© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR                                              Rodrigo Penna                              ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR              Rodrigo Penna                           2                                  ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR                  Rodrigo Penna                             3         A cabeça da tachinh...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR             Rodrigo Penna                  4                                         OPÇ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR               Rodrigo Penna                      5       A densidade do corpo 1, do lado...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR               Rodrigo Penna                       6        Pressão atmosférica e experiê...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR               Rodrigo Penna                        7     Por quê o êmbolo é “sugado”? (m...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna                                8 •    logo depois, despeja-se água fria so...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR              Rodrigo Penna                      9             Teorema de Stevin e aplica...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR           Rodrigo Penna                      10                                         ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR              Rodrigo Penna                   11                                         ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR              Rodrigo Penna                    12                                  P = PO...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna                                         1318. No diagrama mostrado a segui...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR              Rodrigo Penna                     14                            Princípio d...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR            Rodrigo Penna                     15                                         ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna                           16      Primeiro, temos o Princípio de Pascal: o...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR              Rodrigo Penna                  17            Princípio de Arquimedes: Empux...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna                            1824. (UFOP - modificada) Um mesmo bloco é colo...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna                    1926.     (UFMG) A figura mostra um copo com água no qu...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR            Rodrigo Penna                       20                                      C...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna                              2129.           (UFMG - modificada) Na figura...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna                                 2231.         Um navio flutua em equilíbri...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna                            23      33. (UFVJM/2007) Um pedaço de parafina ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR         Rodrigo Penna                24D) TK > TL e EK ≠ EL.                            ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR              Rodrigo Penna                    25       35.       (UFMG/2011) Um béquer c...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR                   Rodrigo Penna                    26            1 kg  1  V=            ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR                   Rodrigo Penna                    26            1 kg  1  V=            ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR                   Rodrigo Penna                    26            1 kg  1  V=            ...
© QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR                   Rodrigo Penna                    26            1 kg  1  V=            ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Corg 1ano-hidrosttica-120229072208-phpapp02 (1)

458

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
458
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Corg 1ano-hidrosttica-120229072208-phpapp02 (1)"

  1. 1. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 1 QUESTÕES CORRIGIDAS HIDROSTÁTICA ÍNDICECONCEITOS DE DENSIDADE E PRESSÃO..............................................................................................................................1PRESSÃO ATMOSFÉRICA E EXPERIÊNCIA DE TORRICELLI.....................................................................................................6TEOREMA DE STEVIN E APLICAÇÕES...................................................................................................................................9PRINCÍPIO DE PASCAL.......................................................................................................................................................14PRINCÍPIO DE ARQUIMEDES: EMPUXO.............................................................................................................................17 Conceitos de Densidade e Pressão1. Três corpos de mesmo volume e aparência idêntica se encontram sobre uma mesa como ilustrado na figura deste problema. 2 3 1 Sendo d a densidade desses corpos, sabe-se que d 1 < d 2 < d 3 . Sobre a pressão p quecada um destes corpos exerce sobre a mesa é correto afirmar que: A) p 1 = p 2= p 3 . B) p 1 < p 2 = p 3 . C) p 1 < p 2 < p 3 . D) p 1 > p 2 > p 3 . http://fisicanoenem.blogspot.com/
