Suco de uva - Forever Berry Nectar

6,614 views
6,288 views

Published on

Suco de Uva do Monte da Forever Living


Como cadastrar NOVOS DISTRIBUIDORES FOREVER TODOS OS DIAS pela Internet
Ferramenta Excelente que minha organização usa

http://saudeesucesso.net/dinheiro/patrocinar-pela-internet.html

Published in: Health & Medicine
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
  • Jogando.net 23
    o MELHOR SERVIDOR DE MU ONLINE DO BRASIL! Season 6 Ep. 3
    em todos os Servers. Sendo 7 servers diferenciados proporcionando sua diversão.
    Conheça também o site de Animes Cloud: www.animescloud.com ,mais de 20.000 videos online. ENTRE JÁ NO SITE : www.jogando.net/mu/ >> CADASTRE-SE E GANHE 5 DIAS DE VIP 1ª Mega Maratona Jogando.net ~> MAIS DE 30 DIAS DE EVENTOS .
    Curta nossa página no Facebook : www.facebook.com/pages/jogandonet/3710275296185
    By: talula
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
6,614
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
108
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Suco de uva - Forever Berry Nectar

  1. 1. Compras direto no Site: http://www.foreverliving.com.br/distribuidor/337/marcosantos/ Marco Robersan FLP: 550.000.949337 Suco de Uva É o suco de Aloe Vera feito do puro gel de Aloe, acrescido com toque suave e adocicado de uvas do monte (cranberry) e maçã. Rico em fibras, contém vitaminas, aminoácidos, minerais e enzimas importantes em nosso metabolismo diário. Vitaminas: A ,C e E. Minerais: magnésio, manganês, zinco, cobre, cromo, cálcio, sódio e potássio. Aminoácidos: oferece 7 dos 8 aminoácidos essenciais que não podem ser fabricados pelo corpo e têm que ser adquiridos através da alimentação - conteúdo: 1 litro - cód. 34. Aloe Berry Nectar é constituído do puro gel de Aloe vera estabilizado acrescido do suco concentrado de uva-do-monte e maçã. Aloe Berry Nectar é o terceiro produto da Forever Living de maior demanda no mercado mundial. O Aloe Berry Nectar é constituído por 88% do mesmo puro gel de Aloe vera estabilizado presente no Aloe Vera Gel acrescido do suco concentrado de uva-do-monte (cranberry) e maçã - cranberry-apple juice é uma combinação bastante popular como refresco nos Estados Unidos. Caso o sabor ácido do Aloe Berry Nectar que lembra o Campari seja muito forte, é possível amenizá-lo com a adição de água, embora, mesmo puro, seja do agrado de muitas crianças. A UVA-DO-MONTE (Vaccium oxycoccos, V. macrocarpon) A uva-do-monte é uma fruta nativa da América do Norte, conhecida como cranberry, com a qual confecciona-se a típica geléia que acompanha o tradicional peru das ceias de Thanksgi-ving. Credita-se a Blatherwick (1923) a publicação do primeiro trabalho científico mostrando as conseqüências do consumo da uva-do-monte sobre a urina. Fellers, Redmon e Parrott (1933) observaram sua ação em relação ao aumento das reservas alcalinas do sangue, que, embora fundamentais à preservação e reconquista da saúde, infelizmente nada significam para a medicina ortodoxa. As pesquisas de Bodel, Cotrain e Kass (1959) constataram seu potencial bactericida. Anos depois, descobriu-se que ela impede a fixação da bactéria Escherichia coli responsável, entre outros, pelos quadros de infecção urinária. AS PROPRIEDADES NUTRACÊUTICAS DA UVA-DO-MONTE Antibiótica: O tratamento ortodoxo contra as infecções urinárias, gastrintestinais ou bucais é totalmente dependente dos antibióticos, cujo maior problema não é apenas a ação devastadora que exerce sobre a flora simbiótica, mas a resistência que as bactérias começam a criar. Em 1994, três trabalhos diferentes (Avorn, Goodfriend, Haverkorn e Mandigers) foram publicados sobre o potencial de ação da uva-do-monte em relação aos quadros de bacteriúria e piúria - excesso de leucócitos na urina. Avorn (1996) foi ainda mais específico com relação à infecção urinária em mulheres idosas, mais vulneráveis do que os homens. No que diz respeito às crianças, igualmente vítimas das infecções urinárias, Fonda (1995) também constatou o potencial preventivo e