Pesquisa gerentes de ecommerce feita pela Ecommerce School

  • 3,927 views
Uploaded on

Pesquisa feita pela Ecommerce School aponta que atualmente são mais de 23 mil lojas virtuais no Brasil e serão 45 mil até 2014. 34 mil vagas de empregos diretos serão criadas e mais 50 mil indiretos. …

Pesquisa feita pela Ecommerce School aponta que atualmente são mais de 23 mil lojas virtuais no Brasil e serão 45 mil até 2014. 34 mil vagas de empregos diretos serão criadas e mais 50 mil indiretos. 30% desses profissionais ganham mais de 5 mil reais. Faça os cursos de ecommerce na Ecommerce School e se prepare para esse mercado.

More in: Business , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
3,927
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Pesquisa Profissionais de Ecommerce http://www.comschool.com.br Copyright Ecommerce School
  • 2. Introdução O crescimento do comércio eletrônico brasileiro é feito com tecnologia e pessoas. Por trás desse crescimento há uma força de trabalho cada vez mais preocupada em melhorar suas habilidades para se diferenciar nesse mercado. Além disso, um grande contingente de vagas e oportunidades são abertas diariamente no varejo digital. O problema se agrava pois as escolas tradicionais de graduação e formação profissional não conseguem formar profissionais para atender essa demanda, seja por lentidão na mudança de suas grades curriculares, seja por falta de professores especializados com experiência de mercado e didática. Tendo isso em vista, a Ecommerce School fez uma pesquisa especial sobre o mercado de trabalho no ecommerce brasileiro. A pesquisa foi separada em duas fases: uma qualitativa e uma quantitativa. 2 Copyright Ecommerce School
  • 3. Metodologia Na etapa QUALITATIVA a Ecommerce School fez uma desk research em sites de busca, comparação de preços e shoppings virtuais. Também foram usados dados do Banco Central, IBGE, Sebrae, Ministério do Trabalho e entrevistas com plataformas de ecommerce e sites de hospedagem de lojas virtuais, no período de 15/01/2011 a 31/07/2011. Na fase QUANTITATIVA a Ecommerce School contou com uma parceria com a e-bit, que publicou parte dos resultados em sua 24ª Edição do relatório WebShoppers. Foi feito um campo online, onde foram coletados 282 questionários respondidos por gestores de lojas virtuais brasileiras, no período de 20/07/2011 a 05/08/2011. 3 Copyright Ecommerce School
  • 4. Fase Qualitativa Copyright Ecommerce School
  • 5. Lojas virtuais no Brasil De acordo com dados levantados na pesquisa, existem atualmente 23 mil lojas virtuais no Brasil. Dessas, apenas 30% estão ativas, ou seja, investem em divulgação e realizam pelo menos dez vendas por mês. Estima-se que esse número alcance 45.000 até o final de 2014, mantendo-se a proporção de 30% ativas. As outras 70% estão no ar, mas foram “abandonadas”, ou seja, não investem e consequentemente não vendem. O principal motivo pelo qual tantas lojas, são criadas mas poucas dão certo, é que a barreira de entrada no mercado é muito baixa. Com menos de R$ 50,00 por mês é possível abrir uma loja virtual. Por outro lado, falta de conhecimento e planejamento são empecilhos para continuarem no mercado. Número de lojas virtuais no Brasil. Fonte: www.ecommerceschool.com.br * Previsão 5 Copyright Ecommerce School
  • 6. Abertura de vagas Ainda de acordo com a desk research da Ecommerce School, até 2014, 34 mil empregos diretos e mais 50 mil indiretos serão abertos no ecommerce nacional. Entre os postos abertos incluem: diretores, gerentes e assistentes de ecommerce, analistas de métricas, links patrocinados, SEO, fotógrafos, designers, gerentes e analistas de marketing digital, empacotadores, atendentes, compradores, estoquistas, programadores, redatores, assistentes de logística, finanças, faturamento, expedição e entregadores. O expoente das mídias sociais também abrirá cargos de gerentes, coordenadores e assistentes de mídias sociais, assim como diretores e coordenadores de conteúdos. 6 Copyright Ecommerce School
  • 7. Fase Quantitativa Copyright Ecommerce School
  • 8. Cargos O empreendedorismo é ponto de destaque no ecommerce nacional. Por ter uma baixa barreira financeira de entrada, muitas pessoas abrem lojas virtuais para revender produtos. Com relação à ocupação desses profissionais nas empresas de ecommerce metade dos entrevistados são sócios-proprietários. Fonte: www.ecommerceschool.com.br e e-bit Informação. Base: 282. 8 Copyright Ecommerce School
