• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Bel pesce-a-menina-do-vale
 

Bel pesce-a-menina-do-vale

on

  • 528 views

 

Statistics

Views

Total Views
528
Views on SlideShare
526
Embed Views
2

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

2 Embeds 2

http://profmaribelf.blogspot.com.br 1
http://profmaribelf.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Bel pesce-a-menina-do-vale Bel pesce-a-menina-do-vale Document Transcript

    • a menina do vale 1
    • Bel Pescecomo o empreendedorismopode mudar sua vida1ª Edição - 2012
    • Para os meus pais.Com seu amor, eles me provaram que infinito existe.Dedicatória
    • AgradecimentosEm 2011, eu ganhei na loteria da vida ao cruzar caminhoscom Flávio Augusto da Silva, Presidente do Ometz Groupe criador do Geração de Valor. Quando contei ao Flávioos meus planos de escrever um livro, ele me disse quegostaria de ajudar com o projeto. Mas ajudar é poucopara descrever o quanto ele e a sua equipe se envolveram.Eles realmente abraçaram esse livro de uma maneira queexcedeu todas as minhas expectativas.Esse livro não teria existido sem o trabalho maravilhosoda Agência Yeah!, parte do Ometz Group. Agradeçomuito à Ana Freitas e ao Sandro Serzedello, que a cadadia me surpreenderam ao oferecer ajuda com mais algumcomponente do livro, sempre com uma qualidade ecriatividade inigualáveis.Sem a Ana, seria impossível ter lançado o livro tãorapidamente e com tanta atenção ao design. Ela coordenouo projeto gráfico do começo ao fim, incluindo a capa,ilustrações, layouts, fontes e até mesmo o website do livro,além de ideas de marketing e distribuição.Agradeço de coração a aquipe Yeah!. Em tempo recorde,eles criaram um projeto gráfico que reflete perfeitamenteo que eu queria retratar com o livro, colocaram as ideasdesse livro em imagens, elaboraram títulos e tambémmarketing ao redor do livro e me ensinaram muito sobremídias sociais.Escrever é re-escrever. Agradeço imensamente aoAlexandre Oliveira, à Eliane Carone, à Adriana Julião, ao
    • Amit Garg, ao Eduardo Lyra, ao Luciano Tavares e à minhafamília pelas horas e horas que passaram revisando o livroe me dando sugestões de como melhorá-lo.Sou muito grata ao Eduardo Melo, ao José FernandoTavares e à toda a equipe do Simplíssimo E-Books, quese mostraram super dispostos a ajudar com o projeto ecriaram uma versão especial do livro para facilitar a leituraem vários dispositivos digitais. Também agradeço muito aoAndrew McCartney e à equipe do TheAppBuilder, que meajudaram a criar aplicativos mobile com o conteúdo do livro.Mas um livro não tem valor sem seus leitores. FlávioAugusto, Marco Gomes, Manoel Lemos, ReinaldoNormand, Diego Gomes e Pierre Schurmann merecem umobrigada gigantesco por sua enorme ajuda em divulgaro projeto. Agradeço à toda a equipe da boo-box, ao timesensacional do Iba.com.br e à NR-7 Comunicação porseus trabalhos de altíssima qualidade. Nelson Rodrigues,Bárbara Veríssimo, Bruno Pinheiro, Jessica Travassos,Roberta Martins, Ricardo Garrido, Marcelo Brandão,Gabriela Nunes, Cintia Santana, Ana Carolina Ayub,Fernanda Madeira, Pollyana Miranda e Marcus Alves:muito obrigada por acreditar nesse projeto!E, por fim, agradeço muito a você, leitor, por me dar aoportunidade de mostrar como empreendedorismo podemudar uma vida.Criar um livro requer trabalho em equipe. Eu tive a grandesorte de ter a melhor equipe do mundo ao meu lado.
    • Uma jornada empreendedoraABERTURAPequenas coisas que fazem a diferença14O maior de todos os erros15Saia da sua zona de conforto16Impressione o mundo com a sua iniciativa17Surpreenda-se com o talento que existe nesse mundo18Equipe, equipe, equipe06O poder do networking12Não se preocupe com a sua idade01O verdadeiro valor de um plano de negócios07Esqueça o glamour13Descubra quem te inspira e por quê02Ache pessoas que estavam na sua posição alguns anos atrás08Leituras que valem a pena03Seja acelerado, mas tenha paciência09Compartilhe as suas dificuldades04Acostume-se a aprender com seus erros10Seja sempre humilde05Encontre as suas paixões11A realidade que inspiraPREFÁCIO
    • a menina do vale 7Todas as vezes que assistimos a relatos sobre terremotos,tornados e grandes enchentes, temos a tendência de nãoconsiderarmos que o mesmo poderia estar acontecendoconosco, com nossos familiares ou, até mesmo, com algumde nossos amigos mais próximos. Mesmo sabendo quesejam fatos reais, muitas vezes assistimos a reportagenscomo se estivéssemos diante de um roteiro de ficção bemdistante de nossa realidade.Da mesma forma, quando você ouve sobre um únicoganhador de um sorteio da Mega Sena, que embolsoucentenas de milhões de reais, você pensa que poderia seralguém de seu ciclo de relacionamento? Ou você sempreconsidera que será um rosto desconhecido de uma cidaderemota ou, ainda, alguém bem longe de sua realidade?Eu, particularmente, conheço de perto pessoas afetadas,por exemplo, pela enchente que surpreendeu a RegiãoSerrana do Rio de Janeiro em 2011; uma pessoa que perdeuum familiar no último acidente aéreo no Aeroporto deCongonhas em São Paulo; uma prima que morava com suafamília no Japão bem perto da usina Nuclear de FukushimaA realidadeque inspiraPREFÁCIO
    • BEL PESCE8após o terremoto e tsunami que varreram o Japão no anopassado, assim como também conheço uma pessoa queganhou em uma loteria.Eu também conheço a Bel Pesce. A história dessa meninade apenas 24 anos é um desses roteiros de Hollywood queestá acontecendo agora, bem diante de nossos olhos. Éuma história muito inspiradora que nos mostra o quantoestá em nossas mãos o poder de mudarmos o nossodestino por meio de escolhas que fazemos diariamente, pormeio de nosso entusiasmo e por acreditarmos e lutarmospelo improvável, ainda que muitos nos desencorajem dizendoque é um sonho grande demais para ser sonhado.Eu a encontrei pela primeira vez em Buenos Aires no anode 2011, após postar na página do Geração de Valor noFacebook que eu estaria na capital Portenha por dois diaspara a inauguração de uma filial de minha empresa. ComoBel também estaria lá nesse mesmo período para umavisita aos engenheiros que trabalham no escritório daLemon, empresa que Bel ajudou a fundar e que tem a suasede no Vale do Silício, ela me mandou uma mensagem pormeio do Facebook, propondo tomarmos um café. Em nossoencontro, em pouco tempo pude perceber que estavadiante de uma pessoa entusiasta, com um enorme brilho nosolhos, muitos projetos e energia para realizá-los. A palavraimpossível certamente já tinha sido expulsa de seu dicionáriohá algum tempo e, pude perceber, que estava diante dealguém queaindadariamuitooquefalar.Denossocafé,fizoconviteparagravarmosumvídeo,oGV#08querapidamentealcançouamarcade1milhãodevisualizaçõesnoYouTube.A trajetória de Bel Pesce é muito rica, mas sem nuncadeixar simplicidade de lado. É arrojada e repleta de
    • a menina do vale 9conquistas em um curto espaço de tempo. A suainteligência e carisma, conhecimento técnico e habilidadenas relações interpessoais, coragem que transborda emseu olhar de menina, bem como seus feitos, sem nuncaperder a humildade, fizeram dela um perfil raro e desejadopor grandes corporações e investidores.Quando ela me disse sobre o seu desejo de escrevera respeito de suas experiências no Vale do Silício coma finalidade de colaborar com jovens que estivesseminiciando suas carreiras, logo teve o meu apoio. Bel, pormeio deste livro digital, distribuído gratuitamente nainternet, demonstra toda sua generosidade e vontadede mudar o mundo, dando a jovens brasileiros, em meioa tantas notícias negativas, o empurrão e incentivonecessários para que eles acreditem em seu potencial. Issotem um valor incalculável!O que posso concluir é que este livro tem o objetivo de lhedizer: “Você também é capaz! Acredite e trabalhe pelosseus projetos! Você pode mudar o seu destino”.A história de Bel não é uma ficção. É uma história real quepode inspirá-lo a protagonizar o seu próprio roteiro. Suasexperiências no Vale do Silício aqui descritas, poderãoservir de matéria-prima para a construção de ideias a fimde lhe encorajar a seguir adiante com garra, acreditandoainda mais em seu futuro.Boa Leitura!Flávio AugustoPresidente do Ometz Group e Criador do Geração de Valor
    • BEL PESCE10Sempre fui obcecada por conhecimento. Desde pequena,tenho uma curiosidade extremamente aguçada e amoaprender coisas novas. Esse fato, aliado à dedicação e àiniciativa, me ajudou a abrir as portas para muitos dosmeus sonhos.Muitas vezes, entrei em terrenos completamentedesconhecidos que me levaram a participar de aventurasdeliciosas e extremamente inesperadas. Por exemplo, ogrande e improvável sonho de estudar no MassachusettsInstitute of Technology (MIT), uma das mais conceituadasuniversidades de Tecnologia, tornou-se realidade em 2006.Quando isso aconteceu, eu queria agarrar o mundo comas mãos e aprender o máximo possível. Com a menteaberta para experimentar aulas diferentes e fazer parte devários programas e competições, acabei descobrindo que oempreendedorismo é uma das minhas maiores paixões.O meu mais recente desafio foi mudar-me para o Valedo Silício, na Califórnia, e dedicar-me a essa paixão queé o empreendedorismo. Durante os últimos quatro anos,mergulhei com tudo no mercado de startups, empresasUma jornadaempreendedoraABERTURA
    • a menina do vale 11jovens e inovadoras que buscam um modelo de negócioescalável e sustentável.Desde então, sigo centenas de blogs sobre empresas,investidores, empreendedores e tendências do ambientede startups. Leio vários livros a cada mês sobre os maisdiferentes aspectos envolvidos em criar uma startup, desdecomo escolher um modelo de negócio até como motivarequipes. Encontro-me com dezenas de pessoas a cadasemana e aprendo muito quando elas dividem as suashistórias e conselhos comigo.Mas, acima de tudo, ser empreendedor é colocar a mão namassa. Nos últimos anos, trabalhei em vários ambientesdiferentes, sempre com o foco em aprender cada vez maissobre como se constrói uma empresa.Trabalhei em empresas grandes que ainda mantêm aveia empreendedora. Na Microsoft, fiz parte do OfficeLabs, um setor que se dedica a inovações relacionadas àprodutividade. Lá, aos 19 anos, tive a chance de liderar umaequipe e administrar projetos do começo ao fim. Foi umaexperiência fenomenal. Alguns anos depois, trabalhei naGoogle, no setordepesquisasparainovarossistemasportrásdoGoogleTranslate.Aprendimuitosobrecomocriaramágicaqueexisteaoredordeváriosprodutosqueusamosnodiaadia.Para contrastar com empresas grandes e estabelecidas,trabalhei em companhias que começaram a sua jornadahá pouco tempo. Na Ooyala, empresa com foco naadministração e monetização de vídeos online, aprendimuito sobre empreendedorismo ao liderar três equipes deengenheiros. Vi a empresa quadruplicar de tamanho, agoracom mais de 200 funcionários.