  2. 2. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 2 CORREÇÃO m Como a densidade é dada por d = , temos m = d.V e o mais denso pesa mais para corpos de V F mesmo volume! Assim, P = , quem pesa mais exerce maior pressão e vice-versa! A GABARITO: C2. (UNIPAC-modificada) A figura abaixo mostra um bloco de 200 N de peso que deverá ser deslocado. Para o transporte, providenciou-se uma placa que suporta uma pressão máxima de 0,05 N/cm2.a) Calcule a densidade do bloco, em g/cm 3. Lembre-se: 1kgf ≅ 10 N.b) A placa pode transportar apoiado pela face ABCD? JUSTIFIQUE? CORREÇÃO a) Volume = a.b.c=100x20x80=160.000 cm 3. Massa = 200÷ 10=20Kg=20.000 g. m d 20.000 1 g d = = = = 0,125 V ⇒ 3 . 160.000 8 cm F P 200 200 N b) Vamos calcular a pressão e ver se suporta: P = A ⇒ = = = 0,025 2 . 80.100 8000 cm Suporta, pois está abaixo da máxima!3. (UFMG – 2006) José aperta uma tachinha entre os dedos, como mostrado nesta figura: http://fisicanoenem.blogspot.com/
  3. 3. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 3 A cabeça da tachinha está apoiada no polegar e a ponta, no indicador. Sejam Fi o módulo da força e pi a pressão que a tachinha faz sobre o dedo indicador de José. Sobre o polegar, essas grandezas são, respectivamente, Fp e pp . Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar queA) Fi > Fp e pi = pp .B) Fi = Fp e pi = pp .C) Fi > Fp e pi > pp .D) Fi = Fp e pi > pp .CORREÇÃO: ao mesmo tempo em que é óbvia, a questão pode levar a confusão por parte doaluno. Muitos misturam os conceitos de Força e Pressão. Está implícito o Equilíbrio: a tachinha estáem Repouso entre os dedos. Logo, as forças que os dedos fazem precisam ser iguais: 1ª Lei deNewton. Por outro lado, embora não seja fundamental, podemos lembrar também da 3ª Lei deNewton: a força que o dedo faz na tachinha é igual em módulo à que a tachinha faz no dedo. Princípio Fda Ação e Reação. Porém, Pressão é Força distribuída em uma Área: P = ! E as áreas de Acontato nos dedos são visualmente distintas. A Pressão é inversamente proporcional à área! Logo,área menor⇒pressão maior! A pessoa sente uma Pressão maior no indicador! OPÇÃO: D.4. Abaixo está ilustrado um prego comum.Observando a figura, é correto afirmar que: a) é impossível pregar este prego na parede pela cabeça, isto é, enfiando pela parte mais grossa. b) construindo uma cama com 4 mil pregos, ela poderá acomodar um homem, já que a pressão exercida sobre ele será 4 mil vezes menor que a exercida por um único prego. c) apoiando o prego na parede pelos dois lados, a ponta e a cabeça, e exercendo com o martelo a mesma força nos dois casos, a pressão exercida pelo prego sobre a parede será a mesma, nos dois casos. d) a forma do prego foi escolhida puramente por uma questão de estética. CORREÇÃO F Como a pressão é definida como força sobre área, P = , colocando numa cama 4 mil pregos, a A pressão fica 4 mil vezes menor. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  4. 4. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 4 OPÇÃO: B.5. Três tubos de ensaio estão preenchidos com líquidos distintos, como mostrado a seguir.O volume de líquido, nos três tubos, é idêntico. Seja P o peso do líquido nos tubos 1, 2 e 3,respectivamente. Pesando-os numa balança, verifica-se que P 1 > P3 e P2 > P1. Sendo d adensidade dos líquidos, é CORRETO afirmar que: a) d 1 = d 2 = d 3 . b) d 1 > d 2 > d 3 . c) d 3 > d 1 > d 2 . d) d 3 < d 1 < d 2 . CORREÇÃOSe os volumes são iguais, o mais pesado é o mais denso. OPÇÃO: D.6. Em uma balança de pratos, simétrica em relação ao apoio central, encontram-se equilibrados três corpos de mesmo volume, conforme a figura abaixo. 1 2 http://fisicanoenem.blogspot.com/
  5. 5. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 5 A densidade do corpo 1, do lado esquerdo, é igual a 0,8 g/cm 3. CALCULE a densidade dos corpos do lado direito, 2, sabendo que estes são idênticos. CORREÇÃO Para que ocorra o equilíbrio, as massas (e pesos), dos dois lados, devem ser iguais! Como do lado direito há dois corpos, a densidade deve ser a metade: 0,4 g/cm 3.7. a) EXPLIQUE, em termos das grandezas físicas FORÇA, ÁREA e PRESSÃO, qual a finalidade de se amolar uma faca. b) CITE pelo menos TRÊS unidades de Pressão. CORREÇÃOa) Ao amolar a faca, a área de contato entre ela e o alimento diminui, conseguindo maior pressão comuma menor força. b) Pa, cmHg, atm, mmHg, lb/pol 2, Kgf/cm 2, metros de coluna d’água. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  6. 6. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 6 Pressão atmosférica e experiência de Torricelli8. (PUC/MG - modificada) O gráfico a seguir representa a variação da pressão atmosférica, em atm, com a altitude, em km, em relação ao nível do mar. a) Adotando 1 atm = 76 cmHg, calcule a pressão atmosférica em Belo Horizonte (altitude: 800 m). b) Na cidade do Rio de Janeiro, a pressão atmosférica é maior, menor ou igual à de BH? JUSTIFIQUE. CORREÇÃO a) Olhando no gráfico, PBH = 0,9 atm ≅ 68 cmHg. b) No Rio a pressão é maior, pois a altitude é menor.9. a) (FAFEID/2000-modificada) A anestesia peridural consiste em injetar líquido anestésico numa região próxima à medula espinhal do paciente. Para procurar a região exata, o anestesista introduz uma agulha acoplada a uma seringa, sem anestésico e com o êmbolo na posição A, conforme mostrado na figura abaixo, até que o êmbolo seja sugado espontaneamente. