Protozooses    Protozooses são doenças causadas por organismos unicelulares pertencentes ao grupodos protistas. Os protist...
Malária    Atinge as hemácias, fígado, etc.            a) Agente causador: Plasmodium sp. Mais de uma espécie de plasmódio...
b) Contágio: água ou alimentos contaminados com fezes, contendo os cistos dosprotozoários. Ato sexual anal, compartilhamen...
f) Diagnóstico: Visível, exame clínico e laboratorial (biópsia).    g)Tratamento: Antiparasita e Metronidazol    Toxoplasm...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Protozooses

2,782

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,782
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Protozooses

  1. 1. Protozooses Protozooses são doenças causadas por organismos unicelulares pertencentes ao grupodos protistas. Os protistas são heterótrofos e podem ser encontrados praticamente em todosos ambientes. Existem tanto espécies de vida livre, quanto parasitas. Estas últimas sãoresponsáveis pelas protozooses que veremos a seguir. Doença de Chagas a) Agente causador: Trypanossoma cruzi. Agente transmissor: Barbeiro / chupança (Triatoma infestans) b) Contágio: a forma mais comum de contaminação ocorre quando o tripanossomopenetra no organismo humano através da ferida provocada pela picada de percevejos(barbeiros) contaminados com o protozoário, além da liberação de escretas. Pode sertransmitida também através do esperma, de mãe para filho, transfusão sanguínea, placenta,cordão umbilical ou transplante de órgão. Piolhos – cabelo / sangue – animais silvestres Lombriga – intestino - homem c) Ciclo de vida: os barbeiros se contaminam com o tripanossoma quando se alimentamdo sangue de mamíferos infestados. Os humanos se contaminam com o protista quando sãopicados por barbeiros infectados. Os tripanossomas são liberados junto às fezes do inseto,penetrando na circulação sanguínea através da ferida provocada pela picada.H.I – Que abriga a forma larval; Percevejo.H.D – Que abriga a forma adulta; Humano. - Animais silvestres já transportam a doença (reservatórios naturais) d) Sintomas: a fase aguda costuma ser assintomática, no entanto, febre, mal-estar eedemas podem ocorrer. Na fase crônica;- Hepatoesplenomegalia (Aumento do baço e do fígado)- Ascite (Barriga d’água)- Megaesôfago (Dilatação do esôfago)- Miocardite- Megamiocárdio e) Profilaxia: Tratamento dos doentes, melhora habitacional, inseticidas, controlebiológico, cuidado na ingestão de alimentos, não ingerir carne silvestre, maior fiscalização nosbancos de leite e carne. f) Diagnóstico: Exame clínico (anaminese) e laboratorial (semem/sangue). g) Tratamento:- Células-tronco (regeneração e constituição dos tecidos.)- Sulfonas, antimonias- Não utilizar antibióticos (pois o protozoário já adquiriu resistência).
  2. 2. Malária Atinge as hemácias, fígado, etc. a) Agente causador: Plasmodium sp. Mais de uma espécie de plasmódio pode provocar a malária, sendo que a gravidade de cada infestação é variável. b) Agente Transmissor: Anopheles (mosquito-prego) b) Contágio: através da picada de mosquitos do gênero Anopheles (mosquito-prego)contaminados pelo plasmódio. c) Ciclo de vida: os mosquitos do gênero Anopheles são os hospedeiros definitivos. Osplasmódios se reproduzem sexuadamente no interior de seu trato digestivo, originando umzigoto. O zigoto produz esporos que infestam o organismo do mosquito. Através da picada dafêmea, os esporos atingem a corrente sanguínea humana e migram até o fígado, onde sereproduzem. Os novos esporos penetram nas hemácias, que acabam por se romper, liberando-os na corrente sanguínea. Ao picar uma pessoa contaminada, o mosquito se contamina,fechando o ciclo.H.I – Mamíferos, HomemH.D – Mosquito-prego (Anopheles) d) Sintomas: a liberação dos esporos na corrente sanguínea ativa o sistema imunitário,provocando febre. Cada espécie de plasmódio tem um ciclo de vida com duração diferente, oque provoca diferenças nos períodos de febre. Também podem ocorrer dores de cabeça e nocorpo, cansaço e pele amarelada.- Febre- Anemia- Cefaleia (dor de cabeça)- Cansaço- Hepatosplenomegalia- Ascite e) Profilaxia: evitar o contato com o mosquito vetor através de medidas como o uso derepelentes e roupas protetoras em regiões endêmicas; uso de telas; larvacidas e inseticidas; etratamento dos doentes. f) Diagnóstico: Clínico, laboratorial. g) Tratamento: Quinina; Antenainisina; Giardíase, Amebíase e Balantidiose. São praticamente iguais, o que muda é a forma de locomoção. a) Agente causador: Giardia lamblia (Flagelado), Entamoeba histolytica (Rizópode),Balantidium Coli (ciliado).
