Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Revolução Industrial
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Revolução Industrial

  • 29,428 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Perfeito, me ajudou muito, obrigado :D
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
29,428
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
210
Comments
1
Likes
3

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Revolução Industrial Brisa Marciniak, Fernanda Brendler e Mariana Carniel
  • 2. Introdução
    • O surgimento das primeiras fábricas modernas, em meados do século XVII, gerou fortes transformações na sociedade européia. A aceleração produtiva decorrente do progresso tecnológico se efetivou na indústria têxtil e na siderurgia britânicas, mas logo se estendeu para os outros países da Europa, atingindo outros setores produtivos, como transportes e comunicações. Esse período da História ficou conhecido como Revolução industrial.
  • 3. A História
    • Desde o paleolítico, a humanidade aplica o trabalho para transformar matérias-primas em produtos úteis à sua sobrevivência. Os sapateiros da Idade Media preparavam o couro cortavam-no com suas tesouras ou facas e costuravam-no com linhas e agulhas próprias, até aprontar os sapatos a serem vendidos a algum interessado. Com o dinheiro da venda, os sapateiros comprariam os produtos necessários para a sua sobrevivência e mais matéria-prima para continuar seu trabalho. Com a industrialização, em meados de século XVIII, ocorreram diversas mudanças na produção de mercadorias.
  • 4.
    • Com a industrialização, em meados de século XVIII, ocorreram diversas mudanças na produção de mercadorias. A mais importante delas diz respeito à técnica: a produção passou a ser feita em série(cada trabalhador se responsabilizando por apenas uma etapa do trabalho) e com o uso de máquinas, dando origem às maquinofaturas industriais. A maior parte dos seres humanos vivia e se dedicava principalmente às atividades primárias. Com a industrialização, a vida urbana foi impulsionada mais do que em qualquer outro momento da História, predominando as atividades secundárias e terciárias.
    A História
  • 5.
    • Setor primário: atividades agropecuárias e extrativas.
    • Setor secundário: transformação da matéria-prima com a ajuda de máquinas e ferramentas.
    • Setor terciário: comércio, transporte, saúde, educação, sistema bancário, administração pública.
    A História
  • 6. Porque a Revolução Industrial iniciou na Inglaterra?
    • Pois tinha uma burguesia muito capitalizada em função dos lucros obtidos com as atividades comerciais da época mercantilista. Desde a Revolução Gloriosa de 1688, havia anulado barreiras mercantilistas da economia, e o Estado atuava no sentido de corresponder aos interesses da burguesia. Possuía grandes jazidas de carvão e ferro, que são indispensáveis para a fabricação de máquinas e geração de energia, e concentrava abundancia de mão-de-obra nas cidades.
  • 7. As fases da Revolução Industrial
    • A Primeira fase da Revolução (1760-1850) foi marcada pela substituição da produção manual pela produção com o uso de máquinas. Nessa época, a indústria têxtil foi a que mais se desenvolveu, além de crescentes progressos na siderurgia.
  • 8.
    • Durante a segunda fase da Revolução Industrial (1850-1960), o processo de industrialização entrou num ritmo mais acelerado e envolveu os mais diversos setores da economia, com a difusão do uso do aço, a descoberta de novas fontes energéticas e a modernização do sistema de comunicações. As indústrias se difundiram pela Bélgica, França, Itália, Alemanha, Rússia, além do continente Europeu chegou aos Estados Unidos, Japão.
    As fases da Revolução Industrial
  • 9.
    • O final do século XX marcou o inicio de uma nova era da Revolução Industrial, decorrente dos impulsos técnico-científico. Suas características são a globalização e a informatização da economia e o avanço das tecnologias de comunicação.
    As fases da Revolução Industrial
  • 10. Consequências da Revolução Industrial
    • Consolidação do capitalismo;
    • Surgimento da burguesia e proletariado propriamente ditos;
    • Aumento do poder econômico e político da burguesia;
    • Criação posterior do socialismo pelo proletariado;
    • Aceleração do progresso econômico;
    • Aceleração do progresso tecnológico;
    • Aceleração da produção;
    • Aumento do volume de produção;
    • Aumento da concorrência.
  • 11. Conclusão
    • Tudo que possuímos hoje é consequência do que houve no passado. As revoluções industriais foram muito importantes, o que pode ser visto no resultado de toda essa tecnologia que temos hoje.
  • 12. Anexos
  • 13. Anexos
  • 14. Anexos Máquina Têxtil
  • 15. Anexos
  • 16. Anexos
  • 17. Questões
    • Descreva as principais transformações que ocorreram nas condições de trabalho, após o advento das fábricas.
    • Cite as três fases da revolução industrial e suas principais características.
  • 18. Questões
    • Sobre a Revolução Industrial a alternativa FALSA é:
    • a) Provocou uma crescente urbanização.
    • b) Teve início com o mercantilismo, responsável pela conquista européia sobre a África, Ásia e América.
    • c) Desenvolveu-se a produção em massa, como também uma grande divisão do trabalho.