Your SlideShare is downloading. ×
Edital DENEM 2ª fase scope score
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Edital DENEM 2ª fase scope score

351
views

Published on

Edital de vagas aberto para todas as faculdades de medicina (DENEM). Upload feityo pela CLEVUFMA.

Edital de vagas aberto para todas as faculdades de medicina (DENEM). Upload feityo pela CLEVUFMA.


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
351
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Coordenação De Estágios e Vivências SUMÁRIO 2014 Estágios 2014-2015 – SCOPE/ SCORE 1 Camila Amorim | Douglas Valdonado | Matheus Barbosa | Rafael de Lima | Thiago De Luca 2ª fase
  • 2. Sumário 1.Condições Gerais .......................................................................................................................................................... 4 2.Documentos e taxas ..................................................................................................................................................... 7 3.Devolução da taxa paga à DENEM ................................................................................................................................ 9 4.Estágios ...................................................................................................................................................................... 10 5. Seleção e Prazos ........................................................................................................................................................ 11 6. Confirmação de Interesse.......................................................................................................................................... 14 7. Vagas Remanescentes ............................................................................................................................................... 17 8. DÚVIDAS, casos omissos e não previstos neste edital ............................................................................................... 18 9. Vagas ......................................................................................................................................................................... 19 10. Critérios de Pontuação ............................................................................................................................................ 21 11. Lista de Pontuação SCOPE – SCORE 2014-2015 – DENEM ....................................................................................... 22 Centavos Identificadores .............................................................................................................................................. 29 2
  • 3. EDITAL DE SELEÇÃO ESTÁGIOS INTERNACIONAIS DENEM - IFMSA Standing Committee on Practical ∕ Research Exchange – SCOPE ∕ SCORE Ciclo 2014-2015 A Coordenação de Estágios e Vivências da DENEM vem à público divulgar o processo seletivo para estágios internacionais de Prática Médica do Comitê Permanente de Intercâmbios em Prática Médica e Pesquisa Médica da IFMSA (SCOPE/SCORE) oferecidos pela DENEM em parceria com a Federação Internacional das Associações dos Estudantes de Medicina (IFMSA), para o período de Março de 2014 a Abril de 2015. A DENEM - Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina é a entidade que representa oficialmente todos os estudantes de medicina do Brasil, promovendo debates em saúde e educação, aprofundamentos político-sociais, eventos acadêmico-científicos, esportivos, discussões acerca de SUS, saúde do trabalhador, papel e da qualidade da extensão universitária, pesquisas, estágios e vivências e diversas outras atividades que contribuem para a formação de profissionais compromissados com a transformação da sociedade em que vivemos para uma realidade mais justa. A IFMSA - Federação Internacional das Associações dos Estudantes de Medicina - é uma organização internacional que congrega mais de 100 países, representados pelas suas executivas nacionais de medicina, ou por outra forma de representatividade estudantil médica, as quais estão unidas no intuito de discutir temas relativos a saúde, formação médica, pesquisa científica, intercâmbios, trocas de experiência, entre outros. 3
  • 4. Entendendo a IFMSA como um espaço de ampliação dos debates da DENEM, bem como no intuito de suprir a demanda dos estudantes de medicina em expandir seus saberes em prática e pesquisa médica e em vivenciar outra realidade educacional, social e de saúde, a DENEM, através de sua Coordenação de Estágios e Vivências, informa que se encontram abertas as inscrições para a segunda fase do processo seletivo para os estágios internacionais do Comitê Permanente de Intercâmbios em Pratica Médica e Pesquisa Médica da IFMSA (SCOPE/SCORE), para o período de Abril de 2014 a Março de 2015. 1. Condições Gerais 1.1.) Podem participar deste processo seletivo quaisquer estudantes de medicina devidamente matriculados em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Atestado de matrícula é documento obrigatório a ser apresentado durante a seleção. 1.2.) A condição mínima para participação na seleção é que o CA/DA possua um Coordenador Local de Estágios e Vivências (CLEV) cadastrado na Coordenação de Estágios e Vivências da DENEM, ou seja, tenha preenchido o CADASTRO OBRIGATÓRIO CLEV 2014 (https://docs.google.com/forms/d/1Jj5QsvX6FjzlPXC08mohr2uiFkdzgRpoe7av0Zi7AP4/viewform) e tenha carta de respaldo de seu respectivo CA/DA; 1.2.1.) CA/DA que não possua CLEV deverá entrar em contato com o seu respectivo Coordenador Regional; e este, por sua vez, entrará em contato com a Coordenação Nacional/CEV para organizar a seleção de seus estudantes; 4
