Your SlideShare is downloading. ×
Cartografia tematica   aula 3
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Cartografia tematica aula 3

664
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
664
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. CARTOGRAFIA TEMÁTICAProf. Raul GuimarãesTEMA 03
  • 2. A VARIÁVEL VISUAL CORAs cores que percebemos são produzidas pela luz. A luz do sol,aparentemente branca, é, na verdade, composta pelas sete coresdo arco-irís. Quando a luz do sol ilumina um objeto, algumasdessas cores são absorvidas pelo objeto, enquanto as outras sãorefletidas na direção dos olhos que as percebem. É esse ofenômeno na direção dos olhos que as percebem. Esse fenômenonos permite dizer qual a cor dos objetos.
  • 3. A percepção da corA cor nada mais é que a percepção,por células especializadas da retina,de uma determinada longitude deonda da radiação eletromagnética.A retina possui dois tipos de células:os cones (responsáveis pelapercepção da cor) e bastonetes(que não distinguem cor, e sãoresponsáveis pela visão noturna).Os cones especializam-se nacaptação de uma determinada faixade longitudes de onda: azul,vermelho ou verde.Quando um fóton excita a retina, oscones respondem dentro de suafaixa de sensibilidade à intensidadeda excitação. Esta informação éenviada ao cérebro através donervo óptico, decodificada etransformada em uma percepçãoespecífica.
  • 4. As cores exercem diferentes efeitos fisiológicos sobre o organismohumano e tendem, assim, a produzir vários juízos e sentimentos.Aparentemente, damos um peso às cores. Na realidade, olhando paracada cor damos um valor-peso, mas é somente um peso psicológico.A cor, elemento fundamental em qualquer processo de comunicação,merece uma atenção especial. É um componente com grande influênciano dia a dia de uma pessoa, interferindo nos sentidos, emoções eintelecto.Efeitos psicológicos da cor
  • 5. A cor exerce ação tríplice: a de impressionar, a de expressar e ade construir:• A cor é vista: impressiona a retina.• A cor é sentida: provoca emoção.• A cor é construtiva, pois tendo um significado próprio, possui valorde símbolo, podendo assim, construir uma linguagem quecomunica uma idéia, que pode ser de leveza, alegria, sobriedade,etc.A ação tríplice da cor
  • 6. A resposta emocional à cor• A resposta emocional à cor é função do contexto culturaldo usuário. Em culturas ocidentais há uma certacorrelação entre cor e resposta emocional:• Vermelho: perigo, alerta, quente, excitante, paixão, sexoAzul: masculino, frio, calmo, confiável, estávelBranco: pureza, honestidade, frioPastel: feminino, sensibilidade, delicadeza, cálidoLaranja: emocional, positivo, jovemNegro: densidade, seriedade, morte, autoridade, poder,estabilidadeRosado: feminino, cálido, jovemVerde: natureza, conforto, positivo (esperança)
  • 7. Fatores de diferenciação das cores• Matiz: é a gradação das cores (o amarelo do azul,o verde do violeta, etc).• A intensidade ou saturação: é a pureza relativa deuma escala de cinzas. Em sua intensidademáxima, as cores são ditas puras, e intensidade éo que determina os matizes mais claros ouescuros.• O tom ou brilho é a escala do claro ao escuro deuma cor em relação a uma escala de cinzas que
  • 8. Características da cor• O contraste mede a separação entrevalores de um determinado matizContraste baixo (esq.), normal (centro) e alto (dir.)
  • 9. • O brilho mede a quantidade de corbranca adicionada à corBrillo bajo (izq.), normal (centro) e alto (der.)
  • 10. • A saturação mede aquantidade de umadeterminada corpresente namistura. Observa asvariações desaturação nas coresprimárias.TotalmenteSaturadoSem saturação
  • 11. Tom ou Brilho• Refere-se ao maior ou menorquantidade de luz presente na cor.Quando se adiciona preto adeterminado matiz, este se tornagradualmente mais escuro, e essasgraduações são chamadas escalastonais. Para se obter escalas tonaismais claras acrescenta-se branco.
  • 12. A temperatura das cores• A temperatura das cores, designa a capacidade que as cores têm deparecer quentes ou frias.
  • 13. As cores primárias• Cores Primárias: São as coresque não podem ser formadaspor nenhuma mistura. Sãoelas azul, amarelo e vermelho.
  • 14. Cores Secundárias• Cores Secundárias: São as coresque surgem da mistura de duascores primárias.
  • 15. Representação da corA primeira representação do espectro foi proposta por Sir IsaacNewton, que combinou as cores em um círculo.
