Samuel Oliveira
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Samuel Oliveira

on

  • 1,614 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,614
Views on SlideShare
1,536
Embed Views
78

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 78

http://acertodecontas.blog.br 76
http://www.aoss.org.br 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Samuel Oliveira Samuel Oliveira Document Transcript

  • SAMUEL OLIVEIRA – PANORÂMICA PROFISSIONAL É empresário do ramo de Hotelaria, tendo atuado no setor por mais de 35 anos. Foi, por duas vezes, diretor-presidente da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), 1990 e 1995/98; Foi secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Olinda, de 1993 a 1994. Fundou e foi o primeiro presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, seção Rio Grande do Norte (ABIH-RN). Atualmente é secretário de Turismo do Recife, ocupando o cargo desde julho de 2006.POLÍTICA DE TURISMO DA SECRETARIA DE TURISMO DO RECIFE Julho de 2006 – posse do secretário Samuel Oliveira. Proposta de gestão - reestruturação do destino a partir de um reposicionamento estratégico, com a visão de que a cidade deve, primeiramente, ser atrativa para a população. O turista quer ir onde a população está e é o povo que garante a sustentabilidade do destino. Enfrentamento de desafios - foi assim no final da segunda Gestão de João Paulo, e agora na Gestão de João da Costa. Os resultados comprovam: os desafios tornaram-se conquistas e ainda existem muitos projetos importantes para a cidade com execução para os próximos dois anos. Construção compartilhada - a participação popular e dos profissionais do setor para estabelecimento do programa de trabalho também foi algo inovador e bastante estimulado. Hoje, é alvo de reconhecimento nacional. Projeto Turístico do Recife - em dezembro de 2006, foi lançado um plano estratégico estruturado para o desenvolvimento do turismo no Recife a partir de colaborações do Trade Turístico. Aliás, em todas as ações realizadas pela Secretaria de Turismo do Recife, o Trade Turístico é convidado a participar da elaboração dos projetos e acompanhamento na execução dos mesmos, estabelecendo uma proximidade fundamental para os processos de parceria público-privada. Para a elaboração do Projeto Turístico do Recife, em 2006, foram ouvidos cerca de dois mil profissionais do turismo local.
  • Continuidade do trabalho para consolidação do Recife como destino turístico - a credibilidade conquistada no setor e também os resultados até o final da gestão do ex-prefeito João Paulo, em 2008, contribuiu para que o trabalho realizado pelo secretário Samuel Oliveira e sua equipe, que apesar de ser enxuta tem elevado nível técnico e profissional, pudesse continuar avançando na gestão do turismo com o prefeito João da Costa. Evolução da Política de Turismo - durante a gestão João da Costa, foi lançado o Recife Mais, Plano de Aceleração da Competitividade Turística para o quinquênio 2009/2013. Entre os principais pontos que norteiam suas linhas de ação estão a competitividade, o desempenho e o posicionamento da cidade como destino turístico de qualidade. O Recife Mais é um arrojado e completo plano de marketing e venda de destino turístico, onde busca-se resultados significativos na infraestrutura turística pública e privada, nos serviços, nos produtos. Tudo isso com uma excelente estratégia de promoção do destino.ATUAL CENÁRIO DO TURISMO NO RECIFE 54,55% dos turistas que chegam ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre elegem o Recife como destino. O Recife é destino preferencial de todos os mercados emissores nacionais. No caso dos internacionais, o Recife lidera em 83% desses mercados. No Nordeste, a cidade tem a maior estabilidade na ocupação hoteleira durante o ano. Em 2010, a média de ocupação foi superior a 85%. A hotelaria voltou a crescer. Até 2014, ano da Copa, a expectativa é que o Recife duplique sua oferta hoteleira. Aumento de 175% na realização de eventos internacionais no Recife, segundo estudo da Associação Internacional de Congressos e Convenções – ICCA. Aumento de 10% no volume de clientes e vendas em bares e restaurantes. Realização do Ano da Gastronomia (maio 2010/2011), consolidando o Recife como 1º pólo gastronômico do Norte/Nordeste. Aumento de 30% na procura por pacotes turísticos para o Recife.
