9 As Instalações de Apoio

1,605 views
1,425 views

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,605
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

9 As Instalações de Apoio

  1. 1. As Instalações de ApoioDisciplina: Tópicos Especiais em Engenharia de Produção - Gestão de Serviços Universidade Federal da Paraíba Centro de Tecnologia Departamento de Engenharia de Produção Professor MSc. Marcel de Gois Pinto
  2. 2. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços
  3. 3. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projeto
  4. 4. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projetoIdentificação das oportunidadesProjeto do pacote de serviçosLocalização de Serviços
  5. 5. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projetoIdentificação das oportunidadesProjeto do pacote de serviçosLocalização de Serviços
  6. 6. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projetoIdentificação das oportunidades O que o mercado querProjeto do pacote de serviços  Dados secundários e primáriosLocalização de Serviços  Métodos qualitativos e quantitativos
  7. 7. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projetoIdentificação das oportunidadesProjeto do pacote de serviçosLocalização de Serviços
  8. 8. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projetoIdentificação das oportunidades Especificação do serviçoProjeto do pacote de serviçosLocalização de Serviços Pesso as Produ tos Tecno Siste logia mas  Usa diagramas como brueprint e fluxograma de serviços
  9. 9. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projetoIdentificação das oportunidadesProjeto do pacote de serviçosLocalização de Serviços
  10. 10. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projetoIdentificação das oportunidades Critérios QualitativosProjeto do pacote de serviços  Acesso, visibilidade, expansão, ambiente, governo e pessoalLocalização de Serviços Critérios Quantitativos  Uma instalação (método da mediana, métrica euclidiana, análise de Huff)  Múltiplas instalações (área de cobertura)
  11. 11. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projetoIdentificação das oportunidades Critérios não convencionaisProjeto do pacote de serviços  AglomeraçãoLocalização de Serviços  Saturação  Intermediários de MKT  Transporte por telecom  Impacto da internet
  12. 12. Projeto do Sistema de Prestação de Serviços Até o presente momento vimos os seguintes as aspectos do projetoIdentificação das oportunidadesProjeto do pacote de serviçosLocalização de Serviços O último aspecto a ser explorado será o projeto das instalações de apoio
  13. 13. Agenda Esta aula aborda os seguintes aspectos relativos às instalações de apoio
  14. 14. Agenda Esta aula aborda os seguintes aspectos relativos às instalações de apoioAmbiente Físico ou serviscapesProjeto das instalaçõesLayout das instalações
  15. 15. Ambiente Físico ou serviscapes
  16. 16. Ambiente Físico ou serviscapes Existem diferenças nos negócios destas empresas?
  17. 17. Ambiente Físico ou serviscapes Existem diferenças nos negócios destas empresas? Essas diferenças podem ser notadas em aspectos físicos de cada loja? Decoração, Iluminação, Conforto, Comodidade e Escala de produção são diferenciadas?
  18. 18. Ambiente Físico ou serviscapes Isso significa que o ambiente passa determinadas mensagens aos clientes O tipo de arquitetura denota o lugar, os sentimentos e expectativas de experiência
  19. 19. Ambiente Físico ou serviscapes Isso significa que o ambiente passa determinadas mensagens aos clientes O tipo de arquitetura denota o lugar, os sentimentos e expectativas de experiência
  20. 20. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapes
  21. 21. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapesAuto-atendimentoServiços interpessoaisServiço remoto
  22. 22. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapesAuto-atendimentoServiços interpessoaisServiço remoto
  23. 23. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapes  Papel central de orientar os clientesAuto-atendimento  O serviço intuitivo, estimulado peloServiços interpessoais ambienteServiço remoto
  24. 24. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapesAuto-atendimentoServiços interpessoaisServiço remoto
  25. 25. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapesAuto-atendimentoServiços interpessoaisServiço remoto
  26. 26. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapes  A interação deve ser facilitadaAuto-atendimento  Passar o sentido desejado peloServiços interpessoais conceito do serviçoServiço remoto
  27. 27. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapesAuto-atendimentoServiços interpessoaisServiço remoto
  28. 28. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapesAuto-atendimentoServiços interpessoaisServiço remoto
  29. 29. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapes  Proporcionar satisfação e motivaçãoAuto-atendimento das pessoasServiços interpessoais  Influência sobre o desempenho dos funcionários na operaçãoServiço remoto
  30. 30. Ambiente Físico ou serviscapes Essas mensagens influenciam o comportamento dos funcionários e dos clientes Serviços diferentes requerem diferentes servicescapesAuto-atendimentoServiços interpessoaisServiço remoto