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  7. 7. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 7 Por quê o êmbolo é “sugado”? (máximo 2 linhas!) b) Para tirar sangue de uma pessoa em um exame faz-se vácuo no interior de um pequeno recipiente apropriado, este então é acoplado a uma seringa cuja agulha já está na veia do paciente. O sangue flui para o recipiente. Por quê? (máximo 2 linhas!) CORREÇÃO a) Porque na região em que penetra a agulha a pressão é menor que a atmosférica. b) Porque a pressão sanguínea é maior que no recipiente em que se fez vácuo.10. A figura abaixo ilustra a famosa experiência de Torricelli, na qual ele utilizou um tubo cheio de mercúrio virado em uma vasilha, também com mercúrio, e verificou um desnível de 76 cm ao nível do mar. 76 cm EXPLIQUE a experiência. CORREÇÃO Torricelli demonstrou que a pressão do ar do lado de fora, ou seja, a pressão atmosférica, ésuficiente para equilibrar uma coluna de 76 cm de mercúrio. 11. (UFMG/2007) Para se realizar uma determinada experiência, • coloca-se um pouco de água em uma lata, com uma abertura na parte superior, destampada, a qual é, em seguida, aquecida, como mostrado na Figura I; • depois que a água ferve e o interior da lata fica totalmente preenchido com vapor, esta é tampada e retirada do fogo; http://fisicanoenem.blogspot.com/
  8. 8. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 8 • logo depois, despeja-se água fria sobre a lata e observa-se que ela se contrai bruscamente, como mostrado na Figura II. Com base nessas informações, é CORRETO afirmar que, na situação descrita, a contração ocorre porque A) a água fria provoca uma contração do metal das paredes da lata. B) a lata fica mais frágil ao ser aquecida. C) a pressão atmosférica esmaga a lata. D) o vapor frio, no interior da lata, puxa suas paredes para dentro. CORREÇÃO Muita gente não vai ter noção do que ocorreu, e vai chutar. O programa da UFMG 2007 sugereuma abordagem qualitativa insisto com meus alunos que a melhor bibliografia que eu conheço, nessecaso, chama-se Curso de Física, Antônio Máximo e Beatriz Alvarenga, volumes 1, 2 e 3. Nãorecomendo o volume único. A experiência da questão está descrita no capítulo de Hidrostática, vol. 1,e trata da Pressão Atmosférica. É a primeira experiência sugerida nesse capítulo, por sinal. Com a lata tampada, a água fria condensa o vapor interno, diminuindo a pressão dentro.Estamos acostumados e não percebemos, porém a pressão atmosférica é relativamente grande, eamassar uma lata é moleza para ela! Lata aberta Lata fechada Patm = Pinterna Patm > Pinterna OPÇÃO: C. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  9. 9. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 9 Teorema de Stevin e aplicações12. Dois líquidos imiscíveis 1 e 2 se encontram em vasos comunicantes conforme a figura abaixo. a) Qual dos líquidos, 1 ou 2, é mais denso? JUSTIFIQUE. b) A pressão em um ponto no interior do líquido 1, no nível do ponto A, é maior, menor ou igual à pressão em um ponto no interior do líquido 2, ao nível do ponto B? CORREÇÃO a) O líquido 1, pois a coluna do lado esquerdo é mais baixa e equilibra ainda assim a outra. b) As pressões são iguais.13. Duas piscinas diferentes são ilustradas abaixo. As duas estão cheias. Em cada piscina, destacou-se pontos da mesma profundidade, P A e P B. h PA PB De acordo com o teorema de Stevin,nesta situação podemos afirmarcorretamente que: A) a pressão em A é maior porque a piscina tem um volume maior. B) a pressão em B é maior porque a piscina tem um formato retangular. C) as pressões nos dois pontos são iguais pois os pontos estão à mesma profundidade. D) a pressão em cada ponto dependerá do formato geométrico das piscinas. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  10. 10. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 10 CORREÇÃO Segundo Stevin, neste caso, a pressão só depende da profundidade, que é igual para os dois pontos. GABARITO: C14. Um vaso comunicante contém dois líquidos imiscíveis, L 1 e L2 , conforme ilustrado abaixo. L1 L2 Sendo d a densidade dos líquidos e observando a posição das colunas, podemosafirmar corretamente que: A) d 1 = d 2 e a pressão no fundo do recipiente é igual em todos os pontos à mesma profundidade . B) d 1 ≠ d 2 e a pressão no fundo do recipiente é igual em todos os pontos à mesma profundidade . C) d 1 = d 2 e a pressão no fundo do recipiente não é igual em todos os pontos à mesma profundidade . D) d 1 ≠ d 2 e a pressão no fundo do recipiente não é igual em todos os pontos à mesma profundidade . CORREÇÃO Como a altura do desnível é diferente para os líquidos, é claro que eles têm densidades diferentes! Porém, no fundo da vasilha, dentro do mesmo líquido e à mesma profundidade, as pressões são iguais, pelo Teorema de Stevin! GABARITO: B15. Algumas pessoas têm os ouvidos muito sensíveis, que chegam a doer quando mergulham numa simples piscina. Levando em conta o Teorema de Stevin, responda: a) Faz diferença mergulhar em uma piscina redonda ou outra retangular, ambas de mesma profundidade? (máximo 2 linhas!) b) Por que os ouvidos de algumas pessoas doem? (máximo 2 linhas!) http://fisicanoenem.blogspot.com/
