UNA - Eng Usa '12 - aula 02

1,139 views

Published on

Este arquivo contém a apresentação realizada por Marcello de Campos Cardoso, em Agosto de 2012, para a disciplina Engenharia de Usabilidade ministrada no curso de especialização Engenharia de Software Centrada em Métodos Ágeis, no Centro Universitário UNA.

Published in: Design

UNA - Eng Usa '12 - aula 02

  1. 1. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoTécnica de modelagem Personas ágeis Engenharia de Software Centrada Em Métodos Ágeis Engenharia de Usabilidade Marcello de Campos Cardoso | www.mcardoso.com.br | mcardoso@gmail.com
  2. 2. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Plano de curso1ª Introdução à EngUsa 10pts2ª Técnica de Modelagem: Personas ágeis 20pts3ª Fatiando releases com User Story Mapping 20pts4ª Projetando a interface: Task Flow + Prototipação rápida 25pts5ª Perguntando a especialistas: As 10 heurísticas de Nielsen 25pts
  3. 3. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardosorecapitulando..
  4. 4. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Usabilidade é objetivo ...é atributo que define a facilidade de uso Design de interação é metodologia...métodos e técnicas para criar produtos mais usáveis Design Centrado no Usuário é abordagem ...é aplicar técnicas envolvendo o usuário
  5. 5. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoMetas de Usabilidade 1. Utilidade 2. Eficácia 3. Eficiência 4. Segurança 5. Facilidade de aprendizado 6. Facilidade de lembrar como se usa
  6. 6. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoPrincípios de Design 1. Visibilidade 2. Feedback 3. Restrições 4. Mapeamento 5. Consistência 6. Affordance
  7. 7. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Ciclo de vida do produto to jam isa to en o ne qu çã en lvim lidapla pes vo sen va de
  8. 8. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Ciclo de vida do produto isa nto qu me s a pe nej plaValidar e descobrir novasDEMANDAS
  9. 9. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoPesquisa é minerar dados e colher informações.
  10. 10. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso(Dados vs. Informações )
  11. 11. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso(“Possuímos 6 mil cadastros femininos.” Isso é um dado. )
  12. 12. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso(6 mil fem / 3 mil masc = 2/3 femIsso é um informação. )
  13. 13. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso( Informação são dados tratados. )
  14. 14. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoInformações Ajudam a evitar problemasclássicos de escopo de projeto
  15. 15. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoNão há receita de bolo, mas princípios.1. Desenvolvedor ≠ usuário2. Dados ≠ informações3. Mais informação = menor chance de insucesso4. Arquétipo ≠ clichê
  16. 16. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoO usuário elástico“Quem vai usar isso? - Todo Mundo!”usuário avançado / usuário iniciante ≠ usuário real
  17. 17. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoDesign auto-referenciadoFUBU/FYBM
  18. 18. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso( FUBU = for us by us )
  19. 19. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso( FUBU = for us by us )
  20. 20. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso( FUBU = for us by us )
  21. 21. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoCasos extremosFeature creep, feature bloat ou featuritis.É o excesso de ferramenta.Pajé demais pra pouco índio.Remédio: Story Mapping!
  22. 22. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Para evitardor de cabeça..
  23. 23. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Para evitardor de cabeça.. isa nto qu me s a pe nej pla
  24. 24. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoAlgumas técnicas de pesquisa: ‣ Avaliação do SAC, feedback, ‣ Análise métrica, ‣ Benchmarking, ‣ Etnografia online, ‣ Entrevistas, ‣ Questionários, ‣ etc...
  25. 25. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso
  26. 26. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso
  27. 27. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso
  28. 28. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso
  29. 29. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Etnografia online + personasPersona: Otávio Luiz • 23 anos; • Cursa Engenharia; • Eco turista; • Envia vídeos para o YT.Otávio Luiz, de 23 anos, graduando em Engenharia.Mora com os pais e possui um computador em seu quarto. Aproveita seus feriados realizando pequenasviagens ao interior para andar de bicicleta com amigos, quase sempre registrando o passeio em suamáquina digital.Gosta de compartilhar seus vídeos em um fórum de interessados em eco-turismo, portanto éusuário colaborador do YouTube.
  30. 30. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Etnografia online + personasPersona: Otávio Luiz • 23 anos; • Cursa Engenharia; • Eco turista; • Envia vídeos para o YT.Otávio Luiz, de 23 anos, graduando em Engenharia.Mora com os pais e possui um computador em seu quarto. Aproveita seus feriados realizando pequenasviagens ao interior para andar de bicicleta com amigos, quase sempre registrando o passeio em suamáquina digital.Gosta de compartilhar seus vídeos em um fórum de interessados em eco-turismo, portanto éusuário colaborador do YouTube.
  31. 31. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Questionários Ciclo de vida do produto e rking entrevistas chmaBen to jam isa to en o ne qu çã en lvim lida pla pes vo sen va de personas
  32. 32. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoTécnica de modelagempersonas ágeis
  33. 33. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoAlguma coisa é melhor que coisa-algumaMinimize esforços. Levante informações através de etnografia digital, análise métrica, benchmarking ou conversas com stakeholders.
  34. 34. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoUma Persona Ágil é uma exploração breve sobre o que sabemos dos usuários. Pragmática - Patton Provisória - Cooper Guerrilha - Kuniavsky Ad-Hoc - Norman Ágil - Cardoso
  35. 35. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardosoexemplo de persona tradicional
  36. 36. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoO que são modelos?
  37. 37. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoModelos são representações estruturadas de fenômenos e abstrações complexas.
