Your SlideShare is downloading. ×
0
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Re-sínt-...pptx_

1,160

Published on

relatório-síntese de Santiago-MABE

relatório-síntese de Santiago-MABE

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,160
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. AUTO AVALIAÇÃO DABIBLIOTECA ESCOLARAno lectivo de 2010-2011
  • 2. Domínios2 A- Apoio ao desenvolvimento curricular B- Leitura e Literacia C- Projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade D- Gestão da Biblioteca Escolar
  • 3. 3 Secção A Domínio B
  • 4. B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na escola/agrupamento4 Pontos fortes identificados  Elevado nº de requisições para leitura domiciliária e elevado nº de empréstimos para sala de aula  A quantidade e a qualidade do acervo documental  A articulação BE/professores titulares de turma no desenvolvimento dos seus PCT
  • 5. B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na escola/agrupamento5 Pontos fracos identificados  Fracos recursos informáticos que impossibilitam a leitura individualizada em ambientes digitais  Espaço da BE insuficiente para dar resposta a todas as solicitações de frequência nos intervalos e hora do almoço (a BE encontrava-se provisoriamente instalada num contentor)
  • 6. B.2 Integração da BE nas estratégias e programas de leitura ao nível da6 escola/agrupamento Pontos fortes identificados  Grande envolvimento e empenho dos alunos e docentes nas atividades promovidas pela BE  A participação ativa de uma percentagem significativa de encarregados de educação nas propostas para e com a BE  Reconhecimento, por parte da comunidade educativa, do trabalho desenvolvido pela BE na promoção da leitura  A divulgação sistemática das atividades e eventos no blogue
  • 7. B.2 Integração da BE nas estratégias e programas de leitura ao nível da7 escola/agrupamento Pontos fracos identificados  Dificuldade de deslocação dos alunos do 1º ciclo e das crianças do pré-escolar para as diferentes escolas do agrupamento para participarem nas atividades e/ou divulgação dos seus trabalhos  Problemas acústicos para apresentação dos projetos para um público mais alargado
  • 8. B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos alunos, no âmbito da leitura e da literacia8 Pontos fortes identificados  O desenvolvimento de competências associadas à leitura  O reconhecimento sistemático da importância da BE no desenvolvimento global dos alunos por parte de todos os intervenientes no processo educativo
  • 9. B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos alunos, no âmbito da leitura e da9 literacia Pontos fracos identificados  Dificuldade em sistematizar a monitorização do impacto das atividades desenvolvidas nas competências da literacia dos alunos  O pouco tempo que a PB pode disponibilizar para cada BE, por vezes, condiciona a continuidade de algumas ações, bem como a monitorização do seu impacto
  • 10. Perfis de desempenho/Nível10 obtido  B.1 - A BE desenvolve um trabalho de promoção da leitura sistemático, com 80% ou mais das turmas da escola – NÍVEL 4  B.2 - A BE desenvolve estratégias e um leque muito diversificado de atividades em articulação com 60 a 79% dos docentes e com o exterior – NÍVEL 3
  • 11. Perfis de desempenho/Nível11 obtido  B.3 - A BE recorre a diferentes instrumentos para difusão da informação e cria contexto diversificados de leitura e de produção/comunicação da informação com recurso sobretudo a suportes impressos – NÍVEL 3  B.4 - A BE apoia e incentiva o desenvolvimento do PNL e/ ou de outros projetos e atividades na escola desenvolvendo trabalho com 60 a 79% das turmas da escola – NÍVEL 3
  • 12. Perfis de desempenho/Nível12 obtido  B.5 - A BE desenvolve um trabalho no crescimento do gosto pela leitura e no desenvolvimento de competências associadas à leitura com impacto: 80% ou mais dos alunos usa a BE ou a documentação fornecida e revela progressão naquelas competências – NÍVEL 4  B.6 - A BE desenvolve um trabalho no crescimento do gosto pela leitura e no desenvolvimento das competências que lhe estão associadas com impacto: 80% ou mais dos docentes avalia positivamente o trabalho da BE – NÍVEL 4
  • 13. Nível obtido13 Domínio B – Leitura e Literacia NÍVEL 3,5
  • 14. AÇÕES PARA MELHORIA14  Enriquecer o fundo documental com novidades de acordo com as necessidades e/ou sugestões  Envolver mais os docentes e alunos em atividades de leitura e de escrita em ambientes diversificados  Aplicar as grelhas de observação GO3 GO4
  • 15. AÇÕES PARA MELHORIA( cont.)15  Articular com os docentes de forma mais sistemática para integrar estratégias de promoção de leitura nos PCT/PCG  Promover mais ações que incentivem os encarregados de educação e famílias dos alunos a partilhar as suas experiências de leitura/escrita
  • 16. 16 Secção B Domínio A. Apoio ao desenvolvimento curricular Domínio C. projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade Domínio D Gestão da biblioteca escolar
  • 17. Domínio A. Apoio ao desenvolvimento curricular17 A.1. Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica e os docentes Ações para melhoria  Planificação e articulação mais sistemática das atividades com docentes titulares de turma e docentes das AEC
  • 18. Domínio A. Apoio ao desenvolvimento curricular18 A.2. Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital Ações para melhoria  Promover sessões de formação, de curta duração, em ambientes digitais para os docentes titulares de turma  Adaptar os guiões de literacia da informação e divulgá-los em sessões de formação no próximo ano letivo a todas as turmas do 4º ano  Dotar a BE de melhores recursos informáticos
  • 19. Domínio C. projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade19 C.1. Apoio a atividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular Ações para melhoria  Afetar uma AO à BE, pelo menos uma hora por dia, para que os alunos tenham acesso à BE e aos seus recursos mais assiduamente  Melhorar os recursos informáticos e multimédia da BE tornando essa área mais rentável
  • 20. Domínio C. projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade20 C.2. projetos e Parcerias Ações para melhoria  Divulgar e promover mais projetos e eventos do PNL e alargá-los a todos os anos de escolaridade  Articular com a equipa do PTE para melhorar os recursos informáticos e organizar ações curtas de formação, para docentes em ambientes digitais  Solicitar a colaboração do SABE para reuniões de trabalho e implementar projetos comuns entre as BE da RBE do concelho  Envolver a associação de pais em ações a realizar com/na BE
  • 21. Domínio D. Gestão da biblioteca escolar21 D.1. Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE. Ações para melhoria  Sistematizar a avaliação das atividades  Integrar o relatório de avaliação da BE no relatório de autoavaliação do agrupamento
  • 22. Domínio D. Gestão da biblioteca escolar22 D.2. Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços. Ações para melhoria  Tomar diligências para que o novo espaço (em princípio pronto em Janeiro do próximo ano letivo) tenha equipamento informático adequado e em número suficiente para os seus utilizadores  Adquirir leitores de códigos de barras  Montar o novo espaço com áreas de utilização amplas, organizadas e equipadas de acordo com as normas da RBE  Inventariar necessidades em termos de número ou reparações
  • 23. Domínio D. Gestão da biblioteca escolar23 D.3. Gestão da colecção/da informação. Ações para melhoria  Investir em recursos em formato digital e proceder ao seu tratamento  Reatar a catalogação do acervo documental, contribuindo para a construção do catálogo concelhio e contar com o contributo de uma colaboradora da BE/CRE  Concluir o PDC  Aquisição de títulos para actualização do fundo documental  Homogeneizar o código cromático das EB1 e da
  • 24. 24 Secção C Recomendações do Conselho Pedagógico

×