  11. 11. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 11 CORREÇÃO a) O Teorema de Stevin é P = P atm + dhg e, de acordo com ele, não faz diferença a forma da piscina. b) Pelo teorema, se a profundidade aumenta, a pressão aumenta e os ouvidos de alguns não suportam e doem.16. (UFMG/2007) Um reservatório de água é constituído de duas partes cilíndricas, interligadas, como mostrado nesta figura: A área da seção reta do cilindro inferior é maior que a do cilindro superior. Inicialmente, esse reservatório está vazio. Em certo instante, começa-se a enchê-lo com água, mantendo-se uma vazão constante. Assinale a alternativa cujo gráfico melhor representa a pressão, no fundo do reservatório, em função do tempo, desde o instante em que se começa a enchê-lo até o instante em que ele começa a transbordar. CORREÇÃO Questão de Hidrostática, juntando o Teorema de Stevin e bom senso. A pressão no fundo do recipiente é dada por: http://fisicanoenem.blogspot.com/
  12. 12. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 12 P = PO + d .h.g Nonde P é pressão (Pa), PO a pressão atmosférica local, d é densidade ( ), h a altura(m) e g a m2 maceleração da gravidade( ). A pressão no fundo depende, então, basicamente da profundidade. s2À medida que o recipiente enche de água, a profundidade e a pressão aumentam, sem parar. Joga-sefora a letra D (P constante). Agora, entra a parte do bom senso: como a torneira tem vazão constante, quando a águachega à parte de cima, mais fina, o recipiente passa a encher mais rápido e, logo, a pressão passaa aumentar mais rapidamente! OPÇÃO: C.17. (UFMG/95) Um certo volume de água é colocado num tubo em U, aberto nas extremidades. Num dos ramos do tubo, adiciona-se um líquido de densidade menor do que a da água o qual não se mistura com ela. Após o equilíbrio, a posição dos dois líquidos no tubo está corretamente representada pela figura: CORREÇÃOA HIDROSTÁTICA, Vasos Comunicantes. Experiência boa de se fazer em sala. Veja:Da linha tracejada para baixo, é água. Da mesma altura para baixo, Stevin garante quea pressão deve ser igual: mesmo líquido, mesma altura. A água, embaixo, funcionacomo uma balança de pratos: ela equilibra a altura verde e a azul. Podemos pensarassim: pouco chumbo equilibra muito algodão, porqueas densidades são diferentes. OPÇÃO: A. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  13. 13. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 1318. No diagrama mostrado a seguir, x e y representam dois líquidos não miscíveis e homogêneos, contidos num sistema de vasos comunicantes em equilíbrio hidrostático.Assinale o valor que mais aproxima-se da razão entre as densidades do líquido y em relação ao líquido x.a) 0,80b) 0,90c) 1,25d) 2,5 CORREÇÃOConsidere dois pontos a partir da diferença entre os dois líquidos. Eles devem estarna mesma pressão, pois ainda estão no mesmo líquido, na mesma altura.Pelo teorema de Stevin: P = Patm + dhg ⇒ Patm y + d y hy g = Patm x + d x hx g ⇒ 8 cm 4 dy hx 8 = = = 0,8 dx hy 10 5 OPÇÃO: A. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  14. 14. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 14 Princípio de Pascal19. (UFF – 2001 - modificada) Uma prensa hidráulica, sendo utilizada como elevador de um carro de peso P, encontra-se em equilíbrio, conforme a figura. As secções retas dos pistões são indicadas por S1 e S2, tendo-se S2 = 4S1. a) Caso se queira erguer mais o carro, pressionando-se a prensa através da força F 1 , e o êmbolo faça com que o nível do líquido do lado 1 dessa 10 cm, o carro irá se erguer mais, menos ou os mesmos 10 cm? JUSTIFIQUE. b) Se o peso do carro é igual a 1.200 Kgf, calcule o valor da força F 1. CORREÇÃO a) Como o lado 2 é mais grosso, o volume de líquido se espalha mais e o carro sobe menos de10 cm. b) F1 = F2 / 4 = 1200 / 4 = 300Kgf.20. (UFSJ – 2ª – 2006) Na figura abaixo está representado um corte esquemático de um elevador hidráulico, muito usado em postos de gasolina e oficinas mecânicas para lavagem e manutenção de veículos. Basicamente constitui-se de dois cilindros, com áreas transversais de valores diferentes, vedados por pistões móveis, cujos cilindros são conectados por uma tubulação, e todo o sistema é preenchido por um fluido. O pistão da direita sustenta uma plataforma de suspensão dos veículos, cuja massa, juntamente com a do veículo, é M. Sabe-se ainda que o pistão da esquerda tem área a, o da direita tem área A e a aceleração local da gravidade é g, sendo A>a.Com base nas informações acima, é CORRETOafirmar que o valor da for a f que deve ser aplicadano pistão da esquerda para manter a plataformana posição indicada é igual aA) Mg / aA.B) MgA / a.C) Ma / Ag.D) Mga / A . http://fisicanoenem.blogspot.com/
  15. 15. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 15 CORREÇÃO Tradicional Princípio de Pascal: F =F 1 2 . Não sei o que houve, mas também há algum A A 1 2tempo não vejo questão deste tipo, mesmo sendo bem tradicional. Para igualar a PRESSÃO dos dois Força Flados, como pressão é dada por P = = , a razão entre Força e Área deve ser igual dos dois Área Alados. Por fim, a força do lado direito é o peso da massa M, P=Mg. F=F ⇒ 1 2 f Mg = ⇒ f= Mga Tranqüilo... A A 1 2 a A A OPÇÃO: D.21. (UFMG/2007)Quando se pisa no pedal defreio a fim de se fazer parar umautomóvel, vários dispositivosentram em ação e fazem comque uma pastilha sejapressionada contra um discometálico preso à roda. O atritoentre essa pastilha e o disco fazcom que a roda, depois de certotempo, pare de girar.Na figura ao lado, estárepresentado, esquemati-camente, um sistemasimplificado de freio de umautomóvel.Nesse sistema, o pedal de freioé fixado a uma alavanca, que, por sua vez, atua sobre o pistão