  • 5. 1.3.) Todos os intercâmbios de prática médica oferecidos pelo SCOPE/SCORE têm duração de 4 semanas. Caso o estudante tenha interesse em mais outra unidade de estágio (mais de um bloco 4 de semanas, ou seja, mais de uma AF de estágio internacional, referente à outra vaga de estágio), deve proceder com uma nova inscrição e divisão, em livre proporção, dos certificados de pontuação individual; 1.3.1.) Para se realizar duas inscrições internacionais para o mesmo ciclo, sejam elas SCOPE ou SCORE, é preciso que o estudante divida sua pontuação, pois a pontuação é válida apenas para uma unidade de estágio. Caso contrário ele será desclassificado deste processo seletivo. Uma vez selecionado e com o estágio realizado, a pontuação do aluno será zerada e não poderá ser utilizada para outro processo seletivo dos estágios internacionais; 1.4.) Só poderão se inscrever para os Intercâmbios em Prática Médica e Pesquisa Médica IFMSA/CEV/DENEM estudantes que durante o período do estágio estiverem cursando a graduação em medicina; 1.5.) Durante o estágio, a hospedagem e, no mínimo, uma refeição diária serão oferecidas pelo país anfitrião. Cada país tem suas peculiaridades, que deverão ser respeitadas e seguidas pelo estudante, durante sua estada; 1.6.) Antes de escolher o país, é imprescindível analisar atentamente as condições de intercâmbio (Exchange conditions) de cada país, que podem ser acessadas através do site: SCOPE: http://www.ifmsa.org/Exchange-Conditions/Professional-Exchange SCORE: http://ifmsa.net/public/ecscoreselect.php 5
  • 6. 1.6.1.) Caso o aluno não preencha os pré-requisitos do estágio, o mesmo poderá ser cancelado; 1.7.) O estudante intercambista deve participar das atividades realizadas pelo CA/DA, relacionadas aos estágios e vivências, propostas antes ou depois do estágio, assim como das atividades do estágio que o país anfitrião propuser; 1.7.1.) Será obrigatória a participação deste em, no mínimo, uma Oficina de Capacitação, que poderá ser promovida pelo CADADENEM, na qual se explique: o objetivo do estágio; o que é a DENEM; e o compromisso do estudante em relatar a experiência após o estágio; 1.8.) A seleção será realizada obedecendo aos critérios de pontuação deste edital; 1.8.1.) Em caso de empate, terá prioridade aquele em período mais avançado do curso; 1.8.2.) Persistindo o empate terá prioridade o candidato que tiver maior pontuação no critério de Participação em Fóruns da DENEM (COBREM, ECEM, Seminário do CENEPES e EREM), IFMSA, eventos do CA/DA e atividades culturais reconhecidas pelo CA/DA); 1.9.) Caberá ao CLEV - Coordenador Local de Estágios e Vivências: 1.9.1.) Organizar o processo de seleção localmente e fazer a conferência, documento por documento, dos certificados originais que comprovem pontuação do estudante, seja este da própria instituição ou de outra, no caso de instituições que não possuam 6
  • 7. CLEV ativa. A CLEV tem obrigação de desconsiderar documentos que julgue suspeitos de adulteração, ilegitimidade ou que não estejam em concordância com os critérios de pontuação apresentados neste edital; 1.9.2.) Esclarecer dúvidas dos candidatos e instruí-los quanto aos prazos, pagamentos de taxas, obrigações durante o estágio e responsabilidades do anfitrião/padrinho; 1.9.3.) Desenvolver atividades de preparação para os estagiários, como oficinas, reuniões, vivências; 1.9.4.) Conferir o preenchimento da ficha de inscrição e documentação anexa dos seus candidatos porventura aprovados, antes da submetê-los à CEV. 1.10.) Qualquer contato com a Coordenação de Estágios e Vivências da DENEM só será considerado se intermediado pelos coordenadores locais, membros das CLEVs; 1.11.) A inscrição neste processo seletivo implica concordância com as regras do presente edital. 2. Documentos e taxas 2.1.) Toda a documentação necessária será explicitada nas etapas de seleção (item 4 deste edital), devendo o estudante atender aos prazos. A ausência de qualquer documentação desclassificará o estudante; 7