    • BEL PESCE12Mais recentemente, conheci dois empreendedores latino-americanos sensacionais e juntei-me a eles para começara Lemon, um aplicativo que ajuda as pessoas a organizaras suas finanças. Antes disso, eu já havia me aventuradocom muitos outros projetos que, junto a sócios, comeceido zero. É impressionante o quanto é possível aprendercom cada projeto, com cada equipe, com cada sócio.No momento, eu estou aprendendo muito na Lemon eagradeço à minha equipe por me fazer crescer a cada dia.Tenho plena consciência de que ainda há muito mais aaprender e que estarei nessa aventura empreendedorapor anos e anos à frente. Mas queria, desde já, dividir comvocês alguns dos aprendizados que tive até agora. Souextremamente grata às várias pessoas que me ajudaramdurante esses anos e este livro é uma maneira de retribuirum pouquinho do muito que elas fizeram por mim.A grande maioria das lições que o Vale do Silício meensinou pode ser usada em qualquer lugar do mundo.Assim como esse conhecimento me ajudou, espero queele também seja útil para abrir portas para alguns dos seussonhos.Nunca se esqueça: tudo é possível se você se dedicar decabeça e coração.Bel PesceMaio de 2012
    • a menina do vale 13
    • BEL PESCE14Não se preocupecom a sua idade1Idade é algo interessante. Carregamos esse númeroconosco e, junto com ele, vem certas crenças. Algunsacham que, se você é jovem, é inexperiente e imaturo. E, sevocê é adulto, então já é muito tarde para se aventurar.Não acredite nessas generalizações. Na sua vida, vocêencontrará pessoas que tentarão usar vários argumentospara te desencorajar. Você tem que acreditar em si mesmo.Aos 24 anos, se eu tivesse dado ouvidos a essas pessoas,teria desistido de várias oportunidades maravilhosas.Se você realmente sonha em empreender, a sua idade nãoimporta. O que importa é ser extremamente apaixonadopor solucionar problemas e melhorar as vidas das pessoas,e estar disposto a trabalhar arduamente para fazer ascoisas acontecerem. O que importa é entender que, àsvezes, nem tudo sairá como você espera e estar semprepronto para aprender e tentar novamente.Há empreendedores bem-sucedidos de todas as idades.Aqui estão algumas das histórias que mostram que idade éum mero detalhe.
    • a menina do vale 15Ray Croc Em meados dos anos 1950, Ray Croc, um vendedor demais de 50 anos de idade, já tinha tentado vender de tudoum pouco. Ele até mesmo havia tentado ser pianista, mas odinheiro sempre era curto no fim do mês.Nessa época, ele vendia multimixers, máquinas quedespejavam bebidas em vários copos ao mesmo tempo.Como a economia não estava indo bem, as vendas caíamcontinuamente, até que um restaurante em San Bernadino,na Califórnia, encomendou 8 multimixers. Surpreendido,Ray decidiu visitar o restaurante e ver as operações com osseus próprios olhos.Chegando lá, ele ficou espantado: era um restaurantemuito simples, com um menu bem limitado. As pessoasfaziam os pedidos de dentro dos seus carros e recebiama comida em alguns minutos. Essa rapidez era possívelporque a produção das refeições era organizada comouma linha de montagem. O nome do restaurante eraMcDonald’s e era administrado por dois irmãos.Ray viu uma boa oportunidade ali: por que não abrir outrosrestaurantes como esse? Ele discutiu a ideia com osirmãos McDonald, mas eles não estavam interessados emexpandir as operações do restaurante. Então Ray, que nãotinha experiência nenhuma com o mercado de restaurantes,Se você realmente sonha em empreender, asua idade não importa. O que importa é serextremamente apaixonado por solucionarproblemas e melhorar as vidas das pessoas,e estar disposto a trabalhar arduamentepara fazer as coisas acontecerem.
    • BEL PESCE16Jack ArnoldWeilCatherineCook e DaveCookJack fundou a Rockmount Ranch Wear quando tinha maisde 40 anos, em 1946. A companhia estabeleceu novospadrões de roupas estilo caubói, desde gravatas atécamisas, vendendo milhões de peças. A marca já foi usadapor muitas celebridades e apareceu em várias cenas dofilme Brokeback Mountain.Jack foi o CEO dessa empresa por mais de 60 anos eesteve envolvido em operações diárias até o último dia desua vida. Ele faleceu em 2008, aos 107 anos de idade. Jacké considerado o CEO mais velho de todos os tempos.Em 2005, Catherine e seu irmão Dave, então no EnsinoMédio, repararam que muitas escolas americanasofereciam aos alunos um álbum de fotos para relembrar osprincipais acontecimentos do ano. Eles tiveram a ideia decriar uma versão digital desse álbum, mas não possuíammuito dinheiro e não eram experts em desenvolver websites.Para seguir os seus sonhos, eles convenceram o irmãomais velho a investir 250 mil dólares no projeto e decidiramcontratar uma firma de desenvolvimento de websites na Índia.Assim eles fundaram o MyYearBook e administrarama companhia durante os seus anos de Ensino Médioe faculdade. Pouco a pouco, eles adicionaramfuncionalidades que aumentaram o engajamento dosusuários: jogos em Flash, chat em tempo real, aplicativos paratelefone e muito mais. Em 2011, o MyYearBook foi adquiridopela rede social Quepasa por 100 milhões de dólares.resolveu encarregar-se da expansão do McDonald’s. Aos 52anos, Ray começou a jornada para tornar o McDonald’s amaior rede de restaurantes fast-food do mundo.
    • a menina do vale 17DrewHoustonand ArashFerdowsiDurante a faculdade, Drew frequentemente encontravaproblemas ao tentar acessar seus arquivos digitais emcomputadores diferentes. As soluções que existiam naépoca não o ajudavam.Uma opção era salvar os arquivos em um pen drive. Porém,ele tinha que levar o pen drive sempre com ele, e toda a vezque atualizava o arquivo em um computador, a atualizaçãonão era refletida nos outros. Outra opção era mandare-mails para ele mesmo com arquivos anexados e acessaro e-mail de qualquer ponto com Internet. Mas isso davamuito trabalho e tornou-se cansativo. Era muito difíciladministrar os arquivos dessa maneira. Tudo que o Drewqueria era armazenar todos seus arquivos em um local centralonline e poder acessá-los de qualquer lugar do mundo.Em 2007, com apenas 24 anos, Drew começou a criar umasolução para o seu problema. Seu sócio, Arash Ferdowsi,era dois anos mais novo e ainda estava na faculdade.Arash decidiu abandonar os estudos para construir acompanhia Dropbox com Drew. Eles criaram um produtorevolucionário, que é usado por mais de 45 milhões depessoas. Hoje a Dropbox está avaliada em mais de quatrobilhões de dólares.RobertoMarinhoA grande maioria das pessoas associa o Roberto Marinhoimediatamente com à Rede Globo de Televisão. Porém,empreendimentos relacionados à televisão só acontecerammuito mais tarde em sua vida. Como presidente dasOrganizações Globo desde jovem, ele inicialmente focouseus projetos em jornais e rádio.Roberto Marinho fundou a Rede Globo de Televisão em1965, aos 60 anos de idade, e ao longo dos anos tornou-a
    • BEL PESCE18uma das maiores redes de TV do mundo.Na próxima vez que você estiver preocupado em ser muitonovo ou muito velho para começar a sua própria companhia,lembre dessas histórias. E acredite que, independentementeda suaidade,vocêpodetransformarseussonhosemrealidade.
    • a menina do vale 19
    • BEL PESCE20Descubra quemte inspira e por quê2Sonhar faz muito bem. Você provavelmente possui umalista de coisas que deseja conquistar nos próximos meses,anos, décadas. Mas achar por onde começar pode ser umgrande desafio. E manter-se comprometido pode ser aindamais difícil.Se você não tomar cuidado, corre o risco de se prenderdemais aos projetos do dia a dia e se esquecer de quaissão seus planos a longo prazo. Sem contar que você podeacabar limitando-se por não sonhar grande o suficiente.Ao longo da sua vida, ter a quem admirar ajuda a se manterfocado nas conquistas que realmente importam. Alémdisso, pessoas admiráveis em geral mostram horizontesmuito amplos e fazem com que você não limite as suasambições.Ao longo da sua vida, ter a quem admirarajuda a se manter focado nas conquistasque realmente importam.
