Ti Verde - Tecnologia a serviço do Desenvolvimento Sustentável

4,043 views
3,782 views

Published on

Slides da Palestra sobre TI Verde realizada no dia 09/07/2013 em Campanha-MG no curso técnico PRONATEC - Colégio Estadual Vital Brasil

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,043
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
173
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ti Verde - Tecnologia a serviço do Desenvolvimento Sustentável

  1. 1. TI Verde: Tecnologia a serviço do Desenvolvimento Sustentável Jul/2013
  2. 2. Roteiro Histórico do desenvolvimento sustentável Conceito de Desenvolvimento Sustentável Pegada ecológica TI Verde TI Verde - Níveis de prática Notícias sobre TI verde Ranking Greenpeace
  3. 3. Paradigma do desenvolvimento O desenvolvimento irá esgotar os recursos naturais? O que fazer? Parar de desenvolver resolve?
  4. 4. Histórico do Desenvolvimento Sustentável 1968 - Clube de Roma (Os limites do crescimento – Relatório do MIT) 1972 - Conferência sobre o Ambiente Humano das Nações Unidas (Estocolmo - Suécia) 1980 – Relatório: A Estratégia Global para a conservação (Surge a expressão Desenvolvimento sustentável) 1987 - O Relatório Brundtland- Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento – Nasce o conceito Desenv. Sust. 1992 – Nasce a Agenda 21 (Declaração do Rio) – ECO 92 Consagrou o conceito de Desenvolvimento Sustentável. 2002 – (Joanesburgo) - Cúpula da Terra sobre Desenvolvimento Sustentável – Definição das dimensões 2012 – Rio+20 Discutir sobre a renovação do compromisso político com o Desenvolvimento Sustentável
  5. 5. Conceito Desenvolvimento sustentável: é o desenvolvimento que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade de as futuras gerações satisfazerem as suas próprias necessidades. Relatório de Brundtland, 1987.
  6. 6. Princípios da sustentabilidade Equidade (Social / Econômico) Democracia (Participação) Precaução (Há danos irreversíveis) Integração política (3 Pilares)
  7. 7. Dimensões: The Triple Bottom Line Econômica AmbientalSocial John Elkington, 1987
  8. 8. Socialmente Justo Ambiental- mente correto Territorialmente equilibrada Culturalmente diverso Economica- mente viável Ignacy Sachs
  9. 9. Paradigmas Cartesiano Sustentável Reducionista, mecanicista, tecnocêntrico Orgânico, holístico, participativo Fatos e valores não relacionados Fatos e valores fortemente relacionados Preceitos éticos desconectados das práticas cotidianas Ética integrada ao cotidiano Separação entre o objetivo e o subjetivo Interação entre o objetivo e o subjetivo Relação de dominação Relação de sinergia Conhecimento compartimentado e empírico Conhecimento indivisível, empírico e intuitivo
  10. 10. Cartesiano Sustentável Relação linear de causa e efeito Relação não-linear de causa e efeito Natureza entendida como descontínua, o todo formado pela soma das partes Natureza entendida como um conjunto de sistemas interrelacionados, o todo maior que a soma das partes Bem-estar avaliado por relação de poder (dinheiro, influência, recursos) Bem-estar avaliado pela qualidade das interrelações entre os sistemas ambientais e sociais Ênfase na quantidade (renda per capita) Ênfase na qualidade (qualidade de vida) Análise Síntese Centralização de poder Descentralização de poder Ênfase na competição Ênfase na cooperação Pouco ou nenhum limite tecnológico Limite tecnológico definido pela sustentabilidade Fernando Almeida, O bom Negócio da Sustentabilidade, 2002.
  11. 11. Indicadores de sustentabilidade http://www.pegadaecologica.org.br/ Será que é fácil definir indicadores de sustentabilidade? Existem indicadores mundialmente aceitos? Quais são os maiores desafios?
  12. 12. Pegada ecológica O que se espera de um indicador de sustentabilidade? Tem que ser dinâmico: permitir monitorar a evolução e o estado das ações Deve ser qualitativo/quantitativo Deve ser livre de enganos e medir o que é importante, sem falsas pressuposições Aplicável para guiar políticas públicas em diversos âmbitos Simples e ao mesmo tempo completo
