• Like
Estruturação de Linguagens de Programação (Pascal e C++)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

Estruturação de Linguagens de Programação (Pascal e C++)

  • 780 views
Published

Baixe mais arquivos em http://pastadomau.wikidot.com. …

Baixe mais arquivos em http://pastadomau.wikidot.com.
Este trabalho mostra de forma superficial (que modéstia!) os conceitos básicos de duas linguagens de programação: Pascal e C++. Os tópicos abordados são os básicos necessários para que um programador que desconheça a linguagem consiga elaborar um pequeno programa e compreender as principais características de cada linguagem. Entre os itens apresentados estão os tipos de dados oferecidos por cada uma das linguagens bem como o modo que cada uma trabalha com eles.

Published in Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
780
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
40
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL COMUNIDADE EVANGÉLICA LUTERANA “SÃO PAULO” Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681 de 07/12/89 – DOU de 11/12/89 Campus TorresEstruturação de Linguagens (Pascal e C++) Paradigmas de Linguagem de Programação Aluno: Mauricio Volkweis Astiazara Professor: Leonardo Pereira Torres, 28 de Agosto de 2001
  • 2. Introdução Este trabalho pretende mostrar de forma breve uma introdução à estas duas linguagem de programação, com o objetivo de destacar as principais características e para que se tenha uma base mínima das possibilidades de cada linguagem.
  • 3. 1 Pascals Ambientes Tipos de Dadoss Variáveiss Constantess Operadoress Estrutura de um Programas Comandoss Procedimentos e Funçõess Biblioteca de Funções
  • 4. 1.1 Ambientes Runs Compiles Debug
  • 5. 1.2 Tipos de Dadoss Inteiross Reaiss Caracteress Lógicos
  • 6. 1.2.1 Tipos de Dados Inteiros Tipo de Dado Faixa de Abrangência InteiroShortint De –128 Até 127Integer De –32.768 Até 32.767Longint De –2.147.483.648 Até 2.147.483.647Byte De 0 Até 255Word De 0 Até 65.535
  • 7. 1.2.2 Tipos de Dados Reais Tipo de Dado Faixa de Abrangência RealReal De 2,9 E-39 Até 1,7 E+38Single De 1,5 E-45 Até 3,4 E+38Double De 5,0 E-324 Até 1,7 E+308Extended De 3,4 E-4.932 Até 1,1 E+4.932Comp De –9,2 E+18 Até 9,2 E+18
  • 8. 1.2.3 Tipos de Dados Caracteress String: armazena de 1 a 255 caracteress Char: armazena somente 1 caracter
  • 9. 1.2.4 Tipo de Dado Lógicos Boolean: assume somente os valores True (verdadeiro) e False (falso).
  • 10. 1.3 Variáveiss Regras para Nomeaçãos Declaraçãos Escopos Comando de Atribuição
  • 11. 1.3.1 Regras para Nomeaçãos Deve ser constituído por um ou mais caracteress Só poderão ser utilizadas letras, números e o underscore ( _ )s O primeiro caractere deverá ser uma letras Não pode possuir espaços em brancos Não pode ser uma palavra reservada
  • 12. 1.3.2 Declaraçãos Sintaxe: Var <nome 1> : <tipo 1>; <nome 2> : <tipo 2>; <nome N> : <tipo N>;s Exemplos: Var Nome : string; Idade : integer; Altura : real; Var A, B, C : integer;
  • 13. 1.3.3 Escopos Global: quando declarada no início do do programa, podendo ser utilizada por qualquer subrotina subordinadas Local: quando declarada após as subrotinas, ou dentro de uma subrotina
  • 14. 1.3.4 Comando de Atribuiçãos Sintaxe: <variável> := <expressão>;s Exemplos: A:=5+1; Nome:=‘Blaise Pascal‘;
  • 15. 1.4 Constantess Sintaxe:Const<identificador 1>=<valor 1>;<identificador 2>=<valor 2>;<identificador N>=<valor N>;s Exemplos:ConstPI=3.141592;Ap=‘Sistema Integrado de Geometria Espacial’;Voltas=10;
  • 16. 1.5 Operadores AritméticosOperador Descrição* Multiplicação/ Divisão realDiv Divisão inteiraMod Resto da divisão inteira+ Adição- Subtração
  • 17. 1.6 Operadores Relacionais Símbolo Significado= Igual a<> Diferente de> Maior que< menor que>= Maior ou igual<= Menor ou igual
  • 18. 1.6 Operadores Relacionaiss Exemplos: Var a, b: boolean; ... a:=20>10; b:=‘A’>‘B’;A variável “a” recebe o valor TrueA variável “b” o valor False.