    • a menina do vale 21Uma das pessoas que admiro é Richard Branson,conhecido principalmente por fundar o Virgin Group: umconglomerado de mais de 400 empresas, abrangendoprodutos dos mais diferentes mercados, de refrigerantes avoos. Eu admiro o fato de ele ter um senso muito aguçadopara negócios e confiar na sua intuição. Ele não tem medode tomar decisões diante de informações incertas ou decometer erros. Ele realmente faz o que ama e, ao mesmotempo, proporciona serviços excelentes para os seusclientes, porque de fato se importa com isso.Também admiro o Steve Jobs, fundador da Apple. Éextremamente surpreendente que ele conciliasse o fato deser um visionário e pensar décadas à frente com o cuidadode ter uma atenção imensa para os mínimos detalhes.Algumas pessoas acreditam que o Steve tinha um campode distorção da realidade ao redor dele. Ele acreditavaque coisas impossíveis eram possíveis e fazia com quetodas as outras pessoas acreditassem também. No final, oimpossível tornava-se possível.Outra pessoa que admiro muito é o Ayrton Senna. Admiroa determinação que tinha em ser o melhor piloto quepoderia ser e o quanto trabalhou para isso. Sua ambiçãoe amor pelo esporte eram gigantes, mas seu coraçãoera ainda maior. Apesar de viver em um ambienteultracompetitivo e muitas vezes ser prejudicado pordecisões injustas, ele sempre se manteve fiel ao seus valores.Mais um exemplo admirável é o Sílvio Santos, empresárioe apresentador. Ele tem uma habilidade genial de lidar compessoas e move multidões com esse seu dom. E, acima detudo, continua sendo um homem extremamente humilde,mesmo depois de tudo que construiu.pessoas queadmiro meajudam a verque posso edevo sonhar alto.Ao entender oque eu admironelas, eu acaboconhecendo-memuito melhor eentendendo oque realmenteimporta paramim.
    • BEL PESCE22Richard Branson, Steve Jobs, Ayrton Senna, Sílvio Santose outras pessoas que admiro me ajudam a ver que possoe devo sonhar alto. Ao entender o que eu admiro nelas, euacabo conhecendo-me muito melhor e entendendo o querealmente importa para mim.
    • a menina do vale 23
    • BEL PESCE24Leituras quevalem a pena3Embora nada se compare a colocar a mão na massa,alguns livros e blogs providenciam informações que podemajudá-lo a acelerar o aprendizado. Construir uma empresaé como andar em uma montanha-russa: há muitos altos ebaixos. Ter uma estrutura que o oriente e chame a atençãopara as coisas certas pode ser extremamente valioso.Aqui estão os livros que mais me ajudaram ao longo dosúltimos anos, juntamente com um resumo das principaislições que aprendi. Infelizmente, alguns desses materiaisainda estão disponíveis apenas em inglês, mas a maioriaterá versões em português em breve.Construir uma empresa é como andar emuma montanha-russa: há muitos altos ebaixos. Ter uma estrutura que o oriente echame a atenção para as coisas certas podeser extremamente valioso.
    • a menina do vale 25Muitas empresas foram fundadas com umproduto em mente que era completamentediferente do produto que acabou sendoconstruído.Startup,da JessicaLivingstonStartup é uma coleção de entrevistas com empreendedores.Neste livro, os fundadores do Yahoo!, Hotmail e demuitas outras empresas oferecem perspectivas muitointeressantes sobre as alegrias e os desafios associados acomeçar sua própria companhia.O que esses fundadores têm em comum? Todos elescometeram muitos erros ao longo do processo de criarsuas companhias. Por outro lado, todos aprenderamrapidamente com esses erros e acertaram da próximavez. Também é impressionante o quanto as suas ideiase modelos de negócio mudaram. Muitas empresasforam fundadas com um produto em mente que eracompletamente diferente do produto que acabou sendoconstruído. E, algo muito importante, os fundadores eramextremamente apaixonados pelos problemas que estavamtentando resolver, dispostos a trabalhar dia e noite para fazera sua companhia ter sucesso.Apesar dos traços em comum, eles também apresentammuitas diferenças. Cresceram em ambientes distintos,aprenderam diferentes habilidades ao longo de suas vidase tomaram decisões diversas enquanto construíam suascompanhias. No livro, eles compartilham suas histórias erefletem sobre suas ações. Ler essas entrevistas faz vocêse sentir parte da criação dessas empresas.Vale notar que, infelizmente, alguns capítulos não foramincluídos na versão em português. A versão americana,
    • BEL PESCE26Four StepsTo TheEpiphany, deSteve BlankEste livro oferece uma nova perspectiva sobre comoencontrar e validar seus clientes e mercado. Steve explicaa metodologia do “desenvolvimento de clientes”, que seconcentra em sair do escritório e testar as suas hipótesescom pessoas reais. Ele acredita que, no início de suasvidas, as startups apenas sabem opiniões, não fatos. E umaempresa construída apenas em opiniões pode acabar semclientes. A técnica de desenvolvimento de clientes ajuda avalidar as hipóteses e criar uma empresa que atende a umanecessidade real.Esses são os quatro passos que dão nome ao livro:1. Descoberta de clientes: A meta desta etapa é descobrir sehá pessoasquequeremoseuprodutoequalvalordãoaele.2. Validação de clientes: Nesta etapa, a meta é provarque é possível ter um ciclo de vendas sustentável.Isso acontece quando cada vez mais pessoasque experimentam o produto viram usuários oucompradores e você os monetiza de alguma maneira. Oprimeiro e segundo passos juntos servem para validar aexistência de um mercado para o seu produto.StartupBrasil, doPedro MeloCom uma estrutura similar ao Startup mencionadoacima, mas repleto de histórias brasileiras, o que otorna uma pérola para nós brasileiros. Há entrevistascom empreendedores de vários setores, não apenasempreendedores da área de tecnologia. O livro conta comoas seguintes empresas começaram: O Boticário, Buscapé,Turma da Mônica, Flytour, Cacau Show, Arizona, AgênciaClick, AGB Logística, Locaweb e Gran Sapore.Founders At Work, oferece mais histórias. De qualquermaneira, as duas versões oferecem um ótimo conteúdo.
    • a menina do vale 27A StartupEnxuta (LeanStartup), deEric ReisEnquanto o Four Steps To The Epiphany oferece umametodologia para desenvolver os seus clientes, o AStartup Enxuta oferece uma metodologia para desenvolvero seu produto e evitar criar algo que ninguém quer. Ericacredita que os empreendedores podem evitar fracassosse descobrirem o que os clientes realmente querem. Hávários conceitos no livro queajudamvocêadescobriroqueosusuáriosdesejam.Aprendizados Validados: As startups vivem emcircunstâncias de incerteza extrema. A quantidade desuposições ao redor do que funcionará é absurda. Então,esteja pronto para cometer muitos erros. Errar não temproblema, desde que gere um conhecimento que pode seraplicado para melhorar a companhia e acelerá-la na direçãopositiva. Esses são chamados de “aprendizados validados”.3. Criação de clientes: Nesta etapa, você decide aestratégia para crescer a sua base de clientes.4. Construção da empresa: Nesta etapa você monta aestrutura da sua companhia, incluindo contratar aequipe que é capaz de escalar o negócio.Esse livro não é muito fácil de ler, mas assim que vocêcomeça a entender os conceitos, pode aplicá-los ao mundoreal e obter bons resultados.Lean Startupoferece umametodologia paradesenvolver o seuproduto e evitarcriar algo queninguém querErrar não tem problema, desde que gereum conhecimento que pode ser aplicadopara melhorar a companhia e acelerá-la nadireção positiva
    • BEL PESCE28O ciclo do “Construa - Meça - Aprenda”:1. Determine uma hipótese sobre seu produto.2. Decida quais informações são necessárias para validaressa hipótese.3. Construa o mínimo possível para poder agregar essasinformações.4. Tire conclusões baseadas nos dados agregados.A filosofia Lean acredita que quanto mais rápido osempreendedores conseguem completar esse ciclo, maioresas chances de sucesso de sua startup. Repare que as ideiassão bastante similares às do livro Four Steps To The Epiphany,quetambémbuscafatosaoredordassuassuposições.Mínimo Produto Viável: Na definição de Eric, o MínimoProduto Viável é a “versão de um produto que permiteagregar o máximo de aprendizado validado com o menoresforço”. Por exemplo, o site de compra coletiva Grouponcomeçou como um blog. Cada post era uma oferta, os cuponseram feitos com um gerador de PDF e enviados para lotes dee-mails no fim do dia. Dessa forma, os fundadores puderamvalidar queosclientesestavaminteressadosnasofertas edecidiramcontinuaracriaroproduto,deumamaneiraescalável.Pivot: Na caminhada para validar as hipóteses, é muitoprovável aprender que o rumo da sua companhia precisaráde algumas correções. Essas correções chamam-sepivôs. Talvez seja preciso mudar o segmento de clientes,o modelo de negócios, a plataforma ou até mesmo umacombinação desses e de outros aspectos. Em geral, quantomais cedo você aprender que um pivô é necessário,maiores as chances de uma mudança bem-sucedida.Há muitos outros conceitos no livro, que é muito rápido efácil de ler, com vários exemplos cativantes. Uma leituraaltamente recomendada.
    • a menina do vale 29Blogs Forado BrasilOs meus blogs pessoais favoritos são o do Paul Graham,Fred Wilson, Eric Reis e Seth Godin.Entre os blogs que focam em tendências e novidadessobre startups, sigo o Mashable, GigaOm, TechCrunch,VentureBeat e TheNextWeb.Outros Livros Há uma extensiva lista de boas leituras relacionadas aoempreendedorismo. Aqui estão mais algumas das minhasfavoritas:»» Perdendo Minha Vigindade, de Richard Branson»» Steve Jobs: A Biografia, de Isaac Walterson»» Se Eu Soubesse aos 20... - Lições Para Ser Bem Sucedido EmQualquer Idade, de Tina Seelig»» Inovação Em Modelos de Negócios - Business ModelGeneration, de Alexander Osterwalder e Yves PigneurEstes livros também são ótimos, mas ainda não estãodisponíveis em português:»» Venture Deals: Be Smarter Than Your Lawyer and VentureCapitalist, de Bred Feld e Jason Mendelson»» Do More Faster: TechStars Lessons to Accelerate YourStartup, de Bred Feld e David Cohen»» Grinding It Out, de Ray CrocEu tento ler pelo menos um livro por mês, sempre focando aatenção em algum aspecto sobre startups e pensando comoos aprendizados podem ajudar a minha startup a crescer.
