DB4O Persistência transparente para sistemas orientados a objetos
O que é? <ul><li>Banco de dados orientado a objetos </li></ul><ul><li>Disponível para as plataformas Java e .NET </li></ul...
O que ele pode fazer? <ul><li>Persiste objetos de forma transparente, utilizando reflexão; </li></ul><ul><li>Pesquisas mon...
ObjectServer <ul><li>Meio de acesso mais comum ao banco de dados; </li></ul><ul><li>Abre conexões com um banco via TCP ou ...
ObjectContainer <ul><li>Responsável pelo acesso aos objetos no banco; </li></ul><ul><li>É transacional e não thread-safe; ...
Native Queries e Predicados <ul><li>Conceito de programação funcional; </li></ul><ul><li>Buscas escritas em Java; </li></u...
Queries por exemplo <ul><li>Utilizam um objeto como “exemplo” para pesquisa; </li></ul><ul><li>Só costuma ser válida para ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação sobre DB4O

766
-1

Published on

Apresentação feita originalmente em 2006 durante a disciplina de bancos de dados não convencionais no curso de Tecnologia em Sistemas para a Internet

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
766
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação sobre DB4O

  1. 1. DB4O Persistência transparente para sistemas orientados a objetos
  2. 2. O que é? <ul><li>Banco de dados orientado a objetos </li></ul><ul><li>Disponível para as plataformas Java e .NET </li></ul><ul><li>Não compatível com as especificações do ODMG ou JDO </li></ul>
  3. 3. O que ele pode fazer? <ul><li>Persiste objetos de forma transparente, utilizando reflexão; </li></ul><ul><li>Pesquisas montadas através de objetos na linguagem utilizada; </li></ul><ul><li>Pode ser acessado por apenas uma aplicação (stand-alone) ou por várias aplicações diferentes (servidor); </li></ul>
  4. 4. ObjectServer <ul><li>Meio de acesso mais comum ao banco de dados; </li></ul><ul><li>Abre conexões com um banco via TCP ou arquivo; </li></ul><ul><li>Cria ObjectContainers para que a aplicação possa acessar os dados; </li></ul>
  5. 5. ObjectContainer <ul><li>Responsável pelo acesso aos objetos no banco; </li></ul><ul><li>É transacional e não thread-safe; </li></ul><ul><li>Faz inserções, atualizações e é o meio de pesquisa ao banco; </li></ul>
  6. 6. Native Queries e Predicados <ul><li>Conceito de programação funcional; </li></ul><ul><li>Buscas escritas em Java; </li></ul><ul><li>Podem ou não ser otimizadas em tempo de execução; </li></ul><ul><li>Quando é impossível otimizar, é utilizada a API interna S.O.D.A; </li></ul>
  7. 7. Queries por exemplo <ul><li>Utilizam um objeto como “exemplo” para pesquisa; </li></ul><ul><li>Só costuma ser válida para buscas simples ou muito genéricas; </li></ul><ul><li>Pouco performática pois é sempre transformada em queries S.O.D.A.; </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×