01
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

01

on

  • 985 views

 

Statistics

Views

Total Views
985
Views on SlideShare
985
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    01 01 Document Transcript

    • Faculdade São Paulo (FSP)AdministraçãoTrabalho de EconomiaRolim de Moura -2011IntroduçãoIremos apresentar através desta pesquisa importância dos principais organismosinternacionais e seus objetivos diante da economia e manutenção da estabilidade entre osblocos econômicos, Banco mundial, e fundo monetário internacional.ALCAA Área de Livre Comércio das Américas (ALCA), uma idéia lançada pelos Estados Unidos, surgeem 1994, durante a realização da Cúpula das Américas, quando foram assinados a Declaraçãode Princípios e o Plano de Ação, com o objetivo de eliminar as barreiras alfandegárias entre os34 países americanos, exceto Cuba, e assim formar uma área de livre de comércio para asAméricas, até o final de 2005.Por decisão posterior a ALCA tem o prazo mínimo de sete anos para sua formação, a partir de2005, mas nesse instante enfrenta oposição para sua implementação, tanto do Congresso dosEstados Unidos, cujos congressistas historicamente defendem os interesses locais dos seuseleitores, quanto dos demais países do Continente Americano.A Área de Livre Comércio das Américas, ALCA, é uma idéia grandiosa que começou a serelaborada à três anos. Através dela as barreiras comerciais entre os países que formam aAmérica seriam derrubadas em breve. Produtos e serviços fluiriam pelo continente semrestrições e sem impostos, os preços internos cairiam e economias frágeis como a do Paraguai,teriam a oportunidade de sair da estagnação.
    • A ALCA ainda não foi concretizada, ainda é um projeto previsto para 2005. No dia 16 de maio,houve em Belo Horizonte uma conferência para decidir sobre os próximos passos desteacordo, a ALCA.Este é um projeto grandioso, que se tornaria maior que a União Européia, quando concreto,gerando uma riqueza anual de 9 trilhões de dólares.Se implantada, a ALCA poderá transformar-se em um dos maiores blocos comerciais domundo, superando mesmo a União Européia. Seu Produto Interno Bruto (PIB) será da ordemde 12.600 trilhões de dólares (2 trilhões a mais que a UE), e sua população alcançará os 825,3milhões de habitantes, mais do dobro da registrada na União Européia Área de Livre Comérciodas Américas (ALCA).Argumenta-se que a Alca teria amplas implicações para os países envolvidos, uma vez que asnegociações transcendem a liberalização do comércio de mercadorias para incluir diversasoutras áreas estrategicamente importantes como investimentos, serviços, comprasgovernamentais e proteção da propriedade intelectual. As negociações têm sidodesequilibradas em vários aspectos centrais. Os Estados Unidos excluem da cobertura doacordo temas que são de fundamental importância para o Brasil e outros países participantes,incluindo legislação antidumping e subsídios agrícolas. Por outro lado, o Executivo e oCongresso dos Estados Unidos deram repetidas indicações de que relutam, mesmo sobacordos de livre comércio, em permitir acesso adicional a seu mercado em setores menoscompetitivos ou "sensíveis a importações". Mesmo que as negociações fossem maisequilibradas, não seria do interesse do Brasil participar de áreas de livre comércio comeconomias mais desenvolvidas - menos ainda de um bloco como a Alca que abrangeria umagama tão ampla de temas. Países desenvolvidos como os Estados Unidos apresentamvantagens estruturais em relação a países em desenvolvimento como o Brasil que não poderãoser eliminadas nas próximas décadas. Com a implementação da Alca, as empresas brasileirasse veriam expostas à livre concorrência com corporações norte-americanas maiores e maispoderosas. Além disso, os países participantes teriam que abrir mão de muitos instrumentosde política governamental e projetos nacionais de desenvolvimento ficariam fora do seualcance.No Brasil, igualmente, o tom geral dos argumentos é bastante crítico em relação à Alca e nãose poderia mesmo esperar aqui declarações favoráveis à Alca, ou em geral manifestações afavor do livre-comércio, pois essa seria uma realidade impossível em qualquer país do mundoatual, no qual há uma quase unanimidade da opinião pública contrária à liberalizaçãocomercial, ao mesmo tempo em que os governos tentam, por vezes de forma discreta edesajeitada, privatizar alguns mamutes, abrir a economia e atrair investimentos estrangeiros.BIRD O Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) foi criado em 1945 econta hoje com 180 países membros. Juntamente com a Associação Internacional deDesenvolvimento (IDA), o BIRD constitui o Banco Mundial, organização que tem como principalobjetivo a promoção do progresso econômico e social dos países membros, mediante o