  • 19. 1.7 Operadores LógicosOperador LógicaNot Retorna o oposto do valor. Este é o único operador unário.And Retorna Verdadeiro somente se todos os valores forem VerdadeirosOr Retorna Falso somente se todos os valores forem FalsosXor Retorna Verdadeiro se os valores forem diferentes
  • 20. 1.8 Estrutura de um Programas Cabeçalhos Área de declaraçõess Corpo do programa
  • 21. 1.8.1 Cabeçalhos Sintaxe: Program <nome do programa>;s Exemplo: Program Calculo;
  • 22. 1.8.2 Área de DeclaraçõesUsesLabelConstTypeVarProcedureFunction
  • 23. 1.8.3 Corpo do ProgramaBegin <instrução 1>; <instrução 2>; <instrução N>;End.
  • 24. 1.9 Comandos de Entrada e Saídas Comandos de saída: – Write – Writelns Comandos de entrada: – Read – Readln
  • 25. 1.9.1 Write e Writelns Sintaxe: Write(<expressões>); Writeln(<expressões>);s Exemplos: Writeln(‘Saída em vídeo’); Write(2001); Writeln(‘Média igual a ‘, media);
  • 26. 1.9.2 Read e Readlns Sintaxe: Read(<variáveis>); Readln(<variáveis>);s Exemplos: Writeln(’Valor: ); Readln(valor); Readln(A, B, C);
  • 27. 1.10 Comentárioss Sintaxe: { <comentários> } { <comentários> <comentários> <comentários> }
  • 28. 1.11 Desvio Condicionals Sintaxe Simples:If <valor booleano> then<instrução para valor=True>;s Exemplo:If a>10 thenwriteln (a, ‘ é maior que 10’);s Sintaxe Composta:If <valor booleano> then<instrução para valor=True>else<instrução para valor=True>;
  • 29. 1.12 Iteraçãos Sintaxe:While <valor booleano> do <instrução para valor=True>;s Exemplo:While a<>10 dobegin writeln(a); a:=a+1;end;
  • 30. 1.13 Procedimentos e Funçõess Unidades Padrãos Procedures Parâmetross Function
  • 31. 1.13.1 Unidades Padrãos CRTs DOSs GRAPHs OVERLAYs PRINTERs SYSTEM
  • 32. 1.13.2 Procedures Sintaxe: Procedure <nome> [(<parâmetros>)]; Var <variáveis>; begin <comandos>; end;
  • 33. 1.13.2 Procedures Exemplo: Procedure Linha; Var i : integer; Begin i:=1; While i<>81 do Begin Write(‘_’); i:=1+1; End; End;
  • 34. 1.13.3 Parâmetross Por valor: Procedure <nome> (<par>:<tipo>); Procedure fatorial (n: integer); Exemplo: Fatorial (10); A:=10; Fatorial (A);
  • 35. 1.13.3 Parâmetross Por referência: Procedure <nome> (var <par>:<tipo>); Procedure Quadrado (var n: integer); Exemplo: Quadrado (Numero);
  • 36. 1.13.4 Functions Sintaxe: Function <nome>[(<parâmetros>)]:<tipo>; Var <variáveis> begin <comandos> <nome da função>:=<valor>; end;
  • 37. 1.13.4 Functions Exemplo: function Potencia(base, expo:integer) :integer; var i,p :integer; begin p:=1; for i:=1 to expo do p:=p*base; potencia:=p; end;
  • 38. 1.14 Construindo uma Biblioteca de Rotinass Sintaxe:Unit <nome>;Interface<declaração das rotinas>implementation<rotinas>end.