  • 8. 2.2.) A CEV/DENEM não cobrará taxa de inscrição dos estudantes candidatos ao estágio, entretanto as CLEVs poderão cobrar uma taxa de R$ 50,00 (cinquenta reais), referente a possíveis gastos da coordenação local. 2.2.1.) Qualquer abuso na cobrança dessa taxa deverá ser imediatamente comunicado à coordenação nacional ou à CEV para os devidos esclarecimentos; 2.3.) Quando o estudante é selecionado, a taxa paga à DENEM pelo intercâmbio é de 460 reais. Duzentos e trinta reais serão pagos na confirmação do estágio pelo aluno, seguindo os prazos estabelecidos no “item 5” deste edital; e a outra parcela de duzentos e trinta reais, no recebimento da carta de aceitação (confirmação de que o estudante foi aceito pelo país); 2.3.1.) Assim que informado do recebimento de sua carta, o estudante terá um prazo de 10 (dez) dias para a realização do pagamento da segunda parcela; 2.3.2.) O não pagamento no prazo estabelecido resultará no cancelamento da vaga; 2.4.) Reajustes no valor da taxa só serão realizados no ano de 2014 se houver variação cambial acima de 100% da cotação atual do euro; 2.5) Dos formulários do candidato aprovado: 2.5.1.) Os candidatos aprovados que confirmarem interesse na vaga, por meio de envio de comprovante de R$230+centavos identificadores, receberão suas respectivas Application Form (AF), que deverão ser submetidas conforme prazo estabelecido pelo item 5 dente edital. 2.5.2.) Após comunicado sobre o recebimento da Carta de Aceitação (CA), o estudante deverá pagar a segunda parcela da taxa supracitada, para que possa acessar o conteúdo desta e da Carta de Confirmação (CC). 8
  • 9. 2.6.) Custo de transporte para o país e visto serão responsabilidade do estudante. Estada e alimentação (no mínimo uma refeição diária) no país anfitrião estão inclusas no programa. 3. Devolução da taxa paga à DENEM 3.1.) Critérios para devolução da taxa paga à DENEM referente aos estágios: • A universidade que oferecer o estágio estiver em greve; • Houver reposição de aula no período do estágio devido à greve na faculdade; • O país a ser visitado estiver em guerra, sob terrorismo e/ou luta revolucionária; • Caso a família do intercambista esteja com problemas financeiros: demissão, desemprego, falência física e/ou jurídica, concordata; • Intercambista ou família ou cônjuge estiver com problemas de saúde; • Ocorrer atraso no recebimento da carta de aceitação do estágio após um mês da data limite estipulada em acordo com o país que proverá o estágio; • Houver problemas com a infraestrutura da viagem: visto negado, falência de companhia aérea; 3.2.) A devolução da taxa ocorrerá preferencialmente por reaproveitamento de taxa: 3.2.1.) O estudante a pode utilizar em uma nova vaga, caso tenha sido selecionado a ela. 9
  • 10. 3.2.2.) Um segundo estudante pode utilizar a taxa, desde que haja anuência entre eles e a DENEM. 3.3.) Esses casos e os casos omissos de devoluções deverão ser avaliados pela CEV em conjunto com a sede nacional. 4. Estágios 4.1.) A listagem presente no item 9 deste edital refere-se aos países membros da IFMSA com a qual assinamos contratos para o período de 2014/2015 durante a General Assembly (GA), em Agosto de 2013 em Santiago-Chile, além da quantidade de vagas para cada país. Os estudantes deverão escolher 10 países em ordem de preferência juntamente com o mês no caso de vagas especificadas; 4.2.) É obrigatório observar as condições prévias que alguns países já estabeleceram ao assinarem os contratos, antes de se candidatar às vagas. A inadequação do candidato para a vaga em que foi aprovado implicará em exclusão deste do processo. 4.4.) As condições para os estágios dependem de cada país, devendo ser consultadas nos sites: SCOPE (http://www.ifmsa.org/Exchange-Conditions/Professional-Exchange2) SCORE (http://www.ifmsa.net/public/ecscoreselect.php). 4.3.) De acordo com a política de estágios da CEV/DENEM, mais vagas poderão ser buscadas com os países interessados antes da distribuição das vagas deste edital. Portanto, dependendo da concordância dos países anfitriões, algumas vagas poderão aumentar antes da divulgação dos resultados. Novas vagas deverão ser informadas na lista de discussão da CEV; 10
  • 11. 5. Seleção e Prazos 5.1.) O não cumprimento das etapas e prazos previstos por este edital resultará em desclassificação automática do candidato; 5.2.) A inscrição dos candidatos se iniciará no dia 10 de fevereiro de 2014, em: https://docs.google.com/forms/d/1lpR404oERrqWhYn6P9DcbniWwNtkVHbm7oYrvw0HfIw/viewform 5.2.1) Ao concluir preenchimento e envio do formulário, o candidato receberá um link de acesso ao modelo de apresentação (http://goo.gl/uFz9p3) no qual deverá incluir seus certificados nas respectivas categorias (maiores instruções no slide de capa do arquivo). O estudante deve fazer o download do modelo em PowerPoint, incluir as imagens nos campos reservados, seguindo as instruções. Então, enviar a apresentação completa, de seu email pessoal para o email da Coordenação Local de Estágios e Vivências (CLEV), dentro do prazo previsto por este edital para a inscrição do estudante (vide Item 7 – Tabela de prazos). Em caso de dúvidas, contatar a CLEV. 5.2.2) A cada inscrição concluída, será gerada uma mensagem automática ao endereço de email da CLEV do candidato, constando o nome completo deste, seu número de CPF e a apresentação de slides vinculada a ele. A CLEV deve conferir os certificados originais e a apresentação de slides enviada pelo estudante, corrigir o que julgar pertinente, e negar os certificados que considere inadequados (justificar a negação no campo de anotações). A CLEV deve concluir a conferência e submeter a 11
