Introducao cms-wordpress

  • 5,095 views
Uploaded on

Uma intodu

Uma intodu

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,095
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
72
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Uma introdução ao CMS mais popular do mundo.
  • 2. 1. IntroduçãoO WordPress é uma plataforma de código aberto paragerenciamento on-line de conteúdo o que chamamos deCMS, desenvolvido na linguagem PHP e sua base dedados em MySQL, com foco na estética, nos Padrões Webe na usabilidade. O WordPress é um software gratuito. Emoutras palavras, o WordPress é o que você usa quandovocê quer trabalhar e não lutar com seu software depublicação.
  • 3. Mais que um CMS um FrameworkO Wordpress em sua versão atual já não é mais visto como um simplessistema para criação de blogs, este foi seu objectivo inicial quando foilançado em 27 de maio de 2003 na versão 0.70.Enquanto escrevo esta apresentação o Wordpress esta na sua versão3.2.1. O Wordpress pode ser visto sendo utilizado para gerenciar sitesde diversas áreas desde um simples blog a um completo site de e-commerce ou um portal de notícias. Isto foi possível por suasimplicidade e flexibilidade de se trabalhar, você faz o que você quisercom esta ferramenta pois o Wordpress hoje além de ser o CMS maispopular do mundo é usado como um framework por várias empresaspara construção de sites simples e complexos.
  • 4. 2. InstalaçãoREQUISITOS MÍNIMOSPara a utilização do WordPress são recomendadas asseguintes configurações:Versão do PHP 5.2.4 ou superior.Versão do MySQL 5.0.2 ou superior
  • 5. A famosa instalação de 5 minutos1. Descompacte o pacote em uma pasta vazia.2. Abra o arquivo wp-config-sample.php com um editor de texto como o WordPad ousimilar e preencha suas informações de conexão do banco de dados.3. Salve o arquivo como wp-config.php4. Faça o upload de tudo.5. Abra o arquivo /wp-admin/install.php no seu navegador. Isto instalará as tabelasnecessárias para o seu blog. Se ocorrer algum erro, confira seu arquivo wp-config.php, etente novamente. Se falhar novamente, visite os fóruns de suporte com todas asinformações que você puder reunir.6. Anote a senha fornecida para você.7. A instalação deve então encaminhá-lo para a página de login. Preencha o nome deusuário com admin e a senha gerada durante a instalação. Você pode clicar em‘Usuários/Seu Perfil’ para alterar a senha.Para informações mais detalhadas sobre a instalação visite essa página do Codex (eminglês).http://codex.wordpress.org/Installing_WordPress
  • 6. 3. Painel de controleA tela inicial do painel que chamamos de Dashboard é uma ferramenta paraacessar rapidamente as áreas mais utilizadas daAdministração do seu site. A Tela do Painel inicial apresenta informações em blocos chamados de módulos.
  • 7. Um resumo sobre o painel de controleO Painel de Administração oferece acesso aos recursos do controle de sua instalação doWordPress. Cada painel de administração é apresentado em seções, o cabeçalho, anavegação principal, a área de trabalho e o rodapé. O cabeçalho mostra o nome do seusite que é também um link para o seu site, pode mostrar a mensagem de motores debusca bloqueados se as configurações de privacidade se assim estiver definida, linkspara Seu perfil (mostrada como seu nome de usuário) e link Sair. Logo abaixo do topo daárea sombreada há duas abas com Opções de Tela e Ajuda contextual Ajuda, que podemser clicadas para expandi-las.Do lado esquerdo da tela há o Menu de Navegação logo mais, há detalhes de uma dasfunções administrativas que você pode executar. Duas setas expandir/recolher logoabaixo De Painel e Comentários permitem que o menu de navegação se recolha em umconjunto de ícones, enquanto se expandi-los aparece o ícone e rótulo para cada uma dasprincipais funções administrativas. Dentro de cada uma das funções importantes, comoPostagens, uma seta para baixo é apresentada se a parar o cursor do mouse sobre abarra de título. Clique sobre a seta que se expande para mostrar cada uma das opçõesde sub-menu. Clicando nessa seta, o sub-menu é recolhido.Mais informações, acesse:http://codex.wordpress.org/pt-br:Painéis_de_Administração
  • 8. 4. TemasUm Tema é o design geral de um site e engloba cores,gráficos, texto e arquivos como imagens, scripts, folhas deestilo entre outros. Um tema é às vezes chamado de skin.Quem usa o WordPress têm disponível uma longa lista detemas para escolher e decidir o que apresentar aosvisitantes dos seus sites.Desde o aparecimento do SubPainel Temas você podeescolher qual tema será apresentado para os visitantes doseu site. Você também pode ver imagens de cada tema queenviou para o seu servidor.