reversivo da uva-do-monte - trabalho sobre o qual os pediatras precisam estar informados para que milhares de crianças sejam poupadas da ação devastadora dos antibióticos, inclusive em casos de bacteriúria, como observou S-hlager (1999). Até recentemente, o potencial bactericida da uva-do-monte em relação às infecções urinárias era creditado ao seu alto grau de acidez. Hoje se sabe que é sua proantocianidina que impede a fixação da E. coli à mucosa do trato urinário. (Howell 1998, 2000, 2001). No encontro anual da Infectious Diseases Society of América de 2002, foi revelado seu potencial de ação contra as úlceras gastrintestinais, doenças das vias respiratórias, dos ouvido e periodontais. Burger (2002) verificou in vitro sua ação inibitória sobre a Helicobacter pilori, que neutralizando o pH dos ácidos estomacais se fixa à mucosa gastrintestinal, onde promove as úlceras estomacais e duodenais, a dispepsia (refluxo do ácido do estômago) e até mesmo o câncer. (Estima-se que 50% da população ocidental estejam contaminados por esta bactéria, cuja ação depende do pH do meio ambiente). Segundo Gibson (1991), Eichhorst (1997) e Jepson (2000), a uva-do-monte também atua como agente antiinfeccioso, antiinflamatório e imunomodulador, acelerando a eliminação das bactérias e células danificadas e promovendo a restauração da integridade da mucosa gastrintestinal. De acordo com a Dra. Leslie Plhak, da University of Wisconsin-Madison, a uva-do-monte inibe os microrganismos patogênicos que ingerimos com os alimentos, como a Listeria monocytogenes e a E. coli 0157:H7, e faz aumentar, em até 25 vezes, a quantidade de microorganismos simbióticos, como os Lactobacillus fermentum. Segundo os dados dos Centers for Disease Control (EUA), 76 milhões de americanos apresentam anualmente, alguma doença decorrente das bactérias veiculadas pelos alimentos. O Streptococcus mutans, por exemplo, tem ação mais devastadora sobre a flora bucal, provocando cáries, doenças periodontais e mau hálito, do que sobre a flora intestinal (Weiss 1996, 1998, 2002). O potencial fungicida da uva-do-monte, apontado por Swartz e Medrek (1968), foi confirmado pelo grupo da Dra. Catherine Neto, da University of Massachusetts-Dartmouth, no que se refere à Candida albicans, outra forte promotora da disbiose bucal, assim como ao Cripto-coccus neoformans, C. krusei e C. tropicalis. Anticancerígena: Bomser (1996) e Guthrie (2000) observaram in vitro as propriedades anticancerígenas da uva-do- 1
  2. 2. Compras direto no Site: http://www.foreverliving.com.br/distribuidor/337/marcosantos/ Marco Robersan FLP: 550.000.949337 monte sobre células do câncer de mama. Mas, segundo a Dra. Neto: A uva-do-monte contém uma variedade de antioxidantes que não apenas protege o coração mas, devido a componentes únicos, inibe o crescimento de células tumorais responsáveis por certas formas tanto de leucemia como do câncer de pulmão, cervical, prostático e mamário. Os estudos de Liu (2002) foram ainda mais específicos sobre sua ação em relação ao câncer do cólon e do fígado. Anticolesterolêmica : Wilson (1998), Krueger (2000) e Reed (2001) observaram a ação inibitória da uva-do-monte sobre a oxidação do colesterol, enquanto Plhak, da University of Wisconsin-Madison, estuda seu potencial antioxidante sobre as células esponjosas (foam cells). Antienvelhecimento: De acordo com o neurocientista James Joseph e da fisiologista Barbara Shukitt-Hale, do Human Nutrition Research Center on Aging da Tufts University, parece ser evidente o potencial antioxidante da uva-do- monte em relação às células do cérebro, cuja oxidação leva a processos degenerativos como a perda de motricidade, da memória e das funções cognitivas. Antioxidante : Os antioxidantes vêm se destacando como agentes essenciais à prevenção e reversão de quadros degenerativos como as doenças cardiovasculares e o câncer - atualmente as duas principais causas mortis. Os elementos fenólicos (mais de 4.000 tipos), que protegem as plantas contra a ação oxidativa do sol e de outros agressores