Curso Aplicações Criativas em Economia (Aula 2 - "Sexo, Drogas e Rock'n'Roll")
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Curso Aplicações Criativas em Economia (Aula 2 - "Sexo, Drogas e Rock'n'Roll")

on

  • 245 views

Matheus Albergaria de Magalhães - Curso Aplicações Criativas em Economia. Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FACESP/FECAP), Campus ...

Matheus Albergaria de Magalhães - Curso Aplicações Criativas em Economia. Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FACESP/FECAP), Campus Liberdade, São Paulo, 28 de Janeiro a 1º de Fevereiro de 2013.

Statistics

Views

Total Views
245
Views on SlideShare
244
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

1 Embed 1

http://www.linkedin.com 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Curso Aplicações Criativas em Economia (Aula 2 - "Sexo, Drogas e Rock'n'Roll") Curso Aplicações Criativas em Economia (Aula 2 - "Sexo, Drogas e Rock'n'Roll") Presentation Transcript

  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Aplica¸oes Criativas em Economia c˜ Aula 2 - Sexo, Drogas e Rock’n’Roll Matheus Albergaria de Magalh˜es a 28 de Janeiro de 2013 Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Organiza¸˜o ca Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Objetivos Ilustrar potenciais aplica¸˜es do instrumental econˆmico a co o problemas reais. Identificar caracter´ ısticas comuns a economistas criativos. Demonstrar que economia vem sendo utilizada em distintas esferas da vida moderna (Sexo, Drogas e Rock’n’Roll). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Termo criatividade pode assumir distintos significados em Economia. Criatividade em Economia ´ diferente de Economia Criativa. e Temas criativos s˜o crescentemente valorizados em Economia a hoje. Mas, afinal, o que ´ ser criativo em Economia? e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Steven Levitt: exemplo de economista criativo Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Outros economistas criativos da atualidade Roland Fryer Justin Wolfers Nathan Nunn Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Economistas criativos pioneiros Gary Becker Robert Lucas Jr. Joseph Stiglitz Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co Paul Krugman
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Economistas citados atuam nas mais diversas ´reas de a especializa¸˜o (Macroeconomia, Microeconomia, Hist´ria, ca o Economia Internacional, etc.). Mas, o que estes economistas tˆm em comum? e Podemos identificar caracter´ ısticas espec´ ıficas de economistas criativos? Por que suas contribui¸˜es s˜o valorizadas? co a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Insight:poder´ ıamos olhar para premia¸˜es em Economia. co Assim, ter´ ıamos pistas iniciais acerca das quest˜es tidas como o importantes para os economistas da atualidade. Mas, quais s˜o os temas mais valorizados ao longo do tempo? a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Prˆmio Nobel de Economia (1969-2011) e Fonte: Magalh˜es (2012, Gr´f.2, p.118). a a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Medalha John Bates Clark (1947-2011) Fonte: Magalh˜es (2012, Gr´f.1, p.116). a a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Algumas ´reas tradicionais vˆm perdendo participa¸˜o ao a e ca longo do tempo. ´ ”Outras Areas”: participa¸˜o vem aumentando nos per´ ca ıodos recentes (p´s-1990). o Afinal, o que ´ ser criativo em Economia? e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Sexo: Vale ` pena posar para a Playboy? a Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Benef´ ıcios: altas remunera¸˜es + oportunidades profissionais. co Custos: exposi¸˜o em n´ nacional – oportunidades ca ıvel profissionais. Parece haver um padr˜o de precedˆncia temporal entre capas a e de revista masculinas no Brasil. Ressalva: ainda temos poucas informa¸˜es sobre a dinˆmica co a da ind´stria do sexo no Brasil. u Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Drogas: Quem ganha? Quem perde? Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Ampla maioria das drogas ´ ilegal. e Mas, em muitos casos, drogas criam dependˆncia (qu´ e ımica e psicol´gica). o Consequˆncia: demanda por drogas tende a ser inel´stica. e a Implica¸˜o: h´ possibilidades de lucro para traficantes. ca a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e O que fazer em rela¸˜o `s drogas? Proib´ ca a ı-las ou legaliz´-las? a Para alguns autores, descriminaliza¸˜o do uso da maconha ca pode gerar ampla economia de recursos (estimativas de US$ 29,5 milh˜es, no caso do estado de Massachussets) (Miron o 2008). Para outros, violˆncia associadas a drogas como o crack e parece estar mais associada ` proibi¸˜o que ao uso a ca propriamente dito (Fryer et al. 2005). Ainda assim, parece n˜o haver respostas prontas ou solu¸˜es a co f´ceis neste caso. a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Rock’n’Roll: A ind´stria fonogr´fica foi afetada por novas u a tecnologias? Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e D´cada de 1980: consumidores compravam discos de vinil e com n´mero fixo de can¸˜es. u co Cen´rio Atual: consumidores montam suas pr´prias a o coletˆneas, com n´mero vari´vel de can¸˜es. a u a co Artistas e gravadoras tiveram de mudar estrat´gias de e divulga¸˜o de trabalhos. ca Implica¸˜o: necessidade de repensarmos a ind´stria ca u fonogr´fica moderna. a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Mas, possibilidade de compartilhamento de arquivos de m´sica afeta compra de CDs? u Estudo de um economista mostra que, a princ´ ıpio, consumidores que fazem mais downloads tendem, em m´dia, e a comprar mais CDs. Mas, em um segundo momento, a possibilidade de compartilhamento de arquivos reduz demanda por CDs (redu¸˜o m´dia de 30%) (Zentner 2006). ca e Implica¸˜o: novas tecnologias afetaram a forma de fazer ca neg´cios em m´sica nos ultimos 15 anos. o u ´ Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Exemplos de Outras (Novas) ´reas de Pesquisa: a 1. Desenvolvimento Econˆmico o 2. Economia Experimental 3. Economia Comportamental 4. Neuroeconomia 5. Redes Sociais 6. Geneconomia (Gen´tica + Economia) e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Conclus˜es o Criatividade em Economia pode assumir diversos significados: 1. Cria¸˜o de nova ´rea de pesquisa. ca a 2. Contribui¸˜es em distintos campos do conhecimento. co 3. Utiliza¸˜o de novos m´todos para responder antigas quest˜es. ca e o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Conclus˜es o Criatividade pode, de fato, assumir distintas conota¸˜es em co Economia. Atualmente, economistas analisam temas pertencentes a diversos campos de conhecimento. Alunos e Cientistas Sociais da atualidade: necessidade de manter mente aberta + aten¸˜o ` multidisciplinaridade ca a inerente a alguns temas. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e FRYER, R.G.; HEATON, P.S.; LEVITT, S.D.; MURPHY, K.M. Measuring the impact of crack cocaine. NBER Working Paper n.11318, May 2005, 65p. LEVITT, S.D.; DUBNER, S.J. Freakonomics: o lado oculto e inesperado de tudo que nos afeta. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005. LEVITT, S.D.; DUBNER, S.J. Superfreakonomics: o lado oculto do dia a dia. Rio de Janeiro: Campus Elsevier, 2009. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e ˜ MAGALHAES, M.A. Criatividade em Economia. Revista de Economia & Rela¸˜es Internacionais, v.11, n.21, p.110-136, Jul.2012. co MIRON, J.A. The effect of Marijuana decriminalization on the budgets of Massachussets governments, with a discussion of decriminalization’s effect on marijuana use: an update of Miron (2002a). Harvard University, manuscrito, Oct.2008, 10p. ZENTNER, A. Measuring the effect of file sharing on music purchases. Journal of Law and Economics, v.49, n.1, p.63-90, Apr.2006. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  • Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Obrigado! Matheus Albergaria de Magalh˜es a matheus.albergaria.magalhaes@gmail.com http://www.sites.google.com/site/malbergariademagalhaes Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co