    • financiamento de projetos com vistas à melhoria da produtividade e das condições de vidadesses países.O BIRD utiliza recursos obtidos principalmente no mercado internacional de capitais, mastambém possui recursos próprios. Somente aqueles países membros do Fundo MonetárioInternacional (FMI) podem fazer parte do BIRD.Aqui no Brasil ele é representado pelo ministro da fazenda mais conhecido como BancoMundial, é uma instituição financeira com capital internacional (inclusive do Brasil), cujoprincipal objetivo é financiar a juros subsidiados obras, equipamentos voltados a programas eprojetos de caráter social e de infra-instrutora (Água, esgoto, saneamento ambiental, rodovias,energia, saúde, escola etc.)União européia É um bloco econômico, político e social de 27 países europeus que participam de um projetode integração política e econômica. As origens do processo de integração econômica naEuropa remontam aos anos que se seguiram à II Guerra Mundial. É no contexto de destruiçãoda Europa e de submissão às duas superpotências que surgem (EUA - Estados Unidos daAmérica e URSS - União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) as primeiras idéias de integraçãoeuropéia com o objetivo de definir em comum os destinos dos povos europeus, de forma aconseguir uma integração política e econômica. As quatro liberdades de circulação –mercadorias, serviços, pessoas e capitais – são secundadas por uma série de políticas de apoio.A União Europeia é uma formação de um novo tipo de união entre Estados pertencentes àEuropa. Enquanto instituição, passou a dispor de personalidade jurídica após o início davigência do Tratado de Lisboa. Possui competências próprias, tais como a Política AgrícolaComum, a Política Comum das Pescas, entre outros. Estas competências são partilhadas comtodos os Estados-membros da União Europeia. Trata-se de uma organização que combina onível supranacional e o nível institucional num campo geográfico restrito com o papel políticopróprio sobre os seus Estados-membros.NAFTAA nafta é um tratado norte-americano de livre comércio, que envolve o Canadá, os EstadosUnidos e o México em uma grande "atmosfera" de livre comércio, porém com um customenor, para a troca de mercadoria entre esses três países. Ele só foi posto em prática no dia1º de janeiro de 1994.A criação de blocos como este que visa facilitar o intercâmbio econômico entre os países vemse tornando comum desde a década de 90. Um exemplo bem sucedido de bloco econômico éo caso da União Européia (UE) formada por Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre,Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda,
    • Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Checa,Romênia, Suécia e Reino Unido.A diferença entre ambos é que a NAFTA não visa à integração total entre seus países membroscomo na UE onde as pessoas nascidas em qualquer dos países membros são consideradas“cidadãos da União Européia” podendo trafegar e estabelecer residência em qualquer um dosoutros países sem nenhuma restrição, além de adotar um sistema bancário e financeirocomuns. A NAFTA visa apenas à criação de uma área de livre comércio entre esses países o querestringiria a atuação do bloco ao setor comercial. Mesmo a criação dessa área de comérciolivre ainda não foi concluída. Embora a NAFTA tenha posto fim às barreiras alfandegárias entreos três países e criado regras e proteção comerciais em comum, além de padrões e leisfinanceiras iguais para EUA, Canadá e México, ainda não são todas as mercadorias quereceberam redução de tarifas. Isso se deve à insegurança que os três países ainda têm emrelação a algumas conseqüências do tratado.A população do México, o menos desenvolvido economicamente dos três países, teme que aconsolidação do NAFTA gere desemprego entre a população devido à automação dasindústrias locais que contam ainda com pouca tecnologia, se comparada às dos EUA e Canadá.Outro temor da população mexicana se refere à possibilidade de falência das indústrias locaisque não poderiam concorrer, com as bem maiores, indústrias norte-americanas.Nos EUA e no Canadá também há receio quanto ao aumento do desemprego. Nestes países,teme-se que as indústrias se transfiram para o México em busca de mão-de-obra mais barata.Contudo, a NAFTA apresenta um grande potencial desde que o Canadá e EUA não “engulam” aeconomia mexicana. Juntos os três países respondem por um mercado de cerca de 380milhões de pessoas.Blocos econômicos; Ao longo das nossas aulas, estudamos muito sobre os blocos econômicos.Neste texto