de um cilindro, C1. Esse cilindro, cheiode óleo, está conectado a outro cilindro, C2, por meio de um tubo. A pastilha de freio mantém-se fixaao pistão deste último cilindro.Ao se pisar no pedal de freio, o pistão comprime o óleo existente em C1, o que faz com que o pistãode C2 se mova e pressione a pastilha contra o disco de freio.Considere que o raio do cilindro C2 é três vezes maior que o do C1 e que a distância d do pedal defreio ao pivô da alavanca corresponde a quatro vezes a distância do pistão C1 ao mesmo pivô.Com base nessas informações,2. DETERMINE a razão entre a força exercida sobre o pedal de freio e a força com que a pastilhacomprime o disco de freio. CORREÇÃO Eis uma questão interessante, comentada em sala de aula com freqüência, sobre o sistema defreios de um carro, devidamente ilustrado e explicado! São dois sistemas capazes de multiplicar aforça feita pelo pé no freio. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  16. 16. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 16 Primeiro, temos o Princípio de Pascal: o aumento de pressão em um ponto de um fluito (oóleo de freio) é transmitido aos outros pontos do fluido. Chegamos a uma equação simples: F1 Área1 ou seja, a força é proporcional à área! Como a área do cilindro = π R2, um = F2 Área2cilindro tendo o triplo do raio do outro, o sistema multiplica a força por 32 = 9! O segundo sistema é uma alavanca: já dizia o bom e velho Arquimedes que iria mover omundo! Temos, para o equilíbrio: F1d1 = F2d2 . A força para o equilíbrio é inversamenteproporcional à distância ao apoio! Como o pé força 4 vezes mais distante do apoio, a força nopistão é 4 vezes maior! Um sistema multiplica por 9 e o outro por 4, então a força na pastilha é 9 x 4 = 36 vezesmaior que no pé! Ou, como a questão pediu a razão entre as forças: Fpedal 1 = Fpastilha 36 http://fisicanoenem.blogspot.com/
  17. 17. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 17 Princípio de Arquimedes: Empuxo22. Um corpo de massa m foi completamente submerso e acaba de ser solto, em repouso, no meio de uma piscina cheia d’água, conforme a figura abaixo. m Considerando esta situação, é correto afirmar que: a) as duas únicas forças que atuam sobre o corpo são o Peso, provocado pela atração da Terra, e o Empuxo, causado pela ação da água. b) se a densidade do corpo for menor que a da água, ele subirá até a superfície e irá flutuar com 100% do seu volume emerso (fora d’água). c) se a densidade do corpo for maior que a da água, ele irá afundar até que a pressão o impeça de descer mais sob a água. d) se a densidade do corpo for igual à da água, ele retorna à superfície e flutua com sua borda superior na mesma linha da água. CORREÇÃO São duas as forças sobre o corpo: Peso e Empuxo, e só! GABARITO: A23. (PUC-2005)Um objeto sólido e maciço é mergulhado na água. Assinale a afirmativa CORRETA.a) Se sua densidade for maior que a da água, ele afundará.b) Se sua densidade for maior que a da água, ele flutuará.c) Se ele for totalmente imerso na água, o empuxo sobre ele dependerá de sua forma.d) Se sua densidade for menor que a da água, ele afundará. CORREÇÃO O mais denso afunda. GABARITO: A http://fisicanoenem.blogspot.com/
  18. 18. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 1824. (UFOP - modificada) Um mesmo bloco é colocado em recipientes com dois líquidos diferentes como na figura abaixo. 1 2 a) Qual dos dois líquidos, 1 ou 2, é mais denso? JUSTIFIQUE. b) O empuxo que atua sobre o bloco no líquido 1 é maior, menor ou igual ao que atua no bloco no líquido 2? CORREÇÃO a) O líquido 1 é mais denso, tanto que o bloco afunda menos, precisando deslocar menos líquidopara equilibrar o seu peso. b) O empuxo é igual nos dois líquidos, afinal equilibra o mesmo peso, do mesmo bloco.25. (UFMG-2000) A figura I mostra uma vasilha, cheia de água até a borda, sobre uma balança. Nessa situação, a balança registra um peso P1. Um objeto de peso P2 é colocado nessa vasilha e flutua, ficando parcialmente submerso, como mostra a figura II. Um volume de água igual ao volume da parte submersa do objeto cai para fora da vasilha. Com base nessas informações, é CORRETO afirmar que, na figura II, a leitura da balança é a) igual a P1 . b) igual a P1 + P2 . c) maior que P1 e menor que P1 + P2 . d) menor que P1 . CORREÇÃO O Empuxo é igual ao peso do líquido deslocado. Assim, o bloco entra, desloca uma água cujo peso é igual ao seu peso, flutua sob ação do empuxo e fica tudo zero a zero! OPÇÃO : A http://fisicanoenem.blogspot.com/
  19. 19. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 1926. (UFMG) A figura mostra um copo com água no qual foram colocadas uma rolha de cortiça e uma moeda. Sejam PR e PM os módulos dos pesos e ER e EM os módulos dos empuxos que atuam na rolha e na moeda, respectivamente. Nessas condições, pode-se afirmar que a) ER = PR e EM = PM. b) ER = PR e EM < PM. c) ER > PR e EM = PM. d) ER > PR e EM < PM. CORREÇÃO A rolha flutua, logo o empuxo iguala seu peso. Já a moeda afunda, logo seu peso é maior que o empuxo. OPÇÃO : B27. (FUVEST-SP) Um menino segura uma bexiga de 10g, cheia de gás, exercendo sobre o barbante uma força para baixo de intensidade 0,10 N. Nestas condições: a) a pressão no interior da bexiga é menor que a pressão atmosférica local. b) o empuxo que a bexiga sofre vale 0,10 N. c) a densidade média da bexiga é menor que a do ar que a envolve. d) a densidade média da bexiga é maior que a do ar que a envolve. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  20. 20. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 20 CORREÇÃO Claro que a bexiga é menos densa, por isto flutua no ar. OPÇÃO : C28. (UFMG-2004) Ana lança três caixas – I, II e III –, de mesma massa, dentro de um poço com água. Elas ficam em equilíbrio nas posições indicadas nesta figura: Sejam EI, EII e EIII os módulos dos empuxos sobre, respectivamente, as caixas I, II e III. Com base nessas informações, é CORRETO afirmar que A) EI > EII > EIII . B) EI < EII = EIII . C) EI = EII = EIII . D) EI > EII = EIII . CORREÇÃO Todas as caixas têm a mesma massa e todas estão em equilíbrio, logo o empuxo iguala o peso das 3. Pesos iguais devem ser igualados por empuxos iguais! OPÇÃO : C http://fisicanoenem.blogspot.com/
