Peloponeso• SOCIEDADE: esparciatas, periecos e hilotas – mantida pela oligarquia• POLÍTICA: diarquia, gerúsia, apela e eforato• EDUCAÇÃO: militarizada e rígida ATENAS• Cultural, jônica e ática• SOCIEDADE: eupátridas, geomores, demiurgos, metecos e escravos• POLÍTICA: Eclésia (assembléia popular); Bule (conselho dos 500); Arcontado (justiça e administração); Estrategos (chefiava exercito) Hiléia (tribunal popular)
  31. 31. PERÍODO ARCAICO VII-VI a.C.• Expansão demográfica, escassez de terras férteis e lutas sociais = expansão pelo Mediterrâneo LEGISLADORES:• Drácon (leis severas);• Sólon (fim da escravidão por dívida; Reforma agrária; criou a Bule e classificação social com base no fator econômico em 4 classes; limitação das propriedades privadas; Incentivo ao comércio exterior• Pisístrato: estabeleceu a tirania• Clístenes: instalou a democracia (exceto mulheres, metecos e escravos) e o ostracismo
  32. 32. PERÍODO CLÁSSICO VI-IV a.C.• GUERRAS MÉDICAS: gregos X persas => vitória grega• CONFEDERAÇÃO DE DELOS: aliança entre as cidades gregas contra os persas lideradas por ATENAS.• LIGA DO PELOPONESO: aliança entre as cidades gregas contra os persas lideradas por ESPARTA.• GUERRA DO PELOPONESO 431 a 404: após vencerem os persas, ATENAS tentou “mandar” nas outras cidades (luta pela hegemonia). ESPARTA não aceitou a imposição e iniciou a guerra contra Atenas, o que facilitou a invasão dos MACEDÔNIO – Alexandre Magno
  33. 33. SOCIEDADE ATENIENSE• Povoadores da Ática de origem ariana: Aques, Jônios e Eólios. Os atenienses se consideravam jônios EUPÁTRIDAS: “bem-nascidos”. Aristocracia rural.• GEOMORE: pequenos agricultores• DEMIURGOS: comerciantes e artesãos – POVO – DEMOS ateniense• METECOS: estrangeiros e seus descendentes- sem direitos políticos• MULHERES: sem direitos sociais• ESCRAVOS: por guerra ou dívida
  34. 34. SOCIEDADE ESPARTANA Em Esparta a sociedade era estamental, ou seja, dividida em camadas sociais onde havia pouca mobilidade. A sociedade estava composta da seguinte forma:• Esparcíatas: eram os cidadãos de Esparta. Filhos de mães e pais espartanos, haviam recebido a educação espartana. Esta camada social era composta por políticos, integrantes do exército e ricos proprietários de terras. Só os esparcíatas tinham direitos políticos.• Periecos (Aqueus livres): eram pequenos comerciantes e artesãos. Moravam na periferia da cidade e não possuíam direitos políticos. Não recebiam educação, porém tinham que combater no exército, quando convocados. Eram obrigados a pagarem impostos.• Hilotas (Aqueus não-livres): levavam uma vida miserável, pois eram obrigados a trabalhar quase de graça nas terras dos esparcíatas. Não tinham direitos políticos e eram alvos de humilhações e massacres. Chegaram a organizar várias revoltas sociais em Esparta, combatidas com extrema violência pelo exército.
  35. 35. POLÍTICA ESPARTANA• Reis: a cidade era governada por dois reis que possuíam funções militares e religiosas. Tinham vários privilégios.• Assembléia: constituída pelos cidadãos, que se reuniam na Apella (ao ar livre) uma vez por mês para tomar decisões políticas como, por exemplo, aprovação ou rejeição de leis.• Gerúsia: formada por vinte e oito gerontes (cidadãos com mais de 60 anos) e os dois reis. Elaboram as leis da cidade que eram votadas pela Assembléia.• Éforos: formado por cinco cidadãos, tinham diversos poderes administrativos, militares, judiciais e políticos. Atuavam na política como se fossem verdadeiros chefes de governo.
