Biologia Do Envelhecimento

6,678
-1

Published on

SEGUNDA JORNADA DE GERIATRIA E GERONTOLOGIA - LAGG UFJF

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,678
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
200
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Biologia Do Envelhecimento

  1. 1. Biologia do Envelhecimento ASSUERO LUIZ SALDANHA GERIATRA II Jornada de Geriatria e Gerontologia Liga Geriatria e Gerontologia UFJF 27-03-2009
  2. 2. Biologia do envelhecimento <ul><li>Velhice não é doença </li></ul><ul><li>Não se dorme jovem e acorda-se velho porque fez 60 anos </li></ul><ul><li>Há uma diminuição das reservas fisiológicas </li></ul><ul><li>O processo de envelhecimento não é um fenômeno de gatilho, ou seja, de repente tudo acontece. </li></ul><ul><li>É algo que ocorre durante 2/3 de nossa vida. Temos 1/3 para nos desenvolvermos e 2/3 para envelhecermos. </li></ul>
  3. 3. Biologia do envelhecimento <ul><li>Marcadores de envelhecimento </li></ul><ul><li>Árvore </li></ul><ul><li>Peixes </li></ul><ul><li>Ovelhas </li></ul><ul><li>Baleias </li></ul><ul><li>Seres humanos? </li></ul><ul><li>( gênero, culturais, pessoais, fatores ambientais e genéticos) </li></ul>
  4. 4. Envelhecemos todos iguais ? 62 anos 91 anos
  5. 5. Idade cronológica X Idade Biológica 17a 31a Afeganistão, 1988 – 2002 .
  6. 6. Biologia do envelhecimento <ul><li>Bem Sucedido- sem declínio físico, psíquico e social </li></ul><ul><li>Usual – Declínio com pouca interferência na qualidade de vida </li></ul><ul><li>Frágil - susceptibilidade </li></ul><ul><li>Incapacidade funcional </li></ul><ul><li>Catástrofe - Vida vegetativa </li></ul>
  7. 8. Biologia do Envelhecimento <ul><li>Composição corporal </li></ul><ul><li>A água intracelular diminui </li></ul><ul><li>Idoso é uma pessoa com tendência a desidratação </li></ul>Aos 25 anos aos 75 anos 42% 33%
  8. 9. Biologia do envelhecimento <ul><li>A gordura corporal aumenta, principalmente no abdômen e cintura pélvica: </li></ul>25 anos 75 anos 15% 30% FARMACOCINÉTICA
  9. 10. Biologia do Envelhecimento <ul><li>Peso corporal: </li></ul><ul><li>↑ aumenta na meia idade e ↓ na velhice </li></ul><ul><li>Homem atinge peso máximo entre 34 a 45 anos, mantém até os 65 anos e declina depois </li></ul><ul><li>Mulher atinge peso máximo entre 45 e 64 anos e declina após. </li></ul>
  10. 11. Biologia do envelhecimento <ul><li>Órgãos dos sentidos </li></ul><ul><li>Presbiacusia ( ?) </li></ul><ul><li>Presbiopia ( ? ) </li></ul><ul><li>Alteração do olfato e da gustação </li></ul>
  11. 12. Biologia do Envelhecimento <ul><li>Pele e Fâneros </li></ul><ul><li>Pele- atrofia difusa progressiva </li></ul><ul><li>Palidez </li></ul><ul><li>↓ extensibilidade </li></ul><ul><li>↓ elasticidade </li></ul><ul><li>↓ panículo adiposo ( face, nádegas, mãos e pés) </li></ul><ul><li>↓ umidade e da gordura </li></ul><ul><li>Pelos são mais finos, rarefeitos, quebradiços e menos numerosos na cabeça, axilas, púbis e membros </li></ul>
  12. 13. Biologia do Envelhecimento <ul><li>Pele e fâneros </li></ul><ul><li>Embaixo da pele a gordura é menor, apesar de que, como já foi aqui descrito, globalmente se encontra aumentada. </li></ul><ul><li>Diminuição de glândulas sudoríparas </li></ul><ul><li>↓ HABILDADE DE TERMOREGULAÇÃO </li></ul>
  13. 14. Biologia do envelhecimento <ul><li>Aparelho Locomotor </li></ul><ul><li>Musculatura – sarcopenia </li></ul><ul><li>↓ fibras rápidas </li></ul><ul><li>Ossos - osteopenia </li></ul><ul><li>Articulações </li></ul><ul><li>Conseqüência : </li></ul>Mudança da Postura e Marcha Quedas
  14. 15. Biologia do Envelhecimento
