Prova de historia 3 a

1,348 views
1,206 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,348
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Prova de historia 3 a

  1. 1. Colégio Carlos Gomes Data: ___/___/2012 Disciplina: História Professor: Marcos Silva de Melo Aluno(a):______________________ Nº:____ Avaliação – 2º Período – 3º ano A “Formando seres humanos felizes e prósperos”1ª questão)1,0 Ponto - A Revolução Industrial transformouprofundamente a ordem econômica mundial. Suas origens naInglaterra relacionam-se com o (a):a) declínio da monarquia;b) liberação de mão-de-obra da cidade para o campo;c) triunfo da ideologia liberal;d) fortalecimento do sistema familiar de produção;e) fim da hegemonia marítima.2ª questão)1,0 Ponto - Sobre o Período Napoleônico é corretoafirmar que:a) as campanhas napoleônicas apoiaram o movimento denominado Conjurados Iguais e disseminaram os ideais do proletariado revolucionário francês.b) de uma maneira geral, pode ser apontado como o momento em que seconsolidaram as instituições burguesas na França.c) Portugal, tradicional aliado da França, foi um dos primeiros países a aderirao Bloqueio Continental em troca da ajuda na transferência da família realpara a colônia Brasil.d) o império foi marcado pelos acordos de paz com a Inglaterra, que via naFrança uma aliada na propaganda da mentalidade capitalista burguesa.e) a ascensão do império de Bonaparte foi concretizada a partir dos acordospolíticos na Península Ibérica, evitando as lutas nacionalistas eoposicionistas.
  2. 2. 3ª questão)1,0 Ponto - "Após o tratado, pelo regime de virtual privilégiodo comércio britânico, ficou sendo o seguinte o estado legal das relaçõesmercantis no Brasil: livres, as mercadorias estrangeiras que já tivessempago direitos em Portugal, e bem assim os produtos da maior parte dascolônias portuguesas; sujeitas à taxa de 24% "ad valorem" as mercadoriasestrangeiras diretamente transportadas em navios estrangeiros; sujeitas àtaxa de 16% as mercadorias portuguesas, e também as estrangeirasimportadas sob pavilhão português; sujeitas à taxa de 15% as mercadoriasbritânicas importadas sob pavilhão britânico, ou português." (Lima, Oliveira - D.João VI no Brasil)O acontecimento histórico abordado no texto está diretamenterelacionado com:a) a abertura dos portos brasileiros às nações amigas em 1808;b) o repúdio à manutenção do Pacto Colonial;c) o Tratado de Comércio e Navegação de 1810, celebrado entre Inglaterra ePortugal;d) o processo de emancipação política do Brasil, iniciado em 1810;e) a independência da economia portuguesa em relação aos interessescapitalistas britânicos.4ª questão)1,0 Ponto - Podem ser consideradas características dogoverno joanino no Brasil:a) a assinatura de tratados que beneficiam a Inglaterra e o crescimento docomércio externo brasileiro devido à extinção do monopólio;b) o desenvolvimento da indústria brasileira graças às altas taxas sobre osprodutos importados;c) a redução dos impostos e o controle do déficit em função da austerapolítica econômica praticada pelo governo;d) o não envolvimento em questões externas sobretudo de caráterexpansionista;e) a total independência econômica de Portugal com relação à Inglaterra emvirtude de seu acelerado desenvolvimento.
  3. 3. 5ª questão)1,0 Ponto - O processo de independência do Brasilcaracterizou-se por:a) ser conduzido pela classe dominante que manteve o governo monárquicocomo garantia de seus privilégios;b) ter uma ideologia democrática e reformista, alterando o quadro socialimediatamente após a independência;c) evitas a dependência dos mercados internacionais, criando uma economiaautônoma;d) grande participação popular, fundamental na prolongada guerra contra astropas metropolitanas;e) promover um governo liberal e descentralizado através da Constituição de1824.6ª questão)1,0 Ponto - A maior razão brasileira para romper os laços comPortugal era:a) evitar a fragmentação do país, abalado por revoluções anteriores;b) garantir a liberdade de comércio, ameaçada pela política de recolonizaçãodas Cortes de Lisboa;c) substituir a estrutura colonial de produção e desenvolver o mercadointerno;d) aproximar o país das repúblicas platinas e combater a Santa Aliança;e) integrar as camadas populares ao processo político e econômico. “O verdadeiro heroísmo consiste em persistir por mais um momento, quando tudo parece perdido”.

×