Modelos de liderança 3a aula 03/03/2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Modelos de liderança 3a aula 03/03/2011

on

  • 12,638 views

Liderança; Teoria Contingencial; Teoria do Campo Objetivo; Path- Goal; Liderança Situacional; competências do líder moderno

Liderança; Teoria Contingencial; Teoria do Campo Objetivo; Path- Goal; Liderança Situacional; competências do líder moderno

Statistics

Views

Total Views
12,638
Views on SlideShare
12,638
Embed Views
0

Actions

Likes
4
Downloads
338
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Modelos de liderança 3a aula 03/03/2011 Modelos de liderança 3a aula 03/03/2011 Presentation Transcript

    • Disciplina: Modelos de Liderança Profa. Mara Baroni 3ª aula: 03/03/2011
    • Sumário
      • Liderança
      • - Teoria Contingencial
      • - Teoria do Campo Objetivo (Path-
      • Goal)
      • Líderança Situacional
      • Competências requeridas para o líder do século XXI
      • Referências bibliográficas
    • Liderança Contingencial Fiedler “ Foi elaborada a partir daquilo que Fiedler denomina de medida LPC (Least Prefered Coworker) da personalidade do líder. ( Fiedler, teórico que já citamos na aula anterior, sobre a diferença entre líderes e administradores). Muito da estrutura teórica adotada por ele tomou como base os estudos de campo desenvolvidos pela Universidade de Illinois a partir de 1951.
      • Através dela foi possível distinguir a existência de dois tipos básicos de estilos de líder: aquele que pode ser considerado com orientado para a tarefa e aquele que é orientado para relacionamento .
      • Em meados do século XX, e após amplos estudos realizados no âmbito da pesquisa dos comportamentos de liderança, uma idéia alternativa começou a ganhar forma.
      • A liderança começou a ser vista como a maneira de proceder derivada da relação existente entre o líder e outras pessoas do grupo.
      • Assim, passa-se a considerar que não é a posse de certos traços que contribui para o sucesso dos líderes, mas, antes, a sua capacidade em adequar os comportamentos às exigências das diversas situações.
      • O ponto mais importante dessa teoria é que a eficácia da liderança depende tanto da situação em que o grupo se encontra quanto do líder.
      • Um estilo de liderança não é em si mesmo melhor ou pior do que outro, nem tampouco existe um tipo de comportamento em liderança apropriado para todas as condições.
      • Dessa forma, quase todo mundo poderia ser capaz de ter sucesso como líder em algumas situações e quase todo mundo está apto a falhar em outras.
      • Caso queiramos melhorar o desempenho organizacional, devemos lidar não somente com o estilo do líder, mas também com os fatores que promovem a influência sobre ele (Fiedler 1967) .”
    • Teoria Caminho-Objetivo (Path-Goal)
      • “ Dentro do enfoque contingencial, surge mais uma teoria ressaltando a importância do liderado como um reduto motivacional dentro do processo da liderança.
      • A teoria Caminho-Objetivo (Path-Goal) é pouco conhecida no Brasil, mas muito valorizada dentro dos contextos americano, canadense e europeu.
    • Segundo essa teoria, os subordinados se sentirão motivados e cada vez mais motivados com o comportamento do líder,
      • na medida em que esse mesmo comportamento comprovar , de forma objetiva , que traz uma contribuição decisiva em favor do atendimento das expectativas desses liderados .
      • Na sua essência, ela propõe que os subordinados farão aquilo que desejarem os líderes, caso eles façam duas coisas.
      • Primeiro, devem assegurar que os subordinados compreendam como atingir os objetivos do líder .
      • Segundo, esses líderes devem prever que os subordinados cheguem aos seus objetivos pessoais nesse processo (House, 1971).
      • A tarefa do líder é, então, diagnosticar a função do ambiente e selecionar aqueles comportamentos que assegurarão que os subordinados estejam motivados ao máximo no sentido dos objetivos organizacionais”
    • Liderança Situacional - Teoria do Caminho-Objetivo
      • Comportamento do Líder
      • 1 – Diretivo – O líder dirige
      • e o subordinado não
      • participa na tomada de
      • decisão.
      • 2 – Apoiante – O líder é
      • afável e está interessado
      • nos subordinados como
      • pessoas.
      • 3 – Participativo – O líder
      • pede, recebe e utiliza as
      • sugestões dos subordinados
      • para tomar a suas decisões.
      • 4 – Orientado para os
      • resultados – O líder
      • estabelece objetivos
      • estimulantes para os seus
      • subordinados e demonstra-lhes
      • confiar em que os
      • podem alcançar.