vamos escrever o que aprendemos, falando um pouco sobre o que são e suasorigens, os tipos, assim como sobre os principais blocos econômicos que são: NAFTA, EU,MERCOSUL, entre outros.Os blocos econômicos são alianças entre diversos países, visando melhorar suas taxas deimportação e exportação através da redução ou eliminação de impostos. O primeiro blocoeconômico foi criado na década de 40, na época da Segunda Guerra Mundial. Os seusobjetivos eram que os europeus tivessem um desenvolvimento econômico semelhante ao dosEstados Unidos, assim como estimular e melhorar a relação entre os países envolvidos.Existem vários tipos de blocos econômicos. Um deles é a zona de livre comércio, que é umacordo que permite a livre circulação de mercadorias com a redução ou eliminação deimpostos, dependendo do acordo. Outro é a União Aduaneira, que é um acordo que permite a livre circulação de mercadoriascom a redução ou eliminação de impostos dependendo do acordo, porém com a presença daTEC (tarefa externa comum). Acrescenta-se também aos tipos de blocos econômicos omercado comum, que permite a circulação de mercadorias, pessoas, capitais, etc. entre ospaíses de membros sem qualquer cobrança de impostos. Outro tipo de bloco é a União
    • Econômica e Monetária, um acordo que permite a circulação de mercadorias, pessoas,capitais, etc., mas com uma moeda única para todos os países.Existem em todo o mundo vários blocos econômicos de grande importância para os paísesmembros e na América alguns se destacam pelo seu peso e influência. Um desses é a NAFTA,uma área de livre comércio criada em 1993 na qual o México, os Estados Unidos e o Canadáestão incluídos. É importante ressaltar sobre esse bloco que, na época em que era apenas umaproposta, os Estados Unidos tentaram impor um protecionismo com relação a um impostosobre a madeira. Outros conflitos também existiram da parte canadense em relação às taxas,os quais reivindicavam a eliminação de impostos e uma remuneração pelos já pagos. Osmexicanos se opuseram também, porque sua área de empregos iria perder muito. Depois dosconflitos e da aprovação do acordo, o comércio entre os países participantes aumentou em150% e, com o tempo, vem cumprindo os objetivos desse bloco econômico, melhorando astaxas de importação e exportação, a economia dos países membros e possibilitando aglobalização. Outro importante bloco econômico na América é o MERCOSUL. Composto por Bolívia, Argentina, Venezuela, Brasil, Chile, Paraguai, Peru, Colômbia, Uruguai, eEquador, o MERCOSUL é uma proposta de mercado comum, mas que ainda é uma uniãoaduaneira. No seu início, em 1991, era composto apenas por Brasil, Argentina, Paraguai eUruguai e só depois os outros países foram incluídos nesse grupo. Esse bloco econômicoapresenta vantagens aos integrantes, pois suas taxas de exportação vão aumentar muitodevido às alterações nos impostos. No entanto, países como o Brasil apresentamsuperioridade em relação aos produtos, o que vai avantajá-los mais do que os outros paísesenvolvidos. Para que não fiquem em situação de desvantagem, os países menos beneficiadosadotam medidas protecionistas como cobrança de impostos extras sobre produtos no seubloco econômico. Para solucionar esse problema os países membros devem estabelecerregras, que, ao longo do tempo, irão fazer com que o objetivo do acordo seja integralmentealcançado.Na Europa apenas um grande bloco se destaca: A União Européia. É formado por quase todosos países da Europa, e foi criada em 17 de fevereiro de 1992. Atualmente, 27 países participammantendo uma União Econômica e Monetária. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária,Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia,França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Polônia,Portugal, Reino Unido, Romênia e Suécia.Esse bloco econômico, na verdade, nasceu da antiga CEE (Comunidade Econômica Européia)que era um bloco econômico formado em 1958, onde participavam a Holanda, Luxemburgo,Bélgica, França, Itália e Alemanha Ocidental e que formavam um Mercado Comum. Mais tarde,em 1965, a CEE se fundiu com outras duas instituições: a CECA (Comunidade Européia doCarvão e Aço) e a CEEA (Comunidade Européia de Energia Atômica). Assim, entraram na CEE: aGrécia, Irlanda, Espanha, Reino Unido, Dinamarca e Portugal. Depois, em outro tratado, a CEEmudou de nome para CE (Comunidade Européia), que originou a União Européia.Todos os blocos têm objetivos e na UE não é diferente. Os principais objetivos do bloco são:melhorar a economia dos países membros comercializando produtos sem a cobrança deimpostos e aumentar as relações entre os países, em outras palavras, a globalização.
