A fada Oriana- sistematização

2,013 views
1,729 views

Published on

Para relembrar os conteúdos abordados após o estudo da obra.
Permite, também, ser usado numa atividade para avaliação da expressão oral.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,013
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
41
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A fada Oriana- sistematização

  1. 1. A Fada Oriana Sophia de Mello Breyner Andresen 5º Ano Professora: Marisa Neves
  2. 2. «[a cidade] parecia feita de opalas, de rubis, de brilhantes, de esmeraldas e de safiras.»
  3. 3.  As personagens:
  4. 4. «A vida de um peixe é uma vida deliciosa.» «Se precisares de alguma coisa de mim lembra-te que eu estou sempre às tuas ordens.»
  5. 5. «-Mas que bonita que eu sou -disse ela. - Sou linda.»
  6. 6. «O Poeta disse-lhe os seus versos, que eram claros e brilhantes como estrelas. Depois ficaram os dois calados enquanto a Lua subia no céu.»
  7. 7. « - Oriana, enche o ar de música.»
  8. 8.  «Vê o que aconteceu aos homens, aos animais e às plantas que tu abandonaste. »
  9. 9. A floresta abandonada  Cogumelos  rato   víbora formiga
  10. 10. «…o caminho era selvagem, cheio de picos e de pedras. Oriana caminhava cortando a cada instante os seus pés.»
  11. 11.    «E levaram-no preso e meteram-no na cadeia.» «É aqui que está preso um lenhador que roubou dois cobertores de lã?» «Ele roubou porque o filho dele estava a morrer de frio (…)»
  12. 12.  «Não és Oriana. A tua cara é igual à cara da fada Oriana, mas mentes porque não tens asas e não podes encantar a noite. (...) O Mundo está desencantado. Oriana vive com as árvores, com o vento, com as flores. Vai-te embora.»
  13. 13. «- Ai como eu estou sozinha! Ai como estou cansada! Não sei para onde hei-de ir e não posso dar mais um passo. E dizendo isto Oriana encostou a cabeça ao tronco de uma árvore e começou a chorar.»
  14. 14. Árvore da floresta  «Era um tronco forte, áspero, negro. E Oriana rodeou-o com os seus braços e colou a cara à casca rugosa. Então a árvore baixou-se e, com os seus ramos, pegou nela ao colo. Cobriu-a com a sua folhagem e pôs duas folhas sobre os seus olhos. E Oriana adormeceu.»  [Oriana]…tu viste que eu era uma fada (…) tu deste-me a tua paz (…)»
  15. 15.   «(…) uma fada muito bonita, que a olhava sorrindo.» «Eu sou a Rainha das Fadas Más.»
  16. 16.  «E esquecendose de que não tinha asas, saltou no abismo, para salvar a velha.»
  17. 17.  «(…) Eu ordeno que de novo nasçam duas asas nos teus ombros.»  «-Toma esta varinha de condão e não esqueças nunca a tua promessa!» [Rainha das Fadas]
  18. 18. «E logo nos ombros de Oriana apareceram outras asas. - Asas, asas, ai, minhas asas !- gritou Oriana, tremendo de alegria. »
  19. 19. «- Oriana, encanta tudo.»

×