  • 9. Sub painel de temas No sub painel de temas é onde você pode procurar e visualizar os temas disponíveis para serem utilizados em seu site ou blog. É possível instalarnovos temas tambémdireto pelo sub painel de temas
  • 10. PHPComo o Wordpress é um sistema desenvolvido na linguagem PHP em sequência seus temastambém devem ser desenvolvidos em PHP.Algumas regras básicas do PHP.Todas as instruções em PHP devem estar entre os seguintes marcadores <?php ?> e asinstruções devem ser sempre finalizadas com ponto e virgula ( ; ).Exemplo:<?php echo “Olá mundo!” ?> // Esta instrução irá imprimir na tela o texto Olá mundo!Em qualquer linguagem de programação trabalhamos com as chamadas variáveis que funcionamcomo gavetas para guardadem um conteúdo para serem usadas de várias formas.No PHP toda variável é definida colocando o caracter ( $ ) antes do nome da variável.<?php$cor = “azul”; // A variável $cor foi declarada e recebeu uma string, strings são variáveis do tipotexto.echo $cor; // Imprimimos na tela o valor da variável $cor, o resultado sera o texto “azul”?>
  • 11. Instruções básicas de php1.Imprimindo um conteúdo na tela<?php echo “Olá mundo!” ?> // Esta instrução irá imprimir na tela o texto Olámundo!2.Instrução condicionalAs instruções condicionais funcionam como um interruptor. Ela executa umainstrução dependendo do resultado da expressão condicional que vai serVerdadeiro ou Falso.<?php$cor = “azul”if( $cor == “azul” ): echo “A cor é azul”;else: echo “A cor não é azul”endif;?>
  • 12. Instruções básicas de php3.Instrução de repetiçãoAs instruções de repetição são parecidas com as condicionais com uma diferença, elasexecutam uma instrução enquanto o resultado da expressão condicional que forVerdadeira.While For<?php <?php$limit = 1; for( $x=1; $x<=10; $x++): echo $x;while( $limit<=10 ): endfor; echo $limit; ?> $limit++;endwhile;?>
  • 13. Criando temasUm tema de Wordpress é formado por um conjunto de arquivos agrupados dentro de uma pasta e ficam localizados napasta wp-content/themes da sua instalação do Wordpress.Para o Wordpress reconhecer este grupo de arquivos como um Tema é necessário seguir algumas regras básicasespecificadas pelo Wordpress como nomeclatura dos arquivos .php do thema e comentários especificos em algumaspartes específicas dos arquivos de template do tema.Primeira regra:Agrupar os arquivos mínimos dentro de uma pasta que deve estar localizada na pasta wp-content/themes.Segunda regra:Os arquivos mínimos necessários para ter um tema reconhecido pelo Wordpres são:Index.php e o style.css e no arquivo style.css é necesário ter um bloco de comentário com as especificações do temacomo mostrado abaixo./*Theme Name: RoseTheme URI: the-themes-homepageDescription: a-brief-descriptionAuthor: your-nameAuthor URI: your-URITemplate: use-this-to-define-a-parent-theme--optionalVersion: a-number--optionalTags: a-comma-delimited-list--optional.General comments/License Statement if any..*/
  • 14. Hierarquia de um temaPara criar um bom tema para WordPress, você precisa conhecer bem a estrutura dearquivos que são utilizados no construir estes temas.