  36. 36. GUERRAS PELO PODER• O poder militar de Esparta foi extremamente importante nas Guerras Médicas (contra os persas). Uniu-se a Atenas Esparta e outras cidades para impedir a invasão dos inimigos. Após as Guerras Médicas, a luta pela hegemonia acabou na Guerra do Peloponeso• De 431 a 404, ocorreu a Guerra do Peloponeso entre Atenas e Esparta, que foi vencida pelos espartanos.
  37. 37. CONFEDERAÇÃO DE DELOS LIGA DO PELOPONESO
  38. 38. DOMINAÇÃO MACEDÔNICA
  39. 39. ALEXANDRE - O GRANDE E O HELENISMO
  40. 40. • ARTES PLÁSTICAS: os gregos eram excelentes escultores, pois buscavam retratar o corpo humano em sua perfeição. Músculos, vestimentas, sentimentos e expressões eram retratados pelos escultores gregos. As artes plásticas da Grécia Antiga influenciaram profundamente a arte romana e renascentista.
  41. 41. • Filosofia: a cidade de Atenas foi palco de grande desenvolvimento filosófico durante a o Período Clássico da Grécia (século V AC). Os filósofos gregos pensavam e criavam teorias para explicar a complexa existência humana, os comportamentos e sentimentos. Podemos destacar como principais filósofos gregos Platão e Sócrates
  42. 42. • Esportes: foram os gregos que desenvolveram os Jogos Olímpicos. Aconteciam de quatro em quatro anos na cidade grega de Olímpia. Era uma homenagem aos deuses, principalmente a Zeus (deus dos deuses). Atletas de diversas cidades gregas se reuniam para disputarem esportes como, por exemplo, natação, corrida, arremesso de disco entre outros. Os vencedores das Olimpíadas eram recebidos em suas cidades como verdadeiros heróis.
  43. 43. • Mitologia: para explicarem as coisas do mundo e transmitirem conhecimentos populares, os gregos criaram vários mitos e lendas. As estórias eram transmitidas oralmente de geração para geração. A mitologia grega era repleta de monstros, heróis, deuses e outras figuras mitológicas. Os mitos mais conhecidos são:Minotauro, Cavalo de Tróia, Medusa e Os Doze trabalhos de Hércules
  44. 44. • Urano (o céu) e Gaia (a terra) surgiram do nada. Da sua União nasceram os Titãs, os Ciclopes e os Gigantes. O mais jovem dos titãs Cronos, destituiu seu pai, e para que ele mesmo não fosse destituído, passou a devorar seus filhos, os deuses. Então sua esposa Rea, para salvar Zeus, o último recém-nascido, substituiu Zeus por uma pedra, que foi devorada por Cronos, Rea escondeu o seu filho Zeus numa caverna, em Creta.• Quando Zeus cresceu, lutou contra seu pai Cronos e obrigou- o a devolver (vomitar) todos os filhos que havia comido; e com a ajuda dos irmãos Zeus prendeu Cronos no Inferno.• O criador dos homens foi Prometeu (filho de um titã) que roubou o fogo de Zeus para dá-lo aos homens.• Por castigo Zeus acorrentou Prometeu no alto do monte Cáucaso, onde uma águia devorava todos os dias seu fígado, que renascia à noite.• A primeira mulher foi Pandora que não conseguiu resistir à curiosidade, abriu um jarro onde estavam depositados todos os males da humanidade. Para castigar os homens, Zeus mandou o dilúvio. Todos morreram, menos Deucalião (filho de Prometeu) e Pirra, que recriaram a humanidade. Por isso a semelhança dos homens com os deuses.
  45. 45. FILHOS DE CRONOS• Héstia = Deusa dos lares• Demeter = Deus da Terra• Poseidon= Deus dos mares• Hades = Deus do inferno• Zeus = Deus dos Deuses FILHOS DE ZEUS• Ares = Deus da guerra• Afrodite = Deusa do Amor• Apolo = Deus da adivinhação da luz e das artes• Artemis = Deusa da caça• Hefesto = Deus do fogo• Atena = Deusa da razão e da paz• Hermes = Deus do comércio• Dionísio = Deus do vinho
  46. 46. • Teatro: os gregos eram apaixonados pelo teatro. As peças eram apresentadas em anfiteatros ao ar livre e os atores representavam usando máscaras. As comédias, dramas e sátiras retravam, principalmente, o comportamento e os conflitos do ser humano. Ésquilo e Sófocles foram os dois mais importantes escritores de peças de teatro da Grécia Antiga.
