Your SlideShare is downloading. ×
Aula 1   fundamentos de genética
Aula 1   fundamentos de genética
Aula 1   fundamentos de genética
Aula 1   fundamentos de genética
Aula 1   fundamentos de genética
Aula 1   fundamentos de genética
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Aula 1 fundamentos de genética

1,621

Published on

Published in: Technology, Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,621
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM BIOLOGIA.Histórico e conceitos fundamentais de genética MARCELO GOMES DE OLIVEIRA, 37905, marcelobiosul@hotmail.com, http://biosul.blogspot.com ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MEDIO LOREA PINTO PROFª.: ROSANE 2º ANO/ 202 NOITE Rio Grande, agosto de 2011.
  • 2. Butterfly Landscape The Great Masturbator in a Surrealist Landscape with D.N.A., 1957-58 Dali,Salvador (Spanish,1904-1989)
  • 3. UM POUCO DE HISTÓRIA:A descoberta do DNA ocorreu em 1869 - dois tipos de bases pirimídicas: citosinae foi feita pelo bioquímico alemão e timinaJohann Friedrich Miescher (1844 – Foi demonstrado também que um outro1895). Miescher buscava determinar produto da degradação do ácidoos componentes químicos do núcleo nucléico era um glicídio com 5 átomoscelular e usava os glóbulos brancos de carbono, uma pentose, no caso umacontidos no pus para suas pesquisas. desoxirribose. O fósforo estava presenteOs glóbulos brancos eram um bom na forma de um derivado do ácidomaterial, pois são células que fosfórico, fosfato. Tinha-se até oapresentam núcleos grandes e fáceis de momento que o ácido nucléico eraserem isolados do citoplasma. Além composto de bases nitrogenadasdisso, o pús era muito fácil de se (púricas e pirimídicas), de um glicídioconseguir na época em ataduras (pentose) e de fosfato.usadas em ferimentos. Analisando os núcleos, Miescher Em 1890, foi descoberto em leveduradescobriu a presença de um composto (fermento) um outro tipo de ácidode natureza ácida que era nucléico, que possuía uracila ao invésdesconhecido até o momento. Esse de timina e ribose ao invés dacomposto era rico em fósforo e em desoxirribose. Dessa maneira, foramnitrogênio, era desprovido de enxofre e caracterizados dois tipos de ácidosresistente à ação da pepsina (enzima nucléicos, de acordo com o glicídio queproteolítica). Esse composto, que possuíam:aparentemente era constituído demoléculas grandes, foi denominado, por - ácido ribonucléico (RNA)Miescher, nucleína. Essa substância foi - ácido desoxirribonucléico (DNA)isolada também da cicatrículaEXPLICAR da gema do ovo de galinha ede espermatozóides de salmão. Em 1912, Phoebus Levine(1869 – Em 1880, um outro pesquisador 1940) e Walter Jacobs (1883 – 1967)alemão, Albrecht Kossel (1883 – 1927), concluíram que o componente básicodemonstrou que a nucleína continha dos ácidos nucléicos era uma estruturabases nitrogenadas em sua estrutura, composta por uma unidade que seexplicando o fato da nucleína ser rica constituía numa base nitrogenada ligadaem nitrogênio. Nove anos depois, a uma pentose, e esta por sua vez,Richard Altmann(1852 – 1900), que era ligada a um fosfato. Esta unidade foialuno de Miescher, obteve a nucleína denominada de nucleotídeo.com alto grau de pureza, comprovandosua natureza ácida e dando-lhe, então, Um ácido nucléico seria então umao nome de ácido nucléico. molécula composta por váriosA partir daí, o material mais utilizado nucleotídeos unidos entre si, ou seja, umpara estudo e obtenção do ácido polinucleotídeo.nucléico passou a ser o timo de bezerro, Os estudos dos ácidos nucléicoscujo tecido apresenta células com continuaram por muitos anos sem quenúcleos grandes. Foi descoberto que a os cientistas soubessem de suadegradação do ácido nucléico do timo, importância como material hereditário,chamado de ácido timonucléico, liberava descoberta que só foi realizada muitosquatro tipos de bases nitrogenadas: anos depois.- dois tipos de bases púricas: adenina eguanina
