Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Criminalística - Morte por Precipitação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Criminalística - Morte por Precipitação

  • 5,479 views
Published

 

Published in Health & Medicine , Spiritual
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Caso Isabella: acidente, com certeza...
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • O caso isabella, com certeza, aconteceu um acidente...
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
5,479
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4

Actions

Shares
Downloads
104
Comments
2
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Criminalística Mortes Violentas Causadas por Precipitação
  • 2. Conceito:
    • Morte violenta causada por precipitação ocorre quando o corpo é lançado de um local de grande altura, podendo ser, por exemplo, uma montanha, janela de um edifício, de um terraço ou sacada.
  • 3. O Trabalho do Perito:
    • Verificar se foi Homicídio, Suicídio ou Acidente.
    • Nem sempre encontra elementos seguros para o seu diagnóstico, pois nem sempre existem características específicas para cada caso.
    • Existem certos indícios que podem ajudar o perito nessa tarefa.
  • 4. Exemplo 01:
    • As lesões que aparecem no corpo de uma pessoa que rolou a ribanceira, foram feitas em vida ou em morte?
  • 5. Exemplo 01:
    • ACIDENTE: movimentos instintivos de defesa; se agarrar em alguma coisa provocando arranhaduras, cortes, mão com tufos de vegetação.
  • 6. Exemplo 01:
    • HOMICÍDIO: se a vítima for arremessada, o seu corpo cairá pesadamente , sem rolar pela encosta e quase não terá sinais de defesa. O Perito deve verificar o ponto do início da queda para tentar descobrir sinais de luta no local.
  • 7. Exemplo 01:
    • SUICÍDIO: não existe sinais de defesa e de rolamento, nem são encontrados vestígios de luta no local onde a vítima se jogou.
  • 8. Exemplo 02:
    • Na queda do alto de um edifício, como o perito diferencia se a morte foi acidental, um homicídio ou um suicídio?
  • 9.
    • ACIDENTE: no percurso da queda, a vítima tenta se agarrar em saliências (peitoril de janelas, terraços, etc.) provocando nas suas mãos ferimentos de defesa.
    • A vítima cai muito próximo do perfil do prédio.
    • O exame das roupas das vítimas mostrará o atrito do corpo da vítima com a parede do edifício.
    Exemplo 02:
  • 10. Exemplo 02:
    • HOMICÍDIO: prováveis sinais de luta no interior do local; não são encontrados sinais de defesa no corpo da vítima.
    • Seu corpo percorrerá uma distância na horizontal, maior que na acidental.
  • 11. Exemplo 02:
    • SUICÍDIO: a vítima cai como um peso morto. Seu corpo cairá bem longe da perfil da construção.
    • Não existem, geralmente, vestígios de luta ou tentativa de defesa.
  • 12.  
  • 13. Caso Isabela