      Fatores de Contingência Ambiental • Estrutura da Tarefa • Sistema de Autoridade Formal • Grupo de Trabalho Fatores de Contingência dos Subordinados • Capacidade de Controlo • Experiência • Capacidades Resultados • Desempenho • Satisfação
    • Liderança Situacional – Continum de Liderança
    • Modelo de Liderança Situacional de Hersey e Blanchard
      • “ O Modelo de Liderança Situacional de Hersey e Blanchard parte de um modelo, a Grelha Gerencial de Blake e Mouton, do qual Hersey e Blanchard acrescentam uma nova variável ao modelo : o estilo de liderança adoptado à maturidade dos liderados, ou seja, a situação .”
      • “ O professor Dr. Paul Hersey é reconhecido como uma das autoridades proeminentes do mundo da gestão e no desenvolvimento na liderança.
      • Autor, orador e consultor de negócio, Dr. Kenneth Blanchard é caracterizado como um dos indivíduos mais evoluídos, poderoso e entendido nos negócios actualmente.”
      • “ É baseado em duas variáveis
        • 1- O comportamento do líder;
        • 2- A maturidades dos seus subordinados ;
          • (Este é o conceito-chave desse modelo)
      • Qual o sentido de maturidade?
      • A avaliação parte do líder!
      O Estilo do Líder e a Maturidade dos Liderados
      • Essa ideia se divide em 4 formas de liderar :
        • Comando : adequado a pessoas com baixo nível de maturidade
        • Venda : este estilo compreende alto nível de comportamento orientado para a tarefa e para o relacionamento
        • Participação : este estilo orienta – se fortemente para o relacionamento mas com pouca ênfase na tarefa
        • Delegação : esse estilo consiste em dar pouca atenção tanto à tarefa quanto ao relacionamento
    • O Comportamento do Líder
      • Ponto positivo
      • R econhecimento da competência e da motivação como elementos – chave do processo de liderança
      • Ponto negativo
      • A idéia de que as pessoas “imaturas” devem ser tratadas com o “pulso forte”, mas esse tipo de tratamento não as desenvolveriam.”
    • Estilo Comando Sargento: age como se os subordinados não fossem aptos e não têm vontade de assumir responsabilidade. Estilo Venda Professor: os subordinados mostram vontade, mas não se sentem preparados para a atividade.
      • Estilo Delegação Gerente comercial: os subordinados mostram vontade e se sentem preparados para a atividade .
    • Competências requeridas para o líder do século XXI
      • Utilizei este trabalho para descrever as
      • competências do líder do sec. XXI.
      • “ Uma Pesquisa Quantitativa sobre os
      • Atributos da Personalidade
      • do Líder do Século XXI “
      • Autores:
      • Marcello Vinicius Doria Calvosa, Flavia Leal
      • Correia, Jaqueline Mateus de Moura,
      • Silvestre Prado de Souza Neto.
      • Trabalho apresentado no II Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia – SEGeT´2005
    • Objetivos do Estudo
      • Buscar através de uma pesquisa direcionada aos estudantes de administração da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, os fatores condicionantes do desempenho dos líderes que atingem um alto grau de aprovação na visão dos subordinados e que
      • desempenham suas atividades de forma eficaz ,.
      • comparando com um estudo realizado pela Cambria Consulting às afiliadas ao Corporate Leadership Council (CLC), que tinha por
      • objetivo identificar as tendências comuns de competências de liderança e examinar a relação
      • entre competências e estratégias organizacionais
    • Práticas mais citadas
      • TABELA 1 –
      • Práticas Principais Perc. Outras práticas importantes Perc .
      • Desenvolver pessoas 64% Cooperar / participar de equipes 36%
      • Obter resultados 55% Criar equipes 36%
      • Concentrar-se no cliente 52% Desenvolver soluções criativas 34%
      • Comunicar-se 52% Criar ambiente de alto desempenho 32%
      • Orientar a visão e a direção 46% Impulsionar mudanças 32%
      • Criar laços de relacionamento comercial 43% Ser um modelo em sua função 29%
      • Tomar decisões 41% Valorizar o outro 29%
      • Gerenciar o desempenho 39% Desenvolver estratégias 25%
      • Influenciar a organização 38% Assumir responsabilidade pelas coisas 23%
      • Fonte: Cambria Consulting (2002 p.15)
    • Atributos mais citados
      • TABELA 2-
      • Principais atributos Perc. Outros atributos importantes Perc .
      • Integridade /sinceridade /ética 77% Iniciativa /orientação para a ação 58%
      • Capacidade de realização 76% Capacidade de comunicação 52%
      • Habilidade de lidar com pessoas 73% Energia /entusiasmo 50%
      • Orientação para o aprendizado 73% Habilidade política 50%
      • Capacidade de direcionar e controlar 66% Cooperação 48%
      • Capacidade de influenciar pessoas 64% Raciocínio analítico 48%