  • 20% de incremento nas locações de veículos pelos turistas que chegam à cidade. O Recife consolida-se como centro de distribuição de voos (hub), isto é, como portão de entrada do Nordeste e do Brasil. O turismo está entre os 50 maiores contribuintes do ISS com crescimento na arrecadação anualmente. Entre 2006 e 2010, a arrecadação das atividades do turismo apresentou um crescimento superior a 200%. O Recife tem o maior índice de empregabilidade funcionário/leito da hotelaria pernambucana. Mais de 5.000 profissionais do setor de turismo já estão qualificados para receber com qualidade os recifenses e turistas. O Recife é o segundo polo médico do Brasil, e o turismo de saúde ganha novos serviços e equipamentos médicos de referência. O Recife é hoje um centro de excelência em tecnologia da informação no Brasil. Esse diferencial vem sendo divulgado pelo turismo mostrando que o Recife é uma cidade moderna, com serviços de qualidade, além de âncora do desenvolvimento de Pernambuco.RECONHECIMENTO Destaque Nacional de Políticas Públicas pelo 2º ano consecutivo (2009 e 2010) entre os 65 destinos turísticos indutores (Ministério do Turismo, FGV, SEBRAE). Prêmio “Melhores Práticas de Turismo 2010”, no quesito Marketing e Promoção do Destino, entre os 65 destinos turísticos indutores (Ministério do Turismo, FGV, SEBRAE). A iniciativa premiada foi o Game Show Recife te Quer, uma criação e realização da Secretaria de Turismo da Prefeitura do Recife, com apoio da ABIH-PE, Governo do Estado e Trade Turístico.
  • No Estudo de Competitividade entre os 65 destinos turísticos nacionais emissores (Ministério do Turismo, FGV e Sebrae), o Recife é destaque. O Recife foi eleito pelo Sebrae-MG como objeto de estudo nas parcerias público-privadas a partir do case entre o Recife Convention & Visitors Bureau e a Prefeitura do Recife. O Recife foi objeto de estudo do Programa Benchmarking em Turismo Cultural. Uma iniciativa do Ministério do Turismo, EMBRATUR, ABAV E SEBRAE. O projeto Turismo na Comunidade foi um dos 45 concorrentes ao prêmio ODM 2009, criação do Governo Federal com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Foram mais de 1,5 mil projetos inscritos em todo o Brasil. Samuel Oliveira recebeu o troféu de melhor “Secretário Municipal de Turismo”, atribuído pelo grupo de comunicação Brasil Travel News. Com 25 anos de tradição, o prêmio “Os Dez Mais do Turismo” homenageia operadores, hotéis, destinos e companhias aéreas.ESCLARECIMENTOS Início do Governo João Paulo: janeiro 2001. Posse de Samuel Oliveira: julho 2006. O Recife Convention Bureau, citado no texto, é uma entidade respeitada e referência no Brasil, na captação de eventos nacionais e internacionais e na realização de projetos público/privados, com mais de 200 associados.
  • As parcerias público-privadas são recomendadas nos planejamentosestratégicos internacionais, sendo hoje seguidas pelos principais destinosdo Brasil. No turismo do Recife, essas parceiras técnicas e/ou financeirassão realizadas com diversas entidades, sempre respeitando aregulamentação vigente.O secretário de Turismo do Recife, Samuel Oliveira, não é sócio daempresa Doiss Consultoria. A empresa é comandada por Samira Pavesi,que tem 12 anos de atuação no turismo nacional. Antes de assumir adiretoria do Recife Convention Bureau, foi superintendente doConvention do Espírito Santo, onde trabalhou por cinco anos.A Prefeitura do Recife não teve participação financeira no projeto„Pernambuco bom pra você‟ e „Pernambuco bom pra o seu negócio‟, esseúltimo, inclusive, patrocinado pelo Sebrae com total apoio do secretárioestadual de Turismo, Paulo Câmara.A parceria com o Governo do Estado, em especial a Secretaria deTurismo de Pernambuco, é uma prática recorrente desde que osecretário Paulo Câmara assumiu o controle da pasta, sendo o mesmoadmirado e respeitado pela Prefeitura do Recife.No tocante à celebração de parcerias, ressalte-se a importância, notrabalho implementado, da intensa e valiosa participação do TradeTurístico, das secretarias municipais e dos governos estadual e federal.