  47. 47. • Democracia: a cidade de Atenas é considerada o berço da democracia. Os cidadãos atenienses (homens, nascidos na cidade, adultos e livres) eram aqueles que podiam participar das votações que ocorriam na Agora (praça pública). Decidiam, de forma direta, os rumos da cidade-estado.
  48. 48. Nomes da Cultura Grega
  49. 49. Questões de Vestibular1- "Usamos a riqueza mais como uma oportunidade para agir que como um motivo de vanglória; entre nós não há vergonha na pobreza, mas a maior vergonha é não fazer o possível para evitá-la... olhamos o homem alheio às atividades públicas não como alguém que cuida apenas de seus próprios interesses, mas como um inútil... decidimos as questões públicas por nós mesmos, ou pelo menos nos esforçamos por compreendê-las claramente, na crença de que não é o debate que é o empecilho à ação, e sim o fato de não se estar esclarecido pelo debate antes de chegar a hora da ação". Esta passagem de um discurso de Péricles, reproduzido por Tucídides, expressa:a) os valores ético-políticos que caracterizam a democracia ateniense no período clássico.b) os valores ético-militares que caracterizaram a vida política espartana em toda a sua história.c) a admiração pela frugalidade e pela pobreza que caracterizou Atenas durante a fase democrática.d) o desprezo que a aristocracia espartana devotou ao luxo e à riqueza ao longo de toda a sua história.e) os valores ético-políticos de todas as cidades gregas, independentemente de sua forma de governo.
  50. 50. Resposta A
  51. 51. 2- A civilização grega atingiu extraordinário desenvolvimento. Os ideais gregos de liberdade e a crença na capacidade criadora do homem têm permanente significado. Acerca do imenso e diversificado legado cultural grego, é correto afirmar que:a) a importância dos jogos olímpicos limitava-se aos esportes.b) a democracia espartana era representativa.c) a escultura helênica, embora desligada da religião, valorizava o corpo humano.d) os atenienses valorizavam o ócio e desprezavam os negócios.e) poemas, com narrações sobre aventuras épicas, são importantes para a compreensão do período homérico.
  52. 52. Resposta E
  53. 53. 3- (UFSC) Sobre a religião grega, é correto afirmar que:01) Baseava-se em dogmas rigorosos e seus fiéis deveriam crer em verdades absolutas.02) Cada cidade-Estado tinha sua divindade protetora.04) Heróis como Perseu, Jasão, Édipo e Hércules eram divinizados.08) As orações dirigidas aos deuses imploravam principalmente a salvação da alma dos homens.16) As aventuras dos deuses e heróis são narradas em um conjunto de mitos, o qual se denomina "Mitologia Grega".
  54. 54. Resposta02+04+16= 22
  55. 55. 4- Na Grécia antiga, a cada quatro anos declarava-se uma trégua nas guerras, a fim de que a população pudesse participar dos jogos de Olímpia, competição que originou os modernos Jogos Olímpicos, e que eram realizados em honra de:a) Palas Atena;b) Zeus;c) Deuses de cada cidade;d) Dionísio e Afrodite;e) Héstia.
  56. 56. Resposta B
  57. 57. 5- "Representando pequeno número em relação às outras classes, eles estavam constantemente preparados para enfrentar quaisquer revoltas, daí a total dedicação à arte militar. A agricultura, o comércio e o artesanato eram considerados indignos para o (...), que desde cedo se dedicava às armas. Aos sete anos deixava a família, sendo educado pelo Estado que procurava fazer dele um bom guerreiro, ensinando-lhe a lutar, a manejar armas e a suportar as fadigas e a dor. Sua educação intelectual era bastante simples (...). Aos vinte anos o (...) entrava para o serviço militar, que só deixaria aos sessenta, passando a viver no acampamento, treinando constantemente para as coisas da guerra (...). Apesar de ser obrigatório o casamento após os trinta anos, sua função era simplesmente a de fornecer mais soldados para o Estado.“ A transcrição anterior refere-se aos cidadãos que habitavam:a) Atenas. b) Creta. c) Esparta.d) Chipre. e) Roma.