    • BEL PESCE30BlogsBrasileirosÉ extremamente empolgante ver que os brasileiros estãocada vez mais ativos em relação ao empreendedorismo.Para obter novidades sobre o mundo das startups, sigo oStartupi, Webholic, Inovação e Negócios.Também sigo blogs voltados para as reflexões sobreempreendedorismo e sugestões de como ser um melhorempreendedor, dentre eles: ResultsON, BizRevolution, OPulo do Gato, Blog da Aceleradora, Beco com Saída, Blogda Endeavor Brasil, Tribo do Mouse e Saia do Lugar. Alémdesses, vale muito a pena ler o Brasil20, um site repleto dehistórias super inspiradoras.Junto com esse livro, estou lançando um blog sobrestartups, o Startups Brasil. A meta do blog é distribuir maisinformações sobre o ecossistema empreendedor brasileiro,atráves das seguintes séries de posts:»» Empreendedores - conta trajetórias de empreendedoresque estão mudando o Brasil.»» Investidores - mostra empresas e pessoas que estãoinvestindo no Brasil, os seus focos e alguns exemplosdos seus portifólios.»» Startups - revela novas empresas que têm o potencial debalançar o mercado brasileiro.»» Recursos & Eventos - divulga ferramentas e eventosinteressantes para startups.»» Construindo uma empresa - oferece dicas de comocomeçar e crescer a sua companhia.»» Brasileiros no Vale - realça histórias de brasileiros queestão inovando no Vale do Silício.
    • a menina do vale 31VideocastsBrasileirosMan In The Arena (MitA): Uma série fenomenal, lideradapor Leo Kuba e Miguel Cavalcanti. A cada duas semanas,eles entrevistam empreendedores que dividem suashistórias e conselhos, de uma maneira muito descolada.Recomendo assistir desde o primeiro episódio.Geração de Valor (GV): Esta série foca em mostrar aomundo que qualquer pessoa pode crescer na vida ealcançar seus sonhos. Os vídeos são curtos e chamam aatenção por questionar o status quo e fazer você pensar demodo diferente. A comunidade é composta também porum canal no Facebook e uma conta no Twitter, lideradospor Flávio Augusto, fundador do Ometz Group. Os postssão inteligentes e interessantes, e fazem muitas pessoasabrirem os olhos para as possibilidades que existem ao seuredor.Brasileiros no Vale: Esta série é parte do blog StartupsBrasil e tem a finalidade de mostrar alguns projetos queos brasileiros estão desenvolvendo no Vale do Silício. Osvídeos contam histórias de empreendedores, investidores,estudantes e profissionais brasileiros que estão balançandoo Vale.
    • BEL PESCE32
    • a menina do vale 33Começar uma empresa é uma experiência emocionante,mas não é fácil. Constantemente, você estará dormindopouquíssimas horas, trabalhando intensamente e, aindaassim, as coisas muitas vezes não sairão conforme oplanejado. Para tornar a sua vida mais difícil, você seráfrequentemente confrontado com perguntas para as quaisnão tem respostas e terá que confiar na sua intuição paratomar algumas decisões.Algo que ajuda muito nesses momentos de agonia ésimplesmente conversar com outras pessoas. Claro queas decisões são essencialmente suas e, dependendo dotópico, você não poderá contar todos os detalhes paraalguém de fora da sua companhia. Mas se você pediropiniões para as pessoas certas, é bem possível quealguém tenha tido um problema semelhante ao seu epossa ajudá-lo a seguir na direção certa.Por exemplo, vamos supor que você esteja desenvolvendoum produto e tenha um protótipo funcional. No entanto,não sabe se está no ponto de mostrar esse produtopara os usuários. Uma pergunta frequente nas startupsCompartilhe assuas dificuldades4
    • BEL PESCE34é: “Será que preciso adicionar mais funcionalidade ouaprimorar o produto um pouco mais antes de lançá-lo?”Fazer perguntas para pessoas que lançaram produtosno passado, ou simplesmente ouvir um pouco de suasexperiências, pode ajudá-lo tremendamente. Lançar oproduto muito cedo ou muito tarde pode ser fatal para asua companhia.Você também pode aprender muito com seus usuários.Suponha que após o lançamento do seu produto uma boaquantidade de pessoas experimenta-o uma ou duas vezes,porém a grande maioria das pessoas não retorna depoisdisso. Você não tem ideia do porquê e não tem certezasobre quais decisões tomar para corrigir esse problema.Um bom ponto de partida é enviar uma pesquisa para osusuários existentes, com a meta de compreender o queeles gostam e o que não gostam sobre o produto atual.Também vale a pena observar as interações dos usuárioscom o seu produto. Há maneiras de agregar métricas sobreas ações dos usuários e ter essas informações pode ajudá-lo bastante em suas decisões.Durante o processo de criação e crescimento de umaempresa, você precisa ser verdadeiro consigo mesmo eestar ciente das questões que enfrenta e das decisões queprecisa tomar. É muito fácil ficar adiando a data para lidarcom problemas, ou então corrigir um problema, mas nãosua causa.Por exemplo, as startups geralmente têm equipes muitopequenas, então pode ser destrutivo se até mesmo duaspessoas não se dão muito bem. Adiar a data de umaconversa que resolva essas diferenças pode ser dolorosopara toda a equipe. Há várias startups que dão errado porvocê precisaser verdadeiroconsigo mesmoe estar cientedas questõesque enfrenta edas decisões queprecisa tomar
    • a menina do vale 35discordâncias entre as pessoas da equipe fundadora.Outro perigo é cuidar dos problemas, mas não de suacausa. Digamos que o seu programador não esteja tendouma boa performance e esteja levando muito maistempo para desenvolver certas funcionalidades do queo esperado. O real problema, porém, é que a tecnologiaque você escolheu para desenvolver o seu produto não éideal. Você manda embora o programador e contrata umnovo, e daí descobre que ele também sofre dos mesmosproblemas. Mandar o novo desenvolvedor embora não vairesolver o problema porque a causa real é a tecnologia.Ao lidar com problemas, é crucial compreender como elesforam originados.Você provavelmente sofrerá com vários assuntosrelacionados à sua startup. Este é o caso de praticamentetodos os empreendedores de sucesso. Não guarde essasperguntas só para você. O que faz toda a diferença é amaneira como você lida com essas dificuldades e comoprocede para escolher as decisões que o coloca na direçãocerta.Ao lidar com problemas, é crucialcompreender como eles foram originados
    • BEL PESCE36
    • a menina do vale 37A humildade é uma das virtudes mais importantes quealguém pode ter. Independentemente de quanto você jáconquistou nesta vida, sempre há muito mais a aprender.Além disso, a qualquer momento a vida pode surpreendê-lo e dar muitas voltas. Não faz sentido algum achar quevocê é superior aos outros.Ser humilde significa ser honesto consigo mesmo. É serconsciente de que você sempre pode melhorar e tirar omáximo proveito de cada uma de suas experiências. Ahumildade faz com que você cresça. A arrogância te atrasa.Ser humilde também traz vários ótimos efeitos colateraise inúmeras vantagens para a sua companhia. É muito maisSejasempre humilde5Ser humilde significa ser honesto consigomesmo. É ser consciente de que vocêsempre pode melhorar, e tentar tirar omáximo proveito de cada uma de suasexperiências.
    • BEL PESCE38fácil conquistar a confiança das pessoas quando você estágenuinamente interessado em ouvir o que elas têm a dizer.As conversas fluem mais naturalmente e as pessoas setornam muito mais dispostas a dividir com você as liçõesque aprenderam. E se você tiver uma mente aberta e umacuriosidade ardente, poderá aprender com cada conversa.Além disso, uma empresa com cultura de humildade tendea gerar uma comunicação aberta entre os funcionários.Uma boa comunicação faz com que as tarefas sejamcompletadas mais rapidamente e ajuda as empresas aavançarem.Há uma linha tênue entre confiança e arrogância. Aconfiança é sua amiga: ela faz você acreditar que poderesolver os problemas mais difíceis, ajuda a motivarequipes e lhe dá uma explosão de energia para continuartrabalhando bem quando você mais precisa. Por outro lado,um grande ego pode acabar sendo devastador para asstartups. É muito difícil inovar quando você se fecha para omundo e só olha para o próprio nariz. A criatividade trava eo ambiente de trabalho torna-se muito desagradável.Seja confiante, humilde e consciente. Fuja da arrogância.E se você tiver uma mente-aberta e umacuriosidade ardente, você pode aprendercom cada conversa.
    • a menina do vale 39A importância de ter uma boa equipe é inestimável. Asideias vêm e vão. Você pode encontrar dezenas e dezenasde novas ideias em questão de horas. Contanto que a suaideia esteja associada com um mercado de bom tamanho,o que faz toda a diferença é ter uma equipe capaz deexecutar essas ideias.Os membros da sua equipe precisam ser extremamenteapaixonados por construir uma empresa. Às vezes, asideias que você achou que iriam funcionar acabam nãofuncionando. É natural mudar de planos para tentarresolver uma necessidade de alguma outra maneira. Oimportante, portanto, não é estar ligado emocionalmenteàs soluções que você elaborou no começo da empresa, aponto de não evoluir. O importante é achar um problemaque precisa ser resolvido e tocar várias vidas de umamaneira positiva. Isso talvez requeira que você pule deideia em ideia um pouquinho até achar uma solução querealmente funcione.Os dias de trabalho em uma startup são muito longose você frequentemente acabará passando mais tempoEquipe,equipe, equipe6
    • BEL PESCE40É natural mudar de planos para tentarresolver uma necessidade de alguma outramaneira.Você precisa ter a liberdade para exporas suas ideias, mas também ser capaz dechegar a decisões quando há discordâncias.no escritório do que na sua casa. Praticamente, você irámorar com a sua equipe fundadora, então escolha bemseus parceiros. Acima de tudo, você precisa confiar nosseus sócios de olhos fechados. Uma startup é como umcasamento: você passará por momentos maravilhososjuntos com a sua equipe, mas também terá que sobrevivera tempos tenebrosos. Todos os fundadores devem estardispostos a fazer sacrifícios para a empresa e trabalharmuito para fazer as coisas acontecerem.Escolher pessoas com quem você trabalhou antesfaz muito sentido. Cada um dos membros pode sermaravilhoso individualmente, mas é crucial que trabalhembem juntos. Neste caso, um tipo de mágica acontece e asua companhia progride muito rapidamente. Você precisater a liberdade para expor as suas ideias, mas também sercapaz de chegar a decisões quando há discordâncias.Além disso, ter uma equipe com habilidadescomplementares está a seu favor. A sua equipe tem queser capaz de construir e vender, o que normalmente requerpelo menos uma pessoa com formação técnica e outracom experiência em negócios.
