Your SlideShare is downloading. ×
0
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Marta Lino defesa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Marta Lino defesa

1,039

Published on

Ficheiro de apoio da defesa de Marta Alexandra da Silva Lino no dia 20 de Julho de 2009, DeCA, Universidade de Aveiro

Ficheiro de apoio da defesa de Marta Alexandra da Silva Lino no dia 20 de Julho de 2009, DeCA, Universidade de Aveiro

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,039
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Criação e Impacto de um Canal de Distribuição de Conteúdos Audiovisuais na Web Marta Alexandra da Silva Lino orientação Doutor António Costa Valente e Eduardo Condorcet MCMM | DeCA | UA | 2009
  • 2. Contextualização A Convergência dos Media é uma realidade possível graças aos desenvolvimentos tecnológicos; Estes levam a que os conteúdos audiovisuais também os acompanhem de uma forma criativa; O aparecimento de sites de vídeo on-line, como o Youtube, marcou a distribuição de conteúdos de video na Web; Além disso, aliando-se às ferramentas Web 2.0, estes canais tornaram-se numa nova forma de potencializar lucros, principalmente das produtoras; É importante saber qual o impacto destes canais junto dos espectadores. Esta dissertação está enquadrada no âmbito de um projecto de investigação em contexto empresarial, pretendendo perceber na prática quais as melhores formas de rentabilizar a distribuição de conteúdos na Web, em específico no canal da produtora Alfândega Filmes.
  • 3. Pergunta de Investigação “Pode um canal de vídeo on-line ajudar na promoção de uma produtora independente e qual o seu impacto junto dos seus espectadores?” Hipóteses: • O canal de vídeo on-line é um meio de distribuição fundamental; • O canal constitui-se como um meio de divulgação do trabalho da Produtora; • O canal permite uma boa organização dos vídeos por géneros, ano, etc.; • Os espectadores interagem, comentam os vídeos e o canal; • Os espectadores gostam de ver conteúdos extras criados em específico para o canal; Objectivos principais da Investigação: • Estudar de que forma é que uma produtora pode aumentar a sua área de mercado através do canal de vídeo on-line; • Avaliar o impacto do canal junto dos espectadores; • Perceber quais as principais especificidades dos conteúdos audiovisuais em canais de distribuição on-line.
  • 4. Enquadramento Teórico Novos Media Foi abordado o conceito segundo os autores: • SIMONS (2002); • MANOVICH (2002); • BOLTER E GRUSIN (apud SIMONS, 2002); mas também foi abordada a aliança entre os Novos Media e a Distribuição de conteúdos Audiovisuais. Produção Audiovisual Foram abordados: • O Estado da Arte da Produção Audiovisual Nacional e Internacional; • As etapas do processo de Produção Audiovisual(CURTIS, 2006); • O estudo da Linguagem Audiovisual e a Produção de conteúdos para Novos Media (SILVA, 2002).
  • 5. Enquadramento Teórico Distribuição Audiovisual • Resumo histórico e estado da arte (REDONDO, 2000); • As novas formas de Distribuição: - DVD; - Video On-line e Web TV; - IPTV; - Mobile TV; • As perspectivas futuras em relação à Distribuição Audiovisual. (SILVA, 2002)
  • 6. Enquadramento Teórico Canais de Distribuição On-line • Estado da Arte e definição do conceito de Canal de Distribuição On-line; • Exemplos de Plataformas de Distribuição On-line e exemplos de Canais de Distribuição On-line; • Funcionamento desta forma de Distribuição; • Conteúdos Difundidos; • As suas vantagens e desvantagens; • Web 2.0 e o Marketing aliados à Distribuição de Conteúdos. (HORTINHA, 2002) O novo perfil do Espectador • Espectador do futuro.
  • 7. Implementação Prática Criação/ Reformulação do Canal da Alfândega Filmes: • Realizada segundo os dados recolhidos nas entrevistas e na revisão bibliográfica; • Preocupação com as questões de layout do canal; • Reorganização dos conteúdos de vídeo; • Upload de conteúdos de vídeo da produtora de diversos géneros. Criação de um Conteúdo Audiovisual em específico para o Canal da Alfândega Filmes: • Foi criado um conteúdo “Extra” relativo a um documentário que na altura estava a ser editado; • Contém duas entrevistas; • Foram tidos em conta aspectos inerentes à produção de Conteúdos Audiovisuais para a Web.
  • 8. Implementação Prática
  • 9. Metodologia de Investigação Investigação enquadra-se no método qualitativo Apesar de algumas questões no Instrumento de Recolha de Dados terem resultados de maioria quantitativa, o objectivo final é: •Responder à pergunta de investigação; •Formular conclusões com base nos resultados do inquérito por questionário mas também com base nas leituras exploratórias no estudo de caso prático e também nas entrevistas exploratórias. As conclusões retiradas pretendem ser susceptíveis de serem generalizadas relativamente a outros contextos.
  • 10. Instrumento de recolha de dados Amostra • processo de amostragem - casual simples seguindo o método aleatório; • a amostra foi resultado da resposta dos visitantes/espectadores que visitaram o canal da produtora no período de realização do Inquérito por Questionário; Inquérito por Questionário • elaborado com base em questões que se constituíram como pertinentes para avaliar o impacto do canal junto dos seus visitantes; • com 4 grupos de questões: questões de identificação, questões sobre o canal, questões sobre os vídeos do canal e questões sobre o conteúdo “Extra”; • foi colocado on-line durante um período de 15 dias; • a indicação do link para o questionário foi colocado no final do conteúdo “Extra” mas também foi colocado um vídeo com o link para o questionário no canal. • responderam 45 indivíduos.