  • 12. apresentação avaliada dentro do prazo previsto por este edital para validação pela CEV. Para submeter, basta abrir o link dos slides do candidato, enviado no ato da inscrição deste, e substituir os slides de lá por estes finais; e então fechar a janela. 5.2.3) Cada inscrição terá sua validade inicial feita preferencialmente, pela CLEV vinculada ao CA/DA da respectiva faculdade/universidade de origem do estudante ou CLEV assistente. Assim, cabe ao estudante que deseja concorrer às vagas do presente edital se informar sobre a CLEV de sua faculdade, para que esta faça o intermédio entre o estudante e a CEV/DENEM. 5.2.4.) SOMENTE serão aceitas inscrições validadas pela Coordenação Regional (CR) da DENEM ou pela CLEV de uma faculdade próxima, dos candidatos cujas faculdades/universidades não possuírem uma CLEV ativa. O avaliador assistente desempenhará a função de CLEV para o candidato, e se responsabilizará pela conferência dos documentos originais. 5.3.) A inscrição no presente edital implica concordância com todas as regras nele dispostas. Portanto, é imprescindível a leitura de todo o edital, evitando confusão e interpretação errada das informações contidas neste. O não cumprimento de qualquer das exigências dispostas desclassifica o candidato automaticamente. 5.4.) Após o fim deste processo seletivo, ficará a critério da CEV/DENEM optar pela melhor forma de seleção das vagas não utilizadas, seja por sorteio das Loterias Caixas ou por remanejamentos, até que o máximo de vagas seja preenchido; 5.5.) Informações serão enviadas às listas de e-mails (“lista CEV/CLEV”) e publicadas nos grupos da CEV mas Redes Sociais. 5.5.1.) Os CLEVs terão até o dia 22 de fevereiro de 2014 às 23:59h (horário de Brasília) para enviar à CEV (intercabiosdenem@gmail.com) possível discordância relativa às inscrições. Após esse período, a seleção correrá somente com aqueles candidatos segundo lista divulgada pela CEV no dia 21 de fevereiro de 2014, não sendo aceitas reclamações ou interpelação de recursos após esse período; 12
  • 13. 5.5.2.) Os alunos selecionados no dia 03 de março de 2014 terão até dia 06 de março de 2014 para pagar a primeira taxa conforme descrito no item 6.2. deste edital; e os CLEVs devem enviar o comprovante digitalizado do pagamento e nomeado corretamente como informado no item 6.3. deste edital até 07 de março de 2014, às 23:59h (horário de Brasília) para denemcomprovantes@gmail.com. 5.5.3.) Somente serão aceitos e-mails enviados pelos CLEVs responsáveis pelos estudantes aprovados. E-mails encaminhados pelos alunos serão desconsiderados; 5.5.4.) Comprovantes de pagamentos não nomeados corretamente como informado no item 6.3. deste edital serão desconsiderados. 5.6.) Dos formulários do candidato aprovado: 5.6.1) Os candidatos aprovados que confirmarem interesse na vaga receberão suas respectivas Application Form (AF), que deve ser submetida ao país de destino com pelo menos 3 meses de antecedência, ou prazo maior se assim estipulado pelas Exchange Conditions do respectivo país. 5.6.2) A Carta de Aceitação (CA) é enviada pelo país anfitrião com um prazo mínimo informado pelas condições do estágio (Exchange Conditions) de cada país, geralmente com 8 semanas de antecedência do estágio. Trata-se de uma norma da IFMSA, mas atrasos podem ocorrer; 5.6.3) O estudante, após o recebimento de sua CA, compromete-se a enviar sua Carta de Confirmação (CC) em até 4 semanas antes da data de estágio acordada. 13
  • 14. 6. Confirmação de Interesse 6.1.) A confirmação de interesse pela vaga se dará exclusivamente pelo pagamento da taxa de estágio e pelo envio do comprovante conforme descrito no item 5.9.1. 6.2.) O pagamento deverá ser feito no valor específico por Faculdade (tabela de centavos) somado ao valor de 230 reais, e se dará exclusivamente de uma das seguintes maneiras: 6.2.1.) Pagamentos com depósito realizado com atendente bancário (diretamente no caixa) quando deverá ser solicitado que o nome completo do estudante selecionado seja acrescentado no comprovante da transação emitido pelo banco. Em hipótese alguma serão aceitos comprovantes que não contenham o nome, impresso pelo banco, do estudante selecionado; 6.2.2.) Pagamento por transferência entre contas correntes, sendo que o estudante selecionado deverá, necessariamente, ser o titular da conta de origem da transferência; 6.2.3.) O banco e conta para transações são os seguintes: Banco do Brasil Ag 058-2 CC: 68508-9 DIR EXEC NAC EST MED 14
  • 15. 6.2.4.) Se a Universidade/Faculdade não se encontra na tabela de centavos anexa no item 13 deste edital, o aluno deverá enviar um e-mail para intercambiosdenem@gmail.com solicitando a inclusão; 6.2.5.) A confirmação de interesse por vaga se dará por transações feitas exclusivamente relativas à conta corrente relacionada no item 6.2.3 deste edital; após isso, ainda poderão ocorrer novos remanejamentos do candidato, dentro de sua lista de opções; 6.3.) Envio do comprovante de pagamento da taxa deverá seguir obrigatoriamente os padrões propostos neste edital; 6.3.1.) Para cada vaga a ser confirmada, deverá ser enviado um e-mail; 6.3.2.) O comprovante digitalizado deverá ser escaneado e nomeado, conforme o item 6.3.4. deste edital, pelo aluno, enviado para o e-mail da CLEV e encaminhado exclusivamente pela CLEV para o e-mail denemcomprovantes@gmail.com 6.3.2.1) Os e-mails encaminhados pelo estudante diretamente à CEV serão desconsiderados; 6.3.3.) O comprovante original deverá ser mantido com o estudante e apresentado prontamente à CEV caso seja solicitado; 6.3.4.) O nome do arquivo digital do comprovante deve ser nomeado da seguinte maneira (essa mesma descrição deverá ser o assunto do e-mail que contenha o comprovante digitalizado): SCOPE OU SCORE-DATA DO PAGAMENTO-VALOR DO DEPOSITO -DC OU TCNº DO RECIBO ∕ CONTA CORRENTE-PAIS SELECIONADO-NMO-NOME DO ESTUDANTE e INICIAIS DO SOBRENOME- FACULDADE 15