    • a menina do vale 41Existem muitas outras sugestões que aumentam assuas chances de ter um relacionamento bem-sucedidocom os seus sócios. Porém, se você tentar encontrarpessoas que se encaixam em absolutamente todas essassugestões, será impossível montar uma equipe. No final,o que realmente importa é escolher pessoas com quemvocê consiga trabalhar dia e noite, sempre com respeito,admiração e confiança.Escolha pessoas com quem você consigatrabalhar dia e noite, sempre com respeito,admiração e confiança.
    • BEL PESCE42Quando você está começando uma companhia, você tema opção de escrever um plano de negócios para explicarmelhor as suas ideias e como irá executá-las. Mas, afinal,o que é um plano de negócios? Em geral, é um documentoque descreve a visão para o seu negócio e suas projeçõesfinanceiras.No que se trata de visão, o plano de negócios geralmenteinclui várias seções: descrição do negócio, explicação dequais produtos e serviços a empresa irá oferecer, mergulhoprofundo no mercado da empresa (incluindo a análise depotenciais concorrentes), planos detalhados de marketing,vendas e engenharia, bem como quem são as pessoaspor trás da ideia e por que eles formam a equipe certapara executá-la. As seções sobre finanças geralmenteincluem, no mínimo, Balanços Patrimoniais, Demonstraçãodo Resultado do Exercício e Demonstrações do Fluxo deCaixa para os primeiros anos do negócio. Mas pode incluirmuitos outros documentos.Depois de completar todas as seções do plano, vocêdeve resumir o documento em um Sumário Executivo.O verdadeiro valor deum plano de negócios7
    • a menina do vale 43Normalmente, o Sumário Executivo é muito breve, comcerca de duas páginas, e fornece uma boa visão geral donegócio, incluindo o estado atual da empresa e seus planosfuturos. Essa é a última parte a ser escrita, mas é a primeiraque os leitores buscam. Por isso, as pessoas tentamescrevê-la da maneira mais cativante possível.Alguns programas de MBA fazem um estardalhaço sobreplanos de negócios. Várias universidades organizamcompetições ao redor desses planos e muitas pessoasargumentam que o documento é essencial para levantarcapital. Embora haja valor em montar um plano denegócios, o principal benefício não reside em ter umextenso documento que você pode compartilhar com osoutros. Geralmente, o mundo se move tão rapidamenteque o seu plano de negócios estará desatualizado assimque você acabar de escrevê-lo.O verdadeiro valor do plano de negócios está no tempoque você gasta pensando sobre a sua ideia. Para escreveras seções do seu plano de negócios, você precisa pesquisaro mercado, entender os concorrentes, testar algumas dassuas hipóteses e avaliar diferentes estratégias para seunegócio. Depois disso, você precisa analisar os seus planosatravés de um ponto de vista financeiro. Tudo isso o ajudaa compreender melhor o seu negócio.O verdadeiro valor do plano de negóciosestá no tempo que você gasta pensandosobre a sua ideia.
    • BEL PESCE44O plano de negócios deve ser tratado como um documentovivo, sempre em evolução. Quando o negócio e o mercadoevoluem, é uma boa ideia atualizar o plano. O valor,mais uma vez, está em parar para pensar mais. Portanto,faça bom proveito do plano: ao escrever um, pensecriticamente sobre o seu negócio, elabore os piores e osmelhores cenários e seja realista consigo mesmo sobre aoportunidade que está na sua frente.
    • a menina do vale 45
    • BEL PESCE46Esta lição mudou minha vida para sempre. Eu sempreacreditei que trabalho árduo e paixão são extremamenteimportantes para ter sucesso. Se você colocar a sua mente ecoração nas coisas que quer conquistar, obterá o que deseja.Recentemente, aprendi que, juntamente com trabalho árduoe paixão, há algo que faz com que você cresça muito maisrapidamente: conselhos pertinentes. Quando me mudei parao Vale, fiquei muito feliz ao conhecer pessoas que há algunsanos tiveram experiências semelhantes àquelas que tenhohoje. Elas tinham 20 e poucos anos e estavam começandoempresas, cheias de iniciativa, energia e empolgação.Naquela época, tudo era novo, mas hoje, após muitos anos deexperiência, elas acumularam vários aprendizados.Nos últimos anos, algumas pessoas incríveis me ajudaramcom conselhos extremamente valiosos. É fenomenal comoelas estão dispostas a ajudar sem pedir nada em troca - elasAche pessoas queestavam na suaposição algunsanos atrás8juntamente comtrabalho árduo epaixão, há algoque faz comque você cresçamuito maisrapidamente:conselhospertinentes
    • a menina do vale 47só querem ver um jovem empreendedor apaixonado crescer.Talvez, alguém as ajudou no passado e elas querem continuaresta corrente positiva. Talvez, ninguém as ajudou no passadoe elas sabem o quanto isso as teria acelerado. De qualquermaneira, essas pessoas gastam horas e horas compartilhandosua sabedoria.Vale muito a pena procurar pessoas que passaram por algosemelhante ao que você está vivenciando agora. Encontre-se com essas pessoas, conte a sua história e alguns deseus planos para elas. Peça conselhos. Não tenha medo demandar e-mails para pessoas que você ainda não conhecepessoalmente. Além disso, certifique-se de manter contato ecuidar muito bem desses seus mentores.Encontrei um dos meus maiores mentores em um jantar combrasileiros no Vale do Silício, no qual conversamos por apenastrês minutos. Nossa conexão poderia ter terminado ali. Mas,felizmente, nós trocamos e-mails e decidimos reunir-nosnovamente. Um ano depois, temos a amizade mais incrívelque eu poderia esperar e um enorme respeito e admiraçãopelo outro.Os conselhos que esse mentor me proporcionou fizeram-me crescer muito como empreendedora, como líder e comopessoa. Nós falamos sobre como contratar e motivar umaequipe, como construir confiança com outras pessoas, comoadicionar mais equilíbrio às nossas vidas, como lidar com amídia, como levantar dinheiro, como se manter fiel aos seusvalores e muito mais. Nós também falamos muito sobre oserros do passado e o que pode ser feito para evitá-los ouminimizá-los. Se eu tiver qualquer dúvida, eu sei que possoligar para esse mentor e amigo a qualquer momento.
    • BEL PESCE48O Brasil está construindo seu ecossistema empreendedor eé crucial que os empreendedores mais experientes estejamdisponíveis para orientar a nova geração. Receber conselhoshonestos de pessoas que já tiveram mais prática fez toda adiferença para mim. Procure pessoas que alguns anos atrásvivenciaram algo parecido com a sua vida atual. Há grandeschances de que elas façam toda a diferença para vocêtambém.é crucial que osempreendedoresmais experientesestejamdisponíveis paraorientar a novageração
    • a menina do vale 49
    • BEL PESCE50ao montar asua companhia,você precisade paciênciapara validar oseu mercado eprodutoO Vale do Silício está cheio de startups de tecnologia,muitas delas em mercados de alto potencial. Algumasempresas podem ter certas vantagens, tais como patentesou uma grande base de usuários, mas a concorrência estáem todo lugar. Várias companhias lançam seus produtose rapidamente descobrem que outras startups estãotentando resolver exatamente o mesmo problema.É possível montar uma startup em seu próprio apartamentoatualmente, então o tempo se torna um dos fatores maisimportantes. Você precisa mover-se rapidamente. Noentanto, a direção para a qual você está movendo-setambém é muito importante. É absolutamente normal terfalhas ao longo do caminho, mas as lições aprendidas comesses erros precisam acelerar a sua empresa no sentidopositivo. Não é bom mover-se constantemente a 1.000km/h em direção ao fracasso.Por outro lado, ao montar a sua companhia, você precisade paciência para validar o seu mercado e produto. Asempresas que têm sucesso não são aquelas que criamrapidamente o produto que têm em mente. As empresasSeja acelerado,mas tenha paciência9
    • a menina do vale 51que têm sucesso são aquelas que aprendem o maisrapidamente possível. Essas empresas montam um ciclode feedback que usam para validar suas suposições evoam por meio desse ciclo. Muitas vezes, são necessáriasvárias tentativas até encontrar um produto que os clientesrealmente queiram. O segredo é aprender rapidamentecom cada tentativa e continuar seguindo em frente.No método da Lean Startup, esse feedback é chamadode Construir-Medir-Aprender. Por exemplo, a Zapposé a maior loja de vendas de sapatos online do mundo.Quando eles começaram, tinham uma grande hipótese: osconsumidores querem comprar sapatos online. A suposiçãopoderia estar certa ou errada, eles precisavam testá-la. Nãohavia sentido construir toda a infraestrutura para recebersapatos de milhares de lojas, aceitar diferentes métodos depagamento e fazer parcerias com marcas antes de validaressa hipótese.Então, os fundadores da Zappos construíram um sitesimples, que oferecia alguns tipos de sapatos online. Aspessoas poderiam escolher os sapatos que queriam, mas,na verdade, não havia tecnologia alguma para ajudar coma compra e a entrega daqueles sapatos. Os fundadoresestavam fazendo o trabalho da tecnologia. Quando alguémfazia um pedido, eles compravam os sapatos em lojasfísicas e enviavam ao consumidor pelo correio. Ao fazerisso, eles puderam medir quantos visitantes se convertiamem compradores e eles aprenderam que este número eraatraente. Só então eles decidiram construir a tecnologia einfraestrutura necessária para ter um produto escalável.Além de ter paciência ao validar o seu produto, vocêtambém precisa ser extremamente paciente ao montar
    • BEL PESCE52a sua equipe inicial. Pode demorar um bom tempoaté encontrar o sócio ideal e contratar seus primeirosfuncionários. Não se apresse. Se você quiser acelerar oprocesso, dedique mais tempo à procura dessas pessoas.Nunca contrate alguém abaixo dos seus padrões só porquevocê está tentando mover-se mais rapidamente.Finalmente, como empreendedor você terá que enfrentarmuitas perguntas para as quais você não saberá aresposta correta. Se você ficar atrasando tomar decisõesaté que tenha mais informações, você provavelmentenunca responderá a essas perguntas. Muitas vezes vocêprecisará confiar nos seus instintos e decidir dentro decircunstâncias muito incertas.Ser acelerado é crucial para o sucesso de uma startup, masvocê precisa ​​certificar-se que, no total, está movendo-seem uma direção positiva. Mesmo seus fracassos devemensinar-lhe lições que o ajudam a se mover para o caminhodo sucesso. Tenha paciência e analise as suas hipóteses.Isso aumentará as chances de sua empresa dar certo.Muitas vezes você vai precisar confiarnos seus instintos, e decidir dentro decircunstâncias muito incertas
    • a menina do vale 53Administrar uma startup é difícil. Há uma lista interminávelde coisas que podem dar errado: sua marca pode nãoalavancar, você pode não prestar atenção em algunsrequisitos legais, pode contratar as pessoas erradas, podegastar muito em marketing, pode cobrar muito pouco, podelançar seu produto muito cedo...Outros tópicos abordados neste livro podem ajudá-lo aevitar alguns erros. Por exemplo, um mentor pode ajudá-locom o conselho certo para iluminá-lo em uma hora crucial.Além disso, testar suas hipóteses de forma metódica podeminimizar o risco de construir algo que ninguém quer.No entanto, mesmo as pessoas mais trabalhadorase inteligentes ainda cometem vários erros. Aliás, emgeral, as únicas pessoas que não cometem erros sãoAcostume-se aaprender com seus erros10Administrar uma startup é difícil. Há umalista interminável de coisas que podem darerrado.
