Your SlideShare is downloading. ×
O jovem e a sexualidade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O jovem e a sexualidade

9,744

Published on

Published in: Education
2 Comments
9 Likes
Statistics
Notes
  • Gostei muuito dos textos que consegui ler, poderia repostar o slide, só que em as imagens atrás elas prejudicam muito a leitura..
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • gostei muito
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
9,744
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
547
Comments
2
Likes
9
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A masturbação é o ato da estimulação dos órgãosgenitais, manualmente ou por meio de objeto, com oobjetivo de obter prazer sexual, seguido ou não deorgasmo, sendo uma prática sexual não-penetrativa.Podendo ser autoaplicada, quando o que promove aestimulação é o mesmo que a recebe ou pode seraplicada a uma pessoa diferente, quando o quepromove a estimulação o promove em outro. amasturbação é comum em ambos os sexos e em umalarga faixa etária, iniciando-se no início da puberdade,ou, segundo alguns, ainda durante a infância - massem a carga erótica nesta fase.O acto da masturbação é socialmente condenável emalgumas culturas, embora não seja uma doença e nemcause doenças
  • 2. • A batalha pela pureza sexual sempre começa na mente.• O pecado sexual declarado é concebido na mente• Não somente a imoralidade resultante é pecado - os pensamentos impuros também são pecados. (Mat. 5: 27,28)
  • 3. • Paulo diz que o crente de espírito controlado, na batalha espiritual, está "levando cativo todo pensamento à obediência a Cristo.a(2 co 10:15)• O que nossos olhos vêem e lêem produz e controla a maior parte de nossos pensamentos.• Não há passagem específica na Escritura que fale diretamente da questão da masturbação• 1. Vejamos à definição de lascívia e luxúria: "Gratificação dos sentidos ou indulgência para com o apetite; dedicado aos ou preocupado com os sentidos" e "desejo sexual intenso". A masturbação encaixa-se definitivamente nestas definições (veja Gl 5:19). Pode- se praticar a masturbação sem lascívia ou luxúria?
  • 4. • sobre a santidade e a intenção da relação sexual no casamento. Sem sombra de dúvida, a masturbação é uma tentativa de experimentar as mesmas sensações que são atribuídas ao casamento. É um substituto do ato verdadeiro - uma farsa, uma falsificação, um dolo. (Ef. 2:3)• A masturbação é também totalmente egocêntrica. E pode nos levar à escravidão
  • 5. VIRGINDADE• A definição mais ampla de virgindade define que seria a pessoa desprovida de qualquer tipo de relação carnal[1• Quando o rapaz e a moça se guardam sexualmente até a noite de núpcias e têm sua primeira relação sexual, eles estão selando a aliança com Deus (a da obediência) sempre que alguém fazia uma aliança com Deus, havia um derramamento de sangue,• Aliança é uma das coisas mais importantes no relacionamento entre duas pessoas do sexo oposto.• A VIRGINDADE deve ser considerada uma das coisas mais importantes em sua vida. Uma vez que você a perde, ela não mais será restituída fisicamente.• O verdadeiro amor é paciente, é benigno, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses; o verdadeiro amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta" (1Cor 13:4- 7).
  • 6. PORNOGRAFIA• Pornografia é a representação, por quaisquer meios, de cenas ou objetos obscenos, destinados a serem apresentados a um público e também expor práticas sexuais diversas, com o intuito de despertar desejo sexual no observador.• . Deus abomina tudo o que é imoral, sexualmente pervertido, associado a idolatria e a luxúria (1 cor. 6: 9-13)• A história do antigo oriente médio documenta a decadência das nações que adoravam deuses da fertilidade usando órgãos sexuais como seus símbolos e prostituição como forma de adoração.• Pornografia explora as mulheres como ferramentas descartáveis para a satisfação da luxúria masculina. Crianças são abusadas mentalmente, emocionalmente, fisicamente e espiritualmente para satisfazer as compulsões hedonistas dos viciados em sexo.
