Trabalho De Literatura

8,594 views
8,180 views

Published on

Machado de Assis

2 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
8,594
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
29
Actions
Shares
0
Downloads
84
Comments
2
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Trabalho De Literatura

  1. 1. História da Literatura com: Machado de Assis
  2. 2. Joaquim Maria Machado de Assis Um pintor de paredes mulato e uma portuguesa de prendas domésticas foram os pais do menino Joaquim Maria Machado de Assis, neto de escravos alforriados, pobre e epiléptico, nascido em 21 de junho de 1839, no morro do Livramento, Rio de Janeiro, uma cidade então suja, malcheirosa e com uma população estimada de 300 mil habitantes, metade escravos. Nos primeiros anos, com certeza, o menino freqüentou a Chácara do Livramento, sob a proteção da madrinha, senhora muito rica, dona da propriedade. Aos seis anos, presenciou a morte da única irmã. Quatro anos mais tarde, morre-lhe a mãe. Em 1854 o pai casou-se com Maria Inês. Aos quatorze anos, Joaquim Maria ajudava a madastra a vender doces para sustentar a casa, tarefa difícil depois da morte do pai. Não se sabe se freqüentou regularmente a escola. O que se sabe é que, adolescente, já se interessava pela vida intelectual da Corte, onde trabalhou como caixeiro de livraria, tipógrafo e revisor, antes de se iniciar como jornalista e cronista. Principal obra:
  3. 3. Principais obras: POESIA Crisálidas (1864); Falenas (1870); Americanas (1875); Poesias completas (incluindo Ocidentais) (1901). ROMANCE Ressurreição (1872); A mão e a luva (1874); Helena (1876); Iaiá Garcia (1878); Memórias póstumas de Brás Cubas (1881); Quincas Borba (1891); Dom Casmurro (1899); Esaú e Jacó (1904); Memorial de Aires (1908). CONTO Contos fluminenses (1870); Histórias da meia-noite (1873); Papéis avulsos (1882); Histórias sem data (1884); Várias histórias (1896); Páginas recolhidas (1899); Relíquias de casa velha (1906).
  4. 4. No teatro: TEATRO Queda que as mulheres têm para os tolos (1861); Desencantos (1861); Hoje avental, amanhã luva(1861); O caminho da porta (1862); O protocolo.(1862); Quase ministro (1863); Os deuses de casaca (1865); Tu, só tu, puro amor (1881); Teatro coligido (incluindo Não consultes médico e Lição de botânica) (1910). ALGUMAS OBRAS PÓSTUMAS Crítica (1910); Outras relíquias (contos) (1921); A semana (crônica)(1914, 1937) 3 vol.; Páginas escolhidas (contos) (l92l); Novas relíquias (contos) (1932); Crônicas (1937); Contos fluminenses - 2º vol. (1937); Crítica literária (1937); Crítica teatral (1937); Histórias românticas (1937); Páginas esquecidas (1939); Casa velha (1944); Diálogos e reflexões de um relojoeiro (1956); Crônicas de Lélio (1958).
  5. 6. Com a vista fraca, uma renitente infecção intestinal e uma úlcera na língua, em 1.º de agosto Machado vai pela última vez à Academia Brasileira de Letras - que fundara em 1896 e da qual fora eleito presidente primeiro e perpétuo. Na madrugada de 29 de setembro de 1908, lúcido, recusando a presença de um padre para a extrema-unção, morreu Machado de Assis, reconhecido pelo público e pela crítica como um grande escritor. Foi sepultado ao lado de Carolina, cumprindo o que prometera quatro anos antes à mulher, num soneto de despedida: Morte de Machado de Assis Querida, ao pé do leito derradeiro Em que descansas dessa longa vida, Aqui venho e virei, pobre querida Trazer-te o coração de companheiro.
  6. 7. Machado de Assis:
  7. 8. Trabalho de Literatura Aluno: Leonardo Série: 1°EM A

×