    • A UE só tem vantagens e quase nenhuma desvantagem. Uma vantagem é que os países quecomercializam entre si crescem rapidamente, visto que a maioria dos países é igual por seremtão pequenos. Outra coisa boa é que a moeda é igual para todos os países, ajudando assim nacomercialização de produtos captais e etc.Podemos, então, concluir que os blocos econômicos são uma tática muito boa para aaceleração da economia de pequenos países como é na União Européia. Além disso, os blocoseconômicos são bons também para aumentar a integração entre os países, possibilitando amiscigenação da cultura, fato que é bom para a globalização.FUNDO MONETÁRIO INTERNACIONAL - FMIIntrodução O FMI se auto-proclama como uma organização de 184 países, trabalhando por umacooperação monetária global, assegurar estabilidade financeira, facilitar o comérciointernacional, promover altos níveis de emprego e desenvolvimento econômico sustentável,além de reduzir a pobreza.O FMI foi criado em 1945 e tem como objetivo básico zelar pelaestabilidade do sistema monetário internacional, notadamente através da promoção dacooperação e da consulta em assuntos monetários entre os seus 184 países membros. Comexceção de Coréia do Norte, Cuba, Liechtenstein, Andorra, Mônaco, Tuvalu e Nauru, todos osmembros da ONU fazem parte do FMI. Juntamente com o BIRD, o FMI emergiu dasConferências de Bretton Woods como um dos pilares da ordem econômica internacional dopós-guerra. O FMI objetiva evitar que desequilíbrios nos balanços de pagamentos e nossistemas cambiais dos países membros possam prejudicar a expansão do comércio e dos fluxosde capitais internacionais. O Fundo favorece a progressiva eliminação das restrições cambiaisnos países membros e concede recursos temporariamente para evitar ou remediardesequilíbrios no balanço de pagamentos. Além disso, o FMI planeja e monitora programas deajustes estruturais e oferece assistência técnica e treinamento para os países membros.Objetivos * Promover a cooperação monetária internacional, fornecendo um mecanismo de consulta ecolaboração dos problemas financeiros * Favorecer a expansão equilibrada do comércio, proporcionando níveis elevados deemprego, trazendo desenvolvimento dos recursos produtivos; * Oferecer ajuda financeira aos paises membros em dificuldades econômicas, emprestandorecursos com prazos limitados; * Contribuir para a instituição de um sistema multilateral de pagamentos e promover aestabilidade dos câmbiosCotas
    • Cada país membro detém no FMI uma cota a ser determinada com base em seus indicadoreseconômicos, entre eles o PIB. Quanto maior a contribuição ao FMI, maior é o peso do voto nasdecisões. Há uma revisão geral das cotas a cada cinco anos. O Fundo pode propor um aumentonas cotas de determinado país, mas é necessária a aprovação por 85 % dos votos paraqualquer modificação. Os membros que queiram aumentar sua cota devem pagar ao Fundo amesma quantia em DES correspondente ao aumento. Os cinco maiores acionistas são: EstadosUnidos, Alemanha, Japão, França e Reino Unido. Cada país pode retirar 25 % de sua cotacorrespondente. Acima deste percentual, é preciso assinar um termo (carta de intenções,atrelada geralmente a um memorando técnico de entendimento) onde se compromete areduzir o déficit fiscal e promover a estabilização monetária. A partir de 1980, o FMI passa afuncionar como supervisor da dívida externa. Recentemente, o combate à pobreza mundialvem-se tornando uma preocupação central.Dez maiores cotistasPosição | País Membro | Cotas (milhões DES) | % das cotas |1º | Estados Unidos | 37.149,30 | 17,46 |2º | Japão | 13.312,80 | 6,26 |3º | Alemanha | 13.008,20 | 6,11 |4º | Reino Unido | 10.738,50 | 5,05 |5º | França | 10.738,50 | 5,05 |6º | Itália | 7.055,50 | 3,32 |7º | Arábia Saudita | 6.985,50 | 3,28 |8º | República Popular da China | 6.369,20 | 2,99 |9º | Canadá | 6.369,20 | 2,99 |10º | Rússia | 5.945,40 | 2,79 |17º | Brasil | 3.036,10 | 2,46 |Logotipo do FMI (Fundo Monetário Internacional).OMC ( ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO COMERCIO)A Organização Mundial do Comércio (OMC) é uma organização internacional que trata dasregras sobre o comércio entre as nações. Os membros da OMC negociam e assinam acordosque depois são ratificados pelo parlamento de cada nação e passam a regular o comércio