  3. 3. b) Contágio: água ou alimentos contaminados com fezes, contendo os cistos dosprotozoários. Ato sexual anal, compartilhamento de objetos contaminados em contato com amucosa bucal. Construção de fossas sintéticas que estejam próximas de poços d’água. c) Ciclo de vida: Monoxênico, parasita com apenas um hospedeiro. Os cistos ingeridosatravés da água ou alimentos contaminados chegam ao intestino humano, onde semultiplicam e se desenvolvem, sendo excretados junto às fezes. A partir do intestino, asamebas podem migrar para o sistema sanguíneo e linfático, atingindo outrosH.Intermediário – Não há.H.Definitivo – Mamíferos (homem). d) Sintomas: diarreia, dores abdominais, náuseas, vômitos, cefaleia(dor de cabeça),anemia ferropriva, colite, anorexia. O indivíduo contaminado pode não manifestar sintomas(assintomático). e) Profilaxia: melhoria das condições de saneamento básico, adoção de medidas dehigiene pessoal, higienização de alimentos e evitar beber água de fontes duvidosas e nãotratadas. f) Diagnósticos: Exame parasitológico de fezes, exame clínico. g) Tratamento: Albendazol – Trata de infecções parasitas intestinais. Leishmaniose cutânea ou mucocutânea – Acomete a pele e mucosas E Visceral ou Calaza – Ataca as vísceras, órgãos internos, baço, medula óssea e intestino. a) Agente Causador: Leishmania brasiliensis (úlcera de bauru) e Leishmania donovani(visceral). b) Contágio: picada do mosquito-palha (ou birigui) contaminado com o protozoário. c) Ciclo de vida: mamíferos silvestres são os hospedeiros naturais do protozoário. Ao sealimentar do sangue contaminado, o mosquito-palha se infesta. Os humanos se contaminamatravés da picada do mosquito. Os protistas podem atingir as células cutâneas ou de outrostecidos e órgãos.HI – Mosquito-palha ou biriguiHD – Mamíferos / Homem d) Sintomas: a infestação de células cutâneas provocada pela chamada leishmaniosecutânea, caracterizada por feridas na pele. A infestação de outros tecidos ou órgãos provocadapela leishmaniose visceral, que pode provocar dores e inchaço abdominal, anemia,hepatosplenomegalia e febre. e) Profilaxia: evitar o contato com o mosquito vetor através de medidas como o uso derepelentes e roupas protetoras em regiões endêmicas; e tratamento dos doentes.
  4. 4. f) Diagnóstico: Visível, exame clínico e laboratorial (biópsia). g)Tratamento: Antiparasita e Metronidazol Toxoplasmose: a) Agente causador: Toxoplasma Gondii b) Agente transmissor: b) Contágio; Por meio das fezes de gatos e outros felinos, pode ser adquirida pelaingestão de alimentos contaminados — em especial carnes cruas ou mal passadas,principalmente de porco e de carneiro, e vegetais que abriguem os cistos do Toxoplasma, porterem tido contato com as fezes de animais hospedeiros ou material contaminado por elasmesmas. Pode ser transmitida congenitamente, ou seja de mãe para o filho (pelo leitematerno e pelo cordão umbilical). c) Ciclo de vida: Ingestão de cistos presentes em carne de porco, rato, coelho pelo felino,que é passada para o homem, por meio das fezes.HI – Homem.HD – Gatos, felinos. d) Sintomas: Febre. Manchas pelo corpo. Cansaço. Dores no corpo. Linfadenopatia (ínguasespalhadas pelo corpo). Dificuldade para enxergar que pode evoluir para cegueira. Lesões naretina. e) Profilaxia: Evite contato com fezes de animais, especialmente de gatos ou outrosfelinos, higiene, não comer carne mal passada, nem vegetais mal lavados; Não se descuide doacompanhamento pré-natal, se você estiver grávida. Toxoplasmose é uma enfermidade gravedurante a gestação; Gestantes precisam estar atentas, principalmente se tiverem contato comgatos. Medidas especiais de higiene são fundamentais nesses casos. f) Diagnóstico: Exames clínicos e laboratoriais. g) Tratamento:

×