  15. 16. Biologia do Envelhecimento Aparelho Cardiovascular <ul><li>Nível clínico </li></ul><ul><li>Consumo de O2 ↓ </li></ul><ul><li>Cap. Exercício ↓ </li></ul><ul><li>Reflexo barorreceptor ↓ </li></ul><ul><li>Calcificação do Anel da válvula mitral </li></ul><ul><li>Esclerose da válvula aórtica </li></ul><ul><li>Fenômeno fisiológico </li></ul><ul><li>Débito Cardíaco ↓ </li></ul><ul><li>Frequencia cardíaca máxima ↓ </li></ul><ul><li>resposta a catecolaminas ↓ </li></ul><ul><li>complacência cardíaca ↓ </li></ul>
  16. 17. Biologia do envelhecimento Sistema arterial <ul><li>Nível Clínico </li></ul><ul><li>Hipertensão sistólica </li></ul><ul><li>Calcificações ao raio X </li></ul><ul><li>Barorreflexo ↓ </li></ul><ul><li>Hipotensão postural </li></ul><ul><li>Fenômeno Fisiológico </li></ul><ul><li>Elasticidade das artérias ↓ </li></ul><ul><li>( arteriosclerose) </li></ul><ul><li>Elastina↓ Colágeno ↑ </li></ul><ul><li>Espessamento da íntima </li></ul><ul><li>( depósito cálcio e lípides aterosclerose) </li></ul><ul><li>Reação a catecolaminas ↓ </li></ul>
  17. 18. Biologia do envelhecimento <ul><li>Aparelho respiratório </li></ul><ul><li>Alvéolos e brônquios apresentam-se menos elásticos, aumentando ar residual </li></ul><ul><li>As calcificações esterno- condral e condro-vertebral aumentam a rigidez da caixa torácica. </li></ul><ul><li>A força dos músculos respiratórios está diminuída </li></ul><ul><li>↓ capacidade respiratória vital </li></ul><ul><li>↑ secreção pulmonar </li></ul>
  18. 19. Biologia do Envelhecimento <ul><li>Aparelho genitourinário </li></ul><ul><li>Diminuir número de Néfrons </li></ul><ul><li>↓ Filtração renal </li></ul><ul><li>↓ Reabsorção renal e eliminação </li></ul><ul><li>↓ Tônus vesical ↑ resíduo urinário </li></ul><ul><li>↓ Concentração urinária - Poliúria compensatória ( nictúria) </li></ul>
  19. 20. Biologia do Envelhecimento <ul><li>Aparelho genitourinário </li></ul><ul><li>Homens Próstata aumenta podendo trazer retenção urinária – infecção. </li></ul>
  20. 21. Biologia do Envelhecimento <ul><li>Aparelho genitourinário </li></ul><ul><li>MULHERES Atrofia vaginal, facilitando infecções urinárias </li></ul>
  21. 22. Biologia do Envelhecimento <ul><li>Sistema Nervoso Central </li></ul><ul><li>( Adaptação cerebral) </li></ul><ul><li>↓ Número de neurônios após 40 anos </li></ul><ul><li>( 50.000 a 100.000 por dia ) </li></ul><ul><li>↓ Diminuição dos reflexos – lentificação do aprendizado </li></ul><ul><li>Memória pode estar diminuída, mas não chega a alterar a rotina diária . </li></ul>
  22. 24. Biologia do Envelhecimento <ul><li>Inteligência Fluida </li></ul><ul><li>Inteligência cristalizada </li></ul>
  23. 26. Biologia do envelhecimento <ul><li>Sistema neuro endócrino </li></ul><ul><li>Diminuição dos hormônios </li></ul><ul><li>( ↓ secreção insulina , ↓ secreção tireoide ) </li></ul><ul><li>Diminuição dos neuro hormônios </li></ul>
  24. 27. Biologia do envelhecimento <ul><li>Aparelho digestivo </li></ul><ul><li>Aparelho mastigatório </li></ul><ul><li>↓ motilidade disgestiva - atonia - constipação intestinal </li></ul><ul><li>↓ Acidez gástrica </li></ul><ul><li>↓ Vitamina B12 </li></ul>
  25. 28. ´ Variáveis funcionais em idosos / relação encontrados em pessoas jovens <ul><li>Reserva cardíaca 50% </li></ul><ul><li>Débito cardíaco em repouso 65% </li></ul><ul><li>Freqüência cardíaca máxima 76% </li></ul><ul><li>Freqüência cardíaca em repouso 99% </li></ul><ul><li>Filtrado glomerular 60% </li></ul><ul><li>Fluxo sanguíneo renal 70% </li></ul><ul><li>Fluxo sanguíneo cerebral 80% </li></ul><ul><li>Temperatura corporal 100 % </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×