Sustentabilidade e Bom Senso nos Projetos

2,046 views
1,968 views

Published on

Published in: Design, Technology, Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,046
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
17
Actions
Shares
0
Downloads
129
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sustentabilidade e Bom Senso nos Projetos

  1. 1. Sustentabilidade e bom-senso nos projetos. Mateus Szomorovszky
  2. 2. Sustentabilidade
  3. 3. Todos estão falando de Sustentabilidade
  4. 4. E vendendo Sustentabilidade
  5. 5. Histórico como começou? 2ª Guerra Mundial Ciclo de Crescimento de Produção; Conceito do homem /máquina; Sem preocupação ao meio ambiente;
  6. 6. 60 Clube de Roma; Diminuir produção; Mudança radical;
  7. 7. 70 Produção Racional; Desenvolvimento Sustentável (DS);
  8. 8. 80 “Década Perdida” Relatório Brundtland
  9. 9. 90 Rio|92; Agenda 21; Tecnologias Limpas (Ecoefientes) Surge a Denominação “EcoDesign” Kioto | Rio+5 Redução de Emissão de Gases;
  10. 10. Johanesburgo | Rio+10 Evoluir nas negociações; Copenhagen | COP-15 2000 Brasil - Diminuir em 80% as queimadas até 2020.
  11. 11. O que é Sustentabilidade?
  12. 12. ...atender às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de atenderem às suas próprias necessidades." Gro Harlem Brundtland diplomata e médica norueguesa Relatório Brundtland: 1987
  13. 13. ...é como camiseta do Che Guevara.
  14. 14. Todo mundo usa ou é a favor, sem saber direito o significado. Carlos Minc Ministro do Meio Ambiente
  15. 15. ...reside entre o que você poupa e o que desperdiça. Jaime Lerner Arquiteto e ex-prefeito de Curitiba
  16. 16. ...tem que ser prazerosa; Gerar custo/benefício ao usuário.
  17. 17. Desenvolvimento Sustentável
  18. 18. Desenvolvimento Sustentável Economicamente viável Ecologicamente correto Socialmente aceito
  19. 19. Economicamente viável
  20. 20. Desenvolvimento Sustentável Economicamente viável Ecologicamente correto Socialmente aceito
  21. 21. Ecologicamente correto
  22. 22. Desenvolvimento Sustentável Economicamente viável Ecologicamente correto Socialmente aceito
  23. 23. Socialmente aceito
  24. 24. Ecodesign
  25. 25. Ecodesign Ambientalmente saudável Socialmente responsável Economicamente lucrativo
  26. 26. ambientalmente saudável
  27. 27. socialmente responsável
  28. 28. economicamente lucrativo
  29. 29. Para ambientes sustentáveis, não precisamos somente de produtos ‘eco’...
  30. 30. função Segundo Bernd Löbach (1981) Prática Estética Simbólica
  31. 31. facilidade de uso eficácia oferta de conforto prevenção de cansaço Cadeira Thonet
  32. 32. função Segundo Bernd Löbach (1981) Prática Estética Simbólica
  33. 33. primeira característica beleza (ou não!) público-alvo “A forma segue a função” Eulália Anselmo 2007 Cadeira Flor
  34. 34. função Segundo Bernd Löbach (1981) Prática Estética Simbólica
  35. 35. Charles Mackintosh 1904 Hill House Chair marca um sentido uma idéia tornar uma peça lembrada interpretação do usuário
  36. 36. 1953 Harry Bertoia Bertoia Chair
  37. 37. 1953 Harry Bertoia Bertoia Chair 2009
  38. 38. Mies van der Rohe barcelona chair 1929 2009
  39. 39. Karl-Oskar banco nitton 2009 2009 Davide Conti poltrona sara
  40. 40. Construção Sustentável
  41. 41. A Construção Civil gera 15% do PIB nacional, emprega 15 milhões de pessoas e provoca impacto ambiental proporcional.
  42. 42. O setor consome 50% dos recursos extraídos da natureza e produz 40% dos resíduos gerados no mundo, ou seja, a cada metro quadrado construído, é consumido 2 toneladas de recursos. (Fonte: Revista Sustentação Junho 2005)
  43. 43. Ecoeficiência
