Your SlideShare is downloading. ×
Justo e perfeito
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Justo e perfeito

5,028
views

Published on

Published in: Spiritual

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
5,028
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.  
  • 2.  
  • 3. A expressão “JUSTO E PERFEITO” é encontrada pela primeira vez no L.’. L.’., mais especificadamente no Livro de Gênesis, onde é retratada a história do Dilúvio. O G.’.A.’.D.’.U.’., que é DEUS, “arrependendo-se de ter criado o homem”, eis que havia se esquecido de participar o bem trilhando pelos caminhos da iniqüidade corrompendo a humanidade, resolveu destruir a terra com um Dilúvio de proporção imensurável.
  • 4. No capitulo 6, versus 9, encontramos: “ Esta é a história de Noé. Noé era um homem Justo e Perfeito no meio dos homens de sua geração. Ele andava com DEUS. Em Gênesis, capitulo 7, versus 1-3, assim o G.’.A.’.D.’.U.’. Se manifesta: O Senhor disse a Noé: “Entre na arca...tu e toda tua casa... porque te reconheci JUSTO diante dos meus olhos... entre os de tua geração.”
  • 5.  
  • 6. Mas onde, quando e como surgiu para a MAÇONARIA... A expressão: “JUSTO E PERFEITO”, segundo o Ir.’. José Castellani”, remonta às organizações medievais de canteiros (trabalhadores em cantaria, ou seja, no enquadramento da pedra bruta). Como os bons profissionais eram muito requisitados, havia muita rivalidade entre as corporações, valendo, nesse caso, até a sabotagem do trabalho, a qual consistia em penetrar no terreno do concorrente e fazer um leve desbastamento da pedra já cúbica, difícil de constatar pelo olho humano, porém, quando usada na construção, daria diferença, comprometendo aquele núcleo de pedreiros e maculando sua imagem.
  • 7. Assim, no fim do dia de trabalho, por ordem do Máster (o proprietário, ou um seu preposto), um Warden (zelador, ou vigilante), media a horizontalidade da obra, com o nível, enquanto o outro media a perpendicularidade, com o prumo, e, se tudo estivesse em ordem, comunicavam ao Master, “Tudo Está Justo e Perfeito”. Na manhã do dia seguinte, a operação era repetida, da mesma maneira, para prevenir eventuais sabotagens durante a noite, pois da forma cúbica das pedras, dependia a estabilidade das construções. Se tudo estivesse “JUSTO E PERFEITO” os trabalhos eram iniciados.
  • 8. A expressão “Esta Tudo Justo e Perfeito ” também é utilizada como cumprimento e reconhecimento entre os MAÇONS, inclusive de graus dos IIr.’.. Mas será que Está Tudo Justo e Perfeito com a MAÇONARIA...? E as queixas de IIr.’. De que nada vai bem na MAÇONARIA de hoje, que ela anda adormecida. ESTÁ SIM...! TUDO JUSTO e PERFEITO ... pois a MAÇONARIA de hoje ainda permanece como a MAÇONARIA de ontem. Sua Filosofia é eterna... Assim como seus ensinamentos. O QUE MUDOU ENTÃO...?
  • 9. Como disse nada mudou na MAÇONARIA, mudou sim a atitude de alguns IIr.’. que não conseguem assimilar seus ensinamentos deixando de incorporá-los no seu “Templo Interior”, ou seja, não praticam, não andam na sina das virtudes, muitas vezes vilipendiando-a, deixando de ser um MAÇOM Autentico. São vaidosos, anti éticos e hipócritas que vivem em nosso meio. Esses “Profanos de Aventais” se esquecem de renunciar TER para passar a acreditar e ter atitude, no SER . Essa é a essência do que acontece na MAÇONARIA de hoje.
  • 10. Não levam consigo para o mundo profano os preceitos e ensinamentos da Sublime ARTE REAL. Muito pelo contrário, trazem do mundo profano todas as imperfeições possíveis semeando a desarmonia na LOJA, pregando a desagregação entre os IIr.’. E o desequilíbrio nos nossos trabalhos. Quando passamos pelo ritual da Iniciação, renunciamos ao TER passando a SER útil aos nossos pares, órfãos e viúvas que é o grande objetivo da MAÇONARIA. Ninguém nos obrigou a assumir esse sério compromisso, mas quando o assumimos juramos sempre buscá-lo a fim de contribuir para o engrandecimento do nosso “ EU ” interior e contribuímos para o bem estar da HUMANIDADE...!
  • 11. Portanto, temos que colocar em prática no mundo profano a doutrina e os ensinamentos Maçônicos transformando-os em uma “Filosofia de Vida”, como muito trabalho e ação. O Grande Maçom Ir.’. Albert Pike, nos deixa uma lição. Assim ele discorre:
  • 12. “ É surpreendente ver como os homens falam das virtudes e da honra e não pautam sua vidas nem por uma nem outra. A boca exprime o que o coração devia ter em abundância, que quase sempre é o inverso do que o homem pratica”.
  • 13. FÉ ESPERANÇA CARIDADE magens: Google msn: (.’.) sergiomngcomissaria (.’.) pps: (.’.) trigons133 (.’.) TFA