  • 4. MATERIAL DE APOIO: O que é O GENE? O gene é a unidade fundamental da hereditariedade. Cada gene é formado por uma seqüência específica de ácidos nucléicos (biomoléculas mais importantes do controle celular, pois contêm a informação genética. Existem dois tipos de ácidos nucléicos: ácido desoxirribonucléico – DNA- e ácido ribonucléico – RNA. Funções, localização e outras informações Os genes controlam não só a estrutura e as funções metabólicas das células, mas também todo o organismo. Quando localizados em células reprodutivas, eles passam sua informação para a próxima geração. Quimicamente, cada gene é constituído por uma seqüência de DNA que forma nucleotídeos Os nucleotídeos são compostos por uma base nitrogenada, uma pentose (açúcar com cinco átomos de carbono) e um grupo fosfato. As bases nitrogenadas podem ser classificadas em: pirimidinas e purinas. O gene geralmente localiza-se intercalado com as seqüências de DNA não codificado por proteínas. Estas seqüências são designadas como “DNA inútil”. Quando este tipo de DNA ocorre dentro de um gene, a porção codificada é classificada como parte não codificada. O DNA NÃO CODIFICADO compõe 97% do genoma humano e, apesar de seu nome, ele é necessário para o funcionamento adequado dos genes. Em cada espécie há um número definido de cromossomos. Alterações em seu número ou disposição de genes, pode resultar em mutações genéticas. Quando ocorrem mutações em células germinativas (óvulo ou espermatozóide), as mudanças podem ser transmitidas para as gerações futuras. As mutações que afetam as células somáticas podem resultar em certos tipos de câncer. A constituição genética própria de um organismo (genótipo) mais a influência recebida do meio ambiente, será responsável pelo fenótipo, ou seja, pelas características observáveis do indivíduo. A soma total dos genes é chamada de genoma. As pesquisas realizadas como o objetivo de identificar a localização e função de cada gene, é conhecida como genoma humano.
  • 5. PROJETO GENOMA:As primeiras propostas para se mapear o nossas semelhanças molecularesgenoma humano surgiram em 1985, quando resultantes da evolução.um grupo de cientista pretendiam Tudo isso gera uma grande polêmicadetectar mutações em homens. discutida na Bioética. Como serão asCom isso foi criado o Projeto Genoma regras desse jogo?Humano, que faz parte de um Quando os cientistas descobrirem afinanciamento público. Mais tarde Craig função de cada gene nos cromossomosVenter funda a empresa Celera Genomics, essa questão da Bioética ficará aindaque faz parte de um financiamento mais complicada. A predisposição paraparticular e que tinha como um dos determinada doença poderá levar à umaprincipais objetivos seqüênciar todo o discriminação.genoma humano antes do projeto genoma Um exemplo disso aconteceu nos E.U.A.humano. com Terri Seargent, de 43 anos, que foiPara fazer a pesquisa a Celera diz ter despedida de um emprego, como gerenteusado o DNA de pessoas anônimas e que de escritório , apos o resultado positivoestas não eram nem atores, políticos e dos exames que detectaram uma doençamuito menos de pessoas que tenham um genética que matou seu irmão. Nosintelecto assustador. últimos dias estamos acompanhando asOs cientista dizem que não importa, de decisões do uso de exames genéticosquem vem o DNA, pois todos têm o mesmo pelos seguros de saúde na Inglaterra.conjunto de genes, exceto pelo fato de Podemos concluir, que essa descobertaalguns terem predisposição para algumas irá revolucionar o mundo. E nós, no Brasil,doenças e isso acarreta numa variação de nos igualamos aos laboratórios depessoa para pessoa. primeiro mundo ao mapearmos o genomaNo dia 26 de junho de 2000 a Celera da bactéria Xylella, causadora doanunciou que havia seqüenciado 100% do amarelinho desenvolvendo tecnologiagenoma humano. Logo após a Celera já fez própria e abrindo caminho para o genomao pedido da patente de 6500 genes, câncer, genoma da cana-de-açúcar emesmo tendo usado informações do outros.Projeto Genoma Humano .O grande problema da patente não é esse,e sim que se cada empresa tiver o direitoa um gene ou genoma de alguma espécie,se outra empresa vier a desenvolver ummedicamento que envolva o genoma daoutra empresa, terá que pagar umafortuna a ela para fabricar o remédioinviabilizando sua produção.Até agora foram descobertos o genomade mais de 33 espécies mostrando as
  • 6. Anexo:

×