• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
A regionalização do mundo contemporâneo
 

A regionalização do mundo contemporâneo

on

  • 30,719 views

 

Statistics

Views

Total Views
30,719
Views on SlideShare
26,381
Embed Views
4,338

Actions

Likes
1
Downloads
333
Comments
1

4 Embeds 4,338

http://www.geografianonivel2.portoseguro.org.br 4332
http://i.creativecommons.org 4
https://twitter.com 1
https://www.google.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A regionalização do mundo contemporâneo A regionalização do mundo contemporâneo Presentation Transcript

    • A regionalização domundo contemporâneo
    • Como regionalizar o espaço geográfico mundial• Região: agrupar as áreas da superfície terrestre que possuem aspectos que apresentam uma certa homogeneidade.• Os critérios de regionalização podem ser naturais (tipos de clima, vegetação, solo e relevo entre outros) ou socioculturais (características demográficas, grupos lingüísticos, religiões, tipos de atividades econômicas praticadas, etc.)• Exemplo do livro: Classificação por zonas térmicas a regionalização é estabelecida segundo a variação da incidência da luz solar na superfície terrestre.
    • Mapa de zonas térmicas
    • Regionalizando os países do mundo• Vantagens da regionalização: estudá-los em conjunto, comparar diferenças e semelhanças, analisar aspectos gerais e particulares.• Desvantagens da regionalização: em áreas muito extensas e diversificadas fazemos generalizações que desconsideram as particularidades existentes no espaço.• Exemplo: Divisão do globo de acordo com as religiões praticadas no mundo. No caso do Brasil: pelo mapa o país possui a maioria católica e religiões animistas. Realmente a maioria da população é católica. Mas, pela generalização não aparecem várias outras religiões praticadas, conforme gráfico no livro.
    • Mapa das principais religiões do mundo
    • Primeiro, Segundo e Terceiro Mundo• Essa regionalização tornou-se obsoleta por não representar mais a organização atual, mas ainda se ouve falar em primeiro, segundo e terceiro mundo em livros e pela imprensa.• Primeiro mundo indicava os países capitalistas de economia desenvolvida.• Segundo mundo indicava os países socialistas de economia socialista. Alguns países como: Coréia do Norte, Cuba e China ainda afirmam que são socialistas, mas o termo deixou de ser utilizado após a queda do socialismo na ex-URSS.• Terceiro mundo indicava países capitalistas menos desenvolvidos economicamente.
    • Mapa da divisão em Primeiro, Segundo e Terceiro Mundo
    • Países ricos e pobres: o centro e a periferia• Critério de regionalização: agrupa os países de acordo com o grau de dependência ou influência que exercem no cenário internacional.• Ricos ou centrais: pequeno número de nações ricas e industrializadas que exercem forte dominação econômica.• Pobres ou periféricos: é a maioria dos países que possuem um menor desenvolvimento econômico e tecnológico, e que apresentam uma forte dependência em relação aos países centrais.• Como todas as regionalizações essa também generaliza. Exemplo: Ricos ou centrais Estados Unidos e Portugal e pobres China e Bolívia. Nos dois casos existe uma grande diferença no grau de desenvolvimento dos países comparados.
    • Mapa dos países centrais e periféricos
    • Países desenvolvidos e subdesenvolvidos• A ONU(Organização das Nações Unidas) regionaliza os países conforme o nível de desenvolvimento, levando em consideração vários indicadores econômicos e sociais.• Os países desenvolvidos ou do norte geralmente são bastante industrializados e apresentam economias estáveis e em crescimento. O padrão de vida nesses países também é elevado.• O países subdesenvolvidos ou do sul geralmente com baixo nível de industrialização, tem economia instável que passa por crises periódicas, além de muito dependente financeiramente. A maior parte da população vive em precárias condições de vida.
    • Desenvolvimento e Subdesenvolvimento