    • BEL PESCE54aquelas que não estão correndo riscos suficientes. Comoempreendedor, você terá que aprender a lidar com algunsfracassos.Muitos fundadores de sucesso são capazes de aprenderrapidamente com os erros. Esta é a chave. Quando vocêtem verdadeira paixão por aquilo que está fazendo, nãodeixa as falhas o derrotarem. Você aprende com elas.Você sabe que está correndo em direção a um objetivomaior, que é a criação de um negócio que ajudará a vidade muitas outras pessoas. E você tem a determinação e aatitude positiva necessárias para continuar a aprender emanter sua equipe motivada.Os erros podem ser tão sutis que você pode até nãoreparar em alguns deles. Por exemplo, você pode estarsempre com pressa e nuncar parar para ouvir novas ideias.Certifique-se de prestar atenção às suas próprias ações,assim como às ações de outras pessoas, e pense muitosobre como você pode fazer as coisas melhorarem. Nãosubestime o valor de refletir sobre seu comportamento. Euacredito tanto no valor do autoconhecimento e do feedbackconstrutivo que tenho um documento que uso paraelaborar como eu posso melhorar, dia após dia.Além disso, um bom empreendedor trabalha muito para tercerteza de que sua equipe toda está crescendo. Para evitarproblemas que aparecem do nada, é muito importanteter uma comunicação aberta com seu time. Na Google,algumas pessoas gostavam de dizer que “é melhor pedirperdão do que pedir permissão”. Embora isso funcionemuito bem para algumas situações (especialmente aquelasnas quais suas ações não causam nenhum grande dano),ela não se aplica a alguns outros casos. Um diálogo aberto
    • a menina do vale 55pode ser extremamente útil para evitar desentendimentos.Enquanto estiver criando a sua empresa, vocêprovavelmente irá cometer erros mais frequentemente doque deseja. Contanto que você esteja aprendendo com elese rapidamente aplicando essas lições para acelerar a suacompanhia, estará no caminho certo. Não deixe os erros oderrotar. Derrote-os. Tudo que você precisa é uma menteaberta e faminta para aprender e a determinação para sermelhor e melhor a cada momento.
    • BEL PESCE56
    • a menina do vale 57Se eu tivesse que escolher o que mais me ajudou ao longoda minha vida, seria ter paixão pelas coisas que faço. Édifícil explicar em palavras o que é paixão, pois é algoque você sente no fundo do seu coração. Quando você estáapaixonado pelo que faz, de repente tem uma energia infinitapara trabalhar dia e noite. É um sentimento um tanto quantomágico.Se você não sabe quais são as suas paixões, passe umtempo tentando encontrá-las. Pode demorar um pouco,mas o processo de descoberta vale totalmente a pena. Éuma ótima maneira de aprender mais sobre si mesmo.Você pode começar a busca de uma maneira simples:foque em temas mais amplos, tais como viagens, música,finanças, livros e ciência da computação. Alguns destesfarão sentido para você. Então pense em tópicos maisespecíficos. Por exemplo, se você gosta de finanças,mergulhe nesse tema e tente entender o que te interessasobre finanças. Além disso, a pergunta “O que importapara mim?” pode ser de grande ajuda. Quais são asatividades que você gosta? Quais são as coisas que vocêEncontre assuas paixões11
    • BEL PESCE58aprecia? Quem são as pessoas que te inspiram e por quê?Além de estar atento ao que importa para você, estejaaberto a novas experiências. Você nunca sabe quandodescobrirá uma nova paixão. Empreendedorismo e músicasão duas das minhas maiores paixões e só aprendi issona faculdade, quando estava fazendo matérias opcionais.Nunca pare de explorar.Quando você encontrar sua paixão, você saberá quaseque instantaneamente. Você sentirá algo especial. Vocêirá surpreender-se com o quanto consegue produzir. Porexemplo, eu amo o fato de que, em algumas semanas,milhões de pessoas terão acesso a este livro. Isso enchemeu coração de felicidade. É por isso que eu não meimporto com o fato de que agora são quatro horas damadrugada e continuo escrevendo. Essa energia vem dofato que eu estou fazendo algo que amo. Mas nem sempreesse clique é instantâneo. Às vezes, a paixão crescelentamente, então tenha paciência nessa busca.O Vale do Silício tem alguns empresários extremamenteapaixonados pelo que fazem. Talvez, esta seja umadas razões pelas quais é o berço de tantas empresas.As startups exigem muito trabalho. Muitas vezes, vocêprecisa despejar toda a sua energia na sua startup.Constantemente, você passará o dia todo com a suaequipe, tentando aprender o máximo que puder sobreAlém de estar atento ao que importa paravocê, esteja aberto a novas experiências.Você nunca sabe quando descobrirá umanova paixão.
    • a menina do vale 59vários tópicos. A paixão mantém você focado em suamissão de longo prazo e também torna o trabalhodivertido. A paixão lhe dá coragem para sair de sua zona deconforto e desvendar terrenos desconhecidos.Alguns empreendedores são muito apegados às suasideias. Em geral, isso é ótimo, mas, muitas vezes, as ideiase os produtos mudam durante o curso de uma empresa.Os empreendedores devem esforçar-se para seremapaixonados pela resolução de uma necessidade. Destaforma, se o método original não obtiver êxito, poderãoadaptar-se facilmente e continuar trabalhando arduamenteem uma nova maneira de solucionar o problema.Paixão é uma das coisas que realmente fazem você dar omelhor de si. Quando encontrar a sua, entenderá muitomelhor quem você é e será capaz de trabalhar no querealmente importa para você. Ser capaz de se concentrarem suas paixões é um sentimento incrivelmentemaravilhoso. Certifique-se de senti-lo.A paixão lhe dá coragem para sair de suazona de conforto e desvendar terrenosdesconhecidos.
    • BEL PESCE60Eu amo conhecer novas pessoas. Fico espantada com oquanto é possível aprender com praticamente qualquerconversa e isso é suficiente para me fazer passar horase horas conectando com pessoas. Essa é minha razãoprincipal, mas existem centenas de outras razões pelasquais você deve dar atenção a networking.O networking está no coração do Vale do Silício e éresponsável por grande parte do que a região é hoje. Serbom em conectar pessoas pode ajudá-lo a encontrarum parceiro de negócios, um mentor e um advogado.Pode ajudá-lo a levantar capital, divulgar a sua empresae muito mais. Enfim, o Vale do Silício é centrado naspessoas, então faz sentido que se dê tanta importância aonetworking. Para entender isso melhor, aqui está uma breveO poder donetworking12O networking está no coração do Vale doSilício e é responsável por grande parte doque a região é hoje.
    • a menina do vale 61descrição dos personagens que você encontrará no cenárioempreendedor do Vale do Silício.Empreendedores de todo o mundo vêm para o Vale doSilício para compartilhar suas ideias, obter feedback e criarempresas. Em geral, eles são criativos, trabalhadores,apaixonados e vidrados em inovação e tecnologia.Investidores com acesso ao capital procuram pessoasbrilhantes, boas ideias e grandes mercados parainvestirem. Eles estão em uma constante jornada paraencontrar empreendedores que possam executar ideias ecriar produtos que têm o potencial de mudar o mundo.Pessoas afiadíssimas em tecnologia e negócios tambémestão presentes, atraídas por empolgantes oportunidadesde emprego. Elas querem trabalhar em empresas quelhes deem a liberdade de ter o máximo de impactopossível. Muitas vezes, essas pessoas dão mais valoràs participações que possuem na empresa do que aossalários.A mágica acontece quando essas pessoas se conectam.É por isso que o networking é tão importante. O Vale doSilício tem eventos e mais eventos a cada dia. Se vocêselecionar aqueles que são bons para você, há muitacoisa que poderá aprender. Mas o networking não consisteapenas em ir a eventos. Você também pode conhecervárias pessoas de outras maneiras, como, por exemplo,através de apresentações de amigos em comum.Encontrei um dos meu grandes mentores ao conhecerpessoas novas em um jantar. Além disso, tambémencontrei alguns dos meus sócios através de networking.
    • BEL PESCE62Um sócio foi-me apresentado por este mesmo mentor queconheci no jantar brasileiro. Um outro estava a algumasconexões de distância - o fundador da startup na qualtrabalhei anteriormente, a Ooyala, apresentou-me ao seuamigo de faculdade (quem também se tornou um mentorsensacional), quem me apresentou ao seu amigo de escola,quem me apresentou a esse outro sócio. Como você podever, através de networking você pode alcançar pessoas queestão a muitos graus de separação e criar oportunidadesincríveis.É claro que nem todo mundo se encaixa em um dos trêsgrupos acima e fazer essa mágica de conexões aconteceràs vezes pode ser muito difícil. Além disso, a competiçãoé muito intensa no Vale. Como empreendedor, você estarácompetindo com milhares de outros empreendedores paraconseguir financiamento e talento. Você deve aproveitaressa cultura aberta para mostrar aos outros como vocêterá sucesso e porque eles têm que fazer parte de suaequipe. Não subestime o poder do networking.através denetworkingvocê podealcançar pessoasque estão amuitos graus deseparação e criaroportunidadesincríveis.