ambientais, são os responsáveis pelo sabor amargo dos alimentos - como é também o caso do gel da Aloe vera. Rica em elementos fenólicos, a uva-do-monte previne e combate inúmeras doenças decorrentes do estresse oxidativo, como o diabetes, as doenças neurodegenerativas e cardiovasculares, a esclerose múltipla (Schultz 1984) e o câncer do cólon e do fígado (Liu 2002). Ainda segundo Liu (2002), entre as dez frutas mais consumidas pela população americana, a uva-do-monte é a que apresenta a maior concentração de antioxidantes - o dobro em relação à maçã, a segunda colocada, seguida da uva vermelha, morango, pêssego, limão, pêra, banana, laranja, grapefruit e abacaxi. Desodorizante : De acordo com DuGan e Cardaciotto (1966), a uva-do-monte promove a desodorização da urina no que diz respeito à amônia - subproduto de inúmeras reações que utilizam as proteínas como fonte de energia. Isso prova que ela age sobre o fígado, pois é lá que a amônia é convertida em uréia. A MAÇÃ E A MEDICINA CHINESA Para a medicina chinesa, a maçã é fresca, doce, ácida, amarga e sem toxina alguma. Seu consumo umedece os pulmões, combate distúrbios torácicos e a agitação interna. Elimina o calor canicular, combate os efeitos do álcool. Tonifica o organismo e a circulação, fortifica o coração, melhora os humores e desinfeta os intestinos. * As maçãs cozidas no banho-maria promovem a produção de líquidos orgânicos... A maçã trata o excesso de fogo pelo esvaziamento do baço, tonifica o triplo-aquecedor mediano, é útil ao Qi consumido pelo álcool, combate as dores dos ossos e dos tendões. (Gian Nan Bem Cao - Yunnan) * A função essencial da maçã é tonificar o Qi do triplo-aquecedor mediano, harmonizar o baço. Após uma refeição, em caso de bloqueio do Qi, pode-se beber um suco de maçã fresco. (Meng Shen) A maçã é ainda indicada nos casos de garganta seca, pele seca ou qualquer quadro de desidratação, assim como contra a diarréia, gastrite, indigestão, prisão de ventre, tosse com catarro amarelado e úlcera estomacal. Ainda de acordo com a medicina chinesa, a maçã ajuda a prevenir a aterosclerose e os maus efeitos do excesso de trabalho, do estresse e da gravidez, além de combater a hipercolesterolemia, a hipertensão, a insônia e o nervosismo. POSSIBILIDADES DE USO DO ALOE BERRY NECTAR O Aloe Berry Nectar conjuga as propriedades do Aloe Vera Gel como as específicas da uva-do-monte e da maçã. É importante, entretanto, destacar seu potencial regularizador e tonificante sobre o sistema circulatório, hepático, respiratório e urinário, cuja conseqüência é a desintoxicação e revitalização do organismo. Agilidade mental; Bacteriúria; Câncer; Cistite; Colesterol; Congestão do sistema respiratório; Convalescença; Desintoxicação e Revitalização do Organismo; Disfunções renais, hepáticas e mentais; Dor de cabeça; Edemas; Envelhecimento; Enxaqueca; Escorbuto; Estresse oxidativo; Febres; Forte odor na urina; Fortificação do coração; Gota; Gripes; Infecção dos Rins e da Bexiga; Inflamações em geral; Intoxicação do Fígado e dos Intestinos; Menstruação Irregular; Nefrite; Osteoporose; Pedras na Vesícula; Pielonefrite; Piúria; Prisão de Ventre; Problemas de Circulação e de Memória; Problemas relativos à Menopausa; Processos Degenerativos; Protuberância da Barriga; Prostatite; Regularização e Tonificação do Sistema Circulatório, Hepático, Respiratório e Urinário; Resfriados; Retenção de líquido; Sangue "grosso"; Sangue na Urina; Sangramento Gengival; Úlceras gástricas. INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS O Aloe Berry Nectar é constituído do puro gel de Aloe vera barbadensis Miller estabilizado (88%), do concentrado natural de uva-do-monte e de maçã, adoçado com frutose e sorbitol. 30 ml de Aloe Berry Nectar equivale a 15 Kcal. Dose recomendada: 60 a 100 ml diários (2 colheres de sopa, 3 vezes ao dia). Atenção Os produtos anunciados não são destinados a diagnosticar, tratar ou prevenir uma doença específica. Deve-se sempre consultar o seu médico de família se tiver algum problema de saúde 2

×