    • internacional. Em inglês é denominada World Trade Organization” (WTO) e possui 153membros.HISTÓRIA DA OMCO surgimento da OMC foi um importante marco na ordem internacional que começara a serdelineada no fim da Segunda Guerra Mundial. Ela surge a partir dos preceitos estabelecidospela Organização Internacional do Comércio, consolidados na Carta de Havana, e, uma vez queesta não foi levada adiante pela não aceitação do Congresso dos E.U.A., principal economia doplaneta, com um PIB maior do que o das outras potências todas somadas, imputou-os no GATTde 1947, um acordo temporário, que acabou vigorando até a criação efetiva da OMC após asnegociações da Rodada Uruguai em 1995.A OMC entrou em funcionamento em 1 de Janeirode 1995. Portugal aderiu em 15 de Abril de 1994 e, em 23 de Julho de 2008, Cabo Verde setornou o seu mais novo membro.Funções da OMCSuas funções são: * gerenciar os acordos que compõem o sistema multilateral de comércio. * servir de fórum para comércio internacional (firmar acordos internacionais) * supervisionar a adoção dos acordos e implementação destes acordos pelos membros daorganização(verificar as políticas comerciais nacionais).Outra função muito importante na OMC é o Sistema de resolução de Controvérsias da OMC], oque a destaca entre outras instituições internacionais. Este mecanismo foi criado parasolucionar os conflitos gerados pela aplicação dos acordos sobre o comércio internacionalentre os membros da OMC.Além disso, a cada dois anos a OMC deve realizar pelo menos umaConferência Ministerial. Existe um Conselho Geral que implementa as decisões alcançadas naConferência e é responsável pela administração diária. A Conferência Ministerial escolhe umdiretor geral com o mandato de quatro anos. Atualmente o Diretor geral é Pascal Lamy, quetomou posse em 1 de Setembro de 2005.A OMC foi criada com a conclusão da RodadaUruguai, em 15.12.1993, e com a assinatura de sua Ata Final, em 15.4.1994, em Marrakesh .BlOCOS ECONOMICOSIntroduçãoCom a economia mundial globalizada, a tendência comercial é a formação de blocoseconômicos. Estes são criados com a finalidade de facilitar o comércio entre os paísesmembros. Adotam redução ou isenção de impostos ou de tarifas alfandegárias e buscamsoluções em comum para problemas comerciais. Em tese, o comércio entre os paísesconstituintes de um bloco econômico aumenta e gera crescimento econômico para os países.Geralmente estes blocos são formados por países vizinhos ou que possuam afinidadesculturais ou comerciais. Esta é a nova tendência mundial, pois cada vez mais o comércio entre
    • blocos econômicos cresce. Economistas afirmam que ficar de fora de um bloco econômico éviver isolado do mundo comercial.-Veremos abaixo uma relação dos principais blocos econômicos da atualidade e suascaracterísticas.MERCOSULEstabelecido em 26 de março de 1991, através da assinatura do Tratado de Assunção, oMercosul (Mercado Comum do Sul) é um bloco econômico formado pela Argentina, Brasil,Paraguai e Uruguai. A Venezuela está em processo de adesão para se tornar Estado membro;Bolívia, Chile, Colômbia, Equador e Peru são países associados ao bloco, podendo participardas reuniões, no entanto, não possuem direito de voto. O principal critério para uma nação seassociar ao Mercosul é ser integrante da Associação Latino Americana de Integração(ALADI).Visando a organização institucional do Mercosul, foram criados órgãos para abordartemas específicos de interesse de todos os países integrantes. Entre os principais estão oConselho do Mercado Comum (CMC), Grupo Mercado Comum (GMC), Comissão de Comérciodo Mercosul (CCM), Parlamento do Mercosul (PM), Comissão de Representantes Permanentesdo Mercosul (CRPM), etc.A formação desse bloco proporcionou a livre circulação de bens,serviços e produtos entre os Estados membros, através da redução e/ou eliminação das taxasde exportação e