História das relações públicas

1,961 views
1,641 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,961
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
66
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

História das relações públicas

  1. 1. RELAÇÕES PÚBLICAS: Um pouco de história Paulo Marquêz Relações-Públicas (IESB) Especialista em Inteligência Organizacional e Competitiva (UnB)
  2. 2. Origens da Expressão Pré-História A utilização da linguagem para informar, persuadir ou comunicar é tão antiga como a própria civilização.
  3. 3. Origens da Expressão 1873 (EUA) “O público que vá para o inferno“. William Vanderbilt
  4. 4. Origens da Expressão Ivy Lee: precursor das técnicas de RP “O público tem que ser informado“. Ivy Lee
  5. 5. Contexto Político e Econômico nos EUA
  6. 6. Contexto Político e Econômico nos EUA – a grande Depressão
  7. 7. Contexto Político e Econômico nos EUA – política do New Deal
  8. 8. RP no Brasil Principais fatos históricos    1914: The Light & Power Co. Ltd. (atual Eletropaulo) – primeiro departamento de RP 1940: Ministério da Agricultura cria o Serviço de Informação Agrícola Década de 1950: os fatos que fizeram história.
  9. 9. RP no Brasil Principais fatos históricos  Década de 1960: as amarras de uma legislação Uma medida extemporânea  A Influência do Regime Vigente  Impulsos Empreendedores 
  10. 10. RP no Brasil Principais fatos históricos  Década de 1970: uma euforia ilusória Falta de Visão Crítica  Alimentando a Mística Popular 
  11. 11. RP no Brasil Principais fatos históricos  Década de 1980: grandes transformações Iniciativas empresariais e acadêmicas  Uma perda de espaço  Avanços técnicos e científicos  Buscando valorizar a profissão  A dimensão comunitária das RP  Um crescimento relevante 
  12. 12. RP no Brasil Principais fatos históricos  Década de 1990: um cenário de desafios Revigorando a consciência  Tomando novos rumos  Panorama do Mercado  Os cursos universitários  Produção científica em RP (livros, teses e dissertações) 
  13. 13. Conceito de RP (ABRP)  “Atividade e esforço deliberado, planejado e contínuo para estabelecer e manter a compreensão mútua entre uma instituição pública e privada e os grupos de pessoas a que está diretamente ou indiretamente ligada”.
  14. 14. Regulamentação  Lei nº 5.377, de 11/12/67 (disciplina a Profissão de Relações Públicas e dá outras providências)  Decreto nº 63.283, de 26/9/68 (aprova o Regulamento da Profissional de Relações Públicas (Lei n.º 5.377)
  15. 15. Regulamentação  Decreto-Lei nº 860, de 11/9/69 (constituição do Conselho Federal e dos Conselhos Regionais de Relações Públicas)  Lei nº 7.197, 14/06/84 (institui o Dia Nacional das Relações Públicas)
  16. 16. Regulamentação   Código de Ética dos Profissionais de Relações Públicas Conclusões do Parlamento Nacional de Relações Públicas (Carta de Atibaia – Outubro/97)
  17. 17. Regulamentação   Resolução Normativa nº 43, de 24/8/2002 (define as funções e atividades privativas dos profissionais de Relações Públicas) Projeto de Lei do Senado nº 324, de 2005 (regulamenta o exercício da profissão de Relações Públicas, revogando a Lei n.º 5.377)
  18. 18. Código de Ética        Princípios Fundamentais Responsabilidades Gerais Relações com o Empregador Relações com o Cliente Honorários Profissionais Relações com os Colegas Relações com Entidades de Classe
  19. 19. Código de Ética     Relações com a Justiça Sigilo Profissional Relações Políticas e exercícios do Lobby Observância, Aplicação e vigência do Código de Ética
  20. 20. Atividades Específicas de RP    Informação de caráter institucional entre a entidade e o público através dos meios de comunicação; A coordenação e planejamento de pesquisas de opinião pública para fins institucionais e de imagem; Planejamento e execução de campanhas de opinião pública;
  21. 21. Atividades Específicas de RP    Orientação de dirigentes de instituições públicas ou privadas na formulação de políticas de Relações Públicas; A promoção de maior integração da instituição na comunidade; A informação e orientação da opinião pública sobre os objetivos de uma instituição;
  22. 22. Atividades Específicas de RP    Assessoramento na solução de problemas institucionais que influam na posição da entidade perante a opinião pública; A consultoria externa de Relações Públicas junto a dirigentes de instituições; Ensino das disciplinas específicas ou de técnicas de Relações Públicas.