  21. 21. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 2129. (UFMG - modificada) Na figura, estão representadas duas esferas, I e II, de mesmo raio, feitas de materiais diferentes e imersas em um recipiente contendo água. As esferas são mantidas nas posições indicadas por meio de fios que estão tensionados. De acordo com a figura, responda:a) O que podemos afirmar sobre as DENSIDADES das esferas I e II, quando comparadas com ada água? JUSTIFIQUE.b) O valor do EMPUXO que atua sobre a esfera I é maior, igual ou menor que o que atua naesfera II? JUSTIFIQUE. CORREÇÃO a) Como a esfera I quer afundar, ela é mais densa que a água e como a II quer flutuar, ela é menos densa que a água. b) Já que os raios das esferas são iguais, seus volumes também são e a quantidade de líquido deslocado por elas, cujo peso dá o empuxo, é igual.30. João construiu um barquinho com uma folha de papel de massa igual a 15 gramas. Sua mãe estava distraída e ele fez uma travessura: colocou o barquinho para boiar no seu prato de sopa! A densidade da sopa é igual a 1,01 g/cm 3. O volume imerso do barquinho é de 14,85 cm3. CALCULE o empuxo que atuou sobre o barquinho. a) 15 gramas-força. b) 14,85 Newtons. c) 15 Newtons. d) 14,85 gramas-força. CORREÇÃO O empuxo EQUILIBRA O PESO de tudo o que bóia em equilíbrio! GABARITO: A http://fisicanoenem.blogspot.com/
  22. 22. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 2231. Um navio flutua em equilíbrio conforme o esquema abaixo. Represente a(s) FORÇA(S) que atua(m) sobre o navio e diga o NOME dessa(s) força(s). CORREÇÃO EMPUXO PESO32. (UFVJM/20062007) Uma placa metálica afunda ao ser colocada na água. Se dobrarmos as bordas dessa placa, construindo uma caixa, de tal forma que a água não entre, e colocando-a novamente na água, ela irá flutuar. Com base nessas informações, a explicação CORRETA para essa situação é que A) o empuxo que a água exerce é maior na chapa. B) a caixa ficou mais leve que a chapa. C) ao dobrar a chapa, a massa específica do metal diminui. D) a placa metálica é mais densa e a caixa é menos densa que a água. CORREÇÃO Muito, muito básica! Hidrostática básica: se afunda, é porque é mais denso e se flutua émenos denso! Pronto. Não vou nem me desdobrar em explicações. OPÇÃO: D. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  23. 23. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 23 33. (UFVJM/2007) Um pedaço de parafina flutua na água e afunda no álcool. Sendo dρ a densidade da parafina, dal a densidade do álcool e da a densidade da água, é CORRETO afirmar queA) dρ < dal e dρ > daB) dρ > dal e dρ < daC) da > dal > dρD) dρ > dal > da CORREÇÃO Questão bastante simples sobre Hidrostática. Quem afunda é porque é mais denso! Se bóia, émenos denso. Só isto! Fácil até demais... A parafina flutua na água (dado) ⇒ dρ < da. A parafina afunda no álcool ⇒ dρ > dal. Pronto... OPÇÃO: B. 34. (UFMG/2009) Um estudante enche dois balões idênticos – K e L – , usando, respectivamente, gás hélio (He) e gás hidrogênio (H2). Em seguida, com um barbante, ele prende cada um desses balões a um dinamômetro, como mostrado nesta figura:Os dois balões têm o mesmo volume e ambos estão à mesma temperatura. Sabe-se que, nessas condições, o gás hélio émais denso que o gás hidrogênio. Sejam EK e EL os módulos do empuxo da atmosfera sobre, respectivamente, os balões Ke L. Pela leitura dos dinamômetros, o estudante verifica, então, que os módulos datensão nos fios dos balões K e L são, respectivamente, TK e TL. Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmarqueA) TK > TL e EK = EL.B) TK < TL e EK = EL.C) TK < TL e EK ≠ EL. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  24. 24. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 24D) TK > TL e EK ≠ EL. CORREÇÃO Questão de HIDROSTÁTICA, cobrando tanto o conceito de Empuxo quanto de Densidade. Primeiramente, vamos discutir a mais simples questão do Peso dos balões. Para radicalizar adiferença de densidade, suponha um cheio de areia e o outro de ar, representando, respectivamente,o hélio, mais denso, e o hidrogênio, menos denso. Ficasimples! Hélio Hidrogênio É fácil perceber que o peso do balão de hélio émaior que do de hidrogênio. Pela diferença nadensidade e com volumes iguais! uuuuu r Peso Quanto ao empuxo, adoro a frase atribuída a Arquimedes: “o empuxo vale o peso dolíquido ( fluido ) deslocado ”. Ora, os balões têm o mesmíssimo volume! Digamos, 2litros. Logo, eles ocupam o espaço, deslocam, dois litros, o mesmo volume de ar! Então, o empuxosobre os dois é igual, e maior que o peso, tanto que balões destes gases flutuam no ar!Desenhando as forças agora no Equilíbrio: FResultante = 0, 1a Lei de Newton. uuur uuu r Vemos que, com empuxos iguais epesos diferentes, a Tração na corda que EHe = EHsegura o balão de hélio deve ser menorque no de hidrogênio, visto que em ambosa Resultante das forças deve dar zero. uuur uur E o dinamômetro mede a força na PHe PHcorda, ou seja, a Tração! uuur uur THe TH OPÇÃO: B. http://fisicanoenem.blogspot.com/