  44. 44. Certificação 9000 eficiência e organização dos processos empresariais. ISO estabelecem diretrizes sobre a área de gestão ambiental dentro de empresas 14000 26000 será a norma internacional de Responsabilidade Social.
  45. 45. Certificação ‘prédios verdes’ 26 exigências total de 69 itens. (37,68%) LEED é a quantidade de prédios com certificação LEED no Brasil. quatro 119 prédios brasileiros pleiteiam o selo, em 2009
  46. 46. alguns itens analisados o uso eficiente da água uso eficiente de energia uso eficiente de materiais de construção (gestão de resíduos) elementos de sombra e iluminação natural análise da geometria da edificação e seus impactos
  47. 47. menor custo operacional e maior lucro. 10% a 15% a mais; economia em 35%. revista veja maio2008 supermercado Pão de Açucar Indaiatuba| SP cumpre 80% das exigências LEED Agência Banco Real - Cotia | SP
  48. 48. Certificação ‘prédios verdes’ critérios brasileiros escola politécnica USP - baseado HQE (francês) AQUA é a quantidade de prédios com certificação AQUA no Brasil. cinco 14 prédios brasileiros pleiteiam o selo, em 2009
  49. 49. alguns itens analisados canteiro de obras redução no consumo (água, energia, CO2 e matérias primas) relação do edifício com o seu entorno Conforto higrotérmico (temperatura e umidade) acústico visual olfativo
  50. 50. novos clientes buscam menor custo operacional e maior conforto. cidade jardim corporate center | SP Loja de departamento Leroy Merlyn | RJ
  51. 51. Etiqueta PROCEL Etiqueta de Eficiência Energética de Edificações Comerciais, de Serviços e Públicos. Analisa: envoltório (a fachada e o entorno); sistema de iluminação; condicionamento de ar. Obrigatório a partir de 2012.
  52. 52. “Não há conflito entre lucro e sustentabilidade. Há convergência, mas ela precisa ser construída”. Eduardo Giannetti economista
  53. 53. Materiais
  54. 54. Produto Ecológico preservar o meio ambiente; Produto Orgânico é todo produto, animal ou vegetal, obtido sem produtos químicos ou de hormônios sintéticos; Produto Verde menores impactos ambientais e saúde humana; Produto Sustentável incorpora responsabilidade social além do ambiental e de saúde das pessoas. (fonte: selo sustentax - certificação LEED)
  55. 55. economia de água 40% população qualidade da água resgate: utilização de filtros necessidade diária (OMS): 50l média Brasil 150l média Joinville 200l
  56. 56. economia de água
  57. 57. economia de energia
  58. 58. conforto ecoplaca térmico solo cimento bloco de concreto forro mineral
  59. 59. conforto térmico película tecido green screen carpete em placas 100% reutilizável
  60. 60. madeiras demolição bambu http://www.fsc.org.br roliça serrada
  61. 61. madeiras parquet aglomerado tamburato laminado
  62. 62. madeiras MDF HDF OSB compensado
  63. 63. o que podemos fazer?
  64. 64. ...a educação começa dentro de casa. Paulo Freire educador separe o lixo feche a torneira desligue eletrônicos reutilize embalagens plante uma árvore na calçada em tente usar a sacola retornável! casa
  65. 65. Não existe Arquitetura bonita ou feia. Existe Arquitetura boa e ruim. Oscar Niemeyer grandes aberturas arquiteto lixeiras de coleta seletiva mesclar novo+antigo descargas inteligentes ventilação cruzada painéis solares piso permeável nos captação água da chuva tintas a base de água ou cal projetos
  66. 66. ...a vida que a gente quer depende do que a gente faz. Max Feffer grupo suzano votar consciente mesclar meios de transporte ser ético e honesto ser educado consumir o necessário na sociedade
  67. 67. obrigado! mateussz@gmail.com mateussz.blogspot.com

×