2domingodoadvento20131 as

338 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
338
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2domingodoadvento20131 as

  1. 1. Litúrgi Ano A / Tempo do Advento / Solenidade / Branco - 08/12/2013 Paróquia São Judas Tadeu Arquidiocese de Uberaba/MG Solenidade Imaculada Conceição de Nossa Senhora Domingo do Dízimo “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo.” 03. ATO PENITENCIAL S. De coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que tenha piedade de nós, pecadores. (pausa). 04. CANTO PENITENCIAL 05. OFERECIMENTO DO DÍZIMO C. Nossa Igreja se alegra com seus dizimistas e benfeitores e nesta celebração agradece a Deus pelo dom de suas vidas e pela generosidade com que partilham de seus bens em benefício da comunidade. Que nossa participação nesta Eucaristia nos ajude a viver plenamente no amor, nos inspire a praticar a generosidade e a assumir o compromisso cristão de evangelizar com renovado ardor missionário. Cada dizimista é convidado a ir diante do altar do Senhor e ofertar seu dízimo. Cantando: 06. CANTO OFERTA DO DÍZIMO C. Rezemos juntos a Oração do Dizimista: Ritos Iniciais C. Queridos irmãos e irmãs, hoje celebramos a solenidade de Imaculada Conceição de Nossa Senhora. Em Maria temos o modelo da pessoa livre para dizer seu “sim” ao Plano do Pai. Celebrada dentro do temo do Advento, esta solenidade nos ajuda a ver Nossa Senhora no cumprimento de sua missão na história da salvação. Com o nosso ”sim”, nos tornamos dizimistas e contribuímos para que o Evangelho chegue à todas as pessoas testemunhando a fé que se traduz na partilha consciente e livre. Com alegria, cantemos: Senhor! Fazei que eu seja um dizimista consciente. Que cada dízimo que eu der, seja um verdadeiro, Agradecimento de tua bondade para comigo. Sei que tudo que tenho de bom vem de ti: Paz, saúde, amor, prosperidade, bens... Ajudai-me a dar com liberalidade e justiça. Tirai todo o egoísmo do meu coração. Que eu possa amar cada vez mais o meu irmão... Quero ser um instrumento de paz e amor em tuas mãos. Que o meu dízimo seja agradável a ti, Senhor! Amém. 07. HINO DE LOUVOR C. Recebamos agora a imagem da mãe de Deus, a Senhora Imaculada, cantando o nosso Hino de Louvor: 01. CANTO DE ABERTURA 08. ORAÇÃO 02. SAUDAÇÃO S. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. T. Amém S. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco. T. Bendito seja Deus, que nos reuniu no amor de Cristo. S. Oremos: (pausa) Ó Deus, que preparastes uma digna habitação para o vosso Filho, pela Imaculada Conceição da Virgem Maria, LEITURAS DA SEMANA 2ª feira: Is 35,1-10; Sl 84(85); Lc 5,17-23. 3ª feira: Is 40,1-11; Sl 95(96); Mt 18,12-14. 4ª feira: Is 40,25-31; Sl 102(103); Mt 11,28-30.
