Informalidade na compra de medicamentos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Informalidade na compra de medicamentos

on

  • 1,980 views

Informalidade na compra de medicamentos

Informalidade na compra de medicamentos

Statistics

Views

Total Views
1,980
Views on SlideShare
1,977
Embed Views
3

Actions

Likes
0
Downloads
30
Comments
0

1 Embed 3

http://www.linkedin.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Informalidade na compra de medicamentos Informalidade na compra de medicamentos Presentation Transcript

    • A INFORMALIDADE NA COMPRA DE MEDICAMENTOS PRESCRITOS
    • Objetivos, Metodologia e AmostraObjetivo: Conhecer a percepção e principais hábitos do brasileiro em relação à compra de medicamentos.Técnica de coleta: pesquisas pessoais, domiciliares.Público-alvo: população em geral, com 16 anos ou mais.Abrangência geográfica: Pesquisa nacional – amostra totalmente proporcionalAmostra: 2002 entrevistasData de campo De 15 a 19 de setembro de 2011Seleção da amostra Probabilística nos estágios iniciais, e cotas no último estágio (setor)Margem de erro 2 pontos percentuais, com índice de confiança de 95% 3
    • Prescrição formal XCompra informal
    • A maioria procura o médico, mas muitos buscam orientação informal Um em cada dez procura o balconista na farmácia Médico/ Hospital/ Posto de Saúde 87 Familiares 17 Farmacêutico da farmácia 16 Cidades até 20 mil hab.: 21% Balconista da farmácia 8 Amigos 6 Pesquisa na internet 4Barracas de remédios naturais (raizeiros) 1 Programas de TV 1 Nenhum (Esp.) 1 Base: Amostra (2002) P01) De acordo com este cartão, quais meios você procura quando precisa de orientação sobre algum problema de saúde? Mais algum meio que não esteja neste cartão? 5
    • Compra em camelôs triplica na região Norte Farmácia / Drogaria 99 Em camelôs ou barracas de rua 6 Região Norte: 18% Farmácia / Drogaria pela internet 2Pela internet, mas em outros locais 1diferentes de Farmácias e DrogariasBase: Amostra (2002) P02) Vou citar alguns lugares, e gostaria que me indicasse, para cada um deles, se já comprou ou não medicamentos: 6
    • Compra de medicamento sem receita Já comprou sem antes ir ao médico? Sim Região 18 Nordeste: 24% 82 Capitais: 24% NãoBase: Amostra (2002) P03) Você já comprou alguma vez medicamentos de tarja vermelha ou preta sem a apresentação da receita médica? P04) Você já procurou diretamente a farmácia | drogaria para compra de algum medicamento de tarja vermelha ou preta, sem passar antes pelo médico? 7
    • Como procedeu quando comprou sem receita Informou os sintomas ao atendente 72% Procurou pelo farmacêutico 69% Pediu recomendações de medicamentos 62%Base: já comprou medicamento sem receita ou sem passar pelo médico (403) P05) Quando você foi a farmácia | drogaria comprar seus medicamentos sem receita, você... 8
    • Farmacêutico recomendouespontaneamente medicamento diferente do prescrito para mais de um terço Sim Capitais: 45% 37 Não 59 NS/NR 22 Nunca comprou remédios com receita Base: Amostra (2002) P06) Alguma vez o atendente da farmácia lhe recomendou um medicamento diferente daquele que estava escrito na receita médica, mesmo sem você pedir? 9
    • Na maioria dos casos o atendente oferece um genérico (nove em cada dez) Mesmo sem você pedir, o atendente da farmácia/ drogaria ofereceu um medicamento genérico 10 Aconteceu Destes, 80% aceitaram a oferta. (27% de todos os entrevistados) Não aconteceu 90 P07) Eu vou ler duas situações que podem ter acontecido quando você foi à farmácia | drogaria comprar medicamentos com receita. Para cada uma delas eu gostaria que você me dissesse se aconteceu com você ou não: E alguma vez você aceitou esta recomendação do atendente ou não? 10
    • Muitos atendentes sugerem também marcas diferentes (sete em cada dez)Mesmo sem você pedir, o atendente da farmácia/ drogaria recomendou um medicamento com uma marca diferente da que estava escrito na receita 31 Aconteceu Destes, 59% aceitaram a Não aconteceu recomendação. 68 (15% de todos os entrevistados) Base: somente para quem recebeu recomendação diferente da receita (747)P07) Eu vou ler duas situações que podem ter acontecido quando você foi à farmácia | drogaria comprarmedicamentos com receita. Para cada uma delas eu gostaria que você me dissesse se aconteceu com você ou não: Ealguma vez você aceitou esta recomendação do atendente ou não? 11
    • Quando a iniciativa pela troca do medicamento é do consumidor Já perguntou sobre alternativas mais baratas? Já perguntou 30 a 39 anos: 77% 68 Ensino Superior: 74% Sul: 75% Nunca perguntou 32Base: somente para quem não aceitou a recomendação ou não lembra (1969) P08) Quando você vai comprar medicamentos com receita médica, você costuma perguntar se existe um remédio mais barato mas que tenha o mesmo efeito do remédio receitado? P09) E quando você pergunta por um medicamento mais barato para o atendente, quais destas situações que eu vou ler já aconteceram com você: 12
    • Quase sempre a sugestão foi por um genérico. Em metade dos casos, foi sugerida uma marca diferente Qual foi a sugestão? O atendente ofereceu um medicamento genérico 94 6 O Atendente ofereceu um medicamento que tinha uma marca 48 49 2 diferente do que estava escrito na receita Sim Não NS/NRBase: somente para quem já perguntou se existia remédio mais barato que o indicado (1347) P08) Quando você vai comprar medicamentos com receita médica, você costuma perguntar se existe um remédio mais barato mas que tenha o mesmo efeito do remédio receitado? P09) E quando você pergunta por um medicamento mais barato para o atendente, quais destas situações que eu vou ler já aconteceram com você: 13
    • Um terço não confere a validade Confere a validade antes da compra? 30 Costuma conferir quando compra Não costuma conferir 70 Confere a validade antes do uso? Homens: 30% Costuma conferir 24 16 a 24 anos: 31% quando usa Classe D/E: 31% Não costuma conferir 76Base: Amostra (2002) P10) Quando você compra um medicamento, você costuma conferir o prazo de validade? P11) Quando você precisa usar algum medicamento que já tem em casa, você costuma conferir o prazo de validade antes de consumi-lo? 14
    • Metade nunca tomou conhecimento do selo de segurança (“raspadinha”) Selo de segurança 53 Já ouviu falar Nunca ouviu falar 47 Menos escolarizados: 62% Classe D/E: 60% Base: Amostra (2002) P12) Você já ouviu falar sobre um selo de segurança que existe na caixa dos medicamentos, que é como uma raspadinha, e que deve ser raspado para que as pessoas possam conferir se o medicamento é original ou não? 15
    • Obrigado!