      • Raciocínio estratégico 64% Responsabilidade/ comprometimento 48% Compreensão de conceitos 63% Capacidade de julgamento 44% Flexibilidade/adaptabilidade 61% Capacidade de tomar decisões 44%
      • Autoconfiança/coragem 60% Conhecimento do negócio 40%
      • Fonte: Cambria Consulting (2002 p.16)
    • Práticas do Líder
      • TABELA 3-
      • Valorizar o outro....................... .... 47% Orientar a visão e a direção................... 27%
      • Tomar decisões....................... ..... 46% Desenvolver soluções criativas............. 27%
      • Comunicar-se bem................... ... 44% Desenvolver pessoas............................ 26%
      • Influenciar a organização......... . ... 41% Ser um modelo em sua função.............. 23%
      • Obter resultados......................... .. 34% Impulsionar mudanças.......................... 21%
      • Desenvolver estratégias............... 29% Gerenciar a diversidade......................... 21%
      • Criar um ambiente de alto desempenho .. 29% Criar equipes ............................ 20%
      • Assumir responsabilidades................. 29% O utros............................................... 36%
    • Práticas do Líder
      • TABELA 3
      • Valorizar o outro.................................... . 47% Orientar a visão e a direção.................. .27%
      • Tomar decisões....................................... 46% Desenvolver soluções criativas............. 27%
      • Comunicar-se bem................................. . 44% Desenvolver pessoas............................ 26%
      • Influenciar a organização....................... .41% Ser um modelo em sua função..............23%
      • Obter resultados..................................... .34% Impulsionar mudanças.......................... 21%
      • Desenvolver estratégias......................... .29% Gerenciar a diversidade......................... 21%
      • Criar um ambiente de alto desempenho .29% Criar equipes........................................ 20%
      • Assumir responsabilidades..................... 29% Outros.................................................... 36%
      • TABELA 4
    • Atributos do Líder
      • TABELA 4-
      • Ética / Integridade................................... 63% Capacidade de comunicação............... 24%
      • Habilidade de lidar com pessoas ........... . 59% Comprometimento............................... 23%
      • Capacidade de influenciar pessoas......... 48% Raciocínio estratégico.......................... 22%
      • Iniciativa (próatividade)......................... . 40% Conhecimento e informação................ 21%
      • Flexibilidade............................................ 29% Energia e entusiasmo........................... 21%
      • Capacidade de direcionar e controlar..... . 27% Responsabilidade................................. 20%
      • Capacidade de tomar decisões............... . 27% Outros................................................... 51%
      • Auto-confiança........................................ 25%
    • Características e qualidades do Líder
      • Tabela 5
      • Conduz as pessoas a um objetivo........... 37% Desenvolve pessoas................................. 7%
      • Influencia pessoas.................................. 35% É carismático........................................... 7%
      • Motiva seus colaboradores...................... 17% É bom ouvinte......................................... 7%
      • É um bom comunicador.......................... 15% Administra conflitos................................ 6%
      • Toma decisões......................................... 13% Tem comprometimento........................... 5%
      • Se relaciona bem com seus seguidores... 12% É flexível................................................. 5%
      • É próativo............................................... . 12% Possui visão de futuro.......................... 4%
      • Assume responsabilidades..................... . 10% Assume riscos......................................... 4%
      • Trabalha com equipes multifuncionais.... . 9% Possui alto índice de conh. Técnico....... 4%
      • É ético....................................................... 9% Outros.................................................. 16%
      • Os atributos da personalidade do líder, habilidades necessárias para o exercício da função, nos dois estudos o item mais citado pelos respondentes foi “ética e
      • integridade”, presente na personalidade do líder.
    • Referências Bibliográficas
      • Disponível em:
      • http://www.aedb.br/seget/artigos05/341_PESQUISA QUANTITATIVA.
      • http://prof.santana-e-silva.pt/gestao_de_empresas/trabalhos_06_07/word/Modelo%20Situacional%20H&B
      • http://www.slideshare.net/AdmUnime/liderana-situacional/