  58. 58. Resposta C
  59. 59. 6- As artes foram um ponto de destaque na Grécia, sobretudo a Arquitetura, em Atenas, em que se destacaram estilos arquitetônicos gregos, representados pelas figuras ao lado. Em qual das alternativas estão indicados os três estilos? a) O dório, o jônio e o coríntio. b) O sofista, o platônico e o socrático. c) O alexandrino, o maneirista e o barroco. d) O dório, o gótico e o alexandrino. e) O helênico, o romântico e o helenístico.
  60. 60. Resposta A
  61. 61. 7- (UFSC) A Civilização Ocidental tem na Grécia antiga uma de suas fontes mais ricas. Um dos seus legados mais expressivos foi o termo e a noção de DEMOCRACIA. A respeito da prática da democracia entre os gregos da antiguidade, é correto afirmar:01) Na democracia ateniense, participavam com plenos direitos políticos apenas os "cidadãos".02) Havia um grande número de indivíduos que não eram considerados "cidadãos" e, por conseguinte, não tinham os mesmos direitos que eles.04) Entre os que eram atingidos pela restrição dos direitos políticos figuravam os metecos (estrangeiros) em Atenas.08) Os escravos, recrutados entre populações livres endividadas ou tomados como presas de guerra, não gozavam de direitos políticos.16) Os escravos gregos conseguiram melhores condições de vida após promoverem constantes revoltas, em particular aquela liderada por Crixus, Oenomaus e Spartacus em 73-71 a.C.32) Muito embora o regime democrático tenha funcionado com perfeição em Atenas, jamais foi admitida a participação direta do "cidadão" no governo.
  62. 62. Resposta01+02+04+08= 15
  63. 63. 8- São fontes indispensáveis para o conhecimento dos primeiros tempos daquilo que viria a se constituir na civilização grega os poemas Ilíada e Odisséia, atribuídos a Homero. Seus versos tratam, sobretudo, de episódios e conseqüências relacionadas com a seguinte alternativa:a) o domínio do fogo ofertado aos homens por Prometeu;b) a longa guerra contra a cidade de Tróia;c) a implantação da democracia em Atenas;d) os combates e batalhas da Guerra do Peloponeso;e) a conquista da Grécia pelas tropas romanas.
  64. 64. RESPOSTA B
  65. 65. 9- (UFSC) Assinale a ÚNICA proposição CORRETA. Entre os povos indo-europeus, que foram os principais fundadores das Cidades-estado da Grécia clássica, encontram-se os:01. Sumérios, Aqueus, Eólios e Godos.02. Aqueus, Jônios, Eólios e Francos.04. Jônios, Persas, Aqueus e Dórios.08. Eólios, Vândalos, Jônios e Aqueus.16. Aqueus, Dórios, Jônios e Eólios.
  66. 66. Resposta 16
  67. 67. 10- A respeito da "Liga de Delos", que seria a base do imperialismo ateniense, podemos dizer corrente:a) decorreu da aliança de cidades gregas e persas contra, a expansão macedônicab) pretendia libertar algumas cidades gregas, lideradas pela cidade de Delos, da dominação espartanac) surgiu de um processo de sujeição ou de domínio exercido por Atenas sobre as demais cidades da Ligad) definia-se, de início, como uma aliança militar, que previa autonomia para seus participantes, reservando à Atenas o comando das operações
  68. 68. Resposta D
  69. 69. 11) (UFSC) A civilização grega exerceu uma profunda influência cultural na história do Ocidente. Diante disso é correto afirmar que:01. O teatro grego, com tragédias e comédias abordando a natureza humana, é tido até hoje como ponto alto da arte teatral.02. Os gregos, para homenagear os deuses, realizavam jogos, entre os quais os mais famosos eram os Olímpicos.04. A democracia surgiu em Atenas com a participação não só dos cidadãos, mas também dos estrangeiros e dos escravos.08. O aperfeiçoamento do alfabeto permitiu a introdução de palavras de origem grega em vários outros idiomas.