importação. O Mercosul se enquadra na condição de União Aduaneira, pois,além de reduzir ou eliminar as tarifas alfandegárias entre os integrantes, também regulamentao comércio com as nações que não pertencem ao bloco, sendo estabelecidas normas atravésda TEC (Tarifa Externa Comum).No entanto, um dos objetivos propostos pelo Tratado deAssunção é que o bloco se torne um Mercado Comum, proporcionando, além dos aspectos jácitados, a livre circulação de capitais, serviços e pessoas, assim como ocorre na União Europeia(UE), que é considerado o grupo mais dinâmico do planeta.Osprojetos do Mercosul não selimitam somente aos fatores econômicos, englobando temas políticos, sociais e culturais.Exemplo disso foi a assinatura, no dia 06 de dezembro de 2002, do Acordo sobre Residênciapara os Estados do Mercosul, Bolívia e Chile, que concede o direito à “residência temporária”de até dois anos em todos os países do bloco, podendo ser solicitado o direito de residênciapermanente. No entanto, o cidadão deve atender a critérios, como, por exemplo, ter certidãonegativa de antecedentes criminais.Portanto, o Mercosul é um bloco muito importante para odesenvolvimento econômico e social do continente, sendo necessária a sua abordagem. Nessaseção, você poderá se inteirar sobre vários aspectos do maior bloco econômico da América doSul.Etapas e avançosNo ano de 1995, foi instalada a zona de livre comércio entre os países membros. A partir desteano, cerca de 90% das mercadorias produzidas nos países membros podem sercomercializadas sem tarifas comerciais. Alguns produtos não entraram neste acordo epossuem tarifação especial por serem considerados estratégicos ou por aguardarem legislaçãocomercial específica. Em julho de 1999, um importante passo foi dado no sentido deintegração econômica entre os países membros. Estabelece-se um plano de uniformização de
    • taxas de juros, índice de déficit e taxas de inflação. Futuramente, há planos para a adoção deuma moeda única, a exemplo do fez o Mercado Comum Europeu. Atualmente, os países doMercosul juntos concentram uma população estimada em 311 milhões de habitantes e um PIB(Produto Interno Bruto) de aproximadamente 2 trilhões de dólares.Os conflitos comerciais entre Brasil e ArgentinaAs duas maiores economias do Mercosul enfrentam algumas dificuldades nas relaçõescomerciais. A Argentina está impondo algumas barreiras no setor automobilístico e da linhabranca ( geladeiras, micro-ondas, fogões ), pois a livre entrada dos produtos brasileiros estádificultando o crescimento destes setores na Argentina. Na área agrícola também ocorremdificuldades de integração, pois os argentinos alegam que o governo brasileiro oferecesubsídios aos produtores de açúcar. Desta forma, o produto chegaria ao mercado argentino aum preço muito competitivo, prejudicando o produtor e o comércio argentino. Em 1999, oBrasil recorreu à OMC( Organização Mundial do Comércio ), pois a Argentina estabeleceubarreiras aos tecidos de algodão e lã produzidos no Brasil. No mesmo ano, a Argentina começaa exigir selo de qualidade nos calçados vindos do Brasil. Esta medida visava prejudicar aentrada de calçados brasileiros no mercado argentino.Estas dificuldades estão sendodiscutidas e os governos estão caminhando e negociando no sentido de superar barreiras efazer com que o bloco econômico funcione plenamente.Bandeira do MercosulEspera-se que o Mercosul supere suas dificuldades e comece a funcionar plenamente epossibilite a entrada de novos parceiros da América do Sul. Esta integração econômica, bemsucedida, aumentaria o desenvolvimento econômico nos países membros, além de facilitar asrelações comerciais entre o Mercosul e outros blocos econômicos, como o NAFTA e a UniãoEuropéia. Economistas renomados afirmam que, muito em breve, dentro desta economiaglobalizada as relações comerciais não mais acontecerão entre países, mas sim entre blocoseconômicos. Participar de um bloco econômico forte será de extrema importância para oBrasil.http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Alca-Bird-Ue-Nafta-Fmi-Bloco-Economico-Merco-Sul/58828.html