  • 7. • ela é fruto da carne, procede do coração corrupto do homem, é uma ameaça à pureza sexual e devemos fugir dela, pois os que a praticam não herdarão o reino de Deus.• Consumir deliberadamente material pornográfico é violar todos os princípios bíblicos estabelecidos por Deus para proteger a família, a pureza e os valores morais. A própria palavra "pornografia" nos aponta essa realidade, são usadas no Novo Testamento para a prática de relações sexuais ilícitas, imoralidade ou impureza sexual em geral
  • 8. PRECONCEITO E SANTIDADE• Vos revistais do novo homem que, segundo Deus, é criado na verdadeira justiça e santidade”. (Efésios 4:24) . Ser justo, dentre as diversas atribuições do casal, é também agradar sexualmente o outro• ter domínio absoluto do corpo do cônjugue em santificação e honra. Significa proporcionar prazer e alegria ao companheiro ou à esposa, sem agressão moral e sem desrespeitar os princípios cristãos .• . O caráter de quem pratica o ato sexual em santificação jamais é instintivo ou autocontemplativo, egocêntrico.
  • 9. CASAMENTO NA VELOCIDADE DO FLASH• Atualmente, o período entre namoro, noivado e casamento tem se encurtado, ou seja, em menos de um ano ou em apenas alguns meses, muitas pessoas estão se casando rapidamente dizendo amar profundamente o cônjuge.• . Vivemos um tempo ‘neurótico’, onde tudo se processa de maneira veloz, assim como a internet.”• O motivo mais citado pela autora em sua obra é o medo de ficar só• o “desejo de construir a dois um lar que funcione como porto seguro num mundo cada vez mais cheio de incertezas.”
  • 10. Razões do casamento se acabarem rápido• Uma delas é a dicotomia amor e paixão.• “As pessoas acham que estão amando quando, na realidade, estão é sentindo forte atração física por alguém.• Um dos principais motivos pelos quais algumas jovens se submetem a um casamento ‘relâmpago’ é o desejo de saírem logo de casa, a fim de se verem livres dos seus pais ou de alguma situação que lhe incomoda.• Outro fator é a vontade desenfreada por um relacionamento sexual
  • 11. Como fugir do mundo da sensualidade• o fato é que nunca houve tanta abertura para se viver diante de tanta sensualidade explícita como se vive nos dias de hoje• Quando uma pessoa dá brechas para viver liberalmente sob os instintos da carne, ou seja, consumir pornografia da internet, de revistas, ficar com quem quiser, tendo relações sexuais à vontade com quem der na cabeça, tanto na forma de adultério (entre casados) como de prostituição (entre solteiros), acontece uma espécie de reação hormonal em cadeia, ou seja, nosso cérebro, influenciado pelos sentidos, desencadeia uma descarga de hormônios da libido para o corpo todo, fazendo com que haja uma sensação de "prazer".
  • 12. • . A libido é ativada quando aceitamos desfrutar de momentos de erotismo que causam excitação no corpo• pois a nossa alma não se sente preenchida tendo um instinto carnal, que é a "libido" no comando o tempo todo, quase que todo dia.• . A VERDADEIRA SEDE DE NOSSA ALMA É SACIADA APENAS BEBENDO-SE DA ÁGUA CRISTALINA QUE SÓ CRISTO TEM PARA DAR,(João. 4:14)• O GRANDE SEGREDO NO ENTANTO, ESTÁ EM NÃO DAR INÍCIO A ESTE EFEITO DEVASTADOR DE ACIONAR A LIBIDO DE NOSSO CORPO !!! NÓS TEMOS A OPÇÃO DE ACIONAR OU NÃO A LIBIDO EM NOSSO CORPO!!!
  • 13. • Deus nos fez com o propósito de nos relacionarmos única e exclusivamente com a pessoa que Ele escolheu para viver ao nosso lado, que é o propósito do casamento• O ser humano não tem estrutura para viver quase que o tempo todo sob efeito da libido (sensualidade desenfreada), mesmo porque não nasceu para isso. Engana-se quem pensa "estar curtindo a vida" vivendo dessa forma !!! Quem acha isso bom e prazeroso está totalmente enganado!!! Tanto é, que se você está envolvido com este tipo de coisa e se sente tocado ao ler estas palavras é porque você não está satisfeito com a vida que você está vivendo !!! Por que isso acontece ??? É porque Não há propósito nenhum em viver uma vida de promiscuidade !!!
