Your SlideShare is downloading. ×
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Africa do sul
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Africa do sul

8,103

Published on

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
8,103
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
133
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. África do Sul
  • 2.
    • Talvez o que mais lembramos quando falamos da África é a miséria, savana e… Apartheid? A África do Sul é, felizmente, diferente dos demais países que compõe do continente africano. Essa região é habitada por humanos há mais de 100 mil anos, mas nunca lembramos da riqueza que todo esse tempo deixou na cultura, nas estruturas sociais e políticas da região, não é?
  • 3.
    • Mas hoje, com a Copa, acredito que veremos mais do que os clichês em relação ao que sempre falam e o que sempre vemos por aí. Pensando nisso, trouxemos algumas fotos para vocês!
  • 4.  
  • 5.  
  • 6.  
  • 7.  
  • 8.  
  • 9.  
  • 10.  
  • 11. Kruger Park - Safari Kruger Park - Safari
  • 12. Kruger Park: a maior reserva para safári - África
  • 13.
    • Com milhares de animais e opções aventureiras, o Kruger fica próximo à cidade de Nelspruit e é o local certo para conhecer a vida selvagem africana
  • 14.
    • Com 20 mil quilômetros quadrados, mais ou menos o tamanho do Estado de Israel, o Kruger é a maior reserva para safári da África do Sul . Um exagero em todos os sentidos que você puder imaginar. Só leões são cerca de 1.500, que vivem perseguindo as 150 mil impalas. Sem falar em 32 mil zebras, 10 mil elefantes, 9 mil girafas
  • 15. Parque Addo Elefant
  • 16.
    • Considerada uma das principais reservas da África do Sul, o Parque Nacional Addo Elefant, a 74 quilômetros de Port Elizabeth , é um santuário para inúmeras espécies de animais e plantas. Os 164 mil hectares abrigam cerca de 450 elefantes, uma das mais densas populações da espécie no mundo. No parque há, ainda, rinocerontes, leões e búfalos.
  • 17.  
  • 18.  
  • 19.  
  • 20.  
  • 21.  
  • 22.  
  • 23.  
  • 24.
    • A África do Sul está localizada no extremo sul do continente africano, com uma região costeira que se estende por mais de 2500 km, sendo também banhada por dois oceanos (Atlântico e Índico). Com uma extensão territorial de 1 219 912 km². O país é o 25.º maior do mundo em área.
  • 25.
    • A África do Sul não é simplesmente um destino de viagem qualquer, é uma experiência que permanecerá com o visitante por toda vida. Frequentemente descrita como um mundo em em país, a África do Sul oferece ao visitante uma variedade de paisagens de tirar o fôlego, de deserto e florestas exuberantes a elevações montanhosas e vastas planícies desertas. Culturalmente tão diverso como as paisagens, muitos visitantes são atraídos para experimentar o milagre da pacífica derrubada do Apartheid. Outros são atraídos pelas infinitas praias douradas, safári fotográfico, mergulho ou turismo ecológico e a observação de pássaros
  • 26.
    • O crime é um problema sério na África do Sul, especialmente o crime violento. De acordo com um estudo das Nações Unidas a África do Sul ocupa o primeiro lugar no assassinato com arma de fogo, no homicídio involuntário, na violação e na agressão. É segundo em homicídio e quarto em roubo. Este fato teve um impacto profundo na sociedade: muitos dos sul-africanos mais ricos mudaram-se para comunidades fechadas, trocando os bairros comerciais de algumas cidades pela relativa segurança dos subúrbios. Este efeito é mais pronunciado em Joanesburgo, embora a tendência também se note noutras cidades. Muitos emigrantes sul-africanos afirmam que o crime foi uma motivação para a sua saída do país.
    Criminalidade
  • 27. Economia
    • A África do Sul tem uma economia de mercado que se baseia nos serviços, na indústria, na exploração mineradora e na agricultura. É a nação mais rica e industrializada do continente africano.
    • Joanesburgo, a cidade mais rica do país, produz 33% do PIB da África do Sul e 10% do PIB do continente Africano.
    • As principais riquezas do país encontram-se sobretudo nos recursos minerais, como o carvão, o cobre, o manganês, o ouro, a cromita, o urânio, o ferro e os diamantes. No entanto, a exploração de minérios é liderada pela extração do ouro.
  • 28. SAÚDE
    • A expansão da SIDA (síndrome da imunodeficiência adquirida, AIDS no Brasil) é um problema alarmante no país, chegando a atingir 31% das mulheres grávidas em 2005 e uma taxa de infecção nos adultos estimada em 20%. A ligação entre HIV, um vírus transmitido principalmente por contato sexual.
  • 29. CULTURA
    • Não existe uma única cultura sul-africana, devido à diversidade étnica do país, e cada grupo racial tem a sua própria identidade cultural. Isto pode ser apreciado nas diferenças na alimentação, na música e na dança entre os vários grupos. Há, no entanto, alguns traços unificadores
  • 30. Culinária Africana