    • a menina do vale 63
    • BEL PESCE64É interessante pensar como a Microsoft, Facebook, Google,Apple e muitas outras empresas, que hoje são altamenteinfluentes, começaram. Na maioria das vezes, tudo começoucom uma equipe e uma visão. É fascinante como um grupo depessoas apaixonadas pelo que faz pode transformar ideias emprodutos que acabam por mudar o mundo para sempre.Eu amo o fato de que podemos criar produtos com opotencial de tocar bilhões de pessoas. Às vezes, eu passohoras e horas refletindo como minhas ideias podem evoluirao longo dos próximos meses, anos e até mesmo décadas.Eu adoro sonhar grande. Quando faço isso, sinto-me comsuper poderes para tornar o mundo um lugar melhor.Mesmo que estas idealizações possam tornar-se realidadeEsqueçao glamour13É fascinante como um grupo de pessoasapaixonadas pelo que faz pode transformaridéias em produtos que acabam por mudaro mundo para sempre.
    • a menina do vale 65em algum momento, isso não acontecerá da noite para odia. Começar uma empresa consome muito tempo e vocêprecisará executar muito bem o seu trabalho para ter achance de obter sucesso. Há muitas e muitas coisas queprecisam ser feitas todos os dias e fazê-las na hora certa écrucial. Você terá que pôr a mão na massa o tempo todo.Algumas pessoas pensam que abrir uma empresa é algoglamuroso. Desculpe desapontá-lo: não é. Você geralmenteestará dormindo menos do que pensou ser humanamentepossível, comendo miojo para o almoço e jantar epassando mais tempo no escritório do que em qualqueroutro lugar. No entanto, essa também pode ser a melhorépoca da sua vida, especialmente se você estiver dedicando-se à construção de algo com o que realmente se importa.Os empresários mais bem-sucedidos nunca pensamno sucesso como um trampolim para outros projetos.Sua empresa é sua vida. Eles têm sucesso porque sãoextremamente apaixonados pelos problemas que estãotentando resolver, não porque querem o glamour que talvezvenha com o sucesso.Antes de entrar de cabeça neste mundo de startups, saibaque o sonho virá com muito, muito, muito trabalho. Nomeu caso, eu aproveitei cada segundo da minha jornadaempreendedora até agora e continuo tentando melhorarMuitos dos empresários mais bemsucedidos nunca pensaram no sucessocomo um trampolim para outros projetos.Sua empresa era a sua vida.
    • BEL PESCE66a cada dia. Sem glamour, mas me divertindo ao extremo.Eu não trocaria esta vida por nada. Um dos melhoressentimentos que existe vem com fazer algo que você ama.
    • a menina do vale 67Construir uma empresa é uma experiência incrível, masconsome muita energia e muito tempo. Constantemente,você terá que fazer coisas que nunca fez antes e desejaráque soubesse um pouquinho mais sobre certos tópicos.Além disso, haverá dias em que o universo parecerá estarcontra você. E haverá momentos em que tudo que vocêsentirá é muito, muito, muito cansaço. Tudo isso é normal eacontece com as melhores pessoas.Ao longo dos anos, eu encontrei algumas coisinhas quetêm um efeito imediato em mim. Elas realmente me animame funcionam como um novo tanque cheio de gasolina para otrabalho. Elas me fazem sorrir e rapidamente me concentrarem meus objetivos de novo. No meu caso, essas coisasincluem uma canção, uma propaganda e um pensamento.A música Don’t Stop Me Now, do Queen, me faz sentircoisas incríveis toda vez que a escuto. Não só me traz umacompleta paz de espírito, mas, ao mesmo tempo, me fazacreditar que eu posso me mover na velocidade da luz.Fico com vontade de saltar da minha cadeira, dançar ecantar junto com a canção (o que eu faço muitas vezes). EuPequenas coisas quefazem a diferença14
    • BEL PESCE68gosto de ouvir essa música quando estou em uma batalhacontra o relógio tentando terminar alguns prazos. A músicafunciona como um encanto nessas situações. Se estivercurioso para ouvi-la, você pode escutá-la aqui.A campanha publicitária da Apple de 1997, Think Different,me inspira a continuar pensando grande e nunca meesquecer que cada um de nós tem o poder de mudar omundo. Se você ainda não assistiu a este anúncio, vale apena dar uma olhadinha.Outra coisa que me dá energia é ouvir o feedback dosclientes. Eu amo ler até mesmo os comentários mais duros.Ver que pessoas estão dedicando um pouco de seu tempopara ajudar a criar um produto melhor é sensacional e mefaz querer trabalhar o máximo possível para oferecer aosclientes uma boa experiência.Por último, há um pensamento que imediatamente faz tudoficar bem. Eu acredito piamente que tudo é possível, masentrar no MIT era um sonho extremamente improvávelpara mim, por muitas razões. Um dos momentos maisfelizes da minha vida foi quando eu abri a minha carta deadmissão e li que o sonho tinha se tornado realidade. Só depensar naquele momento eu recarrego a minha energia.Em sua aventura empreendedora, a paixão irá ajudá-lo a seconcentrar e trabalhar muito. Mas, como ser humano, deVer que pessoas estão dedicando umpouco de seu tempo para ajudar a criar umproduto melhor é sensacional.
    • a menina do vale 69vez em quando você pode ter alguns momentos difíceis.Encontre as pequenas coisas que te energizam. Essascoisas, muitas vezes extremamente simples, podem acabarfazendo uma enorme diferença em quanto você produz a cadadia.Temposdifíceis,derepente,nãoparecerãotãodifíceis.Encontre as pequenas coisas que teenergizam. Essas coisas, muitas vezesextremamente simples, podem acabarfazendo uma enorme diferença em quantovocê produz a cada dia.
    • BEL PESCE70
    • a menina do vale 71O potencial humano é absolutamente incrível. Com paixão,determinação e iniciativa, é possível fazer qualquer sonhoacontecer. Mas, infelizmente, muitas pessoas pensam demaneira diferente.Nãodeixequeessaspessoasodesencoraje.Ao longo da minha jornada, ouvi centenas de pessoas medizerem para desistir de várias coisas. Se eu tivesse prestadoatenção nelas, teria perdido as melhores oportunidades daminha vida. Algumas dessas pessoas tinham preocupaçõesmuito válidas. Umas se preocupavam com o fato de que euestava prestes a dar passos maiores que minhas pernas.Outras se preocupavam com o fato de que eu estavaassumindo riscos demais.Na maioria das vezes, no entanto, eu não estava mergulhandocegamente em meus sonhos. Estava assumindo riscoscalculados. Mesmo que meu coração geralmente faleO maior detodos os erros15Com paixão, determinação e iniciativa, épossível fazer qualquer sonho acontecer.
    • BEL PESCE72mais alto que todo o resto, eu sempre tento avaliarcuidadosamente as minhas opções. De qualquer maneira, nofinal, não hánadapiordoquenãotentar.Omaiorriscoéaceitarum“não”comoresposta,quandoo“sim”éumapossibilidade.Quando você toma iniciativas para seguir os seus sonhos,algumas coisas funcionarão e outras não. Não tenha medode dar errado. Errar faz parte da vida. Se você não estáerrando, é porque não está esforçando-se o bastante e nãoestá tentando ultrapassar os seus limites. Eu tenho uma regrasimples: contanto que eu tenha tentado o meu melhor, eu nãome arrependo se algo não dá certo.Por exemplo, digamos que você esteja participando de umacompetição de planos de negócios e realmente quer ganharo prêmio de melhor companhia. O pior que pode acontecer évocê não participar da competição. Neste caso, com certezavocê não terá chances de ganhar. Outra opção é participar doconcurso, mas não se dedicar e fazer tudo de qualquer jeito.Isto é uma pena. Você deve sempre se esforçar para fazer oseu melhor. Agora, digamos que você sabe que tentou o seumelhor e aprendeu muito ao longo da competição. Para mim,independentemente do resultado, você é um vencedor.Para seguir as suas paixões, você terá que ser muitoO maior risco é aceitar “não” comoresposta quando o “sim” é umapossibilidade.Não tenha medo de dar errado. Errar fazparte da vida
    • a menina do vale 73determinado a tentar o seu melhor. Às vezes, porém, mesmoo seu melhor pode não ser suficiente. Não há problemas,contanto que você possa aprender e continuar crescendo. Omaior erro de todos é acomodar-se e não correr riscos.
    • BEL PESCE74As pessoas geralmente adoram comodidade, o que osfaz continuar a viver a vida do mesmo jeito, dia após dia.Muitas pessoas evitam mudanças, e se apegam a seushábitos diários, semprefugindododesconhecido.Noentanto,aofazerisso,elasacabamfechandoasportasparaaventurasemocionantes.Começar uma empresa requer que você faça uma grandemudança em sua vida, e mergulhe em uma experiênciaimpressionante, cheia de coisas que você não conhece. Vocêacertará algumas coisas e errará outras. Não se preocupe:contanto que você esteja realmente interessado em aprendere fazer as coisas acontecerem, você terá a melhor época dasua vida.Para administrar a sua empresa, você terá que correr riscos.As decisões que você tomar pode influenciar a vida de todosos seus funcionários e clientes. Você precisa trabalhar oquanto for possível para aprender tudo que puder antes detomar uma decisão. Mas na maioria das vezes você terá quedecidir várias coisas diante de incertezas enormes. Isso éparte de ser um empreendedor.Saia da suazona de conforto16
    • a menina do vale 75Sair da sua zona de conforto é muito mais fácil do que vocêimagina. Comece por sair por aí para conhecer pessoas novas.Repare nas diferentes maneiras como as pessoas vivem suasvidas. A zona de conforto delas pode ser completamentediferente da sua. Faça amigos e com eles faça coisas que vocênunca tenha feito antes.Não tenha medo de viver o momento. Aceite que você nãopode saber ou ter tudo, então não seja excessivamentepreocupado com o que os outros vão pensar. Faça umasbobeiras de vez em quando. Mande mensagens para pessoasque talvez nunca responderão para você. Cante em público.Viaje com os amigos para lugares desconhecidos. As pessoasmais carismáticas que eu conheço não têm medo de seremespontâneas. Pelo contrário, elas têm medo de perder umaboa oportunidade.Quando você sai da sua zona de conforto, você ve queas possibilidades são infinitas. Você entende que nada éimpossível de se conseguir, e de repente tem a coragem detomar as medidas necessárias para atingir cada um dos seussonhos, mesmo que isso requeira que você enfrente seusmedos. No começo é difícil e você pode querer voltar aos seushábitos de costume. Mas depois que você passa dessa fase,sentirá uma sensação incrível. Pratique sair da sua zona deconforto hoje mesmo.Sair da sua zona de conforto é muito maisfácil do que você imagina.Você vê que as possibilidades são infinitasquando sai da sua zona de conforto
    • BEL PESCE76Iniciativa é uma das características mais poderosas que vocêpode ter. Se pararmos para observar, geralmente há alguémgerando trabalho para nós. Sejam nossos professores, sejamnossos pais, sejam nossos patrões, quase sempre há pessoasnos passando tarefas para terminar.É ótimo conseguir tudo o que os outros esperam de você.Mas é sensacional quando você vai completamente além dasexpectativas. A melhor maneira de surpreender as pessoasé tendo iniciativa. Não tenha medo de pensar de mododiferente ou iniciar seus próprios projetos. Comece agora, nãoespere até alguém lhe pedir algo.Tente sempre estar um passo à frente. Não siga regras quandose trata de conquistas. Todos os seus amigos procuramemprego quando estão no seu terceiro ano de faculdade?Encontre um trabalho no primeiro ano. Você ama guitarra eImpressione o mundocom a sua iniciativa17Iniciativa é uma das características maispoderosas que você pode ter.