  • 9. Contratação Fonte: www.ecommerceschool.com.br e e-bit Informação. Base: 282. Do ponto de vista das lojas virtuais ativas, há grande dificuldade em encontrar mão-de-obra. 63% das lojas entrevistadas contrataram profissionais nos últimos seis meses, sendo que 79% dessas acharam que os candidatos não atendiam a todas as habilidades necessárias. Ainda com relação aos que contrataram nos últimos seis meses, 64% chegaram até os candidatos através de indicação de amigos, parentes ou de alguém da empresa. É interessante ressaltar que 11% chegou até os candidatos através de redes sociais. Depois de contratados, esses profissionais precisaram ser treinados para atuarem no e-commerce. Desses, 73% foram treinados pelo seu próprio gestor e apenas 3% não precisou de treinamento. 9 Copyright Ecommerce School
  • 10. Contratação Das empresas que contrataram nos último seis meses, 64% encontrou os candidatos através de indicação. As redes sociais começam a despontar como forte fonte de contratação, representando 11%. Fonte: www.ecommerceschool.com.br e e-bit Informação. Base: 282. 10 Copyright Ecommerce School
  • 11. Remuneração Com o aumento da demanda por profissionais, o mercado já começa a enfrentar uma rotatividade nos cargos de gerenciamento. Para manter esses profissionais, as empresas de médio e grande portes passaram a oferecer bônus mais agressivos no atingimento das metas. A pesquisa revelou que 34% dos profissionais de ecommerce recebe salários acima de R$ 5.000,00. Dos entrevistados, 40% ocupam os cargos de coordenador (10%), gerente (24%) ou diretor (4%). Nesses valores não foram considerados benefícios e bonificações. Fonte: www.ecommerceschool.com.br e e-bit Informação. Base: 282. 11 Copyright Ecommerce School
  • 12. Habilidades Quanto às habilidades necessárias para esses profissionais, a pesquisa identificou as habilidades que os profissionais têm. Marketing, vendas e análise de métricas são pontos de destaque. Dessa forma, pode ser observado um perfil mais comercial e estratégico do que tecnológico ao exercer essa função. No caso de logística e expedição, apenas 42% dos profissionais declararam ter conhecimento ou muito conhecimento sobre o assunto. Isso pode ser explicado porque a muitas lojas virtuais terceirizam esse tipo de serviço. Analisando as habilidades que os profissionais consideram importantes, conhecimentos em atendimento ao cliente, mídia online e marketing digital foram os mais citados. Esses pontos são os que abrirão mais oportunidades de trabalho, uma vez que o crescimento da empresa demanda profissionais especializados nesses assuntos. O competitivo ambiente online requer profissionais aptos a lidarem com a velocidade de mudanças ocorridas no canal: agilidade, organização, planejamento, flexibilidade e inovação foram citadas como as principais habilidades necessárias à esses profissionais. 12 Copyright Ecommerce School
  • 13. Grau de conhecimento que os gerentes de e-commerce possuem sobre as atividades abaixo hoje em dia. Fonte: www.ecommerceschool.com.br e e-bit Informação. Base: 282. 13 Copyright Ecommerce School
  • 14. Importância das atividades para um gerente de e-commerce. Fonte: www.ecommerceschool.com.br e e-bit Informação. Base: 282. 14 Copyright Ecommerce School
  • 15. O quanto considera importante cada uma das habilidades necessárias aos profissionais de e-commerce. Fonte: www.ecommerceschool.com.br e e-bit Informação. Base: 282. 15 Copyright Ecommerce School
  • 16. Quem somos Ecommerce School agora é ComSchool: Comunicação Digital de Performance. Fundada em 2007, a ComSchool é um centro de ensino com DNA de performance e especializado em Cursos de E-commerce, cursos de Redes Sociais e cursos de Marketing Digital de Performance. Corpo docente com mais de 70 professores de altíssimo nível, entre CEOs, autores de livros, sócios e diretores de empresas. Três livros publicados na área, mais de 50 cursos, programas internacionais. Mais de 8.000 alunos formados em 2013. Com sede na Avenida Paulista, 2006, oferece também cursos presenciais no Rio de Janeiro, Florianópolis, Belo Horizonte, Blumenau, Porto Alegre, Curitiba, Recife e Salvador. Cursos presenciais ou Online ao Vivo. Destaque para o curso de Gerentes de Ecommerce e Marketing Digital, curso de Gestão de Marketing Digital de Alta Performance, curso de Especialistas em Google Marketing, curso de Gerentes de Mídias Sociais, curso de E-commerce na Prática e curso de Marketing em Redes Sociais, entre outros. A ComSchool é a única escola no Brasil a oferecer os selos “Profissional de Ecommerce Certificado” e “Profissional Social Media Certificado” reconhecidos pela ABComm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico. Avenida Paulista, 2006, 18º andar. São Paulo – SP – CEP 01310-926 Telefone: (11) 3284-8831 ou (11) 3284-8821 contato@ecommerceschool.com.br 16 Copyright Ecommerce School
  • 17. Pesquisa Profissionais de Ecommerce Contato: +55 (11) 3284-8831 contato@ecommerceschool.com.br www.ecommerceschool.com.br Copyright Ecommerce School