  31. 31. Dimensões do ambiente
  32. 32. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviço
  33. 33. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviçoCondições do ambienteLayout e funcionalidadeSinais, símbolos e artefatos
  34. 34. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviçoCondições do ambienteLayout e funcionalidadeSinais, símbolos e artefatos
  35. 35. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviço  Temperatura, iluminação, sons aromas, plano de fundoCondições do ambiente  Impactam no comportamentoLayout e funcionalidade do cliente ExemploSinais, símbolos e artefatos  Aroma de café ou de comida de uma loja para atrair clientes
  36. 36. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviçoCondições do ambienteLayout e funcionalidadeSinais, símbolos e artefatos
  37. 37. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviço  A forma como equipamentos e móveis estão dispostasCondições do ambiente  Pode comunicar ordem eLayout e funcionalidade eficiência ou caos e incerteza ExemploSinais, símbolos e artefatos  Fast-food – posição das mesas, cardápios, local das lixeiras...  Todo é pensado de acordo com o fluxo e funcionalidade
  38. 38. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviço  Símbolos que indicam normas do comportamento aceitávelCondições do ambienteLayout e funcionalidadeSinais, símbolos e artefatos
  39. 39. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviço  Decoração geral ou tipo de acabamento tem simbolismoCondições do ambienteLayout e funcionalidadeSinais, símbolos e artefatos
  40. 40. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviço  Decoração geral ou tipo de acabamento tem simbolismoCondições do ambienteLayout e funcionalidadeSinais, símbolos e artefatos
  41. 41. Dimensões do ambiente Inclui todos os fatores controláveis pela empresa para incrementar o serviço Resumindo, o ambiente apresenta:Uma metáfora visual do serviçoUma ajuda ou impedimento clientes e funcionários nas atividadesFacilitar a interaçãoSer um diferenciador de mercado indicando o nicho de atuação
  42. 42. Comportamento em Servicescapes
  43. 43. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos
  44. 44. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente - Condições do ambiente - Layout e funcionalidade - Sinais, símbolos e artefatos Ambiente holístico - Servicescape percebido Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes
  45. 45. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente Temperatura - Condições do ambiente - Layout e funcionalidade Qualidade do ar - Sinais, símbolos e Barulho artefatos Música Cheiro Ambiente holístico - Servicescape percebido Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes
  46. 46. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente - Condições do ambiente - Layout e funcionalidade Pode indicar ordem ou eficiência, - Sinais, símbolos e bem como caos e incerteza artefatos Ambiente holístico - Servicescape percebido Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes
  47. 47. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente - Condições do ambiente - Layout e funcionalidade - Sinais, símbolos e Decoração pode indicar: artefatos - Competência - Comportamentos aceitáveis ou recomendados Ambiente holístico - Mostrar se um estabelecimento é freqüentado - Servicescape percebido Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes
  48. 48. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente Respostas internas - Condições do ambiente Cognitivas - Layout e funcionalidade Emocionais - Sinais, símbolos e Psicológica artefatos Reação dos Ambiente holístico empregados - Servicescape percebido Reação dos empregados Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes Cognitivas Emocionais Psicológica
  49. 49. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente Respostas internas - Condições do ambiente Cognitivas - Layout e funcionalidade Emocionais Crenças - Sinais, símbolos e Psicológica Categorização artefatos Significado simbólico Reação dos Ambiente holístico empregados - Servicescape percebido Reação dos empregados Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes Cognitivas Emocionais Psicológica
  50. 50. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente Respostas internas - Condições do ambiente Cognitivas - Layout e funcionalidade Emocionais - Sinais, símbolos e Psicológica Humor artefatos Atitude Reação dos Ambiente holístico empregados - Servicescape percebido Reação dos empregados Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes Cognitivas Emocionais Psicológica
  51. 51. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente Respostas internas - Condições do ambiente Cognitivas - Layout e funcionalidade Emocionais - Sinais, símbolos e Psicológica artefatos Dor Conforto Reação dos Conveniência física Ambiente holístico empregados - Servicescape percebido Reação dos empregados Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes Cognitivas Emocionais Psicológica