  • 39. 2 C++s Introdução à Orientação ao Objetos Tipos de Dadoss Variáveiss Constantess Operadoress Estrutura de um Programas Comandoss Procedimentos e Funçõess Classes
  • 40. 2.1 Introdução à Orientação ao Objetos Combinar num único registro dados e funçõess Uma classe é considerada um tipo de dados Uma variável de um tipo de classe é chamada objetos Definir uma classe não cria um objetos As funções de um objeto são chamadas funções- membro ou métodoss De modo geral, os métodos são o único meio de acesso aos dados
  • 41. 2.1.2 Encapsular e Esconders Não podemos acessar variáveis de instância diretamentes Isto previne alterações incidentaiss Os campos de dados e suas funções estão encapsulados numa única identidades “Chamar uma função membro de um objeto” é o mesmo que “enviar uma mensagem a um objeto”.
  • 42. 2.1.3 Heranças Classes podem ser organizadas em hierarquiass As classes derivadas herdam as características da classe base Características AB Características Características Características ABCD ABEF ABCFG
  • 43. 2.2 Tipos de Dados Tipo Bytes EscalaChar 1 -128 a 127Int 2 -32.768 a 32.767Float 4 3,4E-38 a 3,4E+38Double 8 1,7E-308 a 1,7E+308Void 0 Nenhum valor
  • 44. 2.2 Tipos de Dados Tipo Bytes EscalaUnsigned char 1 0 a 255Unsigned 2 0 a 65.535Short 2 -32.768 a 32.767Long 4 -2.147.483.648 a 2.147.483.647Unsigned long 4 0 a 4.294.967.295Long double 10 3,4E-4932 a 1,1E+4932
  • 45. 2.3 Variáveiss Regras para Nomeaçãos Declaraçãos Operador de Atribuição
  • 46. 2.3.1 Regras para Nomeaçãos É permitido nome para variáveis com até 32 caracteres.s Caso haja mais caracteres que isso eles serão ignorados.s O nome pode conter letras maiúsculas e minúsculas, dígitos e sublinhado (underscore)s Obrigatoriamente o primeiro caracter deve ser uma letra ou um sublinhados Letras maiúsculas e minúsculas são diferentess Não pode ser o nome de uma palavra reservada do C++.
  • 47. 2.3.2 Declaraçãos Sintaxe: <tipo> <nome> [= <valor inicial>];s Exemplos: Int num; Int A, C, D; int evento=5; char corrida=’C’; float tempo=27.25;
  • 48. 2.3.3 Operador de Atribuiçãos Sintaxe: <variável>=<expressão>;s Exemplos: X=2000; total=10+20+30;s Atribuição Múltipla: Y=X=3; equivale a Y=(X=3);
  • 49. 2.4 Constantess 2.4.1 Constantes Numéricas Base RepresentaçãoDecimal Escrevemos um número em decimal de forma pura e simples, como aquela que estamos acostumados. Ex.: 20, 280, 88Hexadecimal Os números na base 16 devem ser precedidos de 0x. Ex.: 0x41, 0x1afb, 0x54c2Octal Os números escritos na base 8 devem ser precedidos de um zero. Ex.: 041, 010, 0754.
  • 50. 2.4 Constantess 2.4.2 Cadeia de Caracteres Constante: deve ser representada entre aspas. Exemplo: “Primeiro Programa” “Linguagem C++”s 2.4.3 O Qualificador const Const char bip=’a’; Const double pi=3.141592;
  • 51. 2.5 Operadores Aritméticoss Operadores Aritméticos Básicoss Operadores de Incremento e Decrementos Operadores Aritméticos de Atribuição
  • 52. 2.5.1 Operadores Aritméticos BásicosSímbolo Operação+ Adição- Subtração* Multiplicação/ Divisão% Resto da divisão inteira- Multiplicação por –1 ex.: X = -5
  • 53. 2.5.2 Operadores de Incremento e Decrementos Exemplos: X = X + 1; // adiciona 1 a X ++X; // adiciona 1 a X X++; // adiciona 1 a X X = X – 1; // subtrai 1 de X -- X; // subtrai 1 de X X --; // subtrai 1 de X
  • 54. 2.5.2 Operadores de Incremento e Decrementos Diferença de Sintaxe: N = 5; X = ++N; O resultado dessas operações é N=6 e X=6. N = 5; X = N++; O resultado é N=6 e X=5.