  • 16. SCOPE OU SCORE: informar se a vaga é do SCOPE OU SCORE; DATA DO PAGAMENTO: DD∕MM∕AA VALOR DO DEPOSITO: R$230,XX (XX centavos identificadores adicionados) DC OU TC: indica o tipo de procedimento realizado; DC: Depósito realizado diretamente no caixa do banco, identificado no comprovante, conforme a solicitação feita pelo estudante; TC: transferência conta corrente, transferência exclusiva da conta do selecionado para a conta da DENEM; Nº DO RECIBO ∕ CONTA CORRENTE: esse número deverá ser o “Nr. do documento”, presente no comprovante de depósito; ou então o número da conta corrente, no caso do estudante selecionado que transferiu o dinheiro de sua conta pessoal para a conta da DENEM; PAIS SELECIONADO-NMO: Alguns países possuem duas organizações, deve-se detalhar em qual organização se refere à vaga. Caso exista apenas uma, não há necessidade de se incluir a organização. Ex.: PERU (IFMSA-PERU) ou PERU (APEMH); NOME DO ESTUDANTE e INICIAIS DO SOBRENOME: Primeiro nome, seguido das iniciais dos sobrenomes; FACULDADE: Sigla da Universidade ou Faculdade. 6.3.5.) O não envio da cópia escaneada do comprovante resultará em automática desclassificação do candidato; 16
  • 17. 6.4.) Demais documentos de acordo com exigências específicas para a vaga, observadas nas exchange conditions (condições de intercâmbio) de cada país deverão ser anexadas à AF (Aplication Form) após resultado do processo seletivo. 6.4.1.) Caso o aluno não escaneie os seus documentos e/ou não envie os documentos no prazo estabelecido pela CEV, ele será desclassificado. 6.4.2.) Caso o estudante desobedeça às condições de intercâmbio dos países (como período disponível para estágio, língua ou outros) o estudante será automaticamente desclassificado e sua vaga irá compor a relação de vagas remanescentes; 7. Vagas Remanescentes 7.1.) Inscritos que não confirmarem interesse nas vagas conforme regras estabelecidas no presente edital serão considerados desistentes e suas respectivas vagas comporão o grupo de vagas remanescentes; 7.2.) O prazo final para a realização de todo o procedimento para a confirmação da vaga de estágio no país escolhido pelo estudante será 06 de março de 2014. Os inscritos serão classificados por lista decrescente de pontuação, seguindo os critérios do item 10 previstos neste edital. 7.4.) A CEV se responsabilizará por fazer o número de seleções e remanejamentos necessários até Julho de 2014. Após esse processo, as vagas restantes serão sorteadas (via sorteio da Loterias Caixa), após divulgação de novo edital, com inscrições independentes deste, e prazos a serem definidos pela CEV. Havendo a necessidade de remanejamento de vagas de ciclos 17
  • 18. passados por problemas operacionais de qualquer natureza, a CEV poderá, com o consentimento da Coordenação Nacional da DENEM, utilizar-se das vagas disponíveis no presente edital, garantindo os processos seletivos já ocorridos. 8. DÚVIDAS, casos omissos e não previstos neste edital 8.1.) Deverão ser comunicados à CEV exclusivamente pela CLEV e por escrito através do correio eletrônico oficial da CEV disponibilizado na lista de e-mails da CEV, à qual as CLEVs possuem intercambiosdenem@gmail.com 8.2.) As decisões deverão ser tomadas nos espaços deliberativos da DENEM (ECEM, COBREM, ROEx, ou Reuniões da Coordenação Nacional da DENEM). 18
  • 19. 9. Vagas SCOPE - Standing Committee on Practical Exchange País (NMO) Argentina (IFMSA - Argentina) Áustria (AMSA) Bolívia (IFMSA - Bolívia) Bósnia e Herzegovina (SaMSIC) Canadá Quebec (IFMSA - Quebec) Catalunha (AECS) Chile (IFMSA - Chile) Colômbia (ASCEMCOL) Coréia do Sul (KMSA) Egito (EMSA) Egito (IFMSA - Egypt) El Salvador (IFMSA - El Salvador) Equador (IFMSA - Ecuardor) Eslováquia (SloMSA) Eslovênia (SloMSIC) Espanha (IFMSA - Spain) Finlândia (FiMSIC) Gana (FGMSA) Grécia (HelMSIC) Hungria (HuMSIRC) Indonésia (CIMSA - ISMKI) Iraque - Curdistão (IFMSA - Kurdistão) Israel (FIMS) Número de Vagas 02 01 10 02 01 02 05 07 02 03 22 04 06 01 01 04 01 05 01 01 01 03 02 Itália (SISM) - Junho Itália (SISM) - Outubro Kuwait (KuMSA) Letônia (LaMSA Latvia) Macedônia (MMSA Macedônia) México (IFMSA México) Marrocos (IFMSA - Morocco) Omã (SQU - MSG) Panamá (IFMSA - Panama) Paraguai (IFMSA - Paraguay) Peru (APEMH) Peru (IFMSA - Peru) Romênia (FASMR) Rússia (HCCM) Tartaristão – Rússia (TaMSA) Ruanda (MEDSAR) Sérvia (IFMSA - Serbia) Suíça (Swimsa) Tunísia (ASSOCIA - MED) Turquia (TurkMSIC) 02 01 02 01 02 30 03 01 02 02 12 04 03 05 02 01 03 02 19 04 TOTAL 189 19