  52. 52. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente Respostas internas Comportamento - Condições do ambiente Cognitivas - Layout e funcionalidade Emocionais - Abordagem - Sinais, símbolos e Psicológica - Evitar opostos artefatos Reação dos Ambiente holístico empregados Interações - Servicescape percebido sociais Reação dos empregados Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes Cognitivas - Abordagem Emocionais - Evitar opostos Psicológica
  53. 53. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente Respostas internas Comportamento - Condições do ambiente Cognitivas - Layout e funcionalidade Emocionais - Abordagem - Sinais, símbolos e Psicológica - Evitar opostos artefatos Reação dos Ambiente holístico empregados Afiliação Interações - Servicescape percebido Maior/menor sociais permanência Reação dos empregados Compromisso Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes Cognitivas - Abordagem Emocionais - Evitar opostos Psicológica
  54. 54. Comportamento em Servicescapes O ambiente deve ser visto de maneira holística, completa, influenciando os comportamentos Dimensões do ambiente Respostas internas Comportamento - Condições do ambiente Cognitivas - Layout e funcionalidade Emocionais - Abordagem - Sinais, símbolos e Psicológica - Evitar opostos artefatos Reação dos Ambiente holístico empregados Interações - Servicescape percebido sociais Reação dos empregados Mediadores da - Resposta dos empregados - Resposta dos clientes Cognitivas - Abordagem Emocionais - Evitar opostos Psicológica
  55. 55. Projeto das Instalações
  56. 56. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:
  57. 57. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivoDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  58. 58. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivoDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  59. 59. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo A natureza do serviço deve determinar os parâmetros de projetoDisponibilidade de área  Espera-se que um banco tenha umFlexibilidade cofre ouSegurança  Espera-se que consultórios médicos tenham certa privacidade p/ pacientesEstéticaComunidade / Ambiente
  60. 60. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo Adequação do projetoDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstética  Você colocaria seu dinheiro numComunidade / Ambiente banco assim?
  61. 61. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo Contribuir para a definição do serviçoDisponibilidade de área  Identificação imediataFlexibilidade  Indícios sobre a natureza do serviçoSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  62. 62. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivoDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  63. 63. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo Bons projetos devem considerarDisponibilidade de área  Restrições de custosFlexibilidade  Necessidades de urbanização  Tamanhos inadequados de terrenosSegurança  Necessidade de verticalizarEstéticaComunidade / Ambiente
  64. 64. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivoDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  65. 65. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo Projetar para o futuroDisponibilidade de área  ExpansõesFlexibilidade  Investimento inicial maior  Custo menor no curto prazoSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente x
  66. 66. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivoDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  67. 67. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo  Por conta doDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  68. 68. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo  O serviço de transporte aéreo tem sido repensado para maior segurançaDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  69. 69. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo  O serviço de transporte aéreo tem sido repensado para maior segurançaDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  70. 70. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo  O serviço de transporte aéreo tem sido repensado para maior segurançaDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  71. 71. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo  A segurança pode ser reforçada de diversas formasDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  72. 72. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo  A segurança pode ser reforçada de diversas formasDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  73. 73. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivoDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  74. 74. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo  Tem um fortíssimo efeito sobre o consumidorDisponibilidade de área  Mostra fortemente a proposta daFlexibilidade empresa e o segmento delaSegurança ExemploEstética  A diferença entre a decoração do armazém paraiba e da artcasaComunidade / Ambiente
  75. 75. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivoDisponibilidade de áreaFlexibilidadeSegurançaEstéticaComunidade / Ambiente
  76. 76. Projeto das Instalações Pode influenciar no sucesso ou fracasso de uma empresa. Fatores importantes:Natureza e objetivo Atenção deve ser dada aos aspectosDisponibilidade de área  Incômodo ao trânsitoFlexibilidade  Odores e pragas urbanas  ContaminaçõesSegurança  Outros distúrbios à ordemEstéticaComunidade / Ambiente