  2. 2. ______________________________________________________________________________________ preservando-a de todo o pecado em previsão dos méritos de Cristo, concedei-nos chegar até vós purificados também de toda a culpa por sua materna intercessão. 11. SEGUNDA LEITURA (Ef 1,3-6.11-12) P.N.S.J.C. Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios Liturgia da Palavra T. Amém. C. A Palavra de Deus apresenta a resposta de Maria ao seu plano de amor. Do seu “sim” total, resultou salvação e vida plena para ela e para o mundo. 09. PRIMEIRA LEITURA (Gn 3,9-15.20) Leitura do Livro do Gênesis. O Senhor Deus chamou Adão, dizendo: “Onde estás?” E ele respondeu: “Ouvi tua voz no jardim e fiquei com medo porque estava nu; e me escondi”. Disse-lhe o Senhor Deus: “E quem te disse que estavas nu? Então comeste do fruto da árvore de cujo fruto te proibi comer? Adão disse: “A mulher que tu me deste por companheira, foi ela que me deu do fruto da árvore, e eu comi”. Disse o Senhor Deus à mulher: “Por que fizeste isso?” E a mulher respondeu: “A serpente me enganou e eu comi”. Então o Senhor Deus disse à serpente: “Porque fizeste isso, serás maldita entre todos os animais domésticos e todos os animais selvagens! Rastejarás sobre o ventre e comerás pó todos os dias de tua vida! Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar”. E Adão chamou à sua mulher “Eva”, porque ela é a mãe de todos os viventes. _ Palavra do Senhor. T. Graças a Deus. 10. SALMO RESPONSORIAL 97 (98) Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! • Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / porque ele fez prodígios! / Sua mão e seu braço forte e santo / alcançaram-lhe a vitória. • O Senhor fez conhecer a salvação, / e às nações, sua justiça; / recordou o seu amor sempre fiel / pela casa de Israel • Os confins do universo contemplaram / a salvação do nosso Deus. / Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, / alegrai-vos e exultai! Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Ele nos abençoou com toda bênção do seu Espírito em virtude de nossa união com Cristo, no céu. Em Cristo, ele nos escolheu, antes da fundação do mundo, para que sejamos santos e irrepreensíveis sob seu olhar, no amor. Ele nos predestinou para sermos seus filhos adotivos por intermédio de Jesus Cristo, conforme a decisão de sua vontade, para o louvor de sua glória e da graça com que ele nos cumulou no seu Bem-amado. Nele também nós recebemos a nossa parte. Segundo o projeto daquele que conduz tudo conforme a decisão de sua vontade, nós fomos predestinados a sermos, para o louvor de sua glória, os que de antemão colocaram a sua esperança em Cristo. Palavra do Senhor. T. Graças a Deus. 12. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO C. Vamos aclamar o Santo Evangelho, cantando: 13. EVANGELHO (Lc 1,26-38) S. O Senhor esteja convosco. T. Ele está no meio de nós. S. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas. T. Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, no sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era da descendência de Davi e o nome da virgem era Maria. O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!” Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. O anjo, então, disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. Ele reinará para sempre sobre os descendentes de seu pai Jacó, e o seu reino não terá fim”. Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?” O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, porque para Deus nada é impossível”.
  3. 3. ______________________________________________________________________________________ Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se S. Acolhei, ó Deus, o sacrifício da salvação que vos em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se. oferecemos na festa da Virgem Maria, concebida sem _ Palavra da Salvação. pecado original; e, ao proclamarmos que vossa graça a T. Glória a vós, Senhor. preservou de toda a culpa, livrai-nos, por sua intercessão, de todo pecado. P.C.N.S. T. Amém. 14. HOMILIA 19. ORAÇÃO EUCARÍSTICA II 15. PROFISSÃO DE FÉ - (Símbolo niceno-constantinopolitano) T. Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação, desceu dos céus: e se encarnou pelo Espírito Santo, no seio da virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras, e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. E de novo há de vir, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: ele que falou pelos profetas. Creio na Igreja, una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e a vida do mundo que há de vir. Amém. 16. PRECES COMUNITÁRIA - ANEXO Liturgia Eucarística C. Um “sim” como o de Maria é sempre uma resposta de amor que se dá a Deus, ao próximo! É um sim à vida em plenitude. Através de nossa oferta oferecemos o nosso “sim” doação por meio de nossa coleta. Oferentes, cantemos: 17. CANTO DAS OFERENDAS 18. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS S. Orai irmãos e irmãs, para que esta nossa família, reunida em nome de Cristo, possa oferecer um sacrifício que seja aceito por Deus Pai todo-poderosos. T. Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para a glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja. S. O Senhor esteja convosco. T. Ele está no meio de nós. S. Corações ao alto. T. O nosso coração está em Deus. S. Demos graças ao Senhor, nosso Deus. T. É nosso dever e nossa salvação. Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo lugar, Senhor, Pai Santo, Deus eterno e todo poderoso. A fim de preparar para o vosso Filho mãe que fosse digna dele, preservastes a Virgem Maria da mancha do pecado original, enriquecendoa com vossa graça. Nela nos destes as primícias da Igreja, esposa de Cristo, sem ruga e sem mancha, resplandecente de beleza. Puríssima, na verdade, devia ser a Virgem que nos daria o Salvador, o Cordeiro sem mancha, que tira os nossos pecados. Escolhida entre todas as mulheres, modelo de santidade e advogada nossa, ela intervém constantemente em favor de vosso povo. Unidos à multidão dos anjos e dos santos, proclamamos a vossa bondade, cantando (dizendo) a uma só voz: T. Santo, santo, santo, Senhor, Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! S. Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade. S. Santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o vosso Espírito, a fim de que se tornem para nós o Corpo e † o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso. T. Santificai nossa oferenda, ó Senhor! S. Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, ele tomou o pão, deu graças, e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA A REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. S. Eis o mistério da fé! T. Salvador do mundo, salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição. S. Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos
  4. 4. ______________________________________________________________________________________ servir. enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo Salvador. T: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta! S. E nós vos suplicamos que, participando do Corpo e T. Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre! Sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo S. Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: eu num só corpo. vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os T. Fazei de nós um só corpo e um só espírito! nossos pecados, mas a fé que anima vossa Igreja; dai-lhe, S. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós, que sois pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade, com o Deus, com o Pai e o Espírito Santo. Papa Francisco (...), com o nosso Arcebispo Dom Paulo, e T. Amém. todos os ministros do vosso povo. T. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja! S. A paz do Senhor esteja sempre convosco. S. Lembrai-vos do vosso filho (da vossa filha) N., que T. O amor de Cristo nos uniu. (hoje) chamastes deste mundo à vossa presença. Concedei-lhe que, tendo participado da morte de Cristo S. Como filhos e filhas do Deus da paz, saudai-vos com um pelo batismo, participe igualmente da sua ressurreição. gesto de comunhão fraterna. T. Concedei-lhe contemplar a vossa face! T. Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, S. Lembrai-vos também dos (outros) nossos irmãos e tende piedade de nós. / Cordeiro de Deus, que tirais o irmãs que morreram na esperança da ressurreição e de pecado do mundo, tende piedade de nós. / Cordeiro de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vós na Deus, que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz. luz da vossa face. S. Felizes os convidados para a ceia do Senhor! T. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos! S. Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de todos nós e Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. dai-nos participar da vida eterna, com a Virgem Maria, T. Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha Mãe de Deus, com os santos Apóstolos e todos os que morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a). neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos, por Jesus Cristo, vosso Filho. T. Concedei-nos o convívio dos eleitos! S. Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo20. CANTO DE COMUNHÃO poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. 21. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO T. Amém. Rito da Comunhão S. Antes de participar do banquete da Eucaristia, sinal de reconciliação e vínculo de união fraterna, rezemos, juntos, como o Senhor nos ensinou: T. Pai nosso, que estais nos céus, / santificado seja o vosso nome; / venha a nós o vosso reino, / seja feita a vossa vontade, / assim na terra como no céu; / o pão nosso de cada dia nos daí hoje; / perdoai-nos as nossas ofensas, / assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; / e não nos deixeis cair em tentação, / mas livrai-nos do mal. S. Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudad0os pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, S. Oremos: (pausa) Senhor nosso Deus, que a comunhão na vossa Eucaristia cure em nós as feridas do pecado original, do qual Maria foi preservada de modo admirável ao ser concebida sem pecado. P.C.N.S. T. Amém. Ritos Finais 22. AVISOS 23. BÊNÇÃO E DESPEDIDA “Todas as nações cantam as vossas glórias, ó Maria; por vós nos veio o sol da justiça, o Cristo, nosso Deus.” Semanário Litúrgico Paróquia de São Judas Tadeu Pároco: Pe. Juliano Evangelista Nascimento Pça São Judas Tadeu nº 100 Tel.: (34)3338

×