  • 15. 5. Template tagsAs templates tags são umas das grandes características que tornam o Wordpress umaferramenta fácil para se trabalhar e produtiva.Elas são funções nativas do Wordpress que realizam diversas instruções. Vamos ver aquias templates tags mais básicas pois são muitas.Include TagsAs include tags são usadas nos arquivos de Modelo (por exemplo index.php) paraexecutar HTML e PHP que se encontram em outros arquivos de modelo (por exemploheader.php). PHP possui uma instrução include() para esse fim, mas as tags de modelo doWordPress facilitam bastante a inclusão de certos arquivos específicos. Os arquivos deinclude devem estar na pasta do tema.<?php get_header(); //Inclue o arquivo header.php no template ?><?php get_footer(); //Inclue o arquivo footer.php no template ?><?php get_sidebar(); //Inclue o arquivo sidebar.php no template ?><?php get_search_form(); //Inclue o arquivo searchform.php no template ?><?php get_template_part(‘loop’); //Inclue o arquivo loop.php no template ?><?php comments_template(); //Inclue o arquivo comments.php no template ?>
  • 16. Template tagsCondicional TagsO Tags condicionais podem ser usados ​em seus arquivos de modelo para mudar o conteúdo que é exibido ecomo esse conteúdo é exibido em uma página específica. Por exemplo, você pode querer exibir um trechode texto acima dos posts, mas apenas na página principal do seu site. Com a Tag is_home () Condicional,essa tarefa é simples.Algumas condicionais tags<?php is_home(); //Retorna true (verdadeiro) se estiver na pagina principal. ?><?php is_page(); //Retorna true (verdadeiro) se estiver em um modelo de página. ?><?php is_single(); //Retorna true (verdadeiro) se estiver em um modelo de post. ?><?php is_category(); //Retorna true (verdadeiro) se estiver em um modelo de categoria. ?>Exemplos de uso<?php <?php <?phpif( is_home() ): if( is_category() ): if( is_category(‘Work’) ): echo “Página principal”; echo “Categoria”; echo “Categoria Work”;endif; endif; endif;?> ?> ?>
  • 17. Template tagsBloginfo Tags Post TagsAs bloginfo tags retornam informações sobre o Os post tags são funções relacionadas aos poststema atual utilizado como nome do site, descrição, e páginas como conteúdo, links, classes entrecaminho de pastas entre outras informações. outras funçõesAlgumas bloginfo tags Algumas posts tags<?php bloginfo(‘name’); ?> <?php the_title(); //Imprime o titulo?><?php bloginfo(‘description’); ?> <?php the_content(); //Imprime o conteudo ?><?php bloginfo(‘url’); ?> <?php the_excerpt(); //Imprime o resumo ?><?php bloginfo(‘template_url’); ?> <?php the_permalink(); //Retorna a url do post?><?php bloginfo(‘stylesheet_url’); ?> <?php the_post_thumbnail(‘thumbnail’); //Exibe a Imagem destacada do post ?>Exemplos de uso<h1> <?php bloginfo(‘name’); ?></h1> Exemplos de uso <h1> <?php the_title(); ?></h1>Obs: O Wordpress Codex recomenda o uso datemplate tag<? echo get_template_directory_uri(); ?> no lugarda <?php bloginfo(‘template_url’); ?>Para conhecer todas as templates tags do Wordpress acesse:http://codex.wordpress.org/Template_Tags
  • 18. 6. Loop e query postsO loop é a forma mais comum para se exibir o conteúdo do seu site através do seu temae as query posts é um meio de se filtrar as informações a serem exibidas quandonecessário, pos o Wordpress nativamente em cada modelo de página(templates) jáexecuta uma query(filtro) especifica.Exemplo básico de um loop<?phpif( have_posts() ): while( have_posts() ): the_post(); ?> <div <?php post_class() ?>> <h1><a href=”<?php the_permalink() ?>”><?php the_title(); ?></a></h1> <?php the_excerpt(); ?> <a href=”<?php the_permalink() ?>”>Leia mais...</a> </div> <?php endwhile;else: ?> <p>Nada foi encontrado</p><?php endif; ?>
  • 19. query postsA função query_posts(); é utilizada para quando você tem a necessidade de alterar a query padrão que é executadapelo Wordpress. Por exemplo no loop da página principal o Wordpress vai listar todos os posts de todas as categoriaspor ordem cronológica, então se você quiser que na página principal só fossem exibidos os posts de uma categoriaespecífica você precisaria usar a função query_posts();A funcção query_posts() pode receber vários parametros, vamos mostrar alguns dos mais utilizados.Exemplo básico de um loop com uma consulta customizada usando a função query_post();<?phpquery_posts(array ( category_name => Carros, posts_per_page => 5, orderby=>‘rand’ ));if( have_posts() ): while( have_posts() ): the_post(); ?> <div <?php post_class() ?>> <h1><a href=”<?php the_permalink() ?>”><?php the_title(); ?></a></h1> <?php the_excerpt(); ?> <a href=”<?php the_permalink() ?>”>Leia mais...</a> </div> <?php endwhile;else: ?> <p>Nada foi encontrado</p><?php endif; ?>
  • 20. query postsPara criar mais de um loop em um mesmo modelo de página é expressamenterecomendado não utilizar mais de uma vez a função query_posts(); para criar loopssecundaros utilize a função WP_Query(); como no exemplo abaixo;Exemplo básico de um loop secundario utilizando WP_Query();<ul><?php$second_query = new WP_Query( tag=wordpress&posts_per_page=5 );// loopwhile( $second_query->have_posts() ) : $second_query->the_post();?> <li> <a href=”<?php the_permalink(); ?>”>the_title();</a> </li><?phpendwhile;wp_reset_postdata();?></ul>
  • 21. Documentação completa Contatodo Wordpresshttp://codex.wordpress.org Mateus Neves mateusneves@gmail.com www.mateusneves.com www.quarteldesign.com