  • 14. Sexo Oral é pecado?• Não há fundamento para se dizer que sexo oral é pecado• Dizer que sexo oral é pecado é o mesmo que dizer que há partes do corpo permitidas de serem beijadas e outras não, o que seria por si só um tipo de "anti santificação" do corpo humano. Beijar a boca pode, beijar o seio, não. Chupar o pescoço pode, chupar outras partes do corpo não. Lamber o dedo da esposa pode, lamber outras coisas não.
  • 15. • O sexo e o amor foram criados por Deus para gozo e alegria de seus filhos e cada parte do corpo pode ser órgão sexual ou não, no sentido que há pessoas que se excitam se beijadas na orelha, outras sentem tesão por pés, outras ficam excitadas se tocadas no pescoço, etc.• pode-se ter certeza de que não existem evidência alguma de que Deus esteja preocupado ou condenando o jeito que o casal se toca, beija ou acaricia.• Assim o ideal é que o casal viva segundo o chamado de Deus para vocês• É intimidade, entrega e manifestação do amor de Deus e de vcs um pelo outro.
  • 16. “Ficar”, uma atitude não cristã!• A expressão surgiu na década de oitenta entre os adolescentes de 13 aos 17 anos que buscavam simplesmente o prazer sem qualquer perspectiva de compromisso. Ou seja, é um comportamento em que os jovens conversam, se beijam, se abraçam e até têm relação sexual, sem nenhuma responsabilidade pós-encontro. Não há nenhum vínculo emocional, afetivo,espiritual e, muito menos, trocas de endereço e telefone. O “ficar” é uma armadilha do Diabo O diabo utiliza vários métodos para levar o homem ou a mulher a uma relação sexual fora dos padrões de Deus. A Bíblia diz : “Não vos defraudeis uns aos outros”. Defraudar é passar dos limites da intimidade com uma outra pessoa que não seja o seu cônjuge• O texto declara que o sexo é para ser desfrutado entre o homem e a mulher no contexto do casamento
  • 17. • E o ficar, conhecido antigamente como o arrocho, é uma fonte de excitação, em que beijos ardentes e carícias em partes íntimas são praticados. Dificilmente, um jovem conseguirá ter uma vida de santidade em um relacionamento passageiro, sem um peso de responsabilidade e compromisso, enfatiza.• há uma grande diferença entre pureza e virgindade, já que alguns adolescentes se guardam para o casamento, mas mantêm outras práticas sexuais Em contrapartida, existem pessoas que "perdem a virgindade" e, depois de se converterem, se arrependem e evitam a intimidade antes do casamento.
  • 18. • O que tem acontecido hoje é que a família tem transferido sua responsabilidade, já que muitos não orientam seus filhos, e o resultado disso é uma vida sexual fora dos parâmetros bíblicos• A proposta do “ficar”é levar esta geração a experimentar um pouco do outro de uma forma leviana. Além de gerar traumas, frustrações, decepções e até uma gravidez precoce
  • 19. O Namoro Cristão• Um relacionamento segundo a visão cristã é um período de conhecimento mútuo, de aprofundamento da amizade. É a forma de duas pessoas se conhecerem melhor e, com mais intensidade, alguém com quem se pretende ter um relacionamento sério com vistas ao casamento.• Portanto, deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-à à sua mulher, e serão ambos uma só carne. (Gen. 2:24)• É necessário um trabalho de conscientização em que a juventude seja esclarecida das conseqüências que advêm da quebra dos preceitos bíblicos
  • 20. A intimidade do casal de namorados• Os apaixonados são cúmplices, se entendem muito bem e acham que ninguém é capaz de compreender a dimensão do amor que têm. Alguns casais acham que ter relações sexuais no namoro, é um meio de se conhecerem melhor e provarem o amor mútuo, mesmo que esse seja um argumento simplista demais. Pelo fato de namorarem a alguns meses, acham que “se conhecem muito bem”. Muitos quando começam o namoro, não concordam com isso, mas, como “o amor é cego”, com o tempo esse pensamento cai por terra. Os anticoncepcionais facilitam essa prática.