  • 16. Efeitos de Contraste• Estudos têm demonstrado que os melhores efeitos decontraste são percebidos por diferença de tonalidade oubrilho.• Na conversão para tons de cinza, algumas cores assumema mesma tonalidade e se confundem. Este efeito decontraste é importante se é utilizado monitor ou impressoramonocromáticos.FIGURA 4 – Ordem Crescente de Visibilidade segundo o Contraste entre as Cores.
  • 17. Qualidade da visibilidade dacor• Em 1958, Heison, avaliou a qualidade da visibilidade dascores, a uma distância de 180 metros, numa escala de 0 a 100– amarelo âmbar............95– amarelo fluorescente. .73– laranja fluorescente.....69– laranja......................... 54– vermelho flourescente.51– vermelho..................... 35– azul............................. 26– verde........................... 24• Experiências realizadas na Alemanha, revelaram que a telaamarelo âmbar teve um desempenho 4 vezes melhor que umapreto e branco. Na seqüência ao amarelo âmbar segue-se overde e o azul
  • 18. Contraste e Harmonia• Harmonia das cores:– harmonia das cores opostas ou de contraste: o maior contraste seobtém justapondo cores complementares; a maior superfície écolorida com uma cor quente e a menor com sua cor complementarfria– harmonia das cores análogas ou vizinhas: é o emprego de uma core uma ou duas vizinhas; por exemplo: laranja e seus vizinhos,vermelho e amarelo; a cor mais clara usada na superfície maior– harmonia monocromática ou de cor dominante: é o uso de umaúnica cor, aplicada pura e em vários tons, claros e escuros• Cores Complementares:– Vermelho - Ciano (azul piscina)– Verde - Magenta (lilás)– Azul - Amarelo
  • 19. Cores complementaresCores complementares são as coresopostas no disco de cores.Ex: o vermelho é complementar do verde.O azul é complementar do laranja.As cores complementares são usadasPara dar força e equilíbrio a umtrabalho criando contrastes.raramente se usa cores apenascores complementares em umtrabalho, o efeito pode ser desastroso.Ressaltamos que as corescomplementares sãoas que mais contrastes entre si oferecem,sendo assim, se queremos destacar umamarelo, devemos colocar junto dele umvioleta.
  • 20. Cores AnálogasCores análogas são as queaparecem lado-a-lado no disco decores.São análogas porque há nelas umamesma cor básica.Pôr exemplo o amarelo-ouro e olaranja –avermelhado tem emcomum a cor laranja.Elas são usadas para dar asensação de uniformidade.Acomposição em cores análogas sãoconsideradas elegantes, e podemser equilibradas com uma corcomplementar.
  • 21. Contrastes• Cores contrastantesSão cores que, quando usadaspróximas umas das outras,produzem uma sensação dechoque. As cores contrastantessão diretamente opostas no discodas cores. Assim, a cor que maiscontrasta com o vermelho é ociano; o mesmo acontece com oazul e o amarelo; e com omagenta e verde. Se a cor éprimária, contrasta sempre com asecundária e vice-versa. Oresultado estético dessascombinações nem sempre ésatisfatório, a não ser que hajainteresse em explorar o choquevisual produzido por elas. Quandomais forte forem elas, maior seráesse impacto.
  • 22. Um bom contraste se obtém entre cores escurasda metade inferior do círculo e cores claras dametade superior.Metade inferior do círculo(abaixo)Metade superior docírculo (acima)
  • 23. ContrastesOrle BaertlingAqui um exemplo do uso da cor preto paradestacar as demais.
  • 24. Contrastes de limiteA cor central é uma mistura dasduas cores laterais. Observeque a faixa central é clareadapor cada uma das duas outrascores, mas do lado oposto. Nolimite com a faixa vermelha, ovioleta é clareado pelo azul e,no limite com a faixa azul, ovioleta é clareado pelo azul, ovioleta é clareado pelovermelho.
  • 25. Harmonia das Cores• Outra forma de manter a harmonia de coresé o uso de uma única cor, variando-se aintensidade da mesma, ou seja, dosando-seprogressivas quantidades de branco oupreto à cor pura.
  • 26. • Por outro lado, a idéia de ordenação, devalor, pode ser obtida, além de se obtervariando-se o matiz da cor, pode serobtida, utilizando-se o círculo de cores,buscando-se as cores próximas.
  • 27. Harmonias de cores
  • 28. • Harmonia triádica - Na harmonia triádica,são usadas três cores eqüidistantes nocírculo das cores. Um triângulo eqüiláterodentro do círculo das cores indica quaissão elas.• Exemplo: amarelo, azul e vermelho,usando apenas cores primárias.