  • 20. Turquia (TurkMSIC) SCORE - Standing Committee on Research Exchange País (NMO) Bahrein (IFMSA – Bahrain) Chile (IFMSA – Chile) Colômbia (ASCEMCOL) Egito (IFMSA – Egypt) França (ANEMF) Gana (FGMSA) Grécia (HelMSIC) Holanda (IFMSA – The Netherlands)* Irã (IFMSA – Iran) Itália (SISM) Letônia (LaMSA) Líbano (LeMSIC) México (IFMSA – México) Panamá (IFMSA – Panama) Peru (APEMH) Peru (IFMSA – Peru) Polônia (IFMSA – Poland) República Tcheca (IFMSA – CZ) Romênia (FASMR) Rússia (HCCM) Sérvia (IFMSA – Serbia) Sudão (MedSIN - Sudan) Suécia (IFMSA – Sweden) Tunísia (ASSOCIAMED) Número de Vagas 01 02 01 02 02 03 02 01 02 02 01 02 06 01 01 03 03 02 05 07 05 02 01 06 02 TOTAL 65 *Holanda: necessário passaporte europeu. 20
  • 21. 10. Critérios de Pontuação 10.1.) A seleção se dará por lista decrescente de pontuação; 10.2.) Todos os certificados só são válidos quando o aluno realizou a atividade durante o curso de medicina, excetuando certificados de estudo de línguas. 10.3.) Após a realização do estágio internacional SCOPE ou SCORE pela DENEM, zera-se toda a pontuação retroativa nestas modalidades, e não poderá ser utilizada para outro processo seletivo SCOPE/SCORE; isso não se aplica às vagas sorteadas, em que não são considerados os certificados. 10.3.1) Estudantes selecionados em processo seletivo anterior, por pontos, e que ainda não viajaram, só poderão usar os certificados anteriores ao mês de sua seleção se desistirem formalmente da vaga para a qual foram selecionados. 10.4) O estudante que já realizou um estágio SCOPE-SCORE, e deseja inscrever-se para o processo seletivo em aberto, deverá utilizar somente certificados datados no mês subsequente ao processo seletivo que o aprovara. Em caso de desrespeito a esta regra, todos os certificados enviados serão desconsiderados. 21
  • 22. 11. Lista de Pontuação SCOPE – SCORE 2014-2015 – DENEM 1) Ser anfitrião de um estudante de um estudante participante de estágio nacional ou internacional organizado pela DENEM, incluindo o NBC e os estágios da Coordenação de Extensão: - 08 pontos por dia (somente até o 30º dia por cada AF). * O certificado deve ser emitido pela CLEV. *Ter sido anfitrião no mês de janeiro, julho ou agosto: acréscimo de 24 pontos/mês. 2) Ser padrinho/madrinha, ou seja, estar responsável e ser referência para um estudante participante do estágio nacional ou internacional organizado pela DENEM, incluindo o NBC e os estágios da Coordenação de Extensão : - 04 pontos por dia (somente até o 30º dia por cada AF). - 02 pontos por dia, se estiver acumulando função de anfitrião ou padrinho de outro intercambista, no mesmo período. *O certificado deve ser emito pela CLEV. *Ter sido anfitrião no mês de janeiro, julho ou agosto: acréscimo de 12 pontos/mês. 3) Participação em Monitoria, Extensão, Ligas Acadêmicas, Estágios Extracurriculares e Projeto de pesquisa/ Iniciação Científica 22
  • 23. - 05 pontos por mês. - No máximo 12 meses por modalidade. 4) Participação em Cursos de Ligas, Simpósios, Congressos e EQUIVALENTES*. - 05 pontos cada evento. - Máximo de 12 eventos. * Os eventos deverão estar presentes na lista de sinônimos. 5) Participar de estágios nacionais ou internacionais promovidos pela DENEM incluindo o NBC e os estágios da Coordenação de Extensão e da CEV. - 30 pontos por estágio da DENEM. 6) Certificado ou diploma de estudo de línguas. - Escolas nacionais de línguas ou escolas internacionais não-oficiais: 20 pontos. - Oficiais (Cambridge, IELTS, Toefl e certificados oficiais de outras línguas): 50 pontos. * Limitado a 01 certificado por idioma. * A lista de certificados oficiais pode ser conferida no link: http://www.ucs.br/ucs/cooperacao/certificados. 23
  • 24. 7) Apresentação de palestras, apresentações de trabalhos ou publicações de resumos em anais de Congresso, Jornadas e Simpósios: - 10 pontos por trabalho. - Máximo de 10 palestras e de 10 trabalhos apresentados ou publicados como resumo/anais. * Cada trabalho só vale uma vez neste item. Mesmo trabalho apresentado em lugares diferentes só será aceito um dos certificados. 8) Organização de Congressos, Simpósios ou equivalentes: - 15 pontos por cada evento. - Máximo de 10 eventos. * Não cumulativo com a pontuação de participação. 9) Participação em fóruns e eventos da DENEM (valem COBREM, ECEM, Seminário do CENEPES, FONEMP, FOREMP, EREM, ECExU, ECEV, FEV ) e da IFMSA. - 20 pontos por cada evento. . 10) Publicação de trabalho completo em revistas científicas: - 40 pontos por trabalho. 24
  • 25. 11) Gestão de CADADCEDENEM: - 20 pontos por mês de gestão. *Podendo ser cumulativos. 12) Participação como rede de apoio de DENEM/CA/DA/CLEV: - 50 pontos/ano ou 04 pontos/mês. * Inclui representantes de turma e órgãos coordenadores de ligas acadêmicas, devidamente respaldados por CA/DA. 13) Ser Representante Discente de departamentos ou órgãos colegiados da faculdade: - Gestão atual ou concluída: 12 pontos por mês * Caso a representação seja deslegitimada pelo CA/DA, a pontuação está passível de suspensão. 14) Participação em fóruns e eventos do CA/DA e atividades culturais reconhecidas pelo CA/DA: - 04 pontos por cada evento. *No máximo 2 evento por mês. Máximo de 15 eventos por ano. Os eventos deverão estar presentes na lista de sinônimos 15) OREM e Eventos esportivos promovidos por CA/DA/DENEM ou atléticas com respaldo do CA/DA/DENEM. 25