  70. 70. Resposta01+02+08= 11
  71. 71. 12. (ACAFE 2001) Sobre a antiga civilização Grega, a alternativa incorreta é:A- A filosofia grega discutiu grandes temas que marcaram a evolução do pensamento ocidental.B- O mundo grego foi formado pelo estabelecimento de quatro povos: Dórios, Eólios, Aqueus e Jônios.C- A Guerra do Peloponeso foi um conflito interno monopolizado pela liderança de Esparta e Atenas.D- No aspecto religioso, os gregos eram politeístas, sendo que seus deuses tinham as mesmas virtudes e defeitos dos seres humanos.E- A democracia ateniense abrangia quase toda a população, menos os escravos.
  72. 72. Resposta E
  73. 73. 13- ACAFE 2006/2 Os gregos da antigüidade clássicadesenvolveram métodos de explicação do mundo, observandoo que acontecia à sua volta, para depois buscar explicaçõesracionais e lógicas para o que haviam percebido. Esse métodorecebeu o nome de filosofia. Sobre esse assunto, assinale aalternativa incorreta.a) Na fase socrática, os filósofos passaram a se preocupartambém com os problemas relacionados com o indivíduo e coma organização da humanidade.b) O surgimento da filosofia fez nascer uma das grandescriações do pensamento humano, base das ciências modernas.c) A preocupação dos primeiros filósofos era principalmentecom a origem do mundo e da natureza.d) A obra mais famosa de Sócrates, A República, defende umaforma de governo para a sociedade; para o filósofo, governardeveria visar ao bem comum e não aos interesses particulares.e) No final do século V a.C., com o desenvolvimento dademocracia ateniense, a filosofia grega inicia uma segundafase, conhecida como socrática, cujo principal filósofo foiSócrates.
  74. 74. Resposta D
  75. 75. 14- (CESUSC 2006-2) A civilização ocidental tem na GréciaAntiga uma de suas fontes mais ricas. Um dos seus legadosmais expressivos foi o termo e a noção de democracia. Arespeito da prática da democracia entre os gregos daAntiguidade, é correto afirmar:I- Na democracia ateniense, participavam com plenos direitospolíticos apenas os cidadãos. Havia um grande número deindivíduos que não eram considerados cidadão e, portanto,não tinham os mesmos direitos;II- Graças a diversas revoltas e movimentos políticos queaconteceram em Atenas na Ágora (praça central destinada aodebate político), as mulheres conquistaram o direito ao votomas não podiam se candidatar aos cargos políticos;III- Clístenes foi quem instituiu a democracia na Grécia e, porisso, é considerado o “pai da democracia”;IV- Os escravos (geralmente tornavam-se escravos aquelescapturados em guerras ou por incapacidade de cumprir com opagamento de uma dívida) não gozavam de direitos políticos.Estão corretas as afirmativas:A- I, II, III e IV B- I, II e IIIC- I, II e IV D- I, III e IVE- II, III e IV
  76. 76. Resposta D
  77. 77. 15- (CESUSC 2006-2) A civilização ocidental tem na Grécia Antigauma de suas fontes mais ricas. Um dos seus legados maisexpressivos foi o termo e a noção de democracia. A respeito daprática da democracia entre os gregos da Antiguidade, é corretoafirmar:I- Na democracia ateniense, participavam com plenos direitospolíticos apenas os cidadãos. Havia um grande número deindivíduos que não eram considerados cidadão e, portanto, nãotinham os mesmos direitos;II- Graças a diversas revoltas e movimentos políticos queaconteceram em Atenas na Ágora (praça central destinada aodebate político), as mulheres conquistaram o direito ao voto masnão podiam se candidatar aos cargos políticos;III- Clístenes foi quem instituiu a democracia na Grécia e, por isso,é considerado o “pai da democracia”;IV- Os escravos (geralmente tornavam-se escravos aquelescapturados em guerras ou por incapacidade de cumprir com opagamento de uma dívida) não gozavam de direitos políticos.Estão corretas as afirmativas:A- I, II, III e IV B- I, II e IIIC- I, II e IV D- I, III e IVE- II, III e IV
  78. 78. Resposta D
  79. 79. ROMA
  80. 80. Sociedade
  81. 81. Monarquia 753-509 a.C.
  82. 82. República 509-27 a.C.