    • É fortemente baseada em carne e gerou a reunião social tipicamente sul-africana chamada braai . A África do Sul também se tornou um grande produtor de vinho, possuindo algumas das melhores vinhas do mundo nos vales em torno de Stellenbosch, Franschoek e Paarl .
  • 31. Música Africana
    • Existe uma grande diversidade na música da África do Sul. Muitos músicos negros que cantavam em africâner ou inglês durante o apartheid passaram a cantar em línguas africanas tradicionais, e desenvolveram um estilo único chamado kwaito .Digna de nota é Brenda Fassie, que alcançou fama graças à sua canção "Weekend Special", cantada em inglês. Músicos tradicionais famosos são os Ladysmith Black Mambazo , e o Quarteto de Cordas do Soweto executa música clássica com sabor africano. Os cantores sul-africanos brancos e mestiços tendem a evitar temas musicais tradicionais africanos, preferindo estilos mais europeus. Existe um bom mercado para música africâner, que cobre todos os gêneros da música ocidental.
  • 32.
    • Joanesburgo ) é a maior cidade da África do Sul. Com cerca de 5,3 milhões de habitantes, é a quarta maior do continente africano (atrás apenas do Cairo, de Lagos e de Kinshasa), e é a capital da província de Gauteng bem como sede da Corte Constitucional Sul-africana. Está a uma altitude de 1753 metros acima do nível do mar. Foi fundada em 1886 com a descoberta de ouro na zona. Em 1900 tinha já 100 mil habitantes. É o maior centro industrial e financeiro do país.
  • 33. Joanesburgo
  • 34. Rodeada pela riqueza, mas dominada pela Criminalidade
    • Joanesburgo, a maior cidade da África do Sul, se prepara para receber a Copa do Mundo de 2010 e, certamente, tem tudo para mostrar um belo espetáculo. Por ser a cidade mais rica do continente africano, é presumível que ela gaste alguns milhões de “Rand”, moeda local, com o intuito de mostrar ao mundo a sua exuberante beleza.
  • 35. Joanesburgo, capital da COPA do Mundo na África do Sul
  • 36.  
  • 37.
    • Não é exagero dizer que Joanesburgo é a capital da Copa do Mundo da África do Sul. Nada menos que 15 das 64 partidas programadas serão disputadas na cidade, incluindo o jogo de abertura, a final, dois jogos das oitavas-de-final e dois pelas quartas-de-final. Das nove subsedes do Mundial, é a única a contar com dois estádios: o Ellis Park, onde o Brasil conquistou a Copa das Confederações, em 2009, e o Soccer City, que teve a sua capacidade ampliada de 88 mil para 94.700 torcedores, tornando-se o maior estádio do continente africano
  • 38.
    • A cidade não chega a oferecer muitas opções para o turismo, mas é o mais importante centro econômico-financeiro do país. E, de certa forma, reflete o contraste social que se espalha por toda a África do Sul. Na parte rica da cidade, é possível encontrar prédios modernos, hotéis luxuosos, serviços de primeiro mundo, bons restaurantes e segurança. Na região metropolitana, a pobreza predomina e a violência assusta.
  • 39. Cidade do Cabo
  • 40.  
  • 41.
    • é a segunda maior cidade da África do Sul, fazendo parte do Município metropolitano da Cidade do Cabo. É a capital da província do Cabo Ocidental, bem como a capital legislativa da África do Sul, onde o Parlamento Nacional e muitos escritórios do governo estão localizados. A Cidade do Cabo é famosa pelo seu porto natural, incluindo os marcos bem conhecidos, como a Montanha da Mesa e Baía da Mesa, sendo um dos mais populares destinos turísticos do Sul Africano.
    A Cidade do Cabo
  • 42.
    • Faltam cerca de dois meses para o início do maior torneio futebolístico de todos os tempos. A partir do dia 11 de Junho a bola rolará para 32 seleções que vão tentar alcançar o posto ocupado atualmente pela Itália, o de Campeão.
    •  Ao todo serão nove cidades sedes na África do Sul. Confira:
  • 43. Joanesburgo
  • 44.
    • Cidade onde encontramos o Soccer City que é o maior estádio do país, com capacidade para 94 mil pessoas. O estádio ainda não foi acabado, mas as autoridades da Fifa e do governo da África do Sul garantem que ele estará pronto até o dia 11 de Junho.
  • 45.  
  • 46.
    • O Ellis Park Stadium foi inaugurado há mais de 70 anos e tem capacidade para cerca de 60 mil espectadores.
  • 47.
    • A casa do time sul-africano Sundowns Football Club tem capacidade para   45 mil pessoas e se chama Loftus Versfeld. Mais um estádio sede.
    Pretória
  • 48.
    • Acima podemos ver o Estádio Nelson Mandela Bay que tem capacidade para 50 mil espectadores e será palco de 5 jogos da primeira fase, 1 jogo das oitavas-de-final, 1 das quartas-de-final e da disputa de terceiro lugar da Copa.
  • 49. Polokwane
  • 50. O estádio Peter Mokaba tem capacidade para 45 mil pessoas .
  • 51.
    • O Estádio Mbombela terá como principal atração o duelo entre Itália e Nova Zelândia.
    Nelspruit
  • 52.   Durban  O   Durban Stadium tem 70.000 lugares e sete jogos ocorreram nele (cinco na primeira fase, um nas oitavas de final e um nas semifinais).
  • 53.   Bloemfontein
  • 54.  

×