Social TV - Congresso ABTA 2010

663 views
621 views

Published on

Apresentação sobre Social TV realizada no Congresso da Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA) em São Paulo.

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
663
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • A web tornou-se nos últimos anos um ambiente de relacionamentos e conversas, diferentemente da oferta unidirecional de conteúdo de quando foi criada. E isso consequentemente reflete diretamente nos grandes grupos de mídia e conteúdo online, trazendo uma nova percepção do seu negócio e dos seus consumidores. As relações de diálogo tem trazido benefícios consideráveis para a construção de marca e agajamento do consumidores, principalmente os mais jovens, que nasceram nesta geração conectada. Esta é a web social. Onde os relacionamentos entre os produtores, consumidores, empresas e marcas constituem-se em uma nova mídia muito poderosa.
  • Social TV - Congresso ABTA 2010

    1. 1. Social TV Congresso ABTA 2010 São Paulo – 12/08/2010 PC5 – Relacionamento 2.0 Por Maurilio Alberone
    2. 2. Nós fazemos TV digital www.peta5.com.br
    3. 5. Estamos mais conectados
    4. 6. Unidirecional
    5. 8. Consumir TV é mais do que apenas assisti-la
    6. 10. A TV já foi social
    7. 11. Hoje a atenção é compartilhada
    8. 13. Social web dentro da televisão!
    9. 14. Experiência do telespectador
    10. 15. TV interativa é diferente de Interatividade na TV atenção
    11. 16. Alguns questionamentos para a Social TV
    12. 17. As emissoras estão preparadas para esta nova forma de consumir e ofertar conteúdo ?
    13. 18. E os telespectadores serão realmente conquistados por esta nova forma de interação ?
    14. 19. Conseguiremos proporcionar esta experiência para a nova geração de consumidores ?
    15. 20. Novos telespectadores serão atraídos para a TV ?
    16. 21. Conseguiremos aumentar o tempo de exposição ao nosso conteúdo ?
    17. 22. Como não espantar os telespectadores mais conservadores e ao mesmo tempo não frustrar os mais inovadores ?
    18. 23. Qual modelo de receitas deverá ser utilizado para estes produtos ?
    19. 24. ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ?
    20. 25. Alguns protótipos
    21. 26. Engajamento social Compartilhando o programa que está assistindo Veja o vídeo em http://migre.me/13IX9
    22. 27. Conhecendo seu público O telespectador avalia a programação em tempo real Veja o vídeo em http://migre.me/13IWk
    23. 28. Debate interativo
    24. 29. Conteúdo do telespectador Além da sinopse básica, o telespectador comenta o que assiste Veja o vídeo em http://migre.me/13ITz
    25. 30. Acesso às redes sociais A TV sendo apenas um terminal de acesso a estes serviços Veja o vídeo em http://migre.me/13IRs
    26. 31. Vídeos disponíveis em: www.videolog.tv/peta5
    27. 32. Alguns exemplos em operação no exterior
    28. 39. Segmentação de propaganda + Social TV
    29. 40. Plataforma para veiculação de propaganda direcionada ao perfil do telespectador
    30. 41. Cada telespectador é único
    31. 44. Para mais informações e demonstração acesse: www.targ.tv
    32. 45. Propaganda mais relevante
    33. 46. <ul><li>Maurilio Alberone </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>(21) 8527-3600 | @malberone </li></ul><ul><li>www.peta5.com.br </li></ul>

    ×