  25. 25. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 25 35. (UFMG/2011) Um béquer contendo água está colocado sobre uma balança e, ao lado deles, uma esfera de aço maciça, com densidade de 5,0 g/cm3, pendurada por uma corda, está presa a um suporte, como mostrado na Figura I.Nessa situação, a balança indica um peso de 12 N e a tensão na cordaé de 10 N.Em seguida, a esfera de aço, ainda pendurada pela corda, é colocadadentro do béquer com água, como mostrado na Figura II.Considerando essa nova situação, DETERMINE: A) a tensão na corda. B) o peso indicado na balança. CORREÇÃO Questão tradicional, de Hidrostática, com um toque de Leis de Newton. Aliás, a Hidrostática éuma aplicação destas leis... Para calcularmos a tensão (ou tração) na corda na figura II, partiremos dafigura I. Veja as forças que atuam na esfera na figura I: o Peso, para baixo, e a Tensão da corda, para cima. A esfera está em Equilíbrio (Repouso). Assim, da 1ª Lei de Newton, a F Res que atua sobre ela vale zero ⇒ P = T . u r Mas, da 2ª Lei de Newton, F = ma ⇒ P = mg. A gravidade g é dada entre as constantes na T prova, g = 10 m/s2 . Assim: u r 10 = m.10 ⇒ m = 1,0 kg . P Um pouco mais de conhecimento, lembrando que a densidade da água vale 1,0 g/cm3(também dada), e a do corpo é 5 vezes maior 5,0 g/cm 3, levaria a concluir que o volume do corpo são200 cm3. Mas, devagar... m mCalculamos o volume pela densidade: d = ⇒ V = . E, mais, o cuidado com as UNIDADES: V d g .10−3 kg kg5,0 3 = 5 −6 3 = 5,0.103 3 . Calculando, então, este volume. cm .10 m m http://fisicanoenem.blogspot.com/
  26. 26. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 26 1 kg 1 V= = .10−3 m 3 = 0, 2.10−3 m 3 = 2,0.10 −4 m 3 kg 5 . É fundamental a qualquer 5.103 3 m aluno que chegue até a 2ª etapa ter clareza sobre unidades... Aliás, é difícil acreditar que chegou até aqui sem esta clareza... Com esta clareza, o que vai me facilitar, o valor encontrado, 2,0.10 – 4 m 3 valem 200 cm 3. Ou 200 ml, se preferir... Conforme Arquimedes já sabia, antes do Cristo, “o empuxo vale o peso do líquido deslocado”. Ao entrar na água, a esfera desloca líquido, o que faz surgir uma força chamada Empuxo, vertical e para cima. Veja as forças na esfera na figura II. ur Como a esfera continua em Equilíbrio, agora teremos, quanto às forças: E + T2 = P . Sabemos o valor do Peso (o qual não se altera, dentro d’água!), e Er uu podemos calcular o Empuxo (até já sei, se a esfera deslocou 200 mL de água, d = T2 1g/mL: empuxo igual a 200 gf = 2 N!). ur P Calculando o Empuxo: kg m E = Plíq.desl . = mlíq.desl . . g = d água .Vágua . g = 1.103 .2,0.10 −4 m 3 .10 = 2,0 N m3 s2 Finalmente, então, a nova Tensão será: E + T2 = P ⇒ 2 + T = 10 ⇒ T2 = 8,0 N. Como vemos, a Tensão dentro d’água diminui... A famosa impressão que temos de que ficamos mais leves ao nadar... Quanto ao novo valor marcado pela balança, creio que o erro será maior... A 3ª Lei de Newton, Ação e Reação, é famosa, mas aplicar a lei é que são elas... Veja a nova figura, lembrando que a balança marcava 12 N só com água: o peso da água são 12 N. Agora, é preciso lembrar que quem exerce a força Empuxo (na esfera) é a água! Logo, quem sofre a reação ao Empuxo, E’, é a mesma água! E ur com o mesmo valor, 2,0 N. Força esta que ajuda a pressionar a balança, para baixo! E uur E = 2N Assim, a balança dever marcar uma força (exercida sobre ela para baixo) igual a 2 + 12 = 14 N.Págua = 12 N Se tiver dificuldade de imaginar a reação ao Empuxo, pense o seguinte... Quando você boia sobre uma piscina, a água “segura” você. Sem ela, você se apoiaria no chão, que aplicaria a Normal. A água “segura” você, intermediária, mas quem “segura” a água? O chão... Para “segurar” a água e você, ele precisa sustentar os dois pesos, uai: seu e da água! Aqui, a balança “segura” o peso da água e o Empuxo, também... http://fisicanoenem.blogspot.com/
  27. 27. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 26 1 kg 1 V= = .10−3 m 3 = 0, 2.10−3 m 3 = 2,0.10 −4 m 3 kg 5 . É fundamental a qualquer 5.103 3 m aluno que chegue até a 2ª etapa ter clareza sobre unidades... Aliás, é difícil acreditar que chegou até aqui sem esta clareza... Com esta clareza, o que vai me facilitar, o valor encontrado, 2,0.10 – 4 m 3 valem 200 cm 3. Ou 200 ml, se preferir... Conforme Arquimedes já sabia, antes do Cristo, “o empuxo vale o peso do líquido deslocado”. Ao entrar na água, a esfera desloca líquido, o que faz surgir uma força chamada Empuxo, vertical e para cima. Veja as forças na esfera na figura II. ur Como a esfera continua em Equilíbrio, agora teremos, quanto às forças: E + T2 = P . Sabemos o valor do Peso (o qual não se altera, dentro d’água!), e Er uu podemos calcular o Empuxo (até já sei, se a esfera deslocou 200 mL de água, d = T2 1g/mL: empuxo igual a 200 gf = 2 N!). ur P Calculando o Empuxo: kg m E = Plíq.desl . = mlíq.desl . . g = d água .Vágua . g = 1.103 .2,0.10 −4 m 3 .10 = 2,0 N m3 s2 Finalmente, então, a nova Tensão será: E + T2 = P ⇒ 2 + T = 10 ⇒ T2 = 8,0 N. Como vemos, a Tensão dentro d’água diminui... A famosa impressão que temos de que ficamos mais leves ao nadar... Quanto ao novo valor marcado pela balança, creio que o erro será maior... A 3ª Lei de Newton, Ação e Reação, é famosa, mas