  • 26. - 05 pontos por evento. - Apenas um por semestre. 16) Cada semestre avançado no curso médico, incluindo o que está cursando até o momento da inscrição. - 03 pontos por semestre 17) Cada estudante recebido pela escola através de algum dos programas de estágios e vivências da DENEM nos 12 meses que antecedem a seleção. - 08 pontos por estudante. * Enviar lista dos estudantes recebidos, o país/estado e o mês. * Só serão considerados intercambistas que concluíram seu intercambio ou estão fazendo o mesmo no mês da seleção. * Os estudantes deverão ter CC preenchidos. 18) Ser estudante de uma escola cujo CLEV foi ao Encontro de Capacitação em Estágios e Vivências e/ou ao Fórum de Estágios e Vivências promovido pela CEV; ou ao Encontro de Capacitação em Extensão Universitária (ECExU) no ano do presente edital. - 30 pontos por encontro. 26
  • 27. 19) Ser estudante de uma escola cujo representante do DA/CA foi a Reunião da Executivas (ROEx) promovida pela DENEM no ano do presente edital. - 10 pontos por ROEx 20) Ser estudante de uma escola cujo DA/CA recebeu o NBC na etapa Brasil segundo o edital 2013. - 50 pontos * Só é permitido à instituição pontuar uma vez neste critério, no primeiro processo após a recepção dos estudantes Lista de sinônimos (EQUIVALENTES): Cursos; encontros; simpósios; jornadas; treinamentos, oficinas e congressos; semanas acadêmicas; jornadas, cursos de congressos, curso de extensão; workshops, palestras/ciclos de palestras, fóruns, oficinas, minicursos, conclaves, meetings, atividades científicas de sociedades médicas e de ligas acadêmicas. TABELA DE PRAZOS SCOPE/SCORE Inscrição do candidato pelo site 10/02 – 17/02 Validação pela CLEV no site 18/02 – 20/02 Lista oficial dos inscritos Validação pela CEV no site Lista oficial dos selecionados Pagamento Taxa Selecionados 21/02 23/02 – 02/03 03/03 03/03 – 06/03 27
  • 28. Coordenação de Estágios e Vivências – CEV 2014 Camila Amorim Douglas Valdonado Matheus Barbosa Refael Rocha de Lima Thiago Artur Coimbra De Luca 28
  • 29. Centavos Identificadores Descrição (CA/DA – Universidade) Centro Acadêmico 16 de Março – ULBRA Centro Acadêmico Adolfo Lutz – UNICAMP Centro Acadêmico Aloísio Sobreira Lima - EMESCAM Centro Acadêmico Antônio Prudente – UMC Centro Acadêmico Artur Roquete de Macedo – UNICASTELO Centro Acadêmico Carlos Chagas – UFRJ Centro Acadêmico Carlos Ernani Rosado – UERN Centro Acadêmico Carlyle Guerra de Macedo – UESPI Centro Acadêmico César Timo-Iaria – UNINOVE Centro Acadêmico Comuna Estudantil – UFC Centro Acadêmico de Fróes da Fonseca – USS Centro Acadêmico de Medicina – ITPAC Centro Acadêmico de Medicina – UCPEL Centro Acadêmico de Medicina – UEM Centro Acadêmico de Medicina – UEMA Centro Acadêmico de Medicina – UESC Centro Acadêmico de Medicina – UGF Centro Acadêmico de Medicina – UNESC Centro acadêmico de Medicina- UNICEUMA Centro Acadêmico de Medicina – UNISUL Centro Acadêmico de Medicina Alcenor Almeida NOVAFAPI Centro Acadêmico de Medicina Aluísio Bittencourt de Albuquerque - UEA Valor (R$) 0,01 0,02 0,03 0,04 0,05 0,06 0,07 0,08 0,09 0,10 0,11 0,12 0,13 0,14 0,15 0,16 0,17 0,18 0,19 0,20 0,21 0.22 Centro Acadêmico de Medicina Antonio Rafael UFMA Centro Acadêmico de Medicina Armando Bezerra UCB Centro Acadêmico de Medicina – ESCS Centro Acadêmico de Medicina da Estácio de Sá UNESA Centro Acadêmico de Medicina da UFSCAR - UFSCAR Centro Acadêmico de Medicina da Uniplac - UNIPLAC Centro Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Rondônia – UNIR Centro Acadêmico de Medicina da Univille - UNIVILLE Centro Acadêmico de Medicina da UNOCHAPECÓ UNOCHAPECO Centro Acadêmico de Medicina da UNOESC UNOESC Centro Acadêmico de Medicina Daniel Egg - FEMPAR Centro Acadêmico de Medicina de Blumenau - FURB Centro Acadêmico de Medicina de Colatina - UNESC Centro Acadêmico de Medicina de Gurupi - FAFICH Centro Acadêmico de Medicina Dr. Augusto César Leite - UFS Centro Acadêmico de Medicina Dr. Camilo Ermelindo da Silva - UFMS Centro Acadêmico de Medicina Geraldo Althoff UNISUL Centro Acadêmico de Medicina Gilberto Freitas - UnB Centro Acadêmico de Medicina Günter Hans - UFMS Centro Acadêmico de Medicina José Arrais - UEPA Centro Acadêmico de Medicina Luiz Pires - FACID 0,23 0,24 0,25 0,26 0,27 0,28 0,29 0,30 0,31 0,32 0,33 0,34 0,35 0,36 0,37 0,38 0,39 0,40 0,41 0,42 0,43 29
