Gênero

351 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
351
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gênero

  1. 1. GÊNERO E DIVERSIDADE
  2. 2. TEMAS EDUCATIVOS TRANSVERSAISDOCENTE – FERNANDA GOMES DA SILVACURSO PEDAGOGIA - 7º SEMESTRE
  3. 3. COMPONENTES:JULIANE LOUISEMARGARETE DIASMARIA ILDA LIMA
  4. 4. UMA NOVA FORMA DEBRINCARA brincadeira é um momento em que asriquezas das relações favorecem a produçãoda cultura infantil.
  5. 5. MENINOS = MENINASObservando meninos e meninas brincandopodemos perceber que na maioria das vezeseles apresentam comportamentos,preferências, atributos de personalidade maisapropriada para o seu sexo, seguindo, desdebem pequenos, as normas e padrõesestabelecidos.
  6. 6. MAS NEM SEMPRE OSPADRÕES SÃO SEGUIDOSTrocas de papéis sexuaisnas brincadeira muitasvezes desapontam asexpectativas de umasociedade sexista, quenão entende que meninostem vontade de brincar decozinhar na casinha,brincar com boneca,brincar de salão de belezae meninas tem vontade desubir em árvore, jogarfutebol, brincar comespada, carrinho...
  7. 7. Nas brincadeiras coletivas nas quais meninos emeninas se revezam nos papéis, semmenosprezar ou desprezar papéisconsiderados masculinos ou femininos ascrianças buscam companheiros para brincar evivenciar momentos agradáveis, nãoimportando ser homem ou mulher, menino oumenina.
  8. 8. NA ESCOLAAs crianças vão aprendendo aoposição e hierarquia dos sexosao longo que permanecem naescola.O profissional de educação infantiltem papel fundamental para queessa relações possam acontecerde forma livre, sem cobrançasquanto a um papel sexual pré-determinado.É importante que o profissional quetrabalha na educação decrianças pequenas tenhaconsciência deste potencial, paraque, desse modo, repense suaprática educativa.
  9. 9. LIBERDADE AO BRINCARA diversidade de briquedos e as várias opçõesde brincadeiras que o ambiente da escola deeducação infantil proporciona às crianças vãopermitir, por meio lúdico, o favorecimento dadiversidade, para que todos os espaços sejamocupados por meninos e meninasindiscriminadamente. As crianças brincamespontaneamente com brinquedos queescolhem sem constrangimento.
  10. 10. ESPONTANEIDADEObservando crianças pequenas brincandojuntas, percebemos que elas não possuempráticas sexistas, portanto não reproduzemessas práticas em suas brincadeiras.
  11. 11. QUEBRANDO TABUSNa medida em que meninos e meninastransgridem o pré-determinado para cadasexo, mostra-se que a instituição de educaçãoinfantil pode apresentar mais umacaracterística positiva quanto às formasdessas relações: o ambiente da educaçãoinfantil pode ser um espaço propício para onão-sexismo.
  12. 12. A escolha e utilização dos brinquedos sãopontos importantes de análise para refletirsobre as relações de meninos e meninas.É necessário ressaltar que os brinquedos sãocompreendidos como elementos culturais,portadores de significados e as crianças estãoa todo momento recriando significados.
  13. 13. REFERÊNCIAhttp://www.madametrapo.com/2012/07/a-boneca-de-FINCO, Daniela. Relações de gênero nabrincadeiras de meninos e meninas naeducação infantil. V 14, n.3(42)-setembro/dezembro 2003.

×