  • 21. • Quando o casal está de acordo, essa aventura se concretiza facilmente. Porém, o que muitos não sabem é que na hora mais esperada as coisas não acontecem como imaginadas. A falta de experiência, o sentimento de culpa, o medo de serem descobertos e a necessidade de manterem o fato escondido, se torna um tormento e não um prazer. Sem falar na possibilidade de uma gravidez indesejada e possíveis doenças sexualmente transmissíveis. E aí, aquilo que poderia ser um prazer, pode se tornar um terror que poderá permanecer por toda a vida, pois a consciência é a única namorada da qual jamais poderemos nos livrar. Quanto à falta de experiência, ninguém precisa treinar para isso, ela acontece naturalmente no casamento. Os órgãos genitais não se atrofiam e facilmente se ajustam, pois são feitos de músculos.
  • 22. • A chamada “prova de amor” com o sexo antes do casamento, é exatamente falta de amor. A Bíblia diz que “o amor não pratica o mal contra o próximo” (Rm 13.10). E o sexo no namoro é um mal a si e ao próximo, pelas razões já citadas e tantas outras. A desconfiança paira na relação. Se ele e ela não foram capazes de esperar até o casamento, poderão suportar um caso dentro casamento? Se não foram capazes de dizer “não” antes do casamento, qual será a resistência para não dizerem um outro “sim” fora do casamento? Que modelo darão aos filhos ao ensinarem os bons princípios de conduta nessa área? É claro que Deus perdoa esse pecado, mas a cicatriz fica.
  • 23. • A intimidade do casal deve ser no coração, não nos órgãos genitais com carícias e relações sexuais. Um casal de namorados que não desenvolve uma verdadeira amizade, se torna mais vulnerável, mesmo depois do casamento. O calor da paixão na adolescência é pouco consistente como prova para os anos seguintes. Essa é uma fase de mudanças rápidas no corpo e nas emoções. Sabe-se que um adolescente pode se apaixonar em média até cinco vezes antes de completar vinte anos. Cada um deve se guardar para aquela pessoa com a qual se viverá por toda a vida depois do casamento.
  • 24. • As implicações das intimidades físicas no namoro são muito abrangentes. Os pais não concordam e sofrem com elas na vida de seus filhos. Que amor é esse que provoca lágrimas quentes no rosto de uma mãe e de um pai com uma filha que perdeu a virgindade com o namorado, ou com uma gravidez inesperada? Que pai ou mãe se orgulha de ter um filho com fama de garanhão? Quem gostaria de conviver com lembranças indesejadas quando na cama com seu cônjuge e lembrar de outras relações sexuais com uma pessoa que faz parte do passado?
  • 25. • Não tenho dúvidas em afirmar que muitos namoros indecorosos são reflexos de filhos carentes de afeto e amor por parte de seus pais. Todos nós temos uma espécie de balão emocional. Os pais são os primeiros responsáveis em manter esse balão cheio na vida de seus filhos. Isso acontece na vida comum do lar, com palavras, ações e reações. Quando a criança cresce e chega à adolescência com esse balão vazio, ela se torna presa fácil em uma paquera e pouco se faz necessário para ela se entregar incondicionalmente a alguém, devido o vazio que precisa ser preenchido. Antes de qualquer outra coisa, o jovem quer amizade, afeto, respeito, carinho. Quando ele tem isso, muitas vezes não acontece a intimidade física no namoro. Ela é reservada para o casamento.
  • 26. • Deus deve ser o centro de um namoro abençoado. Se ele for colocado em primeiro lugar, o casal terá toda a direção, sabedoria e equilíbrio para lidar bem com todas as situações. O prazer da comunhão com Deus nunca pode ser subestimado pelo prazer da intimidade no namoro. Se assim for feito não será Deus que atenderá os desejos do nosso coração, mas nós mesmos satisfazendo os desejos carnais, egoístas e contrários à vontade de Deus, o que só trará tristezas, mesmo que precedidas de efêmeras alegrias. Quem tem intimidade com Deus, tem intimidade certa, na hora certa, com a pessoa certa devidamente. Não devemos nos amoldar ao padrão de namoro deste mundo, mas nos mantermos firmes na Palavra de Deus, renovando a mente com tudo o que for verdadeiro, nobre, correto, puro, amável, de boa fama, e tudo o mais que for excelente e digno de louvor (Rm 12.2; Fp 4.8).