  • 29. • Harmonia analóga - Usando o mesmocírculo cromático (dessa vez sem a ajudado triângulo), tem-se a harmoniaanalógica: três cores bem próximas sãoselecionadas, em que uma delas é tidacomo predominante. É uma seqüência decores.
  • 30. • Harmonia complementar - Utiliza corescomplementares, como amarelo e violeta, azul elaranja, verde e vermelho.• Harmonia de qualidade - Contraste de claro eescuro, usando as variações de uma mesmacor. Exemplo: uma página inteira em tons deazul, cortada por uma cor forte, que se destacanessa variação.• Cores quentes X cores frias - Outrascombinações envolvem o uso de cores quentescom cores frias. O contraste de uma cor com aoutra marca a composição da página.
  • 31. Dicas de combinações• Brinque de combinar. Utilize pequenas amostras, desenhe euse lápis de cor. Faça exercícios. É sério! A prática também éimportante. Desenhe um bloco, ou junte alguns retalhos everifique: você gostou? O que está faltando? Ficou escuro,coloque mais brilho e diminua o contraste. Ficou muito claro?Que tal acrescentar uma "sombra"? O que irá dar harmonia nacombinação, não é só a mistura do amarelo com verde, ou doazul com o rosa, é o complemento do esquema inicial, obalanceamento dos valores. Lembre-se: claro, médio e escuroem harmonia.Estude, aprecie e analise a sua combinação e procure saberqual o objetivo que você quer alcançar com o seu esquema decor: alegria, seriedade, luminosidade, tranqüilidade, inovação,agressividade etc.O círculo cromático é uma boa ferramenta para combinarmoscores, mas lembre-se de que regras podem ser quebradas.
  • 32. Dicas de combinações• Esquema de Cores Primárias -As cores primárias são corespuras e que merecem atenção ecuidado quando usadas.Complemente com cores neutras.Tríade - É um esquema que usa trêscores secundárias eqüidistantes. Porexemplo: verde, violeta, laranja ouentão violeta azulado, laranjaavermelhado, verde amarelado. Atríade é considerada como um dosesquemas mais harmoniosos naroda de cores. Forma um triânguloisósceles na Roda de Cores.
  • 33. Dicas de combinações• Esquema de Cores Quentes -Você combina as cores etonalidades consideradasquentes: amarelo, laranja,vermelho e marrom.Esquema de Cores Frias - Vocêcombina as cores e tonalidadesconsideradas frias: azul, verde evioleta.
  • 34. Dicas de combinações• Esquema de Cores DiretamenteComplementares - Combinarduas cores diretamente opostasna roda. Uma intensifica a outra. Éuma forma de dar início a umesquema. Por exemplo: Laranja édiretamente complementar aoazul, então, comece com azul elaranja e complemente com astonalidades (claro, médio eescuro), podendo balancear comcores neutras e os bons vizinhos.
  • 35. Dicas de combinações• Quadricolor - É um esquema queusa duas cores complementaresseparadas por duas coresadjacentes a elas. É um esquemaconsiderado harmônico, porquecontém duas cores diretamentecomplementares. Por exemplo:Azul, vermelho violeta, laranja,verde amarelado. Formam umretângulo na Roda de Cores.
  • 36. Dicas de combinações• Esquema ComplementarDividido - É um esquema com 3cores, sendo que duas sãoanálogas ou adjacentes e aterceira é uma diretamentecomplementar. Por exemplo:amarelo (complementar) com azulvioleta e vermelho violeta(adjacentes).
  • 37. Dicas de combinações• Esquema Duplo ComplementarDividido - É um esquema ondeduas cores diretamentecomplementares se juntam a duasoutras cores separadasmutuamente por uma adjacente.Neste esquema forma-se umretângulo na roda de cores. Porexemplo: verde, vermelho,amarelo e violeta.
  • 38. Dicas de combinações• Esquema policromático: Usam-se muitas cores da roda de cores.É uma combinação charmosa ealegre.Lembre-se de que ao formar um esquema, necessariamentevocê não usará apenas as cores dispostas na extremidade daroda de cores, o balanço e a harmonia vêm com o uso dastonalidades (valores): claro-médio-escuro.Cor é responsabilidade emocional.
  • 39. • Cores Acromáticas: São as cores chamadas neutras: o branco, o preto,as cinzas e os marfins.Cores acromáticas ouneutras
  • 40. BibliografiaDa cor à cor inexistente – Israel PedrosaEditora Universidade de Brasília – 3ª ediçãoPsicodinâmica da cores em comunicação – Modesto FarinaEditora Edgar Blucher Ltda – 4ª ediçãoArte & Percepção Visual – Rudolf ArnheimEditora Livraria Pioneira – 7ª ediçãowww. patches.nom/retalhos – Teoria da cores