O Racismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

O Racismo

on

  • 35,820 views

 

Statistics

Views

Total Views
35,820
Views on SlideShare
35,799
Embed Views
21

Actions

Likes
13
Downloads
975
Comments
5

2 Embeds 21

http://blogdeap-8d.blogspot.com 20
http://blogdeap-8d.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

O Racismo O Racismo Presentation Transcript

  • Escola Básica dos 2º e 3º ciclos do Estreito de Câmara de Lobos
    Problemas Sociais O Racismo
    Trabalho elaborado por :
    Adriana nº1
    Pedro nº19
    Rubina nº20
    Sidónia nº22
  • O que vamos abordar…
    O racismo;
    Consequências do racismo;
    O que leva ao Racismo;
    Carta dos Direitos;
    Racismo no Emprego;
    Racismo na Escola;
    Como acabar com o Racismo;
    Heróis que mudaram os pensamentos do Racismo;
    Frases Celebres.
  • Introdução
    Este trabalho está a ser realizado no âmbito da disciplina de Área de Projecto.
    Este trabalho tem como objectivo de explicar o que é o racismo e como combate-lo, este problema social pode ter graves consequências e o que levam a fazê-lo.
    Iremos mostrar que existe o racismo no emprego e na escola.
    Vamos apresentar duas pessoa muito importantes que lutaram contra o racismo.
    View slide
  • Racismo
    O racismo é a tendência do pensamento, ou do modo de pensar em que se dá grande importância à noção da existência de raças humanas distintas e superiores umas às outras.
    Onde existe a convicção de que alguns indivíduos e sua relação entre características físicas hereditárias, e determinados traços de carácter e inteligência ou manifestações culturais, são superiores a outros.
    O racismo não é uma teoria científica, mas um conjunto de opiniões pré concebidas onde a principal função é valorizar as diferenças biológicas entre os seres humanos, em que alguns acreditam ser superiores aos outros de acordo com sua matriz racial.
    View slide
  • Consequências do Racismo
    As consequências do racismo podem levar à exclusão das pessoas mais desfavorecidas obrigando-as a fazerem coisas desumanas são submetidas a escravidão humilhando-as diante das outras pessoas causando perturbações mentais que por vezes levam as pessoas a cometer suicídio, derivado ao impacto dessas mesmas consequências.
     
  • O que leva ao Racismo
    A cor da pele;
    O tipo de cabelo;
    O tamanho dos lábios;
    Diferentes culturas;
    Diferentes religiões;
    Diferentes costumes.
    Normalmente o racismo é o pensamento de
    superioridade perante todas as outras Raças!
  • Carta dos direitos do racismo
    Declaração dos Direitos do Homem, elaborada no século XVIII, consagra a ideia da igualdade de todos os seres Humano, independentemente da sua raça, religião, nacionalidade, idade ou sexo.
    Embora teoricamente todos os Homens fossem considerados iguais, desta igualdade foram excluídos os negros, os índios e todas  as "raças" consideradas "selvagens", "incivilizadas", "primitivas", etc.
    "A discriminação entre seres Humanos com base em raça, cor ou origem étnica é uma ofensa à dignidade humana  e será condenada como uma negação dos princípios da Carta das Nações Unidas, com uma violação dos Direitos Humanos e liberdades fundamentais proclamadas na Declaração Universal dos Direitos Humanos, como um obstáculo para relações amigáveis e pacíficas entre as Nações, e como um fato capaz de perturbar a paz e a segurança entre os povos."
  • Racismo no emprego
    Seus resultados apontam que entre os trabalhadores negros está a maior proporção de ocupados em funções não-qualificadas. Quanto ao acesso às funções de direção e planejamento, que caracterizam as melhores remunerações e condições de trabalho e mais alto índice de escolaridade, os trabalhadores negros encontram-se em baixas proporções.
    São duas as principais questões relacionadas à discriminação no trabalho: a discriminação no acesso ao trabalho o que faz com que os negros ocupem prioritariamente as funções mais desqualificadas e insalubres e a discriminação no acesso a “promoção” o que dificulta aos negros e negras o acesso a cargos de direção e melhores salários. Por outro lado são poucos ou quase inexistentes os dados referente à discriminação cotidiana no local de trabalho. Pouco se verifica a utilização das diferenças sociais de natureza étnico-racial na caracterização de formas de subordinação no trabalho, como as fartamente utilizadas variáveis de gênero, geração ou experiência migratória.
     