  • 27. Meu namoro é da vontade de Deus?• Como saber se este namoro é de Deus? Venho fornecer algumas dicas a este respeito. São dicas baseadas em experiências e orientações contidas na Palavra de Deus.• 1ª dica – Os Frutos - Como disse Jesus, uma boa árvore se conhece pelos frutos “Portanto, pelos seus frutos o conhecereis• Assim, veja se o rapaz ou a moça é um servo de Deus, analise o seu comportamento, a sua vida com o Senhor.
  • 28. Frutos• Assim, ao namorar alguém precisamos verificar com atenção os seus frutos. É preciso tomar cuidado quanto a isto, pois muitas vezes, por estarmos envolvidos sentimentalmente, não prestamos a atenção neste aspecto.• Veja a sua vida na igreja e especialmente em casa, se é um bom filho ou boa filha, analise também o seu comportamento profissional, etc. É muito fácil ser cristão na igreja, os verdadeiros frutos são revelados no dia a dia, nos bastidores
  • 29. A Paz• 2ª Dica – A paz - A Palavra de Deus diz que a “paz” deve ser o árbitro em nossos corações “Seja paz de Cristo o árbitro em vosso coração” (Col. 3:15).• Assim, se o namoro é algo que rouba paz, que leva a pessoa a ficar distante de Deus, que traz inquietação, perturbação, cuidado pois há algo de errado. Lutas e obstáculos sempre existirão, enfim, lutas externas e até desentendimentos esporádicos causados por diferenças de opiniões. Todavia, se o relacionamento rouba a sua paz interior, especialmente a sua comunhão com Deus é um grande indício que de o Senhor não está nesse relacionamento.
  • 30. Amor• 3ª dica – É paixão ou amor?• Paixão é algo avassalador, que nos leva a perder a razão, a lógica e até o temor de Deus. O amor, ao contrário, já é um sentimento maduro, consciente, nasce aos poucos, se desenvolve com o tempo e vai se fortalecendo diante das dificuldades• . A paixão á algo passageiro, não resiste à distância, esfria, não espera. O amor, ao contrário, permanece “o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta” (I Cor. 13:07).
  • 31. Enriquecimento• 4ª dica – Enriquecimento – A Palavra de Deus afirma que a benção do Senhor enriquece e não acrescenta dores (Prov. 10:22).• O namoro que é da vontade de Deus traz um enriquecimento mútuo. Ou seja, traz um enriquecimento na área espiritual, profissional, familiar, etc. Deus que ama e cuida de nós certamente colocará alguém em nosso caminho que nos abençoe, que tenha algo de bom a acrescentar em nossa vida, que nos ajude a dar continuidade aos nossos sonhos
  • 32. Convicção• 5ª dica – Convicção – Jesus certa vez disse que a palavra do cristão tem de ser sim, sim ou não, não e que tudo o que passar disso é de procedência do maligno (Mateus 5:37).• Neste caso, o namoro aprovado por Deus é algo certo, definido e não indeciso. Quando o relacionamento é envolto por inseguranças e incertezas, algo está errado e precisa ser revisto, pois a dúvida não procede de Deus. Se não houver certeza, ore bastante e busque a direção de Deus e se preciso for, abra mão do relacionamento antes que alguém se machuque.
