Your SlideShare is downloading. ×
0
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

7º ano RURAL E URBANO BRASILEIRO

7,193

Published on

Apresentação dos principais aspectos dos espaços rural e urbano no Brasil: resumo para auxiliar na preparação para a prova.

Apresentação dos principais aspectos dos espaços rural e urbano no Brasil: resumo para auxiliar na preparação para a prova.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
7,193
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
107
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ESPAÇO RURAL BRASILEIRO O espaço rural compreende as áreas de um território ocupadas essencialmente pelas atividades ligadas ao setor primário da economia, como a agricultura, a pecuária e as atividades extrativas, que se destinam à produção de alimentos e de matérias – primas.
  • 2. ESPAÇO RURAL BRASILEIRO AGROPECUÁRIA : termo utilizado para denominar conjuntamente as atividades da agricultura e da pecuária. A agropecuária tem um papel de destaque na economia brasileira sendo uma antiga atividade econômica.
  • 3. ESPAÇO RURAL BRASILEIRO• A agricultura e a pecuária geram 19% de empregos para a população economicamente ativa.• Contribui com 10% do PIB.• Agropecuária: produção de alimentos para a população; abastecimento da indústria com matérias – primas e fornecimento de produtos como: cereais, carne, leite, couro etc.
  • 4. ESPAÇO RURAL BRASILEIRO Fatores que contribuem com a expansão da agropecuária: Grande mercado consumidor interno; Expansão de áreas com agropecuária moderna; Grandes extensões de terra; Clima quente e favorável.
  • 5. ESPAÇO RURAL BRASILEIRO AGRICULTURA TRADICIONAL: É praticada basicamente em pequenas e médias propriedades rurais; Destaca-se na produção de alimentos como: arroz, feijão, milho e mandioca. As lavouras são cultivadas com a utilização de arados de tração animal, mão de obra familiar e técnicas rudimentares.
  • 6. AGRICULTURA FAMILIAR E TRADICIONALFRUTAS LEGUMES
  • 7.  PECUÁRIA TRADICIONAL Criação de gado de forma extensiva; Nas pequenas propriedades é comum a criação de animais na forma tradicional, sobretudo suínos e aves, destinados ao consumo familiar.
  • 8. • AGRICULTURA MODERNA• É praticada geralmente em grandes propriedades, com o cultivo de monoculturas;• Destaca-se na produção de gêneros destinados à indústria ou à exportação: soja, laranja, café, cana - de - açúcar e trigo.• Empregas técnicas de cultivo mais eficazes.
  • 9. • PECUÁRIA MODERNA• Criação intensiva de gado;• As criações recebem cuidados especiais, como ração balanceada, vacinação periódica, remédios contra doenças etc.• Os animais passam por inspeção sanitária e acompanhamento veterinário.• Os animais se desenvolvem mais rapidamente.
  • 10. ESPAÇO RURAL BRASILEIRO• A partir de 1970 o governo adotou uma política agrícola voltada à produção de gêneros destinados à indústria e ao mercado externo.• Investimento em propriedades com a produção de monocultura : soja, laranja, cana – de – açúcar e café. Esses produtos tem boa aceitação no mercado externo e contribuem com mais divisas para o país.
  • 11. ESPAÇO RURAL BRASILEIRO Grandes produtores : conseguem mais recursos financeiros com bancos por meio de empréstimos. Pequenos e médios produtores : tem mais dificuldade em conseguir financiamentos de produtos e maquinários.
  • 12. ESPAÇO RURAL BRASILEIRO• COOPERATIVAS AGRÍCOLAS:• São sociedades formadas por produtores rurais que se unem para conseguir melhores preços e formas de pagamento na compra de sementes, adubos, máquinas e implementos agrícolas e, também na venda de produtos.• Também dividem os custos com assistência técnica especializada e com armazenamento da produção.
  • 13.  Em novembro de 1970 foi criada a Cooperativa Agropecuária Mourãoense Ltda que depois recebeu a sigla de Coamo. Em sua fundação contou com a participação de 79 agricultores associados e sua primeira sede foi um escritório de 50 m2 . Hoje a Coamo Agroindustrial Cooperativa tem uma sede em Campo Mourão no Paraná e unidades em mais de 60 municípios do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul e é uma das maiores empresas exportadoras de grãos do Paraná.