aplicar a lei é que são elas... Veja a nova figura, lembrando que a balança marcava 12 N só com água: o peso da água são 12 N. Agora, é preciso lembrar que quem exerce a força Empuxo (na esfera) é a água! Logo, quem sofre a reação ao Empuxo, E’, é a mesma água! E ur com o mesmo valor, 2,0 N. Força esta que ajuda a pressionar a balança, para baixo! E uur E = 2N Assim, a balança dever marcar uma força (exercida sobre ela para baixo) igual a 2 + 12 = 14 N.Págua = 12 N Se tiver dificuldade de imaginar a reação ao Empuxo, pense o seguinte... Quando você boia sobre uma piscina, a água “segura” você. Sem ela, você se apoiaria no chão, que aplicaria a Normal. A água “segura” você, intermediária, mas quem “segura” a água? O chão... Para “segurar” a água e você, ele precisa sustentar os dois pesos, uai: seu e da água! Aqui, a balança “segura” o peso da água e o Empuxo, também... http://fisicanoenem.blogspot.com/
  28. 28. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 26 1 kg 1 V= = .10−3 m 3 = 0, 2.10−3 m 3 = 2,0.10 −4 m 3 kg 5 . É fundamental a qualquer 5.103 3 m aluno que chegue até a 2ª etapa ter clareza sobre unidades... Aliás, é difícil acreditar que chegou até aqui sem esta clareza... Com esta clareza, o que vai me facilitar, o valor encontrado, 2,0.10 – 4 m 3 valem 200 cm 3. Ou 200 ml, se preferir... Conforme Arquimedes já sabia, antes do Cristo, “o empuxo vale o peso do líquido deslocado”. Ao entrar na água, a esfera desloca líquido, o que faz surgir uma força chamada Empuxo, vertical e para cima. Veja as forças na esfera na figura II. ur Como a esfera continua em Equilíbrio, agora teremos, quanto às forças: E + T2 = P . Sabemos o valor do Peso (o qual não se altera, dentro d’água!), e Er uu podemos calcular o Empuxo (até já sei, se a esfera deslocou 200 mL de água, d = T2 1g/mL: empuxo igual a 200 gf = 2 N!). ur P Calculando o Empuxo: kg m E = Plíq.desl . = mlíq.desl . . g = d água .Vágua . g = 1.103 .2,0.10 −4 m 3 .10 = 2,0 N m3 s2 Finalmente, então, a nova Tensão será: E + T2 = P ⇒ 2 + T = 10 ⇒ T2 = 8,0 N. Como vemos, a Tensão dentro d’água diminui... A famosa impressão que temos de que ficamos mais leves ao nadar... Quanto ao novo valor marcado pela balança, creio que o erro será maior... A 3ª Lei de Newton, Ação e Reação, é famosa, mas aplicar a lei é que são elas... Veja a nova figura, lembrando que a balança marcava 12 N só com água: o peso da água são 12 N. Agora, é preciso lembrar que quem exerce a força Empuxo (na esfera) é a água! Logo, quem sofre a reação ao Empuxo, E’, é a mesma água! E ur com o mesmo valor, 2,0 N. Força esta que ajuda a pressionar a balança, para baixo! E uur E = 2N Assim, a balança dever marcar uma força (exercida sobre ela para baixo) igual a 2 + 12 = 14 N.Págua = 12 N Se tiver dificuldade de imaginar a reação ao Empuxo, pense o seguinte... Quando você boia sobre uma piscina, a água “segura” você. Sem ela, você se apoiaria no chão, que aplicaria a Normal. A água “segura” você, intermediária, mas quem “segura” a água? O chão... Para “segurar” a água e você, ele precisa sustentar os dois pesos, uai: seu e da água! Aqui, a balança “segura” o peso da água e o Empuxo, também... http://fisicanoenem.blogspot.com/
  29. 29. © QUESTÕES CORRIGIDAS – PROFESSOR Rodrigo Penna 26 1 kg 1 V= = .10−3 m 3 = 0, 2.10−3 m 3 = 2,0.10 −4 m 3 kg 5 . É fundamental a qualquer 5.103 3 m aluno que chegue até a 2ª etapa ter clareza sobre unidades... Aliás, é difícil acreditar que chegou até aqui sem esta clareza... Com esta clareza, o que vai me facilitar, o valor encontrado, 2,0.10 – 4 m 3 valem 200 cm 3. Ou 200 ml, se preferir... Conforme Arquimedes já sabia, antes do Cristo, “o empuxo vale o peso do líquido deslocado”. Ao entrar na água, a esfera desloca líquido, o que faz surgir uma força chamada Empuxo, vertical e para cima. Veja as forças na esfera na figura II. ur Como a esfera continua em Equilíbrio, agora teremos, quanto às forças: E + T2 = P . Sabemos o valor do Peso (o qual não se altera, dentro d’água!), e Er uu podemos calcular o Empuxo (até já sei, se a esfera deslocou 200 mL de água, d = T2 1g/mL: empuxo igual a 200 gf = 2 N!). ur P Calculando o Empuxo: kg m E = Plíq.desl . = mlíq.desl . . g = d água .Vágua . g = 1.103 .2,0.10 −4 m 3 .10 = 2,0 N m3 s2 Finalmente, então, a nova Tensão será: E + T2 = P ⇒ 2 + T = 10 ⇒ T2 = 8,0 N. Como vemos, a Tensão dentro d’água diminui... A famosa impressão que temos de que ficamos mais leves ao nadar... Quanto ao novo valor marcado pela balança, creio que o erro será maior... A 3ª Lei de Newton, Ação e Reação, é famosa, mas aplicar a lei é que são elas... Veja a nova figura, lembrando que a balança marcava 12 N só com água: o peso da água são 12 N. Agora, é preciso lembrar que quem exerce a força Empuxo (na esfera) é a água! Logo, quem sofre a reação ao Empuxo, E’, é a mesma água! E ur com o mesmo valor, 2,0 N. Força esta que ajuda a pressionar a balança, para baixo! E uur E = 2N Assim, a balança dever marcar uma força (exercida sobre ela para baixo) igual a 2 + 12 = 14 N.Págua = 12 N Se tiver dificuldade de imaginar a reação ao Empuxo, pense o seguinte... Quando você boia sobre uma piscina, a água “segura” você. Sem ela, você se apoiaria no chão, que aplicaria a Normal. A água “segura” você, intermediária, mas quem “segura” a água? O chão... Para “segurar” a água e você, ele precisa sustentar os dois pesos, uai: seu e da água! Aqui, a balança “segura” o peso da água e o Empuxo, também... http://fisicanoenem.blogspot.com/

×