• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Movimento harmonico f_sica_i_2_ano_fabio_jorge_sv
 

Movimento harmonico f_sica_i_2_ano_fabio_jorge_sv

on

  • 1,426 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,426
Views on SlideShare
1,188
Embed Views
238

Actions

Likes
0
Downloads
30
Comments
0

1 Embed 238

http://marista2d.wordpress.com 238

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Movimento harmonico f_sica_i_2_ano_fabio_jorge_sv Movimento harmonico f_sica_i_2_ano_fabio_jorge_sv Presentation Transcript

    • COMPRIMENTO DE ONDA: Distânciapercorrida durante 1 oscilação completa!
    • É um em torno de movimento uma posição periódico linear de equilíbrio.-A 0 AA, -A: amplitude do MHS0 é a posição de equilíbrio.
    • EQUAÇÃO DO ESPAÇO NO MHS x  A . cos(  .T   0 )X é o comprimentoA é a amplitudeω é a velocidade angular ou frequência angularΘ0 é a fase inicial.T é o período
    • EQUAÇÃO HORÁRIA DA VELOCIDADE NO MHSV    . Asen ( .T   0 ) v é a velocidade A é a amplitude ω é a velocidade angular ou frequência angular Θ0 é a fase inicial. T é o período
    • EQUAÇÃO HORÁRIA DA ACELERAÇÃO NO MHSa    . A cos(  .t   0 ) 2 v é a velocidade A é a amplitude ω é a velocidade angular ou frequência angular Θ0 é a fase inicial. T é o período
    • Equações importantes de Cinemática para o Movimento Harmônico Simples (MHS) PERÍODO PERÍODO SISTEMA pêndulo MASSA MOLA L m T pêndulo  2  T mola  2  g K Léo M é a massa comprimento g é a aceleração K a constante da gravidade elástica da mola local Período depende f   K .x apenas do comprimento e gravidade
    • Resumo – Cinemática do MHS x ( t )  A . cos(  .t   ) v ( t )    . A . sen ( .t   ) a ( t )    . A . cos(  .t   ) 2Frequência Período Constante 1 2 K m elástica f    2 . . f     T  2 da mola T T m K
    • Fio inextensível e sem massaMassa pendular
    • Elementos do pêndulo simples: L • Comprimento M • Massa do pêndulo L • Ângulo. (para ângulos ≤10º) m
    • Período de oscilação para pequenas amplitudes :Leis do pêndulo simples  ≤ 10 O período de oscilação nãodepende do ângulo T = 2.. Lde amplitude (para g pequenas amplitudes) Note que  não aparece na equação !
    • T = 2.. L gNote que m não aparece na equação !
    • T = 2.. L g
    • T = 2.. L g
    • T = 2.. L g
    • Principais aplicações dopêndulo simples :Comprovação do movimento de rotaçãoda TerraDeterminação da aceleração dagravidade
    • Comprovação do movimento de rotação da Terra
    • Comprovação do movimento de rotação da Terra Em 1851, o astrônomo francês Foucault realizou uma bela e simples experiência capaz de demonstrar a rotação da Terra. Com uma corda de 67 metros, fixa no teto do Panteon de Paris, ele suspendeu uma esfera de ferro de 28 kg e imprimiu-lhe um movimento pendular.
    • Comprovação do movimento de rotação daTerra
    • Comprovação do movimento de rotação da Terra
    • Para se determinar a aceleração dagravidade em um ponto qualquer daTerra basta dispor de um pêndulosimples, um cronômetro e uma régua(ou trena).