Your SlideShare is downloading. ×
Arcadismo em portugal
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Arcadismo em portugal

16,318
views

Published on


0 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
16,318
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
312
Comments
0
Likes
8
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ARCADISMO EMPORTUGAL
  • 2. ARCADISMO (SÉC.XVIII)EM OPOSIÇÃO AOS EXAGEROS DO BARROCO,SURGE O ARCADISMO QUE PROPUNHA UMALITERATURA MAIS SIMPLES.ARCADISMO DERIVA DE ARCÁDIA.ARCÁDIA: REGIÃO GREGA ONDE, SEGUNDO AMITOLOGIA, VIVIAM OS POETAS E PASTORES.
  • 3. O marco inicial do Arcadismo em Portugal foi a fundação da Arcádia Lusitana, em 1756.A Arcádia Lusitana era uma célebre academia literária. Osseus membros propunham-se combater o espírito barroco e orientar a produção poética para uma estética neoclássica, com fundo na razão e no culto do natural.
  • 4. CARACTERÍSTICAS DA ARQUITETURA ÁRCADE Materiais nobres como: mármore, granito e madeiras Formas: regulares, simétricas e geométricas Volumes corpóreos, maciços e bem definidos Uso de abóbada de berço ou arestas Frontões triangulares Decoração estrutural com formas clássicas e relevo ao estuque
  • 5. ARQUITETURA DE PORTUGAL
  • 6. CARACTERÍSTICAS DA PINTURA ÁRCADE
  • 7. PRINCIPAL ESCRITOR DO ARCADISMO PORTUGUÊS Manuel Maria du Bocage
  • 8. Magro, de olhos azuis, carão moreno,Bem servido de pés, meão de altura,Triste de facha, o mesmo de figura,Nariz alto no meio [...]Devoto incensador de mil deidades(Digo, de moças mil) num só momento,E somente no altar amando os frades.
  • 9. ARCADISMONO BRASIL
  • 10. VILA RICA
  • 11. ATUAL OURO PRETO
  • 12. O Arcadismo brasileiro originou-se e teveexpressão principalmente em Vila Rica(hoje Ouro Preto), Minas Gerais, e seuaparecimento teve relação direta com ogrande crescimento urbano verificado noséculo XVIII nas cidades mineiras.Omarco inicial do Arcadismo no Brasil foi apublicação de “Obras” de Cláudio Manuelda Costa em 1768.
  • 13.  Cláudio Manuel da Costa (1729-1789)
  • 14.  Já rompe, Nise, a matutina aurora O negro manto, com que a noite escura, Sufocando do Sol a face pura, Tinha escondido a chama brilhadora. Enfim serás cantada, Vila Rica, Teu nome alegre notícia, e já clamava; Viva o senado! Viva! Repetia Itamonte, que ao longe o eco ouvia. Destes penhascos fez a natureza O berço, em que nasci: oh quem cuidara, Que entre penhas tão duras se criara Uma alma terna, um peito sem dureza.
  • 15.  Tomás Antônio Gonzaga (1744-1810)
  • 16.  Na sua face mimosa, Marília, estão misturadas Purpúreas folhas de rosa, Brancas folhas de jasmim. Dos rubins mais preciosos Os beiços são formados; Os seus dentes delicados São pedaços de marfim.
  • 17.  Basílio da Gama (1741-1795)
  • 18.  Fumam ainda nas desertas praias Lagos de sangue tépidos e impuros Em que ondeiam cadáveres despidos, Pastos de corvos. Dura inda nos vales O rouco som da irada artilheria Vinha logo de guardas rodeado, Fonte de crimes, militar tesouro, Por quem deixa no reo o curto arado O lavrador, que não conhece a glória; E vendendo a vil preço o sangue e a vida Move, e nem sabe por que move a guerra.
  • 19. A INCONFIDÊNCIA MINEIRAA Inconfidência Mineira foi um dos mais importantes movimentos sociais da História do Brasil. Significou a luta do povo brasileiro pela liberdade, contra a opressão do governo português no período colonial. Ocorreu em Minas Gerais no ano de 1789, em pleno ciclo do ouro.
  • 20. PRINCIPAIS INCONFIDENTES Tomás Antônio Gonzaga Alvarenga Peixoto Cláudio Manuel da Costa *Joaquim José da Silva Xavier
  • 21.  Joaquim José da Silva Xavier (1746-1792) (o Tiradentes)