  • 33. Os 10 mandamentos dos namorados• 1º AMAR ao outro como a si mesmo. Se não há um sentimento puro, sincero esqueça.(Ef.5.25) –• 2º AMAR também é Respeitar as individualidade entre ambos. ( Espiritual, Emocional e Física)Ver Col 3:19• - 3º AMAR é ter responsabilidade pelo outro, pois a Palavra empenhada é aprovada por Deus. (Mat.18.19).• - 4° AMAR também exige COMPROMISSO, Planos para o Futuro, começa com uma base sólida de namoro.Tito2:4 5º AMAR é não NEGLIGENCIAR os Conselhos dos mais experientes, principalmente, Pai e Mãe. (Ef. 06:02) – 6º AMAR é viver na DEPENDÊNCIA do Espírito, pois o "Discernimento Espiritual" é importante.( Mat. 06: 33). – 7º AMAR é CEDER quando perceber que há certos momentos de indecisões,aceitar opiniões, refletir.Ti: 3.9 – 8º AMAR é saber REMIR O TEMPO, não fique espe- rando uma década pela decisão do matrimônio.Lembre: Que o tempo é fugaz, portanto decidam-se... (Ef.5.16). – 9º AMAR é saber PLANEJAR , não entre em Canoa Furada, antes de Subir ao Altar, ARRUME A SUA VIDA FI- NANCEIRA - ( Provérbios 13: 01 e 14: 01 ). 10º AMAR É CONFIAR EM DEUS, quando o namoro é preparado por Ele, tenha certeza meu irmão que:TUDO DARÁ CERTO. ( Isaias 49: 23 ).
  • 34. Guardando nossa consagração• Jz 13:2-3 e 16:22 - Como Sansão, fomos chamados para sermos separados para Deus, consagrados a Ele, pois, somos Dele.• Se desejamos ser usados por Ele, temos de estar dentro de Seu padrão, ou seja, vivendo de acordo com a Sua Palavra. Deus conta com você para a realização de Seus planos! Ele deseja te usar! O inimigo só derrubou Sansão quando descobriu onde estava a força dele. Sansão, então, foi humilhado e se tornou motivo de riso e zombaria para os seus inimigos• Entenda meu irmão, o mundo não é pra você. Você só é forte em Deus, portanto, não deixe o diabo te humilhar, recuse as ofertas dele. Guarde a sua consagração, zele pela tua aliança com o Senhor. Quando o crente peca, o inferno se diverte. Mas Deus, não te criou pra você ser diversão para o inferno; pelo contrário, Deus quer Se deleitar em você!
  • 35. Com que tipo de pessoa eu devo namorar?• Não é sábio namorar alguém que não ame a Deus.• A Bíblia diz em II Coríntios 6:14 e 15 - " Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com injustiça? Ou que comunhão tem a luz com as trevas? Que harmonia há entre Cristo e Belial? ou que parte tem o crente com o incrédulo?" Amós 3:3 "Acaso andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?"• Não namore alguém que diz ser cristão mas não vive como um cristão.• A Bíblia diz em I Coríntios 5:11 - " Mas agora vos escrevo que não vos comuniqueis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com esse tal nem sequer comais• Evite namorar pessoas coléricas• A Bíblia diz em Provérbios 22:24 - " Não faças amizade com o iracundo; nem andes com o homem colérico."
  • 36. • Não namore um cristão preguiçoso• A Bíblia diz em II Tessalonicenses 3:6 - " Mandamo-vos, irmãos, em nome do Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição de trabalho que de nós recebestes." O que mais conta é a beleza interior• A Bíblia diz em I Pedro 3:4 - " Mas seja o do íntimo do coração, no incorruptível traje de um espírito manso e tranqüilo, que és, para que permaneçam as coisas.“• Namore alguém que tenha uma boa atitude• A Bíblia diz em Romanos 15:5 e 6 - " Ora, o Deus de constância e de consolação vos dê o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus Para que unânimes, e a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.“• Namore alguém que lhe anima e lhe apóia• A Bíblia diz em Filipenses 2:1 e 2 - " Portanto, se há alguma exortação em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão do Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões, completai o meu gozo, para que tenhais o mesmo modo de pensar, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, pensando a mesma coisa."