  • 14. ESPAÇO RURAL BRASILEIRO• AGROINDÚSTRIA• É formada por empresas de capital nacional e internacional que passaram a investir em usinas e fábricas que processam produtos de origem animal.• Segmentos mais importantes: usinas de álcool e açúcar, os frigoríficos, as torrefações de café, as fábricas de laticínios, de óleo vegetal e de suco concentrado, além das vinícolas.
  • 15. • ATIVIDADE EXTRATIVA NO BRASIL• Exploração diretamente da natureza, de produtos de origem vegetal, animal ou mineral.• A atividade extrativa é realizada com tecnologia reduzida, tem uma baixa produtividade e rentabilidade. Exemplos: Pesca artesanal, garimpagem de ouro, extração de frutos e resinas de plantas e árvores• A extração de petróleo e de minérios exigem a aplicação de recursos financeiros por parte do governo e empresas privadas e gera muito lucro.
  • 16. • MINERAÇÃO• O Brasil está entre os maiores exploradores de minérios do mundo, isso ocorre por causa do nosso rico subsolo.• A exploração desses minérios é realizada por empresas brasileiras associadas a multinacionais.• Uso de alta tecnologia; investimento em hidrelétricas, ferrovias e transportes de minérios. Construção de portos especializados no embarque da produção para o mercado externo.
  • 17. O TRABALHO E A TERRA NO ESPAÇO RURAL BRASILEIRO Mesmo sendo um grande produtor mundial de alimentos e de matérias – primas, o Brasil enfrenta sérios problemas ligados à má utilização e distribuição de suas terras, fato que gera muitos conflitos no campo.
  • 18. O TRABALHO E A TERRA• Embora a agropecuária brasileira tenha considerável participação na produção mundial, o Brasil apresenta um índice médio de produtividade muito baixo.• O espaço rural brasileiro não é bem aproveitado apresentando uma área muito grande destinada a agropecuária tradicional e a criação extensiva de gado.
  • 19. O TRABALHO E A TERRA• ESTRUTURA FUNDIÁRIA:• É a forma como estão organizadas e distribuídas as propriedades rurais de um país.• Latifundiários: pequeno grupo de proprietários que tem uma grande quantidade de terras.• Minifundiários: milhões de proprietários que tem uma pequena quantidade de terras.
  • 20. O TRABALHO E A TERRA EXPROPRIAÇÃO: é a perda da propriedade rural pelos pequenos agricultores. Motivos: pagamento de dívidas contraídas em bancos ou vendendo-as para empresas e grandes fazendeiros. MOTIVOS DO FLUXO MIGRATÓRIO: Mecanização das lavouras; Criação do estatuto do trabalhador rural em 1963.
  • 21. O TRABALHO E A TERRA• REFORMA AGRÁRIA: reorganização da estrutura fundiária com o objetivo de promover a distribuição mais justa das terras.• Benefícios da reforma agrária: redução da migração de trabalhadores rurais para as cidades; melhoria na qualidade de vida dos pequenos agricultores e de suas famílias; aumento da produção de alimentos básicos para a população; diminuição da violência gerada nos conflitos pela posse das terras.
  • 22. O TRABALHO E A TERRA• MEDIDAS DE APOIO AOS PEQUENOS PRODUTORES:• Facilidade na obtenção e pagamento de financiamentos bancários;• Condições de transporte e armazenamento da produção;• Orientação técnica de agrônomos e veterinários;• Criação de infraestrutura nos assentamentos: construção de escolas, postos de saúde e sistema de transportes.
  • 23. MST – MOVIMENTO DOS SEM TERRA
  • 24. ESPAÇO URBANO Primeiros núcleos urbanos : nasceram no século XVI ao longo do litoral. Funcionando como locais de armazenamento dos produtos da colônia até o embarque para Portugal. Esses locais eram pontos de defesa e contavam com fortes, muitos povoados cresceram em torno desses fortes.
  • 25. ESPAÇO URBANO O espaço urbano se caracteriza pela aglomeração de pessoas, atividades e edificações. Atualmente no Brasil há um grande número de cidades de pequeno, médio e grande porte.
  • 26. ESPAÇO URBANO No decorrer dos séculos XVII e XVIII, a descoberta de ouro e diamante contribuíram com o povoamento no interior do país, promovendo o surgimento das vilas em Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás. A atividade de mineração levou à formação de vários núcleos urbanos.