  • 30. Centro Acadêmico de Medicina Mário de Abreu PUCPR Centro Acadêmico de Medicina Prof. José Afonso Bruno - FMJ Centro Acadêmico de Medicina Prof. Valter Gabriel Maluly - UNIGRANRIO Centro Acadêmico de Medicina - CESNL Centro Acadêmico Dr. Leão Sampaio - UFC Centro Acadêmico Dr. Orlando Martins - UNIVIX Centro Acadêmico Dutra de Oliveira - UNAERP Centro Acadêmico Edson Villela - UNIVALI Centro Acadêmico Emílio Ribas - FAMECA Centro Acadêmico Euryclides Zerbini - FAMERP Centro Acadêmico Geraldo Guimarães - ICS Centro Acadêmico João Alberto Novis - UNIC Centro Acadêmico João Alberto Novis - UNIC Centro Acadêmico Livre de Medicina - UFSC Centro Acadêmico Luiz Tarquínio de Assis Lopes UFBM Centro Acadêmico Manoel de Abreu - FCMSCSP Centro Acadêmico Martins Fontes - UNIMES Centro Acadêmico Napoleão Laureano - UFPB Centro Acadêmico Nelson Chaves – UFRN Centro Acadêmico Oswaldo Cruz - FMSP-USP Centro Acadêmico Pereira Barretto - UNIFESP Centro Acadêmico Pirajá da Silva - UNESP Centro Acadêmico Prof. Elias Abraão - UNIOESTE Centro Acadêmico Prof. Remo Rinaldi - UNICID Centro Acadêmico Rocha Lima - FMRP-USP 0,44 0,45 0,46 0,47 0,48 0,49 0,50 0,51 0,52 0,53 0,54 0,55 0,56 0,57 0,58 0,59 0,60 0,61 0,62 0,63 0,64 0,65 0,66 0,67 0,68 Centro Acadêmico Rolando Tenuto – USF Centro Acadêmico Rubens Monteiro de Arruda UNISA Centro Acadêmico Samuel B. Pessoa - UEL Centro Acadêmico Sarmento Leite - UFRGS Centro Acadêmico Sebastião da Hora - UFAL Centro Acadêmico Sílvio Botelho – UFRR Centro Acadêmico Sir Alexander Fleming - UERJ Centro Acadêmico Vespasiano B. Martins - UNIDERP Centro Acadêmico Josué de Castro – UPE Centro Acadêmico XII de Maio – UFC Centro Acadêmico XIII de Abril – UFMT Centro Acadêmico XXII de Março - FFFCMPA Centro Acadêmico Zenon Rocha –UFPI Centro Acadêmico Zilda Arns – UNICENP Diretório Acadêmico Medicina UNIARA(D.A.M.U.) – UNIARA Diretório Acadêmico de Medicina da UNIPAC UNIPAC Diretório Acadêmico 8 de Outubro – FMIt Diretório Acadêmico Alfredo Balena - UFMG Diretório Acadêmico Arnaldo Vieira de Carvalho UNILUS Diretório Acadêmico Barros Terra – UFF Diretório Acadêmico Benedicto Montenegro UNITAU Diretório Acadêmico Benjamin Baptista - UNIRIO Diretório Acadêmico Bettina F. de Souza - UFPA Diretório Acadêmico Christiano Altenfelder FAMEMA 0,69 0,70 0,71 0,72 0,73 0,74 0,75 0,76 0,77 0,78 0,79 0,80 0,81 0,82 0,83 0,84 0,85 0,86 0,87 0,88 0,89 0,90 0,91 0,92 30
  • 31. Diretório Acadêmico de Medicina – UFBA Diretório Acadêmico de Medicina – UFJF Diretório Acadêmico de Medicina - UNIFENAS Diretório Acadêmico de Medicina - UNOESTE Diretório Acadêmico de Medicina da UESB - UESB Diretório Acadêmico de Medicina da UFES - UFES Diretório Acadêmico de Medicina da UNIVASF UNIVASF Diretório Acadêmico de Medicina de Feira de Santana - UEFS Diretório Acadêmico de Medicina Dra. Sabina Vargas UPF Diretório Acadêmico de Medicina Emília Perez FCMPB Diretório Acadêmico de Medicina Francisco Martins Bastos - FURG Diretório Acadêmico de Medicina Umberto Câmara Neto - UFPE Diretório Acadêmico de Medicina Virvi Ramos - UCS Diretório Acadêmico Domingos Pimentel de Ulhôa UFU Diretório Acadêmico dos Estudantes de Medicina da FTC - FTC Diretório Acadêmico Dr. Carlo Américo Fattini - Faseh Diretório Acadêmico Dr. Francisco Brasileiro - UFCG Diretório Acadêmico Dr. Jesus Ribeiro de Pires UNIVAS Diretório Acadêmico Dr. Lauro Wanderley - FAMENE Diretório Acadêmico Dr. William Gebrim - UNIPAC Diretório Acadêmico Edison Reis Lopes - UNIUBE Diretório Acadêmico Fernandes Figueira - FBV-IMIP 0,93 0,94 0,95 0,96 0,97 0,98 0,99 1,00 1,01 1,02 1,03 1,04 1,05 1,06 1,07 1,08 1,09 1,10 1,11 112 113 114 Diretório Acadêmico Francisco Mangabeira – UFAC Diretório Acadêmico Garcia do Prado - PUCRS Diretório Acadêmico Gaspar Vianna - FMTM Diretório Acadêmico Hamílton A. de Souza – FESO Diretório Acadêmico Humberto Mendonça – UFAM Diretório Acadêmico II de Maio – UNCISAL Diretório Acadêmico Jayme Graça – CESVA Diretório Acadêmico José Bonifácio – FAME Diretório Acadêmico José Riscala Albeny - UNIVACO Diretório Acadêmico Josué de Castro - PUCSP Diretório Acadêmico Lucas Machado - FCMMG Diretório Acadêmico Luís Sobral – FMC Diretório Acadêmico Mario Pena - UNINCOR Diretório Acadêmico Mário Ribeiro - UNIMONTES Diretório Acadêmico Naum Keiserman - UFPEL Diretório Acadêmico Nilo Cairo – UFPR Diretório Acadêmico Nylceo Marques de Castro FMABC Diretório Acadêmico Olympio da Fonseca - UNIG Diretório Acadêmico Oswaldo Cruz - FTESM Diretório Acadêmico Paulo Mendes - UniFOA Diretório Acadêmico Pirajá da Silva - EBMSP Diretório Acadêmico Prof. Carlos Eduardo Venturelli Mosconi - UNIFENAS Diretório Acadêmico Prof. Dr. José Mariano da Rocha Filho - UFSM Diretório Acadêmico Professor Alfonso Bovero - FMJ Diretório Acadêmico Raymundo Manno Vieira UNIMAR 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 31
  • 32. Diretório Acadêmico Renan Catarina Tinoco - UNIG Diretório Acadêmico Sá Earp – FMP Diretório Acadêmico Samuel B. Pessoa - PUC-CAMP Diretório Acadêmico XXI de Abril – UFG Faculdade Atenas – FAP Faculdade Christus – FCC Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande – FCM Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – FCMS Faculdade de Medicina do Planalto Central – FAMEPLAC Faculdade São Lucas – FSL Faculdades Integradas de Ensino Superior de Porto Nacional – FIESPEN Faculdades Integradas Maria Coelho Aguiar – FIMCA Fundação Educacional de Caratinga – FAMEC Universidade Católica de Goiás – UCG Universidade de Fortaleza – UNIFOR Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC Universidade Potiguar – UnP São Camilo UFOP Universidade Estácio de Sá Universidade Federal de Viçosa Diretório Acadêmico James Fanstone – Unienvangélica Universidade Católica de Brasília 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 32