  23. 23. Funções de Relações Públicas Pesquisa  Assessoria e Consultoria  Planejamento  Execução  Avaliação 
  24. 24. Pesquisa     Promover pesquisas de opinião pública, de imagem e clima organizacional; Analisar resultados e diagnosticar; Definir os Públicos Estratégicos da empresa; Detectar situações que possam afetar a imagem junto aos públicos e à opinião pública.
  25. 25. Assessoria e Consultoria    Sugerir políticas de Relações Públicas para a organização; Sugerir políticas de Propaganda Institucional e Apoio ao Marketing; Sugerir atitudes ou mudanças e atitudes no tratamento com os públicos e em relação à opinião pública.
  26. 26. Planejamento    Elaborar Planejamento Estratégico de Comunicação para a organização; Elaborar planos, projetos e ações de Relações Públicas; Planejar Campanhas Institucionais de Comunicação e de Propaganda.
  27. 27. Execução (Comunicação entre empresa e públicos estratégicos)  Implantar e coordenar as ações, conduzindo os trabalhos de modo a conscientizar todos os níveis da organização, buscando o envolvimento e o engajamento no processo de comunicação e de formação de imagem;
  28. 28. Execução (Comunicação entre empresa e públicos estratégicos)  Definir projetos de comunicação dirigida aos públicos estratégicos da empresa a fim de informá-los corretamente sobre as atividades da organização e obter deles aceitação e boa vontade em relação a empresa;
  29. 29. Execução (Ações de Comunicação Dirigida)    Elaborar publicações de empresa; Desenvolver modos de comunicação por meios audiovisuais e eletrônicos e de informática; Elaborar campanhas de informação, conscientização e institucionais;
  30. 30. Execução (Ações de Comunicação Dirigida)    Organizar congressos, conferências, simpósios, etc.; Elaborar quadros de avisos, murais, jornais murais; Organizar e dirigir visitas às organizações, exposições, mostras, etc.;
  31. 31. Execução (Ações de Comunicação Dirigida)    Redigir discursos, correspondências e atender consultas e pedidos; Manter contatos pessoais e por outros meios com líderes de opinião, empresários, autoridades, etc.; Supervisionar coberturas fotográficas, filmagens, vídeos, sistemas de transmissão de teleconferências, etc.;
  32. 32. Execução (Eventos e Promoções Especiais)     Organizar eventos e encontros empresariais que tenham caráter informativo para construir imagem; Organizar congressos, conferências e simpósios; Dirigir Cerimonial e representar a empresa e sua direção; Manter cadastro de líderes de opinião de interesse da empresa.
  33. 33. Execução (Gerência de assuntos públicos)     Acompanhar assuntos de interesse público afetos à empresa; Organizar e coordenar grupos de trabalhos específicos por assunto; Coordenar a execução das atividades sugeridas por esses grupos; Executar e coordenar atividades de relações governamentais.
  34. 34. Execução (Relacionamento com a Imprensa)    Organizar e manter atualizado cadastro de jornalistas de interesse; Definir estratégias de abordagem e aproximação; Estabelecer programas completos de relacionamento;
  35. 35. Execução (Relacionamento com a Imprensa)    Manter contatos permanentes e dar atendimento aos chamados e demandas; Elaborar e distribuir noticiário e organizar e dirigir entrevistas; Organizar e manter atualizados arquivos de áudio, foto e imagem;
  36. 36. Execução (Relacionamento com a Imprensa)   Treinar dirigentes e executivos para o atendimento à imprensa, dentro de padrões de relacionamento, confiança e credibilidade; Criar e produzir Manuais de Atendimento e Relacionamento com a Imprensa.
  37. 37. Avaliação  Avaliar com técnicas de pesquisa e análise, os resultados dos trabalhos de Relações Públicas.
  38. 38. Bibliografia Recomendada   Planejamento de Relações Públicas na Comunicação Integrada (Margarida Kunsch) – Capítulo 3 Relações Públicas: Processos, Funções, Tecnologia e Estratégias (Waldyr Gutierrez Fortes) – Capítulo 6 e parte do 7
  39. 39. Bibliografia Recomendada  Site do Conferp www.conferp.org.br  Portal de Relações Públicas e Transmarketing www.portal-rp.com.br
  40. 40. Bibliografia Recomendada  Textos de Teobaldo de Andrade http://www.portalrp.com.br/bibliotecavirtual/teobaldodeandra de/buscas.htm

×