PSICOLOGIA - AS VÁRIAS MANEIRAS DE CUIDAR

  • 13,210 views
Uploaded on

Palestra da Psc Luciene Correa Miranda para o Primeiro Simpósio CUIDAR DE IDOSOS - "As Várias Maneiras de Cuidar' …

Palestra da Psc Luciene Correa Miranda para o Primeiro Simpósio CUIDAR DE IDOSOS - "As Várias Maneiras de Cuidar'
www.cuidardeidosos.com.br

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
13,210
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
245
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. AS VÁRIAS MANEIRAS DE CUIDAR A dinâmica de cuidar de idosos e suas implicações   Por: Luciene Corrêa Miranda , Psicóloga CRP-04 / 25602 Mestranda em Psicologia pela UFJF Especialização em Desenvolvimento Humano Professora na Escola de Enfermagem da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora
  • 2. Apresentação     Este material em slides tem como objetivo apresentar o artigo que será exibido neste simpósio virtual. Contém dados pertinentes ao projeto do trabalho, tais como objetivos gerais, objetivos específicos, resultados esperados e resumo. Caso necessitem de algum esclarecimento adicional, podem entrar em contato com [email_address]   Espero que este material possa contribuir um pouco com cada um dos participantes do simpósio – pessoas que desejam estudar um pouco mais sobre o processo de envelhecimento.   Um abraço,   Luciene Miranda
  • 3. Objetivo geral   Promover uma discussão sobre a dinâmica do cuidar a partir de referencial bibliográfico sobre envelhecimento.
  • 4. Objetivos específicos   Levantar um panorama da população idosa no Brasil da atualidade;   Abordar conceitos básicos relativos ao processo de envelhecimento;   Relacionar os conceitos de prevenção e cuidado, assim como as implicações de ambos no bem-estar do idoso;   Discutir o papel do psicólogo como um agente da promoção de um envelhecimento saudável;   Investigar quem são os responsáveis pelo cuidado dos idosos e quem cuida do cuidador;
  • 5. Justificativa   Um dos fatores que justificam a escolha de temas relacionados ao envelhecimento é a transição demográfica que vem ocorrendo no Brasil e no mundo: o envelhecimento populacional está acompanhado do aumento da população de indivíduos maiores de sessenta anos. Existe demanda numerosa de idosos, por isto faz-se necessário conhecer o processo de envelhecimento e desenvolver projetos destinados à prevenção, promoção e reabilitação da saúde nesta faixa etária. Os simpósios, seminários e cursos são importantes, pois funcionam como um veículo de transmissão de conhecimentos científicos e práticos acerca do processo de envelhecimento. Os idosos, assim como todas as pessoas, necessitam de cuidado. Alguns idosos dependentes precisam de cuidados para a manutenção de sua sobrevivência, outros necessitam apenas de suporte para a realização de algumas tarefas, mas é fato que os cuidadores também precisam receber alguns cuidados.
  • 6. Metodologia     O trabalho consistirá de pesquisa bibliográfica acerca de temas relacionados ao envelhecimento. Dentre os autores pesquisados podem-se destacar Neri, Ramos, Figueiredo, Freitas, Vieira, dentre outros estudiosos de aspectos relacionados ao envelhecimento humano. O “Tratado de Geriatria e Gerontologia” será uma espécie de bibliografia-chave que norteará grande parte deste artigo. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) servirão como base de dados estatísticos referentes à população de idosos no Brasil. Além destas referências o artigo também contará com discussões e questionamentos levantados pela autora.
  • 7. Capítulos abordados 1 UM BREVE PANORAMA DO ENVELHECIMENTO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA   2 O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO 3 PREVENÇÃO E CUIDADO   3.1- Prevenção e promoção da saúde 3.2- Auto-estima 3.3- Adaptando o ambiente 3.4- Qualidade de vida 4 O PAPEL DO PSICÓLOGO FRENTE AO ENVELHECIMENTO 5 QUEM É O RESPONSÁVEL POR CUIDAR DE IDOSOS? 6 E QUEM CUIDA DO CUIDADOR?
  • 8. Descrição dos capítulos   O primeiro capítulo visa traçar o panorama do envelhecimento da população brasileira: dados estatísticos, transição demográfica, fatores que influenciaram no aumento da expectativa de vida da população brasileira.   O segundo capítulo aborda o processo de envelhecimento a partir do prisma da teoria do curso de vida; relaciona envelhecimento e desenvolvimento humano; define alguns padrões de envelhecimento.   O terceiro capítulo, “Prevenção e cuidado” será subdividido em quatro sub-títulos relacionados ao tema. Inicialmente abordará a questão da prevenção e da promoção da saúde, fatores enfatizados nas atuais políticas públicas de saúde. Em seguida tratará de fatores interligados à prevenção e à promoção da saúde na velhice: a promoção da auto-estima, a adaptação do ambiente para que o mesmo seja adequado ao idoso e a promoção da qualidade de vida em todos os padrões de envelhecimento.
  • 9. Descrição dos capítulos No quarto capítulo abrirá uma discussão acerca do papel do psicólogo frente ao envelhecimento. Cabe a uma equipe multidisciplinar cuidar do idoso com o intuito de manter sua saúde (num sentido mais amplo). Algumas tarefas cabem ao psicólogo, tais como a reabilitação cognitiva, a psicoterapia de apoio ao idoso e aos familiares, a informação à população em geral acerca do processo de envelhecimento e suas conseqüências.   O quinto capítulo lança um questionamento acerca de quem deverá cuidar do idoso. É tarefa do Estado, da sociedade em geral, das famílias, dos profissionais da saúde (em especial aqueles voltado às áreas de geriatria e gerontologia), dos cuidadores.   Por último, o sexto capítulo aborda a questão de quem irá cuidar do cuidador, pois se sabe que, na maioria das vezes, esta pessoa dedica-se com tanta intensidade ao cuidado do idoso que esquece de si. Cuidar então pode ser percebida através de uma conotação positiva ou negativa.
  • 10. Resumo   O presente trabalho visa abordar a temática do cuidar, em sua magnitude de aspectos. Porém, o conceito de “cuidar” está principalmente direcionado ao cuidado de idosos – atividade que merece destaque num país em que a expectativa de vida e o contingente de idosos encontram-se em processo de crescimento. Falar em envelhecimento implica conhecer as possibilidades de envelhecimento: normal, patológico e saudável. Cada uma destas requer cuidados específicos. Já que todo ser vivo ruma ao envelhecimento, é necessário estudar fatores que auxiliam o idoso a envelhecer com dignidade e qualidade de vida. Dentre estes fatores, podem-se destacar a auto-estima, a adaptação do ambiente, a prevenção e a promoção da saúde. Entende-se aqui saúde num sentido mais amplo, do ponto de vista bio-psico-social. Além de cuidar possuir uma ampla gama de formas possíveis, cabe a várias pessoas e instituições a responsabilidade de cuidar de idosos: começa pelo Estado, passando pela sociedade e finalmente termina com a própria família do idoso. O cuidador também merece e necessita receber cuidados para que possa desempenhar seu papel com saúde e senso de realização.
  • 11. Resultados esperados   Através da transmissão de conhecimento à distância, fornecer aos participantes deste simpósio algumas considerações sobre a importância do processo de cuidar no envelhecimento.   Proporcionar aos leitores uma reflexão acerca dos temas aqui abordados, articulando referencial teórico científico e prática.   A partir das referências bibliográficas possibilitar o leitor aprofundar seus estudos sobre o tema.