  13. 13. Pegada ecológica Principais características da Pegada Ecológica Utiliza o conceito de capacidade de suporte ou capacidade de carga do ambiente. Utiliza estatísticas oficiais. Por apontar o resultado em hectares, é de fácil entendimento e divulgação. Dimensiona os serviços prestados pela natureza.
  14. 14. Pegada ecológica
  15. 15. Pegada ecológica
  16. 16. Pegada ecológica http://www.footprintnetwork.org/en/index.php/GFN/page/calculators/ Contabiliza os recursos naturais biológicos renováveis (grãos e vegetais, carne, peixes, madeira e fibras, energia renovável etc.), segmentados em Agricultura, Pastagens, Florestas, Pesca, Área Construída e Energia e Absorção de Dióxido de Carbono (CO2).
  17. 17. Pegada ecológica
  18. 18. Pegada ecológica
  19. 19. TI Verde O crescimento da tecnologia é neutro? O evolução da humanidade está subordinado ao avanço tecnológico? Como a tecnologia pode contribuir para o Desenvolvimento Sustentável?
  20. 20. TI Verde Níveis de práticas Tática (Incremental) Estratégica Deep IT (Radical)
  21. 21. TI Verde Climat Group
  22. 22. TI Verde Nas empresas Redução no consumo de energia Infraestrutura e conservação energética
  23. 23. TI Verde Na sociedade E-lixo Capacidade de processamento Configurações de energia
  24. 24. Preocupações da TI Verde Computação com o uso eficiente da energia; Gerenciamento de energia Projetos de Data Centers Verdes Virtualização de servidores e desktops Descarte responsável e reciclagem Utilização de fontes de energia renováveis Produtos de TI com selos ecológicos GED – Gestão de documentos eletrônicos VoIP e Vídeo conferência
  25. 25. TI Verde Sun Microsystems 2008
  26. 26. Notícias sobre TI Verde? TI Verdepara um “planeta em fúria” IDGNOW - Mar/2008 TI verde é importante para 70% das empresas Informationweek - Mar/2009 Mais da metade das empresas no Brasil já usa soluções de TI Verde IDGNOW - Ago/2009
  27. 27. Notícias sobre TI Verde? TI Verde: Governo federal publica especificações para a compra de PCs IDGNOW - Mar/2010 Para o Itaú, TI verde precisa apresentar resultados consistentes Informationweek – jun/2010 Data center “verde” faz Yahoo economizar 40% com energia Informationweek – Set/2010 Pão de Açúcar toca quatro frentes em TI verde Informationweek – jun/2010
  28. 28. Notícias sobre TI Verde? Sustentabilidade e descarte do e-lixo já impactam investimentos em TI Computerword - Mar/2011 10 Empresas que mais apostam em soluções verdes Informationweek - Fev/2012 Semana TI Verde oferece oficinas de informática, mostra de games e museu de computadores Diário de Pernambuco - Jul/2013
  29. 29. Ranking Greenpeace - 2012 1º Google 2º Cisco 3º Ericsson 4º Fujitsu 5º Vodafone 6º Alcatel-Lucent 7º Sharp 8º Softbank 9º IBM 10º HP
  30. 30. Ranking Greenpeace - 2013 1º Cisco 2º Google 3º Ericsson 4º Fujitsu 5º Sprint 6º Wipro 7º HP 8º IBM 9º Alcatel-Lucent 10º Vodafone
  31. 31. O que podemos fazer pela sustentabilidade? Padrão de consumo Responsabilidade social Participação política Respeito à natureza Boas práticas Link para o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=Qx_8gxh76iM
  32. 32. Referências BOVESPA, ISE - Indicadores de Sustentabilidade Empresarial, 2009. Desenvolvimento sustentável: uma abordagem histórica em direção à sustentabilidade. Disponível em www.revistaproducaoengenharia.org/artigos/99_35.doc IBGE, Indicadores de desenvolvimento sustentável, 2004. DADURO-ABREU et al, Os limites da pegada ecológica, 2009. PEREIRA et al, As Dimensões da Sustentabilidade e suas Possibilidades de Utilização nas Políticas Públicas. Programa Cidades Sustentáveis - 2011 SACHS, Ignacy. A revolução energética do século XXI, Estudos Avançados, 2007. SACHS, Ignacy. Caminhos para o Desenvolvimento Sustentável, 2002. SILVA, Manuel et al. TI Verde – Princípios e Práticas Sustentáveis para Aplicação em Universidades
  33. 33. Contato Márcio Henrique da Silva http://www.marciohsilva.eti.br marciohsilva@yahoo.com.br @marciohsilva

×