  77. 77. Layout das Instalações
  78. 78. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço
  79. 79. Layout das Instalações  A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido  Este depende da classificação do serviçoVariedade Variedade Posicional Serviço profissional Funcional Loja de Serviços Celular Serviços de massa Linear Volume Volume
  80. 80. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  81. 81. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço  Recursos transformadores sePosicional movem na cena do processoFuncional ou departamental  Recursos transformados permanecem estacionáriosCelular  Razões: dimensões ou estadoLinear delicado ou indisposição
  82. 82. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço  O arranjo deve possibilitar aosPosicional recursos a sua maior contribuiçãoFuncional ou departamental VantagensCelular  Alta flexibilidade de mix e de produto (variedade de tarefas)Linear  Cliente ou produto não movido ou perturbado
  83. 83. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço  O arranjo deve possibilitar aosPosicional recursos a sua maior contribuiçãoFuncional ou departamental DesvantagensCelular  Custos unitários muito altos e layout complexoLinear  Muita movimentação e baixa velocidade de processo
  84. 84. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  85. 85. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  86. 86. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  87. 87. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço  Processos similares são colocadosPosicional lado a lado (departamentos ou setores)Funcional ou departamental  Os recursos transformadoresCelular dominam a disposição do arranjoLinear  Os recursos transformados percorrem diferentes roteiros através da operação
  88. 88. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço VantagensPosicional  Alta flexibilidade de mix e produtoFuncional ou departamental  Suporta interrupções de umaCelular etapa por algum tempoLinear  Supervisão de equipamentos e instalações relativamente fácil
  89. 89. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço DesvantagensPosicional  Baixa utilização de recursosFuncional ou departamental  Alto estoque em processo ou fila deCelular clientesLinear  Difícil controle de fluxo de processo
  90. 90. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  91. 91. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  92. 92. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  93. 93. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço  Procura aliar a flexibilidade doPosicional layout Funcional à simplicidade do layout linearFuncional ou departamental  Agrupamento de recursosCelular transformadores projetado para produzir uma família de produtosLinear  As células podem ser organizadas internamente segundo um layout funcional ou linear
  94. 94. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço  Maternidade em hospitalPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  95. 95. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço VantagensPosicional  Redução de lead-time e poucoFuncional ou departamental estoque em processoCelular  Trabalho em grupo e lotes de produção pequenosLinear  Fluxo interno bem definido  Menor movimentação e manuseio
  96. 96. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço DesvantagensPosicional  Investimento em reconfiguração doFuncional ou departamental arranjoCelular  Pode requerer capacidade adicionalLinear  Pode gerar ociosidade dos recursos
  97. 97. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  98. 98. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço  Os recursos transformadores sãoPosicional localizados segundo a conveniência dos recursos transformadosFuncional ou departamental  Recursos transformadores sãoCelular dispostos na seqüência de atividades requeridas à transformaçãoLinear  Fluxo claro e previsível
  99. 99. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço VantagensPosicional  Baixos custos unitários para baixosFuncional ou departamental volumesCelular  Especialização dos equipamentosLinear  Movimento de materiais ou clientes bastante conveniente
  100. 100. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviço DesvantagensPosicional  Baixa flexibilidade de mix deFuncional ou departamental produtosCelular  Pouca robustez contra interrupçõesLinear  Trabalho pode se tornar repetitivo
  101. 101. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  102. 102. Layout das Instalações A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido Este depende da classificação do serviçoPosicionalFuncional ou departamentalCelularLinear
  103. 103. Layout das Instalações  A primeira escolha é o tipo de arranjo físico a ser escolhido  Este depende da classificação do serviçoVariedade Variedade Posicional Serviço profissional Funcional Loja de Serviços Celular Serviços de massa Linear Volume Volume
  104. 104. As Instalações de ApoioDisciplina: Tópicos Especiais em Engenharia de Produção - Gestão de Serviços Universidade Federal da Paraíba Centro de Tecnologia Departamento de Engenharia de Produção Professor MSc. Marcel de Gois Pinto

×