  83. 83. República Romana
  84. 84. AS REVOLTAS DA PLEBE NA REPÚBLICA ROMANA Patrícios monopolizavam o poder republicano, mas, como tempo, os plebeus foram Progressivamente foram tendo acesso às diversasfunções. contudo tendo de participar de campanhas militares,eram obrigados a abandonar seus próprios afazeres Os plebeus eram obrigados, nos tempos de guerra, acontrair empréstimos para fazer frente a suas despesas Por isto, em 494 a.C., os plebeus realizaram a Greve doMonte Sagrado Diante dessa ação dos plebeus, os patrícios tiveram deceder às reivindicações plebéias. Dessa forma, foicriada uma nova magistratura: os Tribunos da Plebe
  85. 85. Conquistas Sociais da Plebe
  86. 86. Conquistas
  87. 87. Guerras Púnicas
  88. 88. Otávio - instala o Império
  89. 89. Invasões Bárbaras• A crise econômica e as crises militares dificultavam a defesa das fronteiras e facilitavam as Invasões Bárbaras Germânicas, especialmente, a partir de 375, ano em que os Hunos chegaram à Europa, provenientes da Mongólia, e começaram a pressionar os bárbaros germânicos para dentro do Império
  90. 90. Invasões Bárbaras
  91. 91. História Medieval (Européia)
  92. 92. Invasões Bárbaras
  93. 93. Mapa dos povos Bárbaros
  94. 94. ÁRABES - DJIHAD
  95. 95. Império Bizantino O Império Romano do Oriente Justiniano
  96. 96. Promoveu a unificação da igreja (Igreja do Ocidente e Igreja do Oriente) com a intensão de usar a estrutura da Igreja em seu benefício.• Unificar o antigo Império Romano - tomar à força todas as terras que faziam parte do Império do ocidente• Conseqüências: várias guerras de conquista, aumento na cobrança de impostos, insatisfação popular.• O aumento dos impostos - inimigos políticos patrocinaram a Revolta de Nika - Rebelião política e esportiva: queriam mudanças no governo. Justiniano mandou que o general Belissário cercasse os revoltosos e todos foram mortos.• Guerras de Conquista de Justiniano, reconquistou: Norte da África, Itália e Espanha.• Ataque dos bárbaros germânicos apossaram-se do Egito, Palestina, Síria, Mesopotâmia, África e Espanha.• Guerras intensas levaram o Império Bizantino: Dificuldades financeiras, Altos impostos, fuga da população para o interior sob a proteção dos grandes latifundiários.• Império Romano do Oriente perde sua força política e Militar até o ano de 1453 quando foram invadidos e dominados pelos turcos.• O fato marca o fim da Idade Média e o começo da Idade Moderna.
  97. 97. Igreja de Santa Sofia, em Istambul, modelo de obra arquitetônica bizantina, com enorme cúpula central.Os magníficosmosaicos da igrejade São Vital,Ravenna, Itália,evidenciam o cáraterhierático da artebizantina.
  98. 98. FEUDALISMO
  99. 99. SOCIEDADE E SUAS RELAÇÕES
  100. 100. RELAÇÃO DE TRABALHO FEUDAIS• A Corvéia: trabalhos gratuitos e obrigatórios realizados pelos servos durante alguns dias na semana nas terras do manso senhoril;• B Talha: taxa paga pelo servo ao senhor feudal que consistia em metade da produção obtida no manso servil;• C Banalidade: taxa paga pelo servo pelo uso de determinadas localidades do feudo;• D Capitação: taxa que o servo pagava ao senhor feudal por cada membro de sua família dentro do feudo;• E Dízimo: taxa paga à Igreja Católica pelo fato do servo respeitar a Igreja e ainda “comprar um terreno no céu”;• F Taxa de casamento: era paga pelo servo ao senhor feudal, quando aquele fosse se casar com uma mulher pertencente a outro feudo;• G Taxa de nascimento: taxa paga pelo servo, quando o seu filho nasce;• H Taxa de justiça: é a taxa que o servo pagava ao senhor feudal para que se fizesse justiça dentro do feudo;• I Taxa da mão-morta: taxa que o servo pagava ao senhor feudal para ocupar heranças.* Haviam outras taxas que variavam de região para região. Assim, o servo vivia uma grande exploração que permitia o sustento do restante da população.
  101. 101. RENASCIMENTO
  102. 102. RENASCIMENTO
  103. 103. GRANDES NAVEGAÇÕES
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×