Ergodesign USIHC 2014 – virtualização
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Ergodesign USIHC 2014 – virtualização

on

  • 361 views

Minha apresentação para a mesa redonda sobre «Virtualização», durante o Ergodesign-USIHC 2014, em Joinville (SC).

Minha apresentação para a mesa redonda sobre «Virtualização», durante o Ergodesign-USIHC 2014, em Joinville (SC).

Statistics

Views

Total Views
361
Views on SlideShare
359
Embed Views
2

Actions

Likes
5
Downloads
2
Comments
2

1 Embed 2

http://www.slideee.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Ergodesign USIHC 2014 – virtualização Ergodesign USIHC 2014 – virtualização Presentation Transcript

  • mesa redonda virtualização mauro pinheiro universidade federal do espírito santo mauro.pinheiro@gmail.com
  • real virtualX
  • atual virtual•
  • físico digital•
  • físico digital dados, notícias, informação… atualização
  • interfaces distintas •  diferentes contextos de uso •  diferentes possibilidades de manipulação •  experiências particulares em cada meio o  jornal  digital  permite:   infográficos  «intera0vos»,  tabelas  dinâmicas,  customização,  imagem  em   movimento,  integração  de  mídias,  integração  com  redes  sociais,   atualização  em  tempo  real,  acesso  imediato  à  produção  histórica  de   determinado  colunista,  alertas  customizados  por  palavras-­‐chave  etc.  
  • ambiente físico analógico estático ambiente virtual digital dinâmico
  • ambiente físico analógico estático ambiente virtual digital dinâmico híbrido  
  • computação pervasiva objetos do cotidiano comportam componentes computacionais que captam informações do ambiente, transmitem dados, estão na rede computação  ubíqua,  internet  das  coisas,  objetos  inteligentes  etc.  
  • o computador «desaparece» as «coisas» têm componentes computacionais, mas não são computadores exibem informações, mas não necessitam de telas nem sempre demandam nossa ação/atenção direta
  • digitalfísico digital diferentes graus de «hibridização» físico   digital   físico
  • paradigma do canivete suíço
  • google wear
  • componentes computacionais atribuem funções secundárias a produtos do cotidiano
  • Pileus: Takashi Matsumoto Universidade de Keio
  • produtos / sistemas / serviços com interações em diversos meios
  • ambient umbrella
  • sistemas de informação ambiente sistemas de informação que apresentam continuamente informações que podem ser monitoradas pelas pessoas sem exigir o foco de sua atenção.
  • datafountain Koert Van Mensvoort, Eindhoven University of Technology
  • aura orb Human Media Lab Queen’s University, Ontário, Canadá
  • aura orb Human Media Lab Queen’s University, Ontário, Canadá
  • ônibus municipais com GPS são rastreados interface web permite verificar o tempo de chegada dos ônibus aos pontos de parada na cidade demanda muita atenção para conseguir a informação Ponto Vitória
  • meu busão no ponto buzzão vitória canais alternativos ao Ponto Vitória via celular demandam muita atenção para conseguir a informação vixbus
  • atualização  do  sistema  de  informação  municipal   VisualizaBus  
  • VisualizaBus,  Marcos  Accioly,  Mauro  Pinheiro   contexto  específico:  laboratório  na  Ufes   sistema  de  informação  ambiente   glanceable  display   envolve  poucos  recursos  atencionais   passível  de  habituação  
  • algumas considerações •  o ambiente digital pode ser atualizado em diferentes interfaces, que vão implicar restrições e condições de uso diferenciadas •  outro paradigma para além do «canivete suíço», com menor complexidade percebida e foco em funções específicas •  desejável uma redução de demanda de atenção e nível de engajamento necessário para uso •  funções secundárias dos produtos ganham importância
  • algumas considerações •  sistemas com complexidades distintas em cada parte constituinte •  necessidade de abordagem sistêmica, considerando diversos ambientes/componentes/serviços •  necessidade de métodos e técnicas de avaliação diversificados para compreender a dinâmica de uso destes produtos, seus critérios de eficácia, eficiência e conforto – especialmente para produtos que não devem chamar atenção para si •  software e hardware livre e aberto potencializam colaborações entre designers e comunidade ligada à computação