  • 55. 2.5.3 Operadores Aritméticos de AtribuiçãoOperador Aritmético de Expressão Equivalente AtribuiçãoA + = 2; A = A + 2;B * = Y + 1; B = B * (Y + 1);C / = 2.5; C = C / 2.5;D % = 5; D = D % 5;E - = 3; E = E - 3;
  • 56. 2.6 Operadores RelacionaisSímbolo Operação> Maior< Menor>= Maior ou igual<= Menor ou igual== Igual!= Diferente
  • 57. 2.6 Operadores Relacionaiss Exemplos: int verdadeiro, falso; verdadeiro=(15<20); falso=(15 ==20); Os valores das variáveis serão: Verdadeiro = 1 Falso = 0
  • 58. 2.7 Operadores Lógicos Símbolo Operação&& E|| Ou! Não
  • 59. 2.8 Estrutura de um Programas Forma geral das funções C++s O Primeiro Programa
  • 60. 2.8 Estrutura de um Programas Forma geral das funções C++<tipo> <nome> (<parâmetros> ){ <instrução 1>; <instrução 2>; <instrução N>;}
  • 61. 2.8 Estrutura de um Programas O Primeiro Programa#include <iostream.h>void main( ){ cout << “Primeiro Programa”;}
  • 62. 2.9 Comandos de Entrada e Saídas Imprimindo usando cout e o operador de inserção:#include <iostream.h>void main(){ cout << “Vênus está a “ << 67 << “milhões de milhas” << ‘n’ << “do sol”;}
  • 63. 2.9 Comandos de Entrada e Saídas 2.9.2 Lendo com cin e o operador de extração:#include <iostream.h>void main (){ cout << “nDigite a sua idade em anos: “; int anos; cin >> anos; cout << “nA sua idade em dias é: “ << (anos * 365);}
  • 64. 2.10 Comentários// termina com o fim da linhaX = X * 0.5; // X é reduzido à metade/* um dos tipos de comentários em C++permite o uso de múltiplas linhas. */
  • 65. 2.11 Desvio Condicionals Sintaxe Simples: If (<expressão de teste>) <Instrução>; If (<expressão de teste>) { <Instrução 1>; <Instrução 2>; <Instrução N>; }
  • 66. 2.11 Desvio Condicionals Sintaxe Composta: If (<expressão de teste>) <Instrução>; Else <Instrução>;s Exemplo: If (a>5) cout << a << “ é maior que 5”; else cout << a << “ é menor que 6”;
  • 67. 2.12 Procedimentos e Funções#include <iostream.h>int celsius (int fahr){ int c; c=(fahr –32)* 5/9; return c;}void main(){ int c, f; cout << “nDigite a temperatura em Fahrenheit: “; cin >> f; c = celsius( f ); // chamada à função cout << “nCelsius = “ << c;}
  • 68. 2.13 Classess Sintaxe:class <nome> { <variáveis privadas> <protótipo das funções privadas> public: <variáveis públicas> <protótipos das funções públicas>};<implementação das funções>
  • 69. 2.13 Classes#include <iostream.h>class animal { public: void comer(void); void dormir(void); void respirar(void);};class elefante : public animal { public: void trompete(void); void esguicho(void);};
  • 70. 2.13 Classesvoid animal :: comer (void) {cout << “Comendo...n”;}void animal :: dormir (void) {cout << “Dormindo...n”;}void animal :: respirando (void) {cout << “Respirando...n”;}void elefante :: trompete (void) {cout << “Trompete...n”;}void elefante :: esguicho (void) {cout << “Esguichando...n”;}
  • 71. 2.13 Classesvoid main (){ elefante Dumbo; Dumbo.respirar(); Dumbo.dormir(); Dumbo.comer(); Dumbo.trompete(); Dumbo.esguichar();}
  • 72. Conclusãos Pascal é a linguagem ideal para programadores iniciantes, pelos conceitos e comandos simples.s C++ é uma linguagem mais poderosa, por implementar a orientação ao objeto e manter as características de “médio nível” herdadas do C.s C++ é indicado para programadores com alguma experiência e compreensão da orientação ao objeto.