  • 11. Análise dos Dados Recolhidos Perguntas de Identificação: • A maioria dos inquiridos: • Tem 23 anos; • Reside em Aveiro; • pertence ao sexo feminino; • tem o grau de licenciatura. Parte 1 do Questionário - Canal da Alfândega Filmes • Dos 45 inquiridos apenas 23 conheciam o canal, sendo esta a amostra a considerar no estudo. • A maioria visitou o canal mais do que uma vez, sendo que o intervalo mais frequente é entre 2 a 5 vezes; • A maioria volta ao canal à procura de novidades e novos conteúdos; • 11 dos inquiridos que visitam o canal considera a imagem do canal como razoável; • 13 inquiridos tem uma opinião Boa sobre o canal; • 91% dos inquiridos ficou interessado em saber mais sobre a empresa e 82 % pretende divulga-la.
  • 12. Análise dos Dados Recolhidos Parte 1I do Questionário - Vídeos do Canal Alfândega Filmes • A quantidade e a qualidade dos vídeos existente para a maioria dos inquiridos é Boa; • A maioria considera que os conteúdos do canal são: suficientes, variados e importantes para o panorama audiovisual. Para além de os considerarem dinâmicos e atraentes consideram que necessitam de uma reformulação acompanhada com outras ferramentas de divulgação. Parte III do Questionário - Vídeo “Extra” • A totalidade dos inquiridos afirma que os conteúdos como o vídeo “Extra” (making of, promoções, extra de conteúdos) são importantes para o canal; • A duração do vídeo é para a maioria Boa; • Os inquiridos ficaram com vontade de conhecer mais trabalhos e conteúdos da produtora.
  • 13. Análise dos Dados Recolhidos Perguntas de Resposta Aberta • As respostas dos inquiridos vão no sentido de melhorar a imagem do canal e melhorar a qualidade dos vídeos exclusivos para o canal; • No geral, as opiniões foram positivas. Em suma: • O impacto junto dos inquiridos/visitantes do canal da Alfândega Filmes é positivo; • A utilização das ferramentas Web 2.0 beneficiaria o canal; • A imagem do canal é um dos pontos que necessita de melhoria.
  • 14. Problemas encontrados durante a realização do Trabalho • Por parte da empresa, existiram alguns problemas relativamente à optimização dos aspectos da imagem gráfica do canal; • Dado que o inquérito foi implementado pelo CEMED, existiu um menor controlo sobre o mesmo, o que fez com que existissem problemas com a implementação que atrasaram o início do inquérito.
  • 15. Sugestões para um trabalho futuro • Finalização do trabalho a nível gráfico; • Restruturação dos Favoritos do Canal; • Maior Dinamização do canal; • Levar a empresa a outras redes sociais como o Twitter, Facebook, Linkedin, etc. • Criar um acordo com o Youtube para que a empresa possa obter retorno financeiro das visitas ao canal; • Efectuar o inquérito durante um período de tempo mais alargado.
  • 16. Conclusões Finais Na parte teórica: • A Distribuição Audiovisual cada vez mais utiliza uma multiplicidade de meios e de estratégias; • Pretende-se que o espectador encontre os seus conteúdos facilmente, que os visualize em todo o lado e que interaja com os mesmos; • Também se pretende que as produtoras de conteúdos encontrem mais clientes, parceiros e novas oportunidades; • As entrevistas realizadas a profissionais da área foram fundamentais para perceber como funciona a Distribuição Audiovisual de conteúdos na Web.
  • 17. Conclusões Finais Na parte prática: • Foi melhorado e desenvolvido o canal da Produtora Alfândega Filmes, tendo em conta os aspectos apreendidos do estudo teórico e das entrevistas efectuadas aos profissionais da área de produção e distribuição de conteúdos; • A criação do conteúdo de vídeo exclusivo para o canal mostrou a importância deste tipo de conteúdos para a dinamização de um canal de vídeo; • A aplicação do inquérito por questionário aos espectadores/visitantes do canal mostrou que o canal têm um impacto positivo junto dos mesmos; • Os espectadores visitaram o canal mais do que uma vez e voltam à procura de novos conteúdos; • O vídeo on-line e os seus canais de distribuição são um importante recurso de entretenimento e de informação; • No caso da Alfândega Filmes, o canal é importante para promover os seus conteúdos, sendo uma importante ferramenta de estratégia de marketing, que pode futuramente trazer lucros para a empresa.
  • 18. Bibliografia CARMO, Hermano e FERREIRA, Manuela Malheiro (1998). Metodologia da Investigação– Guia para Auto-Aprendizagem, Universidade Aberta. CURTIS, Hillman(2006). Hillman Curtis on Creating Short Films for the Web. New Riders. HORTINHA, Joaquim (2002). X-Marketing. Lisboa: Edições Sílabo. MANOVICH, Lev (2002). The Language of New Media. The MIT Press. Disponível em URL: http://www.manovich.”Net”/LNM/Manovich.pdf (5 de Novembro de 2008) SIMONS, Jan (2002). The New Media Book, New Media as Old Media: Cinema. London, The British Film Institute. SILVA, Javier Pérez de (2002). La television ha muerto - La nueva producción audiovisual en la era de Internet: La tercera revolución indústrial. Editorial Gedisa - Barcelona.

×