  • 37. Sexo: quem ama espera! Você está disposto?• Todo pecado começa na mente. Os pensamentos provocam ações. Os pensamentos estimulam as emoções e estas debilitam a vontade. A vontade responde às insinuações dos pensamentos e das emoções. Por que tantas pessoas caem em pecados sexuais? as razões ou motivos que são mais encontrados entre os jovens hoje em dia são: 1) Covardia: para que se guardar?; ?somente você ainda não fez?. E por covardia, medo, pressão da turma ele acaba fazendo sexo logo para acabar com essas gozações para consigo. 2) Avançar demais nas carícias: Ao começar a avançar demais nas carícias ele percebe que não consegue mais parar e se envolve em sensações que não saberá mais como refrear e acaba por praticar o ato sexual. 3) Sentem-se apaixonados: Um tremendo erro, pois paixão nunca deve ser colocada como uma boa razão. Paixões passam. E paixões desenfreadas são como uma criança rebelde que precisa de disciplina e correção e não que sua vontade seja satisfeita. 4) Por ser excitante: O corpo corresponde ao excitamento e isto lhe vem como extremamente agradável e prazeroso. Logo mais tarde, descobre que tais emoções podem ser desastrosamente artificiais.
  • 38. • 5) Ignorância: A ignorância aqui é que após se envolverem não conseguem mais parar. Acham que podem refrear este instinto quando quiserem, porém, na hora, percebem que não é bem assim. 6) Rebeldia: Não se preocupam com o que outros pensam, querem apenas satisfazer o desejo de sua carne.• A existência de um desejo não justifica sua satisfação ilimitada. Há limites e estes limites são fixados por Deus até mesmo na natureza criada por Ele. O sexo foi feito para ser expresso e experimentado. As relações sexuais são lógicas mas o sexo dever usado com responsabilidade. Seu lugar segundo o plano de Deus é dentro do matrimônio• Você terá mesquinhamente usado o corpo de outro ser humano para satisfazer o seu ego enfermo e irá arrepender-se disso até o túmulo (2Tm 2.22). A pureza é bela! Um dos maiores presentes que se pode levar para um casamento! A beleza da santidade de um jovem deve ser se guardar para seu cônjuge e praticarem o ato sexual apenas na noite de núpcias.
  • 39. A Fornicação: A Defesa do Sexo Endeusado• Criador projetou o sexo não apenas para aumento do prazer físico e do bem-estar dos cônjuges no casamento, mas também para facilitar a expressão de seu carinhoso compromisso, não devemos imaginar que o nosso desenvolvimento espiritual seja mais bem atendido se negarmos a importância dos atos físicos do amor.• As intimidades sexuais, tão proveitosas dentro da estrutura protetora do amor e do compromisso do casamento, podem voltar- se contra o homem de modo destrutivo, quando este permite que elas ultrapassem seus verdadeiros limites• O termo em geral identifica toda perversão da capacidade sexual humana em intercurso ilícito, de natureza heterossexual, homossexual ou bestial.• O adultério, o sexo antes do casamento, o incesto, a sodomia, o lesbianismo, etc. não passam de formas específicas de fornicação
  • 40. • a fornicação não tém a distinção de ser o primeiro nem o maior pecado. O orgulho maligno chega muito mais perto dessa desonra• Na raiz desse mau uso destruidor do sexo reside a alienação do homem em relação a Deus.• O orgulho maligno chega muito mais perto dessa desonra. No entanto, o preço que a fornicação tem exigido do homem, no que diz respeito à solidão, à infelicidade e à angústia, é tão desanimador que mal podemos imaginar suas conseqüências. A culpa e a autodiscriminação impiedosamente dominam a mente e destroem a paz e a alegria. A angústia do que comete o erro e da vítima bradam lamentavelmente• qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo" (1 Coríntios 6:18). As intimidades sexuais fora do compromisso de amor do casamento contradizem ao propósito para o qual o corpo foi criado. Por serem contra a natureza, não podem deixar de ter conseqüências prejudiciais sobre o homem em geral. Somente com a plena reconciliação com Deus, podemos ter esperança de banir a solidão da alienação e quebrar o encanto do sexo endeusado (2 Coríntios 5:20; 1 Coríntios 6:9-11). Com o amor e a reverência cada vez maiores por Deus, devemos lançar-nos completamente sobre a graça de Deus. Paulo afirma: "Andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne" (Gálatas 5:16). Não há promessa de triunfo sobre a fornicação se for esse exclusivamente o nosso objetivo

×