Your SlideShare is downloading. ×
Xp   Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Xp Metodologias Ageis Para Desenvolvimento De Software

3,101
views

Published on

Published in: Technology, Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,101
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
54
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.  
  • 2. Que tal começar a produzir algo de útil?
  • 3. Leitura de Artigo Implantando SCRUM a conta-gotas http://mudandoumapequenaempresa.blogspot.com/2008/06/implantando-o-scrum-conta-gotas.html
  • 4. Task Board? Product Backlog? Sprint Backlog? Burndown Chart?
  • 5. Leitura de Artigo Adoção do SCRUM na Globo.com http://gc.blog.br/2008/05/27/como-estamos-indo-com-a-adocao-de-scrum-na-globocom/
  • 6. Metodologias Ágeis para Desenvolvimento de Software Professor: Marcos Cardoso [email_address] XP (eXtreme Programming) Pós-Graduação em Engenharia de Software
  • 7. Só lembrando...
  • 8. Indivíduos e interações ao invés de processos e ferramentas Software executável ao invés de documentação .
  • 9. Colaboração do cliente ao invés de negociação de contratos. Respostas rápidas a mudanças ao invés de seguir planos.
  • 10. O que é o XP?
    • Metodologia de desenvolvimento de software , nascida nos Estados Unidos ao final da década de 90.
    Produzidos em menos tempo e de forma mais econômica que o habitual. Criar sistemas de melhor qualidade .
  • 11. Como fazer?
    • Pequeno conjunto de valores
    • e práticas
  • 12. Valores
    • Comunicação
    • Coragem
    • Feedback
    • Respeito
    • Simplicidade
  • 13.
    • Planejamento
    • Fases Pequenas
    • Metáfora
    • Design Simples
    • Testes
    • Refatoração
    Práticas...
  • 14.
    • Programação em Pares
    • Propriedade Coletiva
    • Integração Contínua
    • Semana de 40 horas
    • Cliente junto aos desenvolvedores
    • Padronização do código
    ...Práticas
  • 15. Valores
  • 16. Comunicação VS
  • 17. Comunicação
  • 18. Coragem “ A única constante em um projeto de software é a mudança”
  • 19. Feedback Quanto mais cedo descobrimos um problema, menos prejuízos ele pode causar
  • 20. Respeito Dá sustentação a todos os demais valores
  • 21. Simplicidade Apenas aquilo que é claramente necessário
  • 22. Práticas
  • 23. Planejamento “ O que vamos fazer amanhã à noite, Cérebro?”
  • 24. Fases Pequenas Auxilia no processo de aceitação?
  • 25. Metáfora Auxilia no processo de aceitação?
  • 26. Projeto Simples Simplicidade???
  • 27. Refatoração Que refatorada, hein? CENSURADA!
  • 28. Programação em Pares
  • 29. Propriedade Coletiva O código é de todos e ninguém precisa de permissão para modificá-lo
  • 30. Integração Contínua Nunca esperar para integrar o código
  • 31. Semana de 40 horas Trabalhar com qualidade
  • 32. Cliente junto
  • 33. Testes Desenvolvimento orientado a Testes
  • 34. Leitura de Artigo Análise da causa raiz http://agilblog.locaweb.com.br/2008/12/24/analise-de-causa-raiz/
  • 35. Só acredito vendo...
  • 36. http://www.youtube.com/watch?v=gxBg__4JZr8 Entrevista com Cicero Torteli da Paggo Vamos assistir ao vídeo
  • 37. Metodologias Ágeis para Desenvolvimento de Software Professor: Marcos Cardoso [email_address] XP (eXtreme Programming) Pós-Graduação em Engenharia de Software
  • 38. Este material foi elaborado Marcos Cardoso (marcos.cardoso@gmail.com), estando sob a licença Creative Commons, Atribuição-Uso Não-Comercial 2.5 Brasil. É permitido que outras pessoas usem e alterem a presente obra, desde que os devidos créditos sejam dados ao autor. Não é permitido o uso comercial do material. Maiores informações: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.5/br/ Attribution Non-Commercial