  38. 38. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso São usados nas ciências naturais e sociais.“Economistas utilizam modelos para descrever o comportamento de mercados,físicos os utilizam para compreender partículas, descobrimos que usar pesquisa para criar modelos descritivos de nossos usuários é uma ferramenta útil e poderosa para o Design de Interação.” - Cooper, About Face 3.0
  39. 39. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoPor que usar modelos?
  40. 40. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoSão ferramentas simples e poderosas para melhorar a visibilidade, compreensão e a comunicação de informações.
  41. 41. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoBons modelos destacam características relevantes das menos relevantes.
  42. 42. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoBons modelos destacam características relevantes das menos relevantes. Evidenciam informações, não apenas dados.
  43. 43. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoO que são personas?
  44. 44. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoPersonas são modelosdescritivos de usuários.
  45. 45. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso"Uma Persona é uma pessoa artificial, inventada para ajudar um designer entender as pessoas que usarão seu produto.” - Norman, Persona Life Cycle
  46. 46. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso1. Não são estereótipos, mas arquétipos.2. Não são segmentos de mercado: MKT = venda / Design = uso
  47. 47. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso De onde veio?Norman indica que a técnica já era usada na Apple em 1993, com outro nome, mas foi popularizada por Alan Cooper in 1998 em seu livro "The Inmates Are Running the Asylum."
  48. 48. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Para que usar personas? São utilizados por designers e desenvolveres de sistemas para uma melhorcompreensão do comportamento do usuário, como pensam, o que desejam e porquê.
  49. 49. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoPor que modelar personas?1. Modelamos para discutir o que sabemos e o que não sobre usuários (Informações).2. Modelamos para mapear melhor sua experiência (UX).3. Personas servem para agregar um enfoque empático ao projeto (❤).
  50. 50. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoPor que modelar personas?1. Determinar o produto (requisitos);2. Comunicar com a equipe (documentação)3. Medir a efetividade do design (validar ideias)
  51. 51. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Quando aplicar Personas?Quando estamos incertos sobre os caminhos que devemostomar, não há consenso ou informações suficientes1. Na definição de requisitos (principalmente para produtos de contextos diferentes, desconhecidos. ex: hospital, bombeiros, polícia)2. Durante brainstormings, reuniões3. Ao planejar funcionalidades, releases, user stories
  52. 52. Engenharia de Usabilidade / Marcello CardosoComo aplicar personas
  53. 53. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso1o passo: Determinar tipos de usuários
  54. 54. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso1o passo: Determinar tipos de usuários ZAGAT Site que oferece reviews de mais de 50 mil restaurantes em 100 países. Estão investindo em aplicações mobile. Quais os tipos de usuários desse sistema?
  55. 55. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso1o passo: Determinar tipos de usuários (Uma boa ideia é focar em papéis) 1. Gourmets, 2. Viajantes, 3. Namorados...
  56. 56. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso 2o passo: Listar características de cada tipo1. Demográficas: Idade, sexo, classe social, onde vivem, cultura, formação, profissão...2. Tecnológicas: Quais são suas habilidades? Uso mais frequente? Hardware, conexão?3. Contexto de uso: Onde usaria (casa, escritório, metrô..)? Que horas, por quanto tempo?4. Estilo de vida: Valores, atitudes. O que procuram? Diversão, rapidez, desafio, conforto... Quais são seus hobbies? O que detesta, o tira do sério ou incomoda?5. Objetivos: Quais os problemas ele tem relacionados ao contexto do seu produto? Nunca perguntar diretamente. Pergunte por exemplo: “Me conte da última vez que gostou de ir a um restaurante.” depois “Agora me conte a última vez que não gostou.”
  57. 57. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso 2o passo: Listar características de cada tipo6. Necessidades: diretas e periféricas (mas importantes. ex: segurança no metrô)7. Desejos: o que eles querem, não o que dizem que querem. (Gladwell, spaghetti sauce)8. Conhecimento: Na área relacionada, cultura geral. Novatos? Experts? Curiosos?9. Lealdade: Frequência de uso, compromisso (software sazonal, apple vs android...).10. Dê um nome, um rosto, uma frase emblemática:
  58. 58. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso 2o passo: Listar características de cada tipoRoberto, 42 anos, Jornalista Saulinho, 22 anos, cursa de Letras Júlia, 16 anos, estudante, twiteira Mochileiro sazonal
  59. 59. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso3o passo: Determinar usuários focais (patton) ou primários (cooper) 1. "É um usuário que deve ser atendido e não seria com uma interface projetada para outra pessoa." (Cooper) 2. Todo sistema tem ao menos 1 3. Se identificamos mais de 1, temos mais de uma interface. Se identificarmos mais de 3, temos um problema. (citar ML)
  60. 60. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso 3o passo: Determinar usuários focais (patton) ou primários (cooper) zo rio al l sa suá na foc u a ag op nãRoberto, 42 anos, Jornalista Saulinho, 22 anos, cursa de Letras Júlia, 16 anos, estudante, twiteira Mochileiro sazonal
  61. 61. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso Sugestão de PattonNome, Idade Papel descrição, frase emblemáticaNecessidades Tarefas no sistema para necessidadesno mundoreal
  62. 62. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso
  63. 63. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso
  64. 64. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso TO DO DONE O!E M GRUP ro d u t o pa ra seu p personas1) Criar 3 o focal er uma com a 2) Escolh e 5’ par entação d ar apres 3) mont próx aula
  65. 65. Engenharia de Usabilidade / Marcello Cardoso igad o!o br Este arquivo contém a apresentação realizada por Marcello de Campos Cardoso, em Agosto de 2012, para a disciplina Engenharia de Usabilidade ministrada no curso de especialização Engenharia de Software Centrada em Métodos Ágeis, no Centro Universitário UNA.

×