  • Racismo na escola
    As crianças não possuem sentimentos de racismo e preconceitos, elas vêem os outros como iguais, mas com o tempo elas aprendem com os adultos que existem pessoas superiores a outras, o que não é muito verdade, mas infelizmente elas aprendem isso e a solução para parar esse racismo irracional é que os pais e professores ensinem aos seus filhos e alunos que todas as pessoas são iguais diante de Deus e da lei do nosso país, que ninguém é melhor nem pior que o outro, que todos tem o direito de serem iguais.
  • Como acabar com o Racismo?
    Para o futuro não houver racismo devemos ensinar as crianças que todos temos os mesmos direitos e deveres, não há superioridade nem inferioridade entre as pessoas “todos nós somos iguais”.
    Para os adultos, eles devem ter respeito mútuo pelos outros que não sejam da sua raça ou religião no emprego e em qualquer lugar.
  • Heróis que mudaram os pensamentos dos racistas
    Martin Luther King (1929-1968)
    15 Janeiro 1929
    Martin Luther King Jr. era activista político norte-americano que morreu no ano de 1968. Membro da Igreja Batista, tornou-se um dos mais importantes líderes do activismo pelos direitos civis (para negros e mulheres, principalmente) nos Estados Unidos e no mundo, através de uma campanha de não-violência e de amor para com o próximo. Tornou-se na pessoa mais jovem a receber o Prémio Nobel da Paz em 1964, pouco antes de ser assassinado em Memphis por um branco que foi condenado a 99 anos de prisão. O seu discurso mais famoso em Washington élembrado como "I have a dream" ("Eu tenho um sonho").
  • Nelson Mandela 1918
    Nascido em Qunu, 18 de Julho de 1918, Nelson Mandela é advogado, ex-líder rebelde e ex-presidente da África do Sul de 1994 a 1999.
    Principal representante do movimento antiapartheid, Nelson Mandela é sim um guerreiro em luta pela liberdade, bem ao contrário do que considerava o governo sul-africano, o qual temia suas actuações por o classificar como um terrorista.
    Como jovem estudante de Direito, Mandela se envolveu na oposição ao regime do apartheid, o qual negava aos negros (maioria da população) direitos políticos, sociais e económicos.
    Uniu-se ao Congresso Nacional Africano (conhecido no Brasil pela sigla portuguesa, CNA, e em Portugal pela sigla inglesa, ANC) em 1942, e dois anos depois fundou com Walter Sisulu e Oliver Tambo (entre outros) uma organização mais dinâmica, a Liga Jovem do ANC/CNA.
    Em 1993, com de Klerk, recebeu o Prémio Nobel da Paz, pelos esforços desenvolvidos no sentido de acabar com a segregação racial.
  • Frases celebres
    • “Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra.” Bob Marley
    • “O racismo é a prova o quanto ainda somos primitivos.” César Jihad
    • “A razão pela qual intolerância, racismo e a homofobia existem é o medo. As pessoas têm medo de seus próprios sentimentos, medo do desconhecido.” Madonna
    • “Talvez o racismo aconteça, não só pela cor da pele, mas pela nossa cultura que vem crivada na selva de pedra.” André Tavares
    • “Racismo é sinal de ignorância. Para conhecer a cultura de um outro país é preciso estar desarmado de preconceitos raciais.” Stevie Wonder
    • “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.” Nelson Mandela
    • “Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele.” Martin Luther King
  • Conclusão
    Neste trabalho analisamos que o racismo é o que os indivíduos pensam acerca daqueles que são de culturas diferentes ou de outra cor.
    O racismo tem como consequência como a exclusão ou obrigando-as fazendo coisas desumanas acabando por humilhando-as a frente das pessoas que por vezes causam perturbações mentais acabando por cometerem suicídio.
    Por vezes o racismo e causado pela diferença da pele, os traços do rosto, outra cultura ou religião e os costumes, mas principalmente é o pensamento de superioridade perante outra raça.
  • Webliografia
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Racismo30-05-2011 10:00h
    http://pequenosfilosofos10.blogspot.com/2010/01/racismo-xenofobia-e-chauvinismo.html 6-6-2011 9:02h
    http://www.minerva.uevora.pt/publicar/racismo/racista_eu.htm 6-6-2011 9:10h
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Martin_Luther_King_Jr. 6-6-2011 9:13h
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Nelson_Mandela 6-6-2011 9:13h
    http://pensador.uol.com.br/frases_contra_o_racismo/ 6-6-2011 9:13h
    http://www.ronaud.com/frases-pensamentos-citacoes-sobre/racismo 6-6-2011 9:15h
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Direitos_humanos 6-6-2011 9:15h
    http://claudia.abril.com.br/materias/3955/?pagina1&sh=31&cnl=31 6-6-2011 9:18h