  • 27. ESPAÇO URBANO• A partir do século XIX, a expansão cafeeira nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo e Minas Gerais favoreceu o surgimento de várias cidades na região.• 1930: a partir dessa década a urbanização ganhou impulso com o processo de industrialização provocando o fluxo migratório do campo para a cidade.
  • 28. ESPAÇO URBANO• 1940 e 1950 : instalação das indústrias de base no país: siderúrgicas e petroquímicas. Principalmente na região sudeste.• Fatores que provocaram o fluxo migratório : oferta de trabalho nas fábricas; mecanização das lavouras; aumento da concentração fundiária; criação do Estatuto do Trabalhador Rural fato que provocou a perda de milhares de empregos no campo.
  • 29. ESPAÇO URBANO• Existe uma interdependência da zona rural com a zona urbana.• Zona rural : o que se produz no campo é destinado a suprir a demanda de matérias – primas para a indústria e de alimentos para a população.• Zona urbana : nas cidades são produzidos produtos que serão utilizados no campo como: tratores, colheitadeiras, implementos agrícolas, fertilizantes, agrotóxicos, rações e vacinas.
  • 30. ESPAÇO URBANO• METRÓPOLES São cidades com alta densidade demográfica geralmente interligadas às cidades vizinhas e que concentram variados tipos de indústrias, de estabelecimentos comerciais, além de universidades, institutos de pesquisa, hospitais, bancos, sedes de órgãos públicos, jornais e emissoras de televisão, entre outros.
  • 31. ESPAÇO URBANO• CIDADES GLOBAIS : São centros que exercem influência em nível internacional por concentrar escritórios de grandes bancos, empresas multinacionais e organizações internacionais.METRÓPOLES NACIONAIS : São cidades que exercem grande influência sobre o território nacional, determinando importantes aspectos da vida cultural, científica, social e econômica do país.
  • 32. ESPAÇO URBANO• METRÓPOLES REGIONAIS : São cidades com mais de 1 milhão de habitantes que abrigam atividades econômicas diversificadas e exercem influência sobre a região em que estão localizadas.CAPITAIS REGIONAIS : São cidades de grande e médio porte que exercem influência sobre um vasto número de municípios a sua volta.
  • 33. ESPAÇO URBANO• CENTROS REGIONAIS : São cidades de porte médio que estão sob a influência de capitais regionais, mas exercem influência sobre várias cidades menores em seu entorno.CENTROS LOCAIS: São centros urbanos espalhador por todo o país, que exercem influência apenas sobre a área de seu município.
  • 34. ESPAÇO URBANO• REGIÕES METROPOLITANAS : formadas por uma metrópole e os municípios que a ela se integram.• As mais importantes regiões metropolitanas brasileiras são : São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador, Fortaleza, Curitiba e Belém.
  • 35. Região Metropolitana de Belo Horizonte
  • 36. Megalópole: é formada por duas ou maisregiões metropolitanas que crescem até uniremsuas áreas urbanas.A megalópole brasileira:
  • 37. ESPAÇO URBANO• CIDADES BRASILEIRAS E SEUS PROBLEMAS:• Desemprego• Violência• Falta de infra-estrutura : distribuição de água, rede e coletora de esgoto, fornecimento de energia elétrica e pavimentação de ruas.• Lixo e poluição atmosférica.• Falta de moradias adequadas para a população de baixa renda.
  • 38. MORADIAS INADEQUADAS
  • 39. LIXO
  • 40. VIOLÊNCIA
  • 41. FALTA DE INFRAESTRUTURA
  • 42. DESEMPREGO
  • 43. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Boligian, Levon; Garcia, Wanessa; Martinez, Rogério; Alves, Andressa. Geografia – espaço e vivência. Editora: Atual. São Paulo, 2009. Projeto Araribá. Geografia. Editora: Moderna. São Paulo, 2007. Imagens disponíveis em: http://www.wiltonjr.com/images/ http://www.rts.org.br http://www.alunosonline.com.br/img/pecuaria.jpg http://www.atitudessustentaveis.com.br http://www.coamo.com.br/nossa_historia.html
  • 44. Elaboração e organização: Profª Rúbia AraújoEquipe de GeografiaColeguium Rede de Ensino

×