• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
A importância de aprender várias línguas
 

A importância de aprender várias línguas

on

  • 454 views

 

Statistics

Views

Total Views
454
Views on SlideShare
434
Embed Views
20

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 20

http://cantinhodaslinguas2012.blogspot.pt 20

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A importância de aprender várias línguas A importância de aprender várias línguas Document Transcript

    • A Importância de Aprender várias Línguas Pessoascom poucas capacidades não conseguirão realmente assimilar comfacilidade uma língua estrangeira: embora aprendam as suas palavras, empregam-nasapenas no significado do equivalente aproximado da sua língua materna e continuam amanter as construções e frases próprias desta última. Com efeito, esses indivíduos nãoconseguem assimilar o espírito da língua estrangeira, que depende essencialmente dofacto do seu pensamento não se dar por meios próprios, mas, em grande parte, de seremprestado pela língua materna, cujas frases e locuções habituais substituem os seuspróprios pensamentos. Eis, portanto, a razão de eles sempre se servirem, também naprópria língua, de expressões idiomáticas desgastadas, combinando-as de modo tãoinábil, que logo se percebe quão pouco se dão conta do seu significado e quão pouco todoo seu pensamento supera as palavras, de modo que tudo se reduz a um palratório depapagaios. Pela razão oposta, a originalidade das locuções e a adequação individual decada expressão usada por alguém são o sintoma inequivocável de um espíritopreponderante. Por conseguinte, de tudo isso resultam os seguintes factores: no aprendizado detoda a língua estrangeira, são formados novos conceitos para dar significado a novossignos; certos conceitos separam-se uns dos outros, enquanto antes constituíam juntosum conceito mais amplo e, portanto, menos definido, justamente porque havia apenas umapalavra para ele; são descobertas revelações até então desconhecidas, pois a línguaestrangeira define o conceito mediante um tropo que lhe é peculiar ou mediante umametáfora; desse modo, graças ao aprendizado de uma nova língua, entram na consciênciauma infinidade de nuances, semelhanças, diferenças, relações entre os elementos;finalmente, obtém-se uma visão mais ampla de todas as coisas. A consequência dissotudo é que em toda a língua se pensa diversamente, de modo que o nosso pensamentorecebe uma nova modificação e uma nova coloração sempre que aprende um idioma, oque faz com que o poliglotismo, além das suas muitas utilidades indirectas, seja tambémum meio directo de formação intelectual, na medida em que ele corrige e aperfeiçoa asnossas opiniões, bem como aumenta a agilidade do pensamento graças à multiplicidade eà nuance dos conceitos que ressalta, pois, com o estudo de muitas línguas, e assim oconceito liberta-se cada vez mais da palavra.Arthur Schopenhauer, in Da Língua e das Palavras