    • a menina do vale 77seu professor de música espera que você toque uma hora pordia? Toque muito mais. Todo mundo começa a se prepararpara os vestibulares alguns meses antes da prova? Comece apraticar anos antes. As pessoas são promovidas a cada doisanos em sua empresa? Faça um trabalho fenomenal e sejapromovido mais rapidamente.Às vezes não dará certo, mas ter a iniciativa de seguir emdireção a algumas dessas metas é a parte mais difícil. Depoisde começar, sempre se esforce para fazer o seu melhor.Constantemente, seus objetivos também dependerão deoutras pessoas. Vamos supor que você esteja vivendoalgumas situações difíceis no trabalho. Se você achar quealgo não está indo bem, converse. Mas, não basta reclamar.Pense em soluções para os problemas. Se vier preparado paramelhorar a situação de todos, você será muito respeitado ecomeçará a construir uma reputação muito boa.Você é capaz de coisas que nem sabe. Faça uma lista dealgumas de suas metas para o ano. Se você tiver iniciativa,provavelmente poderá alcançar cada uma delas. Surpresassão boas também, mas a sensação de ter controle sobre suavida é simplesmente inacreditável. Imagine que a cada anovocê pode completar tudo que sonhou. Com iniciativa, issopode tornar-se uma realidade.Todos os dias você toma decisões que refletem na qualidadedas coisas que você faz. Pare e preste atenção às pequenase às grandes mudanças que você pode fazer para ser melhora cada dia. Pense em como você pode usar a iniciativapara ir além das expectativas. No final, poderá até mesmosurpreender a si mesmo.
    • BEL PESCE78No final de 2011, eu tive a idea de escrever um livrocontando algumas das lições que aprendi nesses últimosanos. Porém, eu temia que não teria tempo para fazer esseprojeto acontecer. Isso quase fez com que eu não desse oprimeiro passo em direção a criação desse livro.É impressionante como dar o primeiro passo em direçãoa uma meta faz toda a diferença. Com foco, boa-vontade,animação e planejamento, qualquer meta se torna muitomais atingível. A criação desse livro é um exemplo.Mesmo sendo a primeira vez que publico algo do gênero,o processo acabou sendo natural, prazeroso e rápido. Issoapenas foi possível porque aprendi o poder de simplificare, acima de tudo, porque pessoas maravilhosas resolveramme ajudar.É impressionante como dar o primeiropasso em direção a uma meta faz toda adiferença.Surpreenda-se como talento que existenesse mundo18
    • a menina do vale 79Não tenha medo de simplificar: complexidade podetravar projetos. Por exemplo, eu decidi primeiramentedistribuir esse livro online. Isso elimina vários componentescomplexos de logística, como onde imprimir as cópias ecomo distribuí-las por todo o Brasil. Ao torná-lo diponívelonline, automaticamente milhões de pessoas pelo mundo afora podem acessá-lo.Outro componente que simplifiquei foi o preço. A metacom esse livro é alcançar o máximo número de pessoasinteressadas em empreendedorismo. Então resolvi eliminarqualquer complexidade relacionada à pagamentos edistribuí-lo gratuitamente.Mas o que realmente tornou esse projeto possível foitrabalho em equipe. Eu tive a honra de ter a agênciabrasileira Yeah! do meu lado e durante o processo mesurpreendi com o quanto talento existe nesse mundo. Aequipe me deixou cada dia mais boquiaberta, a ponto de euquase deslocar a minha mandíbula.Eu comecei a escrever esse livro no finalzinho de 2011,mas já faz anos que penso em como alguns aprendizadostêm mudado minha vida. Inicialmente, deixei minha mentejorrar todos os pensamentos que eu tinha ao redor deempreendedorismo e depois adicionei estrutura às páginase mais páginas que tinha escrito. No começo de Fevereiro,o conteúdo estava praticamente pronto.Mas conteúdo era apenas uma parte do trabalho. Paramim, os detalhes importam e eu queria criar um livro quefosse confortável de ler. A equipe Yeah! ultrapassou todasas expectativas nesse quesito. Ainda mais interessante,para mim, foi perceber que a equipe tem uma filosofia
    • BEL PESCE80de trabalho extremamente alinhada com as ideas queexponho nesse livro. Isso mostra que, independente deeu ter aprendido várias dessas lições no Vale do Silício,elas se aplicam a qualquer geografia. A agência Yeah!, porexemplo, fica em Curitiba.Eu não tenho palavras para descrever o quanto essaequipe de Curitiba me surpreendeu. Em poucos dias, elescriaram um detalhado projeto gráfico, incluindo até mesmovárias opções de capas e uma dezena de ilustrações paraacompanhar os capítulos, tudo com extrema qualidadee atenção aos detalhes. De iniciativa a determinação, decriatividade a paixão, eles têm todas as característicasnecessárias para fazer qualquer projeto acontecer.Durante os meses que trabalhei nesse livro, eu tambémaprendi uma lição que mudará a minha vida para sempre:há uma quantidade absurda de talento nesse mundo. Aspessoas têm um potencial gigantesco e, se você procurar,vai se supreender com o que elas são capazes de criar.E, quando isso acontecer, você sentirá a mesma alegria eesperança em relação a um mundo melhor que eu estousentindo.Eu mal posso esperar para ver o que vocês criarãonos próximos anos e espero que esse livro seja umaboa ferramenta para ter ao seu lado nessa jornada.Surpreendam o mundo com o seu talento e trabalho!há uma quantidade absurda de talentonesse mundo
    • a menina do vale 81
    • Diz o ditado que o que não é visto, não é lembrado. Essa regratambém vale para startups. Ao decidir empreender, vocênão pode esquecer que além de desenvolver seu produto eadministrar seu negócio, você deve também investir em marketing.Para isso, uma grande aliada das sua empresa pode ser aboo-box, que conta com um sistema de self-service para acontratação de anúncios em sites e blogs e tweets patrocinados,além de pacotes especiais para startups. A empresa atinge100% da audiência brasileira de internet, o mesmo alcance deuma mídia de massa, mas por meio de conteúdo especializado.No self-service da boo-box, você define o valor que quer investir,visualiza os resultados possíveis para cada investimento econfigura sua campanha em poucos minutos. Com ele vocêpode segmentar a veiculação de seus anúncios de acordo coma localização e perfil de seu público-alvo e até mesmo criar aspeças da campanha. É uma ferramenta de baixo custo, com altopoder de segmentação e liberdade criativa.A boo-box também tem pacotes especiais para startups,planos que combinam anúncios em sites e blogs e tweetspatrocinados e tem um custo mais acessível, ideal para quemestá empreendendo.Para conhecer mais ou criar uma campanha no self-service, é sóvisitar http://boo-box.com/anuncie. Já para conhecer os pacotespara startups, basta acessar http://boo-box.com/startups/pt.Publicidade quecabe no seu bolsoboo-box
    • Nascida e criada em uma família simples de São Paulo, Belestudou no renomando Massachusetts Institute of Technology(MIT). Durante a faculdade, trabalhou na Microsoft, Googlee Deutsche Bank, e terminou vários cursos: EngenhariaElétrica, Ciências da Computação, Administração, Economia eMatemática, além de fazer programas em Liderança e Inovação.                     Desde pequena, Bel gosta de criar idéias e começar projetos, e jáesteve envolvida com muitas startups. Após se formar, resolveuviver no Vale do Silício, onde se respira empreendedorismo.Liderou três times de engenheiros na companhia americanaOoyala e mais recentemente se juntou ao time fundador da Lemon.Apenas 3 meses após o lançamento, a Lemon já conta com mais de1 milhão de usuários.Bel é uma grande defensora de que todos os sonhos sãoatingíveis e de que a força está dentro de cada um de nós. Suahistória possui episódios completamente improváveis e Belacredita piamente que qualquer pessoa é capaz de alcançar osseus sonhos. Você pode conhecer mais da sua história nessevídeo e no seu site pessoal.Sempre dando o melhor de si, Bel recebeu diversos prêmiosno MIT, na Microsoft e na Google, foi finalista de uma série decompetições de planos de negócios e é uma Sandboxer e TEDFellow, dentre muitos outros reconhecimentos.Sobre a autora:Bel Pesce
    • Para mais informações, visite:http://www.creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/br/Para fazer o download deste livro, acesse:www.ameninadovale.comEsta obra está licenciada sob Creative Commons - Atribuição - Uso não-comercial -Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil.Você pode:Sob as seguintes condições:Atribuição. Você deve dar crédito, indicando o nome do autor eendereço do site onde o livro está disponível para download.Uso Não-Comercial. Você não pode utilizar esta obra comfinalidades comerciais.Vedada a Criação de Obras Derivadas. Você não pode alterar,transformar